Redação Pragmatismo
Homofobia 22/Out/2013 às 00:18 COMENTÁRIOS
Homofobia

O sinistro encontro de Stephen Fry com Jair Bolsonaro

Publicado em 22 Out, 2013 às 00h18

Ativista e comediante inglês Stephen Fry entrevista Jair Bolsonaro em gravação de documentário. Fry, que chegou a tentar suicídio durante as filmagens, conta que se concentrou para não perder a calma diante dos absurdos que ouviu do deputado brasileiro

encontro Stephen Fry com Jair Bolsonaro lgbt homofobia
Jair Bolsonaro defendeu o preconceito em nome do Brasil: “No nosso país não gostamos de gays” (Captura de tela / Documentário Out There)

Cynara Menezes, em seu blog

“Um dos mais estranhos e sinistros encontros que já tive na vida”: assim o famoso comediante inglês Stephen Fry define a entrevista que fez com o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) para seu documentário Out There, atualmente em exibição pela BBC no Reino Unido.

No documentário, Fry mostra como a homofobia avança em várias partes do mundo. Infelizmente, para nossa vergonha, o Brasil aparece ao lado de Uganda e Rússia como um dos países onde existem políticos e líderes religiosos que perseguem homossexuais.

[listaposts tipo=”relacionadosportags” titulo=”Leia também” total=”3″ posicao=”direita”]

Fry, que é gay assumido, chegou a tentar o suicídio durante as filmagens, certamente deprimido com o que presenciou. “Ver tanta ignorância, brutalidade, estupidez e horror não ajudou”, reconheceu.

No encontro com Bolsonaro, o comediante conta que se concentrou para não perder a calma diante dos absurdos que ouviu.

“Nenhum pai tem orgulho de ter um filho gay”, afirma o deputado, atribuindo as agressões a homossexuais em nosso país ao uso de drogas e à prostituição.

“Mas não há razão para clamor, não existe homofobia no Brasil”, dispara, antes de cair na gargalhada.

Assista abaixo o trecho do documentário, com legendas em português, onde Stephen Fry entrevista a mãe de Alexandre Ivo, garoto carioca de 14 anos assassinado em 2010 por skinheads, e Jair Bolsonaro. Íntegra de Out There aqui (sem legendas).

Leia também:
Universitário vítima de homofobia no carnaval é agredido e fratura a mão
O Estado Democrático de Direito e os homossexuais no Brasil
A caça aos homossexuais e travestis na ditadura militar
A repressão contra homossexuais na ditadura militar brasileira
O primeiro crime homofóbico do Brasil
Apenas 79 cidades combatem homofobia no Brasil

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendações

COMENTÁRIOS