Redação Pragmatismo
Compartilhar
Juristas 24/Mar/2016 às 16:09
2
Comentários

Associação dos Juízes Federais repudia ameaças sofridas por Teori Zavascki

Associação de Juízes Federais condenou oficialmente as intimidações sofridas por Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF, depois que o ministro repreendeu Sergio Moro e transferiu para o Supremo os processos envolvendo o ex-presidente Lula

moro zavascki lava jato Lula
Sergio Moro e Teori Zavascki

A Associação dos Juízes Federais (Ajufe) divulgou nota nesta quinta-feira (24) em defesa da independência do ministro relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki.

O ministro passou a ser alvo de ameaças e intimidações depois que ordenou ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, a remessa de todos os procedimentos investigatórios sobre o ex-presidente Lula à Suprema corte, inclusive as interceptações telefônicas envolvendo o ex-presidente.

SAIBA MAIS: Lobão divulga endereço do filho de Teori Zavascki para protesto

Durante as ações da Lava Jato na Justiça, a Ajufe foi essencial para legitimar as decisões do juiz Sérgio Moro. Porém, a associação, que sempre defendeu Moro, também veio a público expressar sua solidariedade ao relator da Lava Jato no Supremo. “Defendemos a independência do juiz federal Sérgio Moro, também nos posicionamos pela defesa da independência do Ministro Teori Zavascki”, escreveu o presidente da associação, Antônio César Bochenek.

Leia a íntegra da nota da Ajufe em apoio a Teori:

A propósito dos ataques e críticas feitas ao ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki em razão da decisão proferida na Medida Cautelar da Reclamação nª 23.457, a Ajufe reafirma que a construção de uma sociedade livre, justa e solidária exige um Poder Judiciário forte e independente.

Isso somente será possível se for assegurada aos juízes a liberdade para decidir conforme seus entendimentos, devidamente motivados no ordenamento jurídico.

Uma Justiça sem temor é direito de todo cidadão brasileiro e a essência do Estado Democrático de Direito, motivo pelo qual, da mesma forma que defendemos a independência do juiz federal Sérgio Moro, também nos posicionamos pela defesa da independência do Ministro Teori Zavascki. Por essas razões, repudiamos as ameaças e intimidações que lhe estão sendo dirigidas.

Antônio César Bochenek

Presidente da Ajufe

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Jonas Schlesinger Postado em 24/Mar/2016 às 16:49

    O ultra-conservadorismo leva à insanidade. Vide o que ocorreu com o Brasil nos 150 anos e nos vários golpes de estado feitos pelos conservadores. Começando pelo golpe em Dom Pedro II, passando pelo que ocorreu a Getúlio, quase pegam o Juscelino, foi a vez do Jango cair em 64... Agora não sei se é o golpe ou não o que está acontecendo hoje, porque ainda não tiveram provas para impedir Dilma de exercer o executivo, mas por outro lado o governo petista estava lotado de pessoas com más índoles. De fato, o poder leva à ambição seja lá quem for. Mas na história brasileira, os golpes de estado sempre vieram da direita quando algum líder populista estava no poder. Volto a dizer os exemplos: Dom Pedro II, Getúlio Vargas, Juscelino (esse quase) e Jânio Quadros.

  2. Alan Kevedo Postado em 24/Mar/2016 às 21:14

    O BOM SENSO, A PROBIDADE, A EXCELÊNCIA, A RETIDÃO DE CARÁTER. ALTO, ELEVADO, EMINENTE, O DOUTOR TEORI ZAVASCKI SINTETIZA, EM SI, TUDO QUE QUALQUER UM DESEJARIA VER EM SEUS PRÓPRIOS FILHOS. MAS, NO BRASIL HODIERNO, SÃO QUALIDADES QUE QUASE O APARTAM PARA O MESMO DEPARTAMENTO DO MICO-LEÃO-DOURADO, O DA EXTINÇÃO.