Redação Pragmatismo
Corrupção 15/Mar/2017 às 22:35 COMENTÁRIOS

Fernando Holiday promove baixaria na Band após revelação de que fez Caixa 2

Fernando Holiday, eleito fazendo uso do discurso anti-corrupção, perde o controle em entrevista à Band após ser questionado sobre caixa 2. Prática que configura crime eleitoral do membro do MBL foi descoberta esta semana por investigação do portal BuzzFeed

Fernando Holiday caixa 2 band
O vereador Fernando Holiday teria sido eleito fazendo uso de caixa 2, prática considerada crime eleitoral (Imagem: Futura Press)

Reportagem do portal Buzzfeed Brasil revelou que Fernando Holiday (DEM), vereador de São Paulo, praticou uso de caixa 2 na campanha que o elegeu. A prática configura crime eleitoral.

O portal divulgou planilhas com nomes e documentos de 26 cabos eleitorais que teriam recebido em dinheiro vivo da campanha, mas sem que os pagamentos fossem declarados à Justiça Eleitoral.

O site revelou que alguns cabos eleitorais foram localizados e confirmaram os serviços prestados e os valores recebidos. Eles recebiam, cada um, R$60 em dinheiro vivo por dia em um shopping na avenida Paulista.

Quem recrutava os cabos eleitorais era Tatiane Carvalho, estudante que aparece em fotos ao lado de Fernando Holiday e Kim Kataguiri, outro líder do MBL.

O BuzzFeed obteve também dois áudios de WhatsApp da própria Tatiane em que ela fala sobre os pagamentos.

Promotor de Justiça vê indícios de caixa 2

Para o promotor José Carlos Bonilha, que atuou como promotor eleitoral à época da prestação de contas de campanha da última eleição, “há indícios de que há uma grande inconsistência na prestação de contas do hoje vereador”.

“E há indícios de que houve ou uma omissão de informações que deveriam estar na prestação de contas, ou uma inserção de dados falsos. Mas isso é algo que precisaria ser investigado na esfera criminal, pela Polícia Federal, já que o prazo para questionamento da prestação de contas encerrou 15 dias após a diplomação do candidato”, explicou.

Descontrole

Jornalistas da rádio Bandeirantes ligaram para Fernando Holiday nesta quarta-feira (15) para buscar esclarecimentos sobre a denúncia.

O vereador do MBL, grupo que organizou protestos “contra a corrupção” e pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, falou por poucos minutos antes de se descontrolar.

A entrevista acabou em um verdadeiro bate-boca. Após o vereador surtar, o apresentador Fábio Pannunzio preferiu encerrar a conversa.

“Olha, vereador, foi um desprazer enorme tê-lo como representante na Câmara dos Vereadores”.

OUÇA ABAIXO:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários