Redação Pragmatismo
Compartilhar
Impeachment 16/Jun/2016 às 11:39
14
Comentários

Wagner Moura denuncia golpe brasileiro na mídia internacional

Em entrevista no talkshow de Chelsea Handler (EUA) para divulgar a segunda temporada de Narcos, ator Wagner Moura denuncia o golpe no Brasil e faz críticas à grande imprensa nacional

Wagner Moura chelsea handler golpe

PS.: Este texto contém Spoiler sobre a série Narcos

Estrela de Narcos, série produzida pela Netflix que narra a história do traficante colombiano Pablo Escobar, Wagner Moura foi entrevistado no talkshow de Chelsea Handler esta semana.

Questionado sobre a atual situação política do Brasil e as Olimpíadas no Rio, o ator afirmou que acredita que o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff “infelizmente” será confirmado nos próximos meses.

Moura observou ainda que e que o que tá acontecendo no Brasil é algo muito próximo de um golpe de estado. “Eu não votei nela (Dilma) e a tenho criticado desde 2013, mas a afastaram sem nenhuma razão. Democraticamente, é uma grande ruptura”.

Durante a entrevista, Wagner Moura criticou a cobertura política da grande imprensa brasileira e elogiou os esforços da mídia alternativa e do jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept.

“A cobertura que a imprensa brasileira está fazendo sobre o que acontece [processo de impeachment] é muito limitada”, afirmou.

A respeito da série Narcos, o ator acabou soltando um spoiler ao dizer que Pablo morreria no final da temporada. Em seguida, fez um mea-culpa. “Se você entrar no Google, descobrirá o que aconteceu com Pablo”, disse após a revelação.

VEJA TAMBÉM:
A celeuma em torno do sotaque de Wagner Moura e o viralatismo crescente
Wagner Moura publica texto pontual sobre golpe em curso no Brasil
O dia em que Wagner Moura humilhou a revista VEJA

Em 1993, durante uma intensa troca de tiros com a polícia, o traficante colombiano acabou sendo morto no telhado de uma casa. A segunda temporada da série de sucesso mostrará a fuga de Pablo Escobar da cadeia.

Vídeo:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Vinícius Postado em 16/Jun/2016 às 12:08

    Faltou ele dizer para a entrevistadora que os EUA apoiaram e atuaram diretamente nas ditaduras da América Latina, incluindo o Brasil. E que ainda é possível encontrar vestígios desse passado assombroso na sociedade brasileira. Razão pela qual nos encontramos agora nessa situação política patética e com uma população alienada politicamente e preconceituosa (justamente como o povo norte americano). Mas enfim, não acho que ele tenha culhões pra tanto né... falar verdades sobre o país que gera para esse ator lucro através das produções cinematográficas da industria cultural... não né.

  2. Leonardo Araújo Postado em 16/Jun/2016 às 12:38

    Mas, meu caro Wagner, conforme os "jornalistas" do grupo Globo e seus puxadinhos (Veja, Época, Estadão, etc.) o que aconteceu aqui não foi um golpe. Só quem diz o contrário, além da imprensa alternativa, é toda a imprensa estrangeira, mas esta, como todo o mundo sabe, foi comprada pelo PT.

    • Carlos alberto Postado em 16/Jun/2016 às 14:42

      Não sou do PT . Nem acho a Dilma boa presidente. Só para pontuar . Esses veículos todos que vc citou são conhecidamente comprometidos com as opiniões de seus donos , que não são nenhum modelo de democratas ... Não leio revistas semanais nem assisto TV há muito tempo. Essa atitude deixou-me menos alienado e consigo enxergar com clareza a trama preparada para retirar uma presidente do poder , assimí-lo , tentar destruir a lava -jato e desonerar o trabalho brasileiro com criando leis que na prática anulam direitos importantes. Além de outras atitudes irresponsáveis que beneficiam setores ávidos por maiores ganhos financeiros .

  3. sandro Postado em 16/Jun/2016 às 13:28

    Só faltou falar que o golpe foi pra parar a sangria da lava jato e as tais pedaladas foi só desculpinha de trouxinha.

    • Maximilien Postado em 16/Jun/2016 às 15:36

      Diz ai ô COXINHA! Qual foi o crime de responsabilidade cometido pela presidente? Se não houver nenhum então é SEM MOTIVO. Pedalada Fiscal não é crime. NÃO AO GOLPE!

  4. Marco Antonio Felicio Postado em 16/Jun/2016 às 14:17

    Esse vagabundo vai perder a "boquinhha" da Lei Rouanet (Roubanet) e o mesmo se beneficiou dela, agora tá todo recalcado. A mamata acabou!

  5. Marcel Postado em 16/Jun/2016 às 14:39

    Isso mesmo Wagner.

  6. Eduardo Ribeiro Postado em 16/Jun/2016 às 14:52

    Como assim a situação no Brasil é "algo muito próximo" a um golpe?? O cara vai pros EUA dar entrevista, tem o microfone na mão, e fala meia verdade, fica de eufemismos? Porra. Bota tudo na mesa, bicho. É EFETIVAMENTE um golpe, 54 milhões de votos foram jogados no lixo por nada, porque a plutocracia amanheceu numa segunda-feira de outubro/2014 emputecida e decidiu que Dilma não chegaria ao fim. E o golpe não acabou: enquanto Lula estiver respirando ou em liberdade, o golpe não acaba. Tem que aprender como fala "dois pedalinhos" e "canoa de sucata" em inglês pra contar a história da futura prisão de Lula. A mulher ali levantou a bola pra ele falar que "nós no Brasil também temos nosso Trump, e o nome dele é Bolsonaro, e temos alguns aprendizes de Trump também", mas WM parece que perdeu essa chance também.

  7. Zanardi Postado em 16/Jun/2016 às 15:07

    Foi muito bem colocado, muito bem definido. Quem não admite... bem, depois de tudo, não há mais o que dizer. Talvez, quando sair uma versão em desenho animado da história...

  8. sandro Postado em 16/Jun/2016 às 16:14

    Trouxinha chorume escondidinho,o maior beneficiário da Rouanet foi um amigo do peito do teu ídolo aecio.

  9. José Postado em 16/Jun/2016 às 20:18

    A Globo é reincidente em golpe, é sua espacialidade.

  10. Ricardo Postado em 17/Jun/2016 às 11:37

    Sim, ela foi afastada porque comeu o bolo de chocolate do coleguinha, daí não posso dizer que não há motivo... Desonestidade é usar o processo de impeachment em desvio de finalidade.

  11. Ricardo Postado em 17/Jun/2016 às 11:41

    Não posso ter lido isso. Então quem se opõe a uma maracutaia grotesca como o impeachment "tá queimando o filme do Brasil", mas usar o processo de impeachment em desvio de finalidade ou votar a favor do impeachment "em nome de Deus", "pelos filhos" ou "pela esposa", defender publicamente torturador não queima o filme?! Vem cá, por acaso vc tem amigo estrangeiro?! Porque todos os meus amigos estrangeiros (inclusive americano) estão chocados com a ignorância de todo esse processo.

  12. mauricio sá Postado em 17/Jun/2016 às 15:15

    Neste caso a Globo é reincidente em contra-golpe pois em 64 apoiaram o regime militar contra a ditadura comunista e agora contra a ditadura comunista CLARAMENTE proposta por este indecente Foro de São Paulo. Wagner Moura em vez de viver nas tetas do capitalismo americano vá praticar sua esquerdopatia na ilha vizinha.