Redação Pragmatismo
Compartilhar
Protestos 30/Mar/2016 às 16:01
15
Comentários

Manifestações contra o golpe estão agendadas para esta quinta-feira (31/03)

Nesta quinta-feira, 31 de março, estão programadas manifestações em defesa da democracia e contra o golpe por todo o Brasil e também na Europa, EUA e América Latina. Confira o local e o horário do ato em sua cidade

manifestações golpe 31 quinta-feira
Manifestações contra o golpe e em defesa da democracia acontecem nesta quinta-feira (31) em todo o Brasil

O próximo dia 31 de março será marcado por uma jornada de lutas em defesa da democracia e contra o golpe.

Atividades ocorrerão por todas as partes do Brasil.

Em São Paulo, ato e apresentações culturais começam a partir das 16h, na Praça da Sé (local palco de atividade política histórica nas Diretas Já), região central da cidade.

As manifestações são também em defesa dos direitos sociais, contra o ajuste fiscal e a reforma da previdência e por outra política econômica.

Confira a programação completa em todo o país no dia 31:

São Paulo: Praça da Sé (16h)

Brasília: Estádio Nacional Mané Garrincha (Concentração 14h — Marcha às 18h segue até o Congresso Nacional)

Rio de Janeiro: Largo da Carioca (16h)

Recife: Praça do Derby (15h)

Natal: Av. Bernardo Vieira, 3775 (16h)
IFRN Campus Central (15:30)

Porto Alegre: Esquina Democrática (17h)

Curitiba: Praça Santos Andrade (18h)

João Pessoa: Ponto de Cem Réis (18h)

Fortaleza: Praça da Bandeira — Caminhada até o Centro Dragão do Mar (15h)

Belo Horizonte: Praça da Estação (17h)

Vitória: Assembleia Legislativa do Espírito Santo – Avenida Américo Buaiz (18h)

Maceió: Praça do Montepio (Rua Dr. Pontes de Miranda, 60 – Antiga sede da OAB), encerra com festival de cultura na Praça dos Martíres (15h)

Aracajú: Ato Político na Praça General Valadão (15h)
Artistas Pela democracia (Orla do Bairro Industrial – 19h)

Macapá: Praça da Bandeira 16h

Manaus: “Sarau da Democracia” — Praça de São Sebastião (17h30)

Belém: Praça da Leitura (16h)

Salvador: Praça das Artes UFBA – Ondina (18h)

Goiânia: Praça Cívica (17h)

São Luis: Ato na Avenida Litorânea (18h)

Cuiabá: Praça Alencastro (17:30)

Campo Grande: Avenida Afonso Pena com a Rua 14 de Julho (14h) | Praça do Rádio (19h)

Florianópolis: TICEN (17h)

Campina Grande (PB): Praça Clementino Procópio (15h)

(Internacional)

Washington (EUA): Embaixa do Brasil (3006 Massachusetts Ave NW — 18:30)
Barcelona: Plaça de Sant Jaume (18h)
Munique: (Alemanha): Consulado Geral do Brasil em Munique (14h)
Berlim: (Alemanha): Pariser Platz (19h)
Paris: Place de la Republique (16h)
Dinamarca: Concentração em Rådhuspladsen (16h)
Londres: 14-16 Cockspur St, London SW1Y 5BL / Embaixada Brasileira (17:30)
Coimbra (Portugal): Praça Dom Dinis (12h)
Montevidéu (Uruguai): Embaixada do Abril (Bulevar Artigas, 1394 — 18h)
Buenos Aires (Argentina): Embaixa do Brasil (Cerrito, 1350 — 17h)
Cidade do México: San Francisco 1220 Col Del Valle Centro – Metrobús Ciudad de los Deportes (17:30)

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Xilophompylo Postado em 30/Mar/2016 às 18:44

    Os golpistas conseguem pessoas nas ruas não só por lavagem cerebral, eles agendam nos domingos... Como irei sair do trabalho para dar meu grito?! Dia de semana é foda para a maioria. =\

  2. Thiago Teixeira Postado em 30/Mar/2016 às 19:21

    PSTU, PSOL e PCB continuaram omissos? "Saída é pela esquerda", "Fora todos eles" ... isso não acrescenta em nada a luta contra a ofensiva da Direita, muito pelo contrário.

    • Sylvia Andrade Postado em 30/Mar/2016 às 20:34

      Com certeza! O que está em jogo é a democracia.

    • Denisbaldo Postado em 31/Mar/2016 às 09:23

      A esquerda brasileira nanica sente inveja do PT, não aceita um partido tão poderoso e soberano. Querem derrubá-lo para conquistar mais espaço, pobres otários.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 31/Mar/2016 às 11:01

      PCB ainda é um pouco mais consciente, lúcido, está relutante em adotar a bandeira do "fora todo mundo, eleições gerais já", cientes de que essa bandeira ajuda apenas os planos da plutocracia e do imperialismo. É o grande e nobre PSTU que vacila demais com isso aí de "fora Dilma e fora geral". A postura da VERDADEIRA esquerda brasileira deveria ser: 1- denunciar a farsa da democracia burguesa; 2- incrementar seu fundamental trabalho de base; e 3- controlar a vaidade e viabilizar FINALMENTE uma mobilização dos partidos, movimentos e sindicatos em torno de um programa único, uma verdadeira frente de esquerda, e construir uma 3a. via que seja DE FATO uma 3a. via. Querer pura e simplesmente ver hoje o circo pegando fogo, na atual conjuntura, e sem mobilização, sem um trabalho de base consolidado, é inócuo, é pura esterilidade.

      • Thiago Teixeira Postado em 31/Mar/2016 às 12:16

        Toda esquerda deveria se unir contra a direita. Ponto. Segundo, exigir mudanças radicais no governo federal, reivindicar pastas, participar das decisões, substituir ministros peemedebistas do governo e integrarem uma nova agenda para o Brasil.

    • Newton Brito Postado em 31/Mar/2016 às 11:23

      Estão fazendo o papel de quinta coluna da reação...dos trotskistas eu já esperava isso, pois são um bando de renegados e contrarrevolucionários... mas o PCB parece que perdeu o rumo, descambou para o esquerdismo e virou uma espécie de seita.

  3. Coletivo desbordar Postado em 30/Mar/2016 às 21:47

    https://www.facebook.com/events/1079890518746503/

  4. Valeria S Ferreira Postado em 30/Mar/2016 às 23:41

    Em São Luís será as 15h ba João Lisboa seguindo pra Deodoro e não na Litorânea.

  5. Theo Lima Postado em 31/Mar/2016 às 02:41

    Para mim, LUCIANA GENRO MOSTROU A SUA CARA. O ponto positivo dessa palhaçada é que cada um está mostrando quem é. É inquietante demais quando sabemos muito bem aonde toda esta histeria tão bem conduzida pode nos levar. Triste do país, do povo que se divide num "FLA -FLU" de embriagados, alucinados. Uma pequena dica de sanidade seria independentemente de para qual time você esteja torcendo, você observasse quem são teus COMPANHEIROS DE TORCIDA. Theo Lima (Professor de História)

    • Thiago Teixeira Postado em 31/Mar/2016 às 12:22

      Se ela acha que se o PT acabar todos votarão no PSOL ... fique esperando. Voto no Aécio, sou mais um tucano golpista do que uma esquerdista traíra.

      • Maximilen Postado em 31/Mar/2016 às 14:18

        Eu votaria no PSOL facilmente. PSDB e retrocesso demais já basta São Paulo nesse sofrimento.

  6. Theo Lima Postado em 31/Mar/2016 às 02:43

    É preciso ser muito ignorante, muito desconhecedor da história do país para não entender o golpe nojento que preparam contra os menos favorecidos. Não tenham dúvida que as pequenas melhorias que esse sofrido povo conseguiu está incomodando e muito as velhas e horripilantes classes dominadoras desta terra. A PEC das domésticas foi o tiro de misericórdia que as classes médias e altas precisavam para atacar de vez um partido que procurou fazer um mínimo pelos descendentes dos escravos. Escravidão minha gente. Só temos 128 anos sem escravidão oficial no Brasil contra quase 400 anos de cativeiro negro oficial e batizado pela Igreja Católica Apostólica Romana. Ter um escravo era muito bem visto. Era sinônimo de riqueza ter vários escravos. E não se iludam. Isto não mudou. A sociedade brasileira continua majoritariamente composta de "senhores de engenho" e "escravos". E assim como os "senhores de engenho" atuais não precisam ter engenhos para serem senhores, os escravos também não precisam mais ser totalmente negros nem virem da África. Os escravos atuais só precisam necessitar de um emprego para tornarem-se escravos. E a Igreja desta época que dá a benção para essa conformação social é a Rede Globo com todo o seu delírio proposital. "Sonhem babacas, enquanto nós mamamos nas tetas da vaca leiteira!" É isso que os poderosos de todas as mídias que ajudam na manutenção do poder pensam sobre os milhões de pobres (ou quase pobres) e miseráveis deste país. O PT ( com erros e acertos - como todos os outros partidos que antes governaram esta nação) começou a amenizar mudando verdadeiramente este lamentável estado social e por isso deve pagar caro pela sua ousadia. O trabalho de alienação foi tão escandalosamente perfeito que até muitos pobres se voltam contra quem quis lhes estender as mãos. Theo Lima (Professor de História)

  7. Fabrício Postado em 31/Mar/2016 às 05:43

    Hoje em Montréal, Québec - Canadá, também estaremos na luta pela democracias às 16hs no Consulado Brasileiro. Avante contra o golpismo e viva a democracia brasileira!!

  8. Guilherme Silva Postado em 31/Mar/2016 às 08:36

    Em belo horizonte será na praça da estação.