Redação Pragmatismo
Educação 04/Dez/2013 às 18:28 COMENTÁRIOS
Educação

O estado brasileiro que ficou em último lugar do mundo em matemática

Publicado em 04 Dez, 2013 às 18h28

Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) avaliou centenas de estados em 65 países. Alagoas ficou com o pior desempenho do mundo em matemática

Alagoas recebeu o pior desempenho do mundo em matemática, segundo dados do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), que avaliou 65 países. O estado registrou 342 pontos na disciplina.

Alagoas, aliás, também é o pior estado brasileiro nas outras duas áreas pesquisadas pelo programa promovido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Em Leitura, os estudantes alagoanos de 15 anos fizeram 355 pontos, enquanto, em Ciências, alcançaram apenas 346 pontos. Se comparados com os outros países, os resultados deixariam o estado no Nordeste do Brasil em último lugar nos três rankings. Os resultados do Pisa foram divulgados mundialmente nesta terça-feira.

O Estado também é líder em analfabetismo no Brasil, com 21,8%, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2012. Os dados, divulgados nesta terça-feira (3), apontam o Espírito Santo com o melhor índice do País, com 423,248 pontos de média.

[listaposts tipo=”relacionadosportags” titulo=”Leia também” total=”5″ posicao=”direita”]

Nesta terça-feira, a gerente de Ensino Fundamental da Secretaria de Estado da Educação de Alagoas (SEE), Ana Márcia Cardoso Ferraz, justificou o desempenho negativo dos alunos alagoanos com o que ela chama de “distorção de escolaridade” – formada por estudantes de 15 anos que deveriam estar no 9º ano do ensino fundamental, mas estão, geralmente, no 6º.

Segundo com números do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), dos 88,2 mil alunos matriculados no ensino fundamental da rede pública, metade está nessa chamada distorção. “São alunos que estão em média com dois anos de atraso”, revela.

Melhores desempenhos do Brasil

O melhor desempenho em matemática foi do Distrito Federal com 416 pontos. Mesmo assim, o rendimento da capital federal não é o bastante para superar, na relação internacional do Pisa, países como o Chile (423 pontos) ou o Cazaquistão (432). A média do Brasil é de 391 pontos.

O Rio Grande do Sul aparece com o melhor resultado na avaliação de Leitura. Os alunos gaúchos fizeram 433 pontos na prova aplicada em 2012 para medir o seu desempenho. O resultado, entretanto, está abaixo da média dos 65 países analisados pelo Pisa para essa área de conhecimento (496 pontos). Em segundo lugar nessa avaliação, no Brasil, estão o Distrito Federal e o Mato Grosso do Sul, ambos com 428 pontos. A nota do país em Leitura é 410.

Na prova de Ciências, o melhor estado brasileiro foi o Espírito Santo, cujos estudantes fizeram 428 pontos. A nota não seria o bastante para deixar essa unidade da federação à frente de países como os Emirados Árabes Unidos e a Malásia num ranking internacional. A média brasileira é 405 pontos.

com Alagoas 247 e Agência Estado

Recomendações

COMENTÁRIOS