Redação Pragmatismo
Compartilhar
Impeachment 05/Apr/2016 às 15:16
8
Comentários

Letícia Sabatella desabafa após ter conta desbloqueada no Facebook

“Me bloquearam no Facebook por excesso de denúncia da extrema-direita. Estão perdendo a noção de limite”. Letícia Sabatella faz desabafo após recuperar sua conta. Na semana passada, durante encontro de artistas e intelectuais, atriz fez um belo discurso em defesa da democracia e contra o golpe

Letícia Sabatella impeachment Facebook
A atriz Letícia Sabatella

A atriz Letícia Sabatella virou alvo de ataques nas redes sociais e teve sua conta do Facebook bloqueada depois que se manifestou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff na semana passada.

A atriz esteve em um encontro com artistas, intelectuais e cientistas com Dilma no Palácio do Planalto, onde disse ser oposição ao governo Dilma, mas se sentir satisfeita por poder dizer isso na frente da presidente.

Letícia teve a conta bloqueada pelo Facebook após ter o perfil denunciado diversas vezes por usuários, o que provavelmente fez com que a empresa bloqueasse a conta automaticamente e temporariamente.

O ator Fernando Alves Pinto, marido de Letícia, lançou uma campanha com a hashtag #SomosTodosSabatella e explicou que não foi a mulher que apagou sua conta na rede social, e sim que ela foi bloqueada após os ataques.

Desabafo

Ao recuperar sua conta nesta segunda-feira (4), Letícia afirmou que “As pessoas perderam a noção de limites em relação a uma conduta ética. As pessoas estão agredindo tanto. O Facebook bloqueou a página, provavelmente por um excesso de denúncia da extrema direita. Mas houve uma reação contrária e ele já desbloqueou. Algumas pessoas ligaram para o diretor da empresa”

Agora, Letícia Sabatella está consultando especialistas para saber como proceder para diminuir esse tipo de reação e não descarta medidas legais contra os responsáveis por ataques dirigidos a ela nas redes.

“Me preocupa muito o que está acontecendo com o país como um todo. Essa polarização e esse ódio. Então, estou pensando no que eu posso fazer para diminuir isso. Eu vou tomar alguma providência e mostrar que existe um limite”, garante. “Eu estou vendo o que pode ser feito pelo menos pra alertar. As pessoas estão se sentindo no direito de agir de uma maneira muito preconceituosa e muito agressiva. Eu acho que isso é lamentável. Eu fico tentando entender que mágoa tamanha foi transformada nesse ódio cego, mas acho que só com muito amor e muito diálogo que isso vai ser dissolvido”, acredita.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Jonas Schlesinger Postado em 05/Apr/2016 às 20:30

    O Brasiu virou um antro de devassidão. Se reclamam de políticos corruptos (coisa que é mais comum do que água) a população civil tá virando bicho do mato. Esses ultra direitistas têm mais é que se foder. Joga-se uma bomba atômica em SP o ninho do extremismo brasileiro. Não faria falta nenhuma. Quem tem discernimento e não é radical fujam para as montanhas para se salvarem da explosão. Queria muito que os EUA jogassem mil ogivas neste país de merda. Paiseco.

  2. Felipe Postado em 05/Apr/2016 às 22:32

    Essa aí não é a mulher que recebeu uma boa grana para fazer um show? Daquela lei de inventivo a cultura? Daquela que só anda patrocinando gente famosa para defender o governo? Do dinheiro que deveria ir para o artista da periferia, para o artista pobre que tem um projeito social que quer apresentar e não tem recursos? Esse tipo de gente jamais terá uma opinião importante janis terá moral para defender um ponto de vista sendo bemefiado por ele.

    • Vinicius Postado em 06/Apr/2016 às 00:07

      Que discursinho mais clichê coxinha, volta lá nos comentários do site da Veja e vê se volta com algum discurso menos obsoleto. *Outro Vinicius

    • Galvão Postado em 06/Apr/2016 às 00:17

      Caso você não saiba, essa lei foi criada no governo FHC, coxinha. Vai se informar mais sobre os fatos!!

    • César Henrique Postado em 06/Apr/2016 às 04:05

      Caso você não saiba, essa lei não destina verba publica, de modo que não se pode usa-la de argumento para demonstrar uma "compra" do artista por parte do governo. A verba é doada por empresas que usam a lei para ter abatimentos tributarios. E mais, se receber dinheiro da Lei Rouanet é sinonimo de apoio ao governo, acho que a Dilma tem que cobrar o apoio do Danilo Gentilli, Lobão e tantos outros oposicionistas que também receberam verba através dessa lei

  3. SILVIO MIGUEL GOMES Postado em 06/Apr/2016 às 07:34

    Eu estou todo dia divulgando contra os golpistas canalhas e principalmente contra Geraldo Aidimim (o Desgovernador de SP) e há uns 03 dias o facebook apresenta problemas para compartilhar. Diz que houve um erro, mas não acredito.

  4. SILVIO MIGUEL GOMES Postado em 06/Apr/2016 às 07:34

    Eu estou todo dia divulgando contra os golpistas canalhas e principalmente contra Geraldo Aidimim (o Desgovernador de SP) e há uns 03 dias o facebook apresenta problemas para compartilhar. Diz que houve um erro, mas não acredito.

  5. Thiago Teixeira Postado em 06/Apr/2016 às 07:41

    Querida Letícia, desde o começo fiquei preocupado com a sua integridade quando se prontificou a defender a democracia. Mesmo sabendo que reside numa cidade com os piores tipos de fascistas do Brasil, manteve firme e forte a sua posição política e subiu aos microfones para impedir o Golpe independente de aprova o governo ou não. Você é mulher corajosa, guerreira e tem o meu respeito e certamente, de milhões de brasileiros.