Redação Pragmatismo
Compartilhar
Protestos 06/Sep/2016 às 11:53
38
Comentários

Professor universitário celebra cegueira de estudante que participou do 'Fora Temer'

Professor da Unesp celebra a perda da visão da jovem Débora Fabri, de 19 anos: “Pode ficar cega, se for petista é uma boa notícia”. Após receber inúmeras críticas, inclusive dos próprios alunos, o docente bloqueou a postagem e o seu perfil. A universidade divulgou uma nota de repúdio

José Jairo Silva Unesp jovem manifestante
(Imagem: Professor José Jairo da Silva, da Unesp, e a jovem Debora Fabri)

O professor universitário Jairo José da Silva comemorou em seu perfil no Facebook o fato de uma garota ter ficado ferida durante os protestos contra o presidente Michel Temer (PMDB), em São Paulo – a jovem perdeu a visão do olho esquerdo.

“De vez em quando tem notícia potencialmente boa. Uma garota ficou ferida na esbórnia pró-Dilma em São Paulo. Pode ficar cega. Se for petista é uma boa notícia, mas não vai fazer muita diferença, já que já são cegos como toupeiras”, escreveu.

Jairo José da Silva é professor aposentado de Matemática do Instituto de Geociências e Ciências Exatas da Unesp de Rio Claro e aparece no site da Unicamp na relação de docentes do CLE (Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência). De acordo com seu currículo Lattes, ele possui graduação em Física pela Unesp, mestrado em Matemática pela USP, livre-docência em Lógica Matemática pela Unesp e doutorado em Filosofia pela Unicamp.

A postagem do docente gerou revolta nas redes sociais. Uma usuária do Facebook comentou e comparou o texto com os pensamentos de Hitler. “Não adianta de nada ser doutor e ter um caráter falho..”. Outros chamaram o docente de fascista, condenaram a atitude dele e pediram para que ele fosse denunciado.

O texto foi postado durante a madrugada, mas por volta das 13h da última sexta (02) ganhou repercussão. Cerca de 20 minutos depois de receber várias críticas, o professor bloqueou o acesso público à página e escondeu as publicações.

A manifestante Deborah Fabri, 19, foi atingida por uma bomba da PM (Polícia Militar) na última quarta-feira, no Centro de São Paulo. Em uma rede social ela postou: “Oi pessoal estou saindo do hospital agora. Sofri uma lesão e perdi a visão do olho esquerdo mas estou bem. Obrigada pelas mensagens e apoio logo logo respondo todos!!!”.

UNESP

A ADUNESP divulgou uma nota de repúdio às declarações de Jairo José da Silva. Leia a íntegra abaixo:

Associação dos Docentes da UNESP (ADUNESP – Seção Sindical – Rio Claro) manifesta veementemente seu repúdio às declarações do Sr. Jairo José da Silva, servidor da UNESP Campus de Rio Claro, sobre a violência sofrida pela estudante da UFABC, na ação de brutalidade da força policial (Polícia Militar) do estado de São Paulo, a quem nos recusamos tratar por professor.

Consideramos que suas declarações aviltam os princípios desta

atividade social, quais sejam: formar cidadãos críticos, tolerantes e que compreendam a necessidade de respeitar as diversidades e construir uma sociedade mais justa e com valores de solidariedade e bem comum.

As expressões “de vez em quando tem notícia potencialmente boa. Uma garota ficou ferida no ato pró-Dilma em São Paulo”, “pode ficar cega”, “toupeira” denotam a vileza de seu espírito.

Em primeiro momento nossa compreensão é que este tipo de vilania deveria ser ignorada, a dar notoriedade e luz a quem não às tem por formas virtuosas.

Por sua vez, o desrespeito, a intolerância, a ausência cognitiva acerca da importância da diversidade e das diferenças, de desconhecimento de seu papel social, exigem sua reprovação e repúdio, bem como dissociar tal comportamento do conjunto dos professores desta unidade universitária e associação sindical e, sobretudo, ratificar a importância da liberdade de ação política como princípio que impõe limites necessários ao abjeto, à desonra, ao desumano e à desconstrução de uma sociedade fraterna e socialmente justa.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Orlando Postado em 06/Sep/2016 às 12:03

    Está ficando difícil entender o que nossas universidades estão ensinando. O que leva alguém, presumidamente com muita formação, a ser tão desumano? Que princípios norteiam o pensamento deste indivíduo? O que esperar de um professor com tais pensamentos?

    • Walkíria Postado em 06/Sep/2016 às 21:14

      E o que esperar das gerações de alunos que ele forma e influencia?

    • luiz cunha Postado em 07/Sep/2016 às 16:55

      Penso que a Nota de Repudio, já o coloca à margem dos docentes, apenas o fato de não reconhecê-lo como professor, já mostra a disposição de separar o joio do trigo, ou de não permitir que uma maçã podre possa estragar o cesto todo. Lamentavelmente, ainda existem pessoas (?), com esses pensamentos em muitas salas de aula, ocupando lugares dos verdadeiros mestres. Quanto a ele, como é mesmo o nome dele ....?

    • Marco Sousa Postado em 11/Sep/2016 às 01:27

      As "universidades" não ENSINAM ISSO!. Esse tipo de (pensamento, educação moral) vem de casa, das ruas, das companhias, mas principalmente, do próprio caracter. Um indivíduo como esse é um ser anti social, diria mesmo, um típico PSICOPATA!.

  2. Ely Leão Postado em 06/Sep/2016 às 12:14

    Professor, o senhor é um CANALHA, CANALHA, CANALHA.

    • Nazaré Postado em 06/Sep/2016 às 18:24

      ele é um canalha de nascença mesmo. Eu o conheço bem pra afirmar isso. Odeia mulheres, em especial as bonitas e inteligentes. Se forem corajosas então, aí tem horror. Um pé-rapado que não tinha nada e se acha. Pergunte pq não tem doutorado? Pq torrou a bolsa que recebu pra isso nos EUA e não fez nada. Desprezível.

  3. Márcio Postado em 06/Sep/2016 às 12:33

    Não foi a UNESP que respondeu. Foi a Associação dos Docentes.

    • Marco Sousa Postado em 11/Sep/2016 às 01:29

      Tinha que ser mesmo a Associação dos Docentes, o CANALHA é aposentado!.

  4. Daniel Peres Postado em 06/Sep/2016 às 12:55

    Nós, bolsistas de Produtividade em Pesquisa do CNPq, área filosofia, repudiamos o senhor Jairo José da Silva, em razão de sua manifestação sobre o ocorrido com a jovem estudante da UFABC, que tragicamente perdeu a visão em razão de violência policial. Escreve o referido senhor: “De vez em quando tem notícia potencialmente boa. Uma garota ficou ferida no ato pro-Dilma em São Paulo. Pode ficar cega. Se for petista é uma boa notícia, mas não vai fazer muito diferença, já que já são cegos como toupeiras”. A comunidade brasileira de filosofia, em seus melhores quadros, sempre lutou pela ordem democrática, sempre afirmou seu compromisso com a liberdade e a tolerância. Apesar das diferenças que temos, e temos muitas diferenças, não aceitamos uma atitude de tal natureza, atitude que não guarda o menor traço de civilidade. Assim, nos dissociamos completamente de tal postura por compreendermos que a vinculação com a comunidade de filosofia e a condição de Bolsista de Bolsa de Produtividade em Pesquisa devem refletir não apenas o reconhecimento da excelência em um determinado domínio do conhecimento, mas exigem de cada um de nós o compromisso com certos princípios e valores básicos que definem a humanidade. Adriano Correia (UFG) Alberto Ribeiro G. de Barros (USP) Alessandro Pinzani (UFSC) Alfredo Storck (UFRGS) André Duarte (UFPR) André Leclerc (UFC) André Porto (UFG) Antonio Edmilson Paschoal (UFPR) Bento Prado Neto (UFSCar) Carlos Alberto Ribeiro de Moura (USP) Carolina Bonfim Araújo (UFRJ) Cesar Candioto (PUC-PR) Daniel Omar Perez (UNICAMP) Daniel Tourinho Peres (UFBA) Débora Cristina Morato Pinto (UFSCar) Edgar Marques (UERJ) Erick Lima (UNB) Ernani Chaves (UFPA) Ernesto Perini (UFMG) Eros Carvalho (UFRGS) Ethel Rocha (UFRJ) Fátima Évora (UNICAMP) Fernando Costa Mattos (UFABC) Fernando Rey Puente (UFMG) João Carlos Salles (UFBA) João Vergílio Cuter (USP) José Nicolao Julião (UFRRJ) Karla Chediak (UERJ) Lia Levy (UFRGS) Luiz Carlos Pinheiro Dias Pereira (PUC-Rio) Luiz Damon Santos Moutinho (UFSCar) Luiz Eva (UFPR) Luiz Henrique Lopes dos Santos (USP) Luiz Repa (USP) Marcos Gleizer (UERJ) Maria Clara Dias (UFRJ) Maria de Lourdes Alves Borges (UFSC) Maria Isabel Limongi (UFPR) Maria Lucia Cacciola (USP) Nythamar de Oliveira (PUC – RS) Oswaldo Giacoia Junior (UNICAMP) Patrícia Kauark Leite (UFMG) Paulo Faria (UFRGS) Pedro Costa Rego (UFRJ) Plinio Junqueira Smith (UNIFESP) Raul Landim Filho (UFRJ) Ricardo Ribeiro Terra (USP) Rodrigo Guerizoli (UFRJ) Roberto Horácio Sá Pereira (UFRJ) Rodrigo Duarte (UFMG) Rosa Maria Dias (UERJ) Scarlett Marton (USP) Silvia Altmann (UFRGS) Telma de Souza Birchal (UFMG) Ulysses Pinheiro (UFRJ) Vinícius de Figueiredo (UFPR) Waldomiro da Silva Filho (UFBA) Yara Adário Frateschi (UNICAMP)

    • Nazaré Postado em 06/Sep/2016 às 18:26

      parabéns professores. Esse elemento é mesmo algo a ser repudiado. Não merece ser tratado como um docente, denigre a categoria.

      • Marco Sousa Postado em 11/Sep/2016 às 01:30

        Esse canalha é um PSICOPATA!.

  5. Rita Cruz Postado em 06/Sep/2016 às 13:15

    Outro menos que LIXO midiotizado a enaltecer tamanha barbaridade! Se a UNESP tem em seu quadro docente esse tipo de "profissional", melhor ela fechar as portas. Sem mais.

    • Efe porfirio Postado em 06/Sep/2016 às 18:31

      Um vírus desse não poder ter sido originado de espermatozóide.

  6. Marília de Campos Cardoso Postado em 06/Sep/2016 às 13:39

    Que bom que a UNESP repudiou as declarações desse cidadão que se diz professor. Lamentável termos em nossas universidades pessoas como esse senhor. Todo o investimento feito em sua formação , que provavelmente foi às custas de bolsas de órgãos de apoio à pesquisa, como: FAPESP, CNPQ, CAPES ...; parece ter sido em vão.

    • Yara dos Reis Steinfatt Postado em 06/Sep/2016 às 19:57

      " Repudiar" sem consequencias nao vale nada. É inconcebível que uma pessoa tao repudiante continue no quadro de docentes com a responsabilidade de formar uma geracoes de estudantes. Este tipo de comportamento em NENHUM país civilizado seria aceito. Vivo em um país com um passado tenebroso ( Na Alemanha ) e sei que aqui, nenhuma universidade toleraria esse tipo de barbarie por um professor. Multas estrondosas e perca do emprego seria o mínimo.

      • julio Postado em 07/Sep/2016 às 08:09

        "repudiar" sem consequências não vale nada. [2]

      • Marco Sousa Postado em 11/Sep/2016 às 01:32

        ["Repudiar" sem consequências não vale nada] sem consequências e ou sem PUNIÇÃO!. PERFEITO!.

    • Yara dos Reis Steinfatt Postado em 06/Sep/2016 às 20:04

      Nota e repúdio? Só isso? O Brasil é mesmo o País da Impunidade, Dá medo ver a que ponto a barbarie pode chegar sem nenhuma consequencia. Onde estao as acusacoes? Onde as multas? Onde o crime? E isso de um professor que ganha para formar a nossa juventude. Sao esses os nossos exemplos! Com razao a criminalidade no Brasil é tao alta. A violencia solta e válida para todos. Nota de repúdio é um tapa na cara da nossa sociedade.

  7. Luciana T Postado em 06/Sep/2016 às 14:13

    Pelo que eu entendi, não foi a UNESP que fez a nota de repúdio, mas a ADUNESP. Não são entidades independentes?

  8. Eduardo Postado em 06/Sep/2016 às 14:25

    A Nota de Repúdio não é da UNESP enquanto instituição (pois aí deveria ter saído via Reitoria). Ela é da entidade Sindical dos servidores docentes.

  9. Boury Postado em 06/Sep/2016 às 14:25

    O pior cego é aquele que não quer ver ..... Este elemento é um natimorto.

  10. Bob Silva Postado em 06/Sep/2016 às 14:44

    E assim, segue o baile funesto dos sádicos sociopatas enrustidos fantasiados de fascistas, fazendo o misancene ridículo de "cidadãos de bem".

  11. Orlando Postado em 06/Sep/2016 às 14:45

    Facista

  12. Dr. Pacheco Postado em 06/Sep/2016 às 14:47

    Doutor em filosofia? Ahhhh esses doutores....

  13. ALDA Postado em 06/Sep/2016 às 15:50

    Será que uma criatura dessa têm filhos? A que ponto chegou o ser humano. Já não se faz mais profissionais como antigamente. Hoje em dia quanto mais estudo, mais ignorante e intolerante. Lamentável a postura desse "ser humano". Parabéns a UNESP pela resposta a altura.

  14. Norma Postado em 06/Sep/2016 às 15:52

    Lamentavel uma Universidade tão conceituada ter um cara como esse em seu corpo docente. Esse homem deveria ter as suas funções profissionais suspensas e consequentemente ser investigado por estimular o ódio e a intolerância, o que fere mortalmente os direitos democráticos. Deve ser um peso ter um pai como esse, ele é a própria degradação humana, um pernicioso, um verme.

  15. carlos teles Postado em 06/Sep/2016 às 15:58

    FASCISTA!!! NOJENTO!!! FILHO-DA-PUTA!!!

  16. Guto Josman Postado em 06/Sep/2016 às 17:19

    não existe nenhuma forma de punição para essa criatura?

  17. Eros Alonso Postado em 06/Sep/2016 às 19:38

    Apenas um pergunta ao vagabundo desse professor: Tem filha? Pense nela imbecil.Um cara desses não dá aulas para meus filhos. Ainda apanha,se falar merda na classe.

  18. Thiago Teixeira Postado em 06/Sep/2016 às 21:33

    Quero que esse professor se dane. Estão desviando o foco. E ai? A menina vai ficar cega mesmo sem uma indenização? Quem responderá por isso? Claro, esqueci, estamos falando de São Paulo, onde 100% do Judiciário, ministério público, imprensa e a cúpula das policiais são golpistas tratam da lei conforme seus interesses. Bando de lixos.

  19. Zenilda Bentes Postado em 06/Sep/2016 às 21:35

    Como um cara desse que nao respeita a democracia, a liberdade de expressao, rasga a filosofia e a constituição. Um cara que se formou graças a bolsa que conseguiu com as politicas publicas do Pt. UM cara desse nao merece estar na cadeira de professor. Deve ser processado por preconceito e discriminação. UM Hitler

    • Moacir Postado em 07/Sep/2016 às 11:43

      De onde você tirou a informação de que ele se formou graças às política públicas do PT?

  20. Rock Postado em 06/Sep/2016 às 21:37

    Eu queria ter dois minutos com esse cafajeste e o educaria.

  21. Galvão Postado em 08/Sep/2016 às 21:26

    Eu nunca vi uma pessoa que se diz de ideologia de esquerda ter um pensamento/um desejo como este ser que se auto proclama de direita. Cada dia que passa,mais eu sei que estou certo de ser de esquerda. Afinal eu sou Cristão. Eu respeito o pensamento/opinião de todos, infelizmente até o deste monstro, lógico, que desde que não atinja a integridade e vida de ninguém.

  22. JOHN J. Postado em 08/Sep/2016 às 22:16

    Deveriam caçar a aposentadoria desse filho de uma puta. Virou moda, professor paulista falar mal do PT. Tem outro FDP igual a esse, que tem horario garantido e deve receber salário da TVCULTURA só para falar mal do PT, é o boçal que se diz historiador mas não passa de um vilão de filme de terror, o VILLA, um psicopata travestido de professor. Nossa universidades estão nos mostranbdo que eles estão por aí e querendo aparecer na mídia. A PSICOPATIA DESSES DOENTES MENTAIS NÃO TEM CURA E PARECE QUE ELES TEM SEGUIDORES QUE OS APOIAM E LHES SÃO FIEIS, POIS A EDUCAÇÃO NO ESTADO DE SÃO PAULO FOI DIRIGDA PARA ISSO PELOS TUCANOS QUE ESTÃO GOVERNO HÁ MAIS DE DUAS DÉCADAS.

  23. ALFREDO DE VITA Postado em 09/Sep/2016 às 11:07

    Esse VILLA é tão odioso, que não passa de um RIDÍCULO!

  24. Marco Sousa Postado em 11/Sep/2016 às 01:18

    Canalha CEGO dos dois olhos!. Imaginem o que essa "crápula" ensina!!!!!!!.....

  25. Maria das Dores Rocha Postado em 12/Sep/2016 às 13:57

    Causa pena ver uma pessoa tão atrasada na escala espiritual, social,política e humana ! Mar