Redação Pragmatismo
Compartilhar
Michel Temer 03/Jun/2016 às 17:22
18
Comentários

Vídeo: novo ministro da Transparência pede que servidores anti-temer se demitam

Em vídeo, novo ministro da Transparência sugere a servidores contrários a Michel Temer que se demitam da CGU. Fala gera revolta na categoria

ministro transparência torquato temer cgu
Torquato Jardim, novo ministro da Transparência do Governo Temer (reprodução)

O novo ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Torquato Jardim, disse em comunicado aos servidores por videoconferência, que “quem tiver uma incompatibilidade insuperável de qualquer tipo, de qualquer circunstância [com o governo Temer], com certeza terá a dignidade de pedir espontaneamente a sua exoneração”. Torquato afirmou ainda que os trabalhos no ministério pressupõem “compatibilidade política, filosófica e ideológica de cada qual com o governo de transição” de Temer.

As declarações foram feitas por meio de um vídeo transmitido internamente pela TV CGU, com duração de cerca de cinco minutos. O discurso foi anunciado como a apresentação do novo mandatário da pasta. Os servidores, porém, questionaram o porquê dele não ter descido os nove andares de seu gabinete até o auditório onde foi transmitido o vídeo para falar diretamente com sua nova equipe.

Veja no vídeo:

Os servidores receberam com receio as declarações de Torquato sobre a pressão feita pelos funcionários para que o antigo ministro Fabiano Silveira deixasse o cargo. Eles são contrários à extinção da Controladoria-Geral da União. O novo ministro, porém, afirmou que não se preocupa com as manifestações.

Quanto à reação de alguns, ao que estou informado já acabou”, disse o ministro. “Estou muito tranquilo”, completou.

O presidente do Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle (Unacon Sindical), Rudinei Marques, acusou o novo ministro de estar intimidando os servidores. “Ameaça expressa”, condenou o representante dos trabalhadores. “Ele nem se deu ao trabalho de velar”, concluiu.

Em resposta às declarações, os servidores voltaram a se manifestar em frente à sede da antiga CGU e cercaram o carro do ministro em sua chegada ao ministério na tarde desta quinta-feira (2).

Veja o vídeo abaixo:

Gabriel Pontes, Congresso em Foco

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Salomon Postado em 03/Jun/2016 às 21:32

    É o fim da picada. É a casa grande cuspindo na senzala. Acabou-se o Estado Democrático de Direito, do qual tanto fala a Constituição Cidadã e pela qual tantos morreram. Os Trouxinhas devem aplaudir de pé. Porque são Trouxinhas. Porque pertencem à Senzala e não sabem. Ao canto mais burro e ignorante da senzala que pensa que é casa grande. Nunca a obra prima de Gilberto Freyre foi tão atual. Que Deus nos ajude.

  2. Guilherme Postado em 03/Jun/2016 às 22:53

    kkkk o comédia do Naro (o PP não deixa eu falar o nome dele de verdade aqui rs... pô PP) tem que dar os pitacos ridículos e sem sentido kkkk... é um mané mesmo... agora, estou percebendo que está deixando as palavras educadas de lado... "cu com bunda"?? tu é um mané...

  3. sidney Postado em 03/Jun/2016 às 23:37

    A CGU CRETINA QUE LUTOU CONTRA DILMA ESTÁ PAGANDO O PATINHO . KKKKKKKKKKK

  4. sidney Postado em 04/Jun/2016 às 00:37

    kkkkkkkkkkkkkkkkkk estado repressor. E tem idiota que defende como esse idiota acima.

  5. S Rod Postado em 04/Jun/2016 às 09:32

    Chamar um facista de idiota e' um elogio.

    • Thiago Teixeira Postado em 06/Jun/2016 às 12:53

      E também pleonasmo vicioso.

  6. Salomon Postado em 04/Jun/2016 às 10:25

    Cara, não existe isso. O servidor presta concurso para ingresso no serviço público, tenha ele a ideologia que tiver, e se obriga apenas aos princípios da legalidade, moralidade, impessoalidade, publicidade e eficiência (art. 37, caput, CF). Só isso. Não importa se o governante de plantão é de direita, de esquerda ou de centro. Não tem como um chefe ou um servidor ser obrigado a 'vazar' por "incompatibilidade" com a ideologia de gangsteres usurpadores. A Constituição tem por "ideologia", se é que se pode chamar assim, o compromisso com o Estado Democrático de Direito e a dignidade da pessoa humana. Não há nazifascista no mundo que altere isso. O servidor presta contas apenas à lei. Essa é segurança jurídica do usuário do serviço público, e não do servidor. A estabilidade no serviço é para que o servidor não seja demitido por "incompatibilidade" com arremedos de gente ou criminosos (da prateleira de cima) posto no poder pelos Trouxinhas. Vá se informar, imbecil. Seu anagrama insulta as pessoas, é prova sua insuperável burrice e mostra sua incapacidade mental de enxergar um palmo diante do nariz

    • Calmon Postado em 04/Jun/2016 às 20:56

      Concordo contigo. Se um servidor se considerar incompatível insuperavel ele pode até pedir exoneração, agora se for alguém que quiser boicotar o trabalho de sua função poderá ser exonerado como qualquer servidor federal, depois de denunciado e condenado apos ampla defesa. Pelo visto esse ministro não vai permanecer muito tempo no cargo. Mas ele vai aprender logo.

  7. José Armesino Postado em 04/Jun/2016 às 11:31

    Um governo de déspotas, como era de se esperar.

  8. sandro Postado em 04/Jun/2016 às 13:35

    Essa ameba deve achar que estupro é culpa da crise,deve apoiar o fim de partidos comunistas,deve aplaudir a violência de policiais contra mulheres.

  9. Magali Postado em 04/Jun/2016 às 17:52

    Todo apoio a luta pelo respeito a CGU - dado ao trabalho autônomo e eficiente que vem prestando ao país desde a sua criação pelo presidente Lula-; como tbem pelos seus servidores! Agora entrar na onda do " fora Dilma" foi um tiro no pé, hoje de trouxinha mesmo, ah isso foi!!! Vamos apagar as divergências e lutar, pois temos um governo golpista e corrupto para enfrentar! Fora Temer!

  10. JH Corvetto Postado em 05/Jun/2016 às 14:35

    O quão palhaço a pessoa intelectualmente honesta, que apoiou o movimento de golpe, está se sentindo hoje em dia?

    • coxildo Postado em 07/Jun/2016 às 00:14

      tão caladinhos sem dizer um pingo de nada. um ou outro tenta justificar essas atrocidades do temer com aquele mesmo papo furado 'é culpa da herança maldita do pt', eu acho é bom que o temer faça um monte de [email protected] mesmo pra esses idiotas começarem a pensar no que fizeram.

  11. Denisbaldo Postado em 06/Jun/2016 às 14:37

    Fala assim nao seu ministro. Vai todo pular fora.

  12. jacson Postado em 06/Jun/2016 às 21:24

    isso e pilantragem de cc fdp!!! servidor concursado, é parabens aos que apoiam esses lixos

  13. coxildo Postado em 07/Jun/2016 às 00:13

    deixa de ser tonto cara. vcs que adoravam dizer que o PT aparelhava os órgãos públicos pra servir ao partido e não ao povo, agora está acontecendo a mesma coisa com o novo governo. para de tentar se justificar que fica menos feio.

  14. JULIO CEZAR DE OLIVEIRA Postado em 08/Jun/2016 às 12:44

    bom minha opinião,não tem que pedir demissão não,afinal esse idiota vai ficar a frente desse ministério por apenas 2 anos,até essa porcaria de governo golpista cair,aí volta tudo ao normal e essa ameba e quem vai ser demitida.

  15. DANIEL Postado em 08/Jun/2016 às 15:42

    é pra isso que existe o concurso, independente de governo somos servidores do estado!