Redação Pragmatismo
Compartilhar
Esporte 20/Jul/2016 às 14:36
36
Comentários

Noruega faz o melhor comercial das Olimpíadas no Rio de Janeiro

Entre centenas de campanhas publicitárias sobre os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, foi a Noruega que criou o comercial mais brasileiro

olimpíadas rio de janeiro noruega comercial

Um comercial norueguês resolveu mostrar um Rio de Janeiro mais “realista” (assista abaixo).

A campanha da marca esportiva XXL Sport & Villmark para os Jogos Olímpicos do Rio se passa em uma favela e mostra a história de um garoto que persegue um misterioso homem para devolver a carteira que ele deixou cair.

Ao mesmo tempo, o próprio garoto é perseguido por policiais que acreditam que o acessório tenha sido roubado por ele.

Durante as perseguições, quadras poliesportivas e espaços de treinamento são evidenciados dentro do local como um espaço de vivência entre os esportistas dali.

Após uma série de aventuras, algumas um pouco bizarras (como quando o menino pega carona com um homem que voa de asa delta), ele consegue finalmente devolver a carteira ao personagem.

O dono da carteira é Ronaldinho Gaúcho, que se apresenta e salva o dia, para a felicidade dos agentes policiais. O vídeo termina com uma pelada na praia entre o menino, Ronaldinho e policiais. Um final “de novela”, praticamente.

A peça publicitária foi produzida pela Camp David Filme e SouthWest Productions em colaboração da brasileira Hungry Man. O nome do roteiro é “Esporte une todos”.

Contrastes

“Quando os Jogos Olímpicos começarem no Rio, será um momento de grandes realizações esportivas, samba e festividades coloridas. No entanto, nem todo mundo fará parte das festividades. Porque, apesar de sua beleza, o Rio é uma cidade de contrastes. Na sombra das celebrações Olímpicas você vai encontrar as crianças de rua do Rio vivendo em favelas onde a brilhante imagem da Olimpíada é apagada pela pobreza e condições difíceis”, diz a marca em sua página oficial do YouTube, onde o vídeo foi divulgado.

“O esporte cria esperança em meio à vida cotidiana, que é ao mesmo tempo exigente e difícil para muitas pessoas. No Brasil, todo mundo adora futebol, quase sem exceção. Jogar futebol ou praticar outro esporte é definitivamente uma coisa positiva. Isso pode superar obstáculos e resolver conflitos. Cria unidade e solidariedade, e estabelece as bases para o diálogo. É nisso que nos concentramos em nosso novo comercial”, finaliza.

VÍDEO:

com Adnews/Exame

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Honest Guy Postado em 20/Jul/2016 às 15:22

    Melhor? REALLY? Actions movies dos anos 90 / Estereótipos politicamente corretos e um clichê absurdo no roteiro = Melhor peça! Ahh esqueci da super participação do nosso amado R10 ou R11 ou R alguma coisa, um exemplo de esportista comprometido.

    • Pedro P. Postado em 21/Jul/2016 às 00:12

      Vai dormir.

  2. cuzao azedo Postado em 20/Jul/2016 às 15:47

    Um dibre no preconceito

    • Danielle Postado em 21/Jul/2016 às 08:41

      E você deu um DRIBLE na Gramática.

  3. F BRUNO Postado em 20/Jul/2016 às 15:52

    NO BRASIL SERIA MAIS FACIL O MENINO TER ROUBADO MSM!!! KKKKK

    • joelia Postado em 20/Jul/2016 às 20:37

      E a polícia já chegar atirando. Rsrs

    • Bruno Moreira Cirilo Postado em 21/Jul/2016 às 03:13

      agora tu foi um puta preconceituoso bicho

  4. José de souza Postado em 20/Jul/2016 às 16:04

    O esporte une todos contra a polícia, seria essa a intenção? Video fraco, passa longe da realidade. Mas não podia ser muito diferente, já que foi feito por noruegueses, com a colaboração de brasileiros que muito provavelmente moram fora do Brasil. Video infeliz.

    • Débora Postado em 20/Jul/2016 às 18:03

      A polícia tb jogou a bola aff

    • alcantara Postado em 21/Jul/2016 às 10:28

      Na realidade a policia teria atirado no menino nos primeiros 3 segundos de vídeo.

  5. Ana Maria Postado em 20/Jul/2016 às 16:11

    Ainda bem que é só um comercial e que o menino é branco. Se fosse vida real e o menino, negro, aí o final teria grandes possibilidades de terminar com os policiais atirando com bala de fuzil na cabeça do guri. Ah, e teríamos na edição do jornal da tarde, mais uma manchete do tipo: "policiais confundem..."

    • [email protected] Postado em 20/Jul/2016 às 19:56

      melhor comentário parabéns Ana Maria. Visão realista, sem panos quentes.

    • Maria Helena Postado em 20/Jul/2016 às 22:41

      Perfeito , teu comentário. Pensei isso tb.

  6. Alberto Postado em 20/Jul/2016 às 17:04

    Apenas mais um video clichê sobre o Brasil, nada de novo ou "criativo". Alias, a "realidade" do Rio e bem diversa dessa, basta andar nas regiões centrais com descuido que vc será facilmente roubando, e não vai ter policia (devido a absurda falta de segurança) e muito menos boa vontade dos assaltantes em devolver seus pertences.

  7. Edward De Leonardis Postado em 20/Jul/2016 às 17:10

    Na verdade os policiais estavam querendo pegar a carteira para eles.

    • lucas Postado em 21/Jul/2016 às 20:03

      Exato!

  8. Vinicius Postado em 20/Jul/2016 às 17:19

    quero os 3 min de volta que eu perdi vendo isso... Pragmatismo, qual foi??

    • Guilherme Postado em 20/Jul/2016 às 23:52

      acorda mais cedo seu fdp para de ser otario muleque desgracado bicha perdeu 3 minutos dessa sua vida de merda o q adianta

      • Guilherme Postado em 28/Jul/2016 às 23:11

        esse é meu chará rs...

  9. José Ferreira Postado em 20/Jul/2016 às 17:20

    Se o menino do comercial fosse negro (e não multirracial, um "quase caucasiano"), os produtores seriam chamados de "racistas" e coisa e tal.

  10. WicCaesar Postado em 20/Jul/2016 às 19:42

    Parece legítimo. Se fosse representativo do Brasil, em qualquer desses cenários cariocas, algum desses puliças já teria dado pelo menos três tiros na criança. Se fosse negro, oito só na cabeça.

  11. sidney Postado em 20/Jul/2016 às 21:21

    kkkkkkk Que imagem legal eles possuem do Brasil viu. Uma policia cretina, eles acertaram. Um menino branco quase ladrão. erraram feios, só os negros são ladrões. Uma favela que finge praticar esporte tranquilamente, uma praia sem arrastões, e o melhor, sem balas perdidas. kkkkkkkkkkkkkkkk Adorei...

    • Pedro Accioli Postado em 21/Jul/2016 às 08:47

      Mas se você for ver, todo negro tem tratamento diferenciado pela polícia! E tem muito bandido que é branco!

  12. Luiz Postado em 20/Jul/2016 às 21:23

    Ui, os brasileirinhos ficaram nervosos pq fizeram um comercial no qual a policia se mostra despreparada e um jogador de futebol é considerado um Deus. Bem longe da nossa realidade mesmo...

  13. ogrolino Postado em 20/Jul/2016 às 22:31

    então.. ta quase igual, tirando poucas coisas tipo: os policiais ñ terem espancado o menino, a falta do tiroteio na favela, faltou tb o esgoto a céu aberto, faltou morador de rua, faltou o garoto ser assaltado, faltou a policia ser assaltada, faltou a policia agredir gente q ñ tinha nada com oq tava acontecendo, faltou matarem gente inocente por confundir'', faltou preconceito, faltou fome, faltou gente morrendo nas filas dos hospitais públicos, faltou gente sendo extorquida pelos serviços de transporte ''público'', faltou o brasileiro trabalhando 10..12 horas por dia, mais 4 horas de viagem de ida e vinda do trabalho, faltou mostra tb criança sem educação..jovem sem educação... adulto sem educação..em resumo faltou mostrar o suor sangue e lágrimas quee o brasileiro derrama ao ver um governo sociopata assassinando o país e ñ poder fazer nada.

  14. Renato Postado em 20/Jul/2016 às 23:10

    Gostei da legenda kkkk Em português: - vai se foder! Legenda: - it's not yours!

  15. marcos donate alves de pa Postado em 20/Jul/2016 às 23:13

    puta q pariu...tudo isso por causa de uma carteira?...não vou nem citar outros absurdos

  16. Ana Maria Postado em 21/Jul/2016 às 07:54

    Eu nao vejo tanta negatividade como este pessoal viu, vi um menino honesto que quis devolver a carteira ao dono e como era menino de rua a policia pensou que ele tinha roubado e foi ele atras do ronadinho e a policia atras dele e no fim estavam todos a jogar a bola, e a mensagem e que o futebol une todo o mundo, nao tentaram mostrar a realidade do pais porque e um anuncio e num anuncio so se ve coisas boas

  17. Charles Postado em 21/Jul/2016 às 09:34

    Comercial horrivel, o garoto branco desrespeitando a policia, quebrando a viatura e o Ronaldinho de mobilete na favela, tudo totalmente invertido.

  18. Viktor Postado em 21/Jul/2016 às 09:37

    Estereótipos de merda. Muita gente no Brasil não gosta de futebol e, muita gente, num país deste tamanho, significa alguns milhões.

  19. ademar Postado em 21/Jul/2016 às 09:39

    "Redação Pragmatismo: Noruega faz o melhor comercial das Olimpíadas no Rio de Janeiro." Não to acreditando que o Título da Matéria é realmente este, Pragmatismo superou agora...

  20. Guilhermo Postado em 21/Jul/2016 às 09:52

    Por que nesses cliches sempre mostram a favela? Aliás, praticamente só mostram a favela. Tem tantos lugares bonitos no Rio e se prendem em evidenciar só a periferia. Essa parte deveria também ser mostrada, mas não só isso. Enfim, mesmo assim até que gostei do comercial. :)

  21. Adriana Postado em 22/Jul/2016 às 15:44

    Ana Maria infelizmente pensei o mesmo

  22. Carlos Postado em 23/Jul/2016 às 04:11

    Na verdade isso mostra o Rio de Janeiro lixo de cidade e estado onde a população é contra a Polícia e idolatra bandidos. Minha cidade é oposta ao Rio e zero de homicidios.

  23. carolinne Postado em 20/Jul/2016 às 21:09

    F*CK THA POLICE SIM

  24. Guilherme Postado em 28/Jul/2016 às 23:11

    Narinho Bobinho rs... ze mané