Redação Pragmatismo
Barbárie 23/Out/2013 às 15:33 COMENTÁRIOS
Barbárie

Menino de 12 anos foi autor de tiros em escola dos EUA

Publicado em 23 Out, 2013 às 15h33

Autor de tiros em escola dos EUA tinha 12 anos e pode ter sofrido bullying. Professor morto era veterano da Marinha e se jogou na frente de alunos para protegê-los; dois estudantes estão internados

tiros sparks escola eua
iros deixaram dois mortos, incluindo o garoto que usou a arma; dois estudantes estão internados (Reprodução)

O autor do tiroteio desta segunda-feira (21/10) em um colégio de Sparks, no estado norte-americano de Nevada, era um menino de 12 anos que pode ter sofrido bullying, segundo relataram testemunhas e familiares nesta terça-feira (22). O professor morto por ele foi da Marinha e se jogou entre o menino e outros estudantes para protegê-los dos tiros.

[listaposts tipo=”relacionadosportags” titulo=”Leia também” total=”5″ posicao=”direita”]

As autoridades locais disseram que não divulgaram a identidade do estudante, que se matou após o tiroteio, em respeito à sua família. A pistola com que o garoto atirou era uma semiautomática que a polícia acredita pertencer a seus pais. Ele também feriu dois outros meninos de 12 anos – um no ombro e o outro no abdome -, cujos estados são estáveis. Eles estão no hospital da cidade.

Uma aluna da escola, onde estudam crianças entre 11 e 13 anos, contou à emissora CNN que o autor do tiroteio era “um bom menino” e que algumas ocasiões viu que sofria bullying de outros colegas.

Quanto ao professor, Michael Landsbarry, uma testemunha que presenciou o tiroteio contou que ele estava conversando com o adolescente e tentando convencê-lo a baixar a arma quando recebeu os disparos. “Michael era o tipo de pessoa que, se alguém precisava de ajuda, ele estava ali”, comentou seu irmão, Reggie Landsberry. Antes de se dedicar ao ensino, Landsberry esteve no Afeganistão como membro da Guarda Nacional Aérea de Nevada.

Após o ocorrido, alunos da escola e de outras instituições estudantis da vizinhança foram evacuadas para a escola de ensino médio mais próxima e as aulas foram canceladas. O colégio permanecerá fechado por uma semana, assim como a escola elementar adjacente.

O tiroteio ocorreu quase um ano depois que um homem horrorizou os Estados Unidos ao abrir fogo na Escola Primária Sandy Hook, em Connecticut, deixando 26 mortos, entre os quais 20 crianças entre cinco e seis anos e seis adultos.

Opera Mundi

Recomendações

COMENTÁRIOS