Redação Pragmatismo
Saúde 04/Out/2013 às 09:57 COMENTÁRIOS
Saúde

Cearenses contra médicos estrangeiros se filiam ao PSDB

Publicado em 04 Out, 2013 às 09h57

Dezenas de médicos cearenses já aderiram ao PSDB para fazer oposição ao programa Mais Médicos. Segundo o partido, mais 200 filiações devem ocorrer até sábado. No desembarque de cubanos em Fortaleza, médicos do Estado protagonizaram um protesto hostil, com gritos de "escravos"

médicos cubanos ceará psdb
Médicos cearenses que hostilizaram cubanos se filiam ao PSDB (Imagem: Capa do jornal Folha de S.Paulo)

Um grupo de médicos do Ceará aderiu ontem ao PSDB para fazer oposição ao governo federal, contra o programa Mais Médicos.

[listaposts tipo=”relacionadosportags” titulo=”Leia também” total=”4″ posicao=”direita”]

Segundo informações do jornal Folha de S.Paulo, houve 30 filiações de médicos ontem e estão previstas mais 200 até sábado. Dois desses profissionais foram escolhidos para disputar os cargos de deputado estadual e deputado federal em 2104.

Presente no evento do PSDB cearense que marcou a filiação, o ex-governador Tasso Jereissati também entrou no protesto: “Satanizaram os médicos brasileiros”, afirmou o tucano.

A classe médica cearense é uma das mais resistentes ao programa lançado pelo ministro Alexandre Padilha e pela presidente Dilma Rousseff, que prevê a contratação de médicos estrangeiros para atuar nos 701 municípios que não atraíram o interesse de nenhum médico brasileiro, a despeito da bolsa de R$ 10 mil oferecida.

No desembarque de profissionais de cuba, esses mesmos médicos protagonizaram um lamentável protesto em Fortaleza e alguns chegaram a vaiar e xingar de escravos os conterrâneos de Fidel Castro.

com Brasil 247

Recomendações

COMENTÁRIOS