Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2016 05/Oct/2016 às 15:01
5
Comentários

Para o bem ou para o mal, os "famosos" que não foram eleitos em 2016

Eles tentaram, mas não conseguiram. Conheça os famosos que quiseram se aventurar na política em 2016 e não se elegeram

famosos vereador eleições 2016
Conhecidos da mídia que concorreram na eleição de 2016 mas não conseguiram se eleger : Agnaldo Timóteo, Marcelinho Carioca, Roberto Dinamite, Chiquinho Scarpa, Theo Becker, entre outros.

Não são poucos os famosos que resolvem se aventurar na política. O Senado Federal tem Romário (PSB-RJ) e a Câmara dos Deputados Tiririca (PR-SP) e Jean Wyllys (PSOL-RJ).

Nestas eleições, algumas figuras conhecidas da mídia se candidataram e tentaram uma vaga para vereador, mas não foram bem sucedidos, numa prova de que a fama na música, na TV ou no futebol nem sempre se reverte em votos nas urnas.

Confira os ‘famosos’ que se candidataram nestas eleições e não se deram bem:

Agnaldo Timóteo
O cantor, que já foi deputado federal e vereador pelo Rio e por São Paulo, teve 4.821 votos este ano e não se elegeu vereador pelo PMDB no Rio de Janeiro. Em 2012, ao perder a reeleição para vereador em São Paulo, ele chegou a passar mal e ir ao hospital.

Marcelinho Carioca, ex-jogador
Com 12.602 votos, não conseguiu se eleger vereador pelo PRB em São Paulo. O ex-jogador foi suplente de deputado federal em 2010, perdeu as eleições para vereador e deputado estadual em 2012 e 2014 e acabou tomando posse na Câmara quando o deputado Márcio França se licenciou em 2015.

Ademir da Guia, ex-jogador de futebol
O astro do Palmeiras nos anos 70 concorreu pelo PHS para vereador em São Paulo, obteve 3.166 votos e não se elegeu. Ele já foi vereador em São Paulo em 2004.

Roberto Dinamite, ex-jogador de futebol
O ex-jogador de futebol e ex-dirigente do Vasco da Gama teve 2.518 votos e não se elegeu vereador pelo Solidariedade no Rio de Janeiro. Em 2014, ele já havia tentado uma vaga de deputado estadual, mas perdeu a eleição.

Waldir Peres, ex-jogador de futebol
O ex-goleiro, que jogou no São Paulo, Corinthians e Portuguesa e foi titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1982, concorreu a vereador pelo PRP em São Paulo, mas com 1.341 votos, não se elegeu.

Thammy Miranda, ator
Candidato a vereador pelo PP na cidade de São Paulo, o filho da cantora Gretchen teve 12.408 votos e não se elegeu.

MC Serginho, músico
Com 1.366 votos, o funkeiro parceiro de Lacraia e autor de músicas como ‘Eguinha Pocotó’, ‘Morto Muito Louco’ e ‘Vai Serginho’ não se elegeu vereador do Rio de Janeiro pelo PRP.

Dudu Nobre, cantor
Candidato a vereador pelo PT do B no Rio de Janeiro, o sambista ficou em 260º lugar e não se elegeu. Ele teve 1.625 votos.

Theo Becker, ator
Com apenas 421 votos, o ator não se elegeu vereador na cidade do Rio de Janeiro pelo PRB. Ele ficou em 612º lugar na disputa – 51 se elegeram.

Chiquinho Scarpa, socialite
O playboy e socialite se candidatou a vereador pelo PRB em São Paulo. Com 5.140 votos, não se elegeu.

VEJA TAMBÉM: O ranking dos partidos que mais elegeram prefeitos em 2016

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Alexandre Postado em 05/Oct/2016 às 15:55

    Há grandes diferenças entre Chiquinha Scarpa e o boneco de posto eleito prefeito em SP?

    • Alfredo Postado em 05/Oct/2016 às 18:20

      Rsrsrsrs. Muito bem observado. NENHUMA!

  2. Iolanda Rebouças dos Sant Postado em 06/Oct/2016 às 08:08

    Em compensação o traficante Igor Kannario foi eleito vereador em Salvador

  3. Thiago Teixeira Postado em 06/Oct/2016 às 12:34

    Thammy com 12.408 votos? É muita gente, até que foi bem votada.

  4. Thiago Teixeira Postado em 06/Oct/2016 às 12:35

    Dinamite, o Deus do Maracanã ... realmente ... poucos votos, pois os vascaínos não gostam da gestão dele no clube. Já o Zico entrou!