Redação Pragmatismo
Compartilhar
Educação 16/Jun/2016 às 16:55
1
Comentário

Prova da Universidade de Pernambuco discrimina médicos cubanos

Na Universidade de Pernambuco (UPE), preconceito contra cubanos se ensina no curso de Medicina. Denúncia de discriminação em questão da prova está sendo apurada pela instituição

prova medicina cubano upe pernambuco
(Imagem: Pragmatismo Político)

Folha de Pernambuco

A Universidade de Pernambuco (UPE) investiga denúncia sobre o conteúdo pejorativo contra médicos cubanos em uma prova.

O teste aplicado na última segunda-feira (13) para alunos do 2º período do curso de Medicina usou um termo jocoso para falar sobre os profissionais estrangeiros: “um pseudo médico cubano afirma que o comprometimento é da artéria espinhal anterior”.

A questão pedia a avaliação de um paciente que após cateterismo de artéria vertebral desenvolveu uma tetraplegia.

Entre as alternativas que o aluno precisaria indicar como certa ou errada estava a palavra “pseudo”, o que chamou a atenção.

Leia também:
Os segredos da medicina cubana
Globo é obrigada a reconhecer qualidade dos médicos cubanos
Você, médico, recusaria atendimento a um paciente por divergência política?

Em nota, a UPE garantiu que está fazendo contato com a coordenação do curso e com o Instituto de Ciências Biológicas (ICB) para averiguar a situação.

A universidade informou que, caso se comprove a denúncia, medidas institucionais serão tomadas.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. sidney Postado em 19/Jun/2016 às 22:30

    Ridícula essa universidade...