Redação Pragmatismo
Curiosidades 14/Mar/2017 às 12:37
0
Comentários

Vídeo do IML de Cuiabá foi gravado em escola do Paraná

Vídeo do "IML de Cuiabá" que intrigou internautas e se tornou o assunto mais comentado desde a madrugada desta terça-feira (14) foi gravado em escola pública do Paraná. A informação foi confirmada pela instituição

vídeo iml de cuiabá falso

Desde a madrugada desta terça-feira (14), um vídeo considerado ‘sobrenatural’ figura no topo dos assuntos mais comentados do Twitter.

Ainda não se sabe quem primeiro divulgou as imagens, mas por alguma razão elas ganharam projeção com a legenda “Vídeo do IML de Cuiabá”.

O vídeo que fez sucesso na rede social mostra a porta de um hidrante batendo sozinha com força no fim de um corredor. Para adicionar contornos de mais terror, a luz do local não para de piscar e a pessoa que filma a cena segura apenas uma lanterna.

Durante o dia, o jornal O Estado de S.Paulo informou que as imagens são do Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (CAIC) da cidade de Araucária, região metropolitana de Curitiba, no Paraná.

A assessoria de imprensa da escola confirmou a informação, mas não a veracidade do vídeo, a qual disse estar apurando.

De acordo com a Prefeitura de Araucária, a Secretaria de Segurança Pública abrirá uma sindicância para averiguar aos acontecimentos mostrados nas imagens.

Ainda segundo com a prefeitura, o vídeo foi gravado no domingo à noite e os dois seguranças que aparecem nas imagens já foram identificados, mas, por enquanto, têm as suas identidades preservadas ao público.

‘Fake’

Embora tenha assustado muita gente, internautas perceberam alguns sinais de armação no conteúdo. Há um buraco próximo ao hidrante e, quando a câmera se aproxima, as luzes se apagam, dando tempo para que quem ali estivesse pudesse se esconder.

“Tem um buraco e quando eles estão chegando perto, eles apagam as luzes, onde daria tempo para tirar um arame ou um ferro com um gancho”, observa um internauta.

“Em baixo do hidrante tem um buraco que pode dar acesso a um quarto, alguem pode ter colocado um arame ou uma corda pra puxar”, disse outro.

VÍDEO:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários