Redação Pragmatismo
Saúde 06/Set/2013 às 15:22 COMENTÁRIOS
Saúde

Geraldo Alckmin diz que "não faltam médicos"

Publicado em 06 Set, 2013 às 15h22

Geraldo Alckmin diz que não faltam médicos no Brasil. No entanto, mesmo em São Paulo, estado mais rico do País, 309 prefeituras se inscreveram no programa Mais Médicos em razão da escassez de profissionais

geraldo alckmin mais médicos
Prestes a enfrentar o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, na disputa pelo governo paulista, em 2014, o governador Geraldo Alckmin afirma que “não faltam médicos”

Ao inaugurar um centro de reabilitação ontem em São Paulo, o governador Geraldo Alckmin deu a primeira demonstração de que o apoio popular ao programa Mais Médicos, conduzido pelo ministro Alexandre Padilha, possível rival do tucano em 2014, já assusta os estrategistas do Palácio dos Bandeirantes.

[listaposts tipo=”relacionadosporcategorias” titulo=”Leia também” total=”3″ posicao=”direita”]

Ao ser abordado pelos jornalistas, Alckmin passou recibo e afirmou que o problema da saúde brasileira não é a falta de médicos. “Mais médico é bom, mas esse não é o problema da saúde brasileira hoje. O problema é financiamento”, disse ele, em declaração registrada pelo Valor Econômico (veja aqui). “O SUS entrou em colapso, em crise, porque os prestadores de serviço não tem mais como prestá-lo. A tabela precisa ser corrigida. Um médico que atende pelo SUS ganha R$ 10. Então, a questão não é o médico ser de fora ou não. Esse não é o debate principal”, completou.

No entanto, mesmo em São Paulo, estado mais próspero do País, nada menos 309 das 645 prefeituras se inscreveram no Mais Médicos, porque não têm profissionais em quantidade suficiente para prestar atendimento à população.

Recomendações

COMENTÁRIOS