Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 17/Feb/2016 às 21:49
9
Comentários

"Japonês da Lava Jato" é tietado por Bolsonaro e outros deputados

Em visita à Câmara dos Deputados, 'japonês da Lava Jato' vira centro das atenções e é tietado por parlamentares. Newton Ishii é suspeito de vender informações da Lava Jato para revistas e já foi expulso da Polícia Federal acusado de corrupção e de integrar uma quadrilha de contrabandistas

Japonês Federal Câmara Deputados
Japonês da Federal foi tietado por deputados durante passagem pela Câmara. Agente, que já foi expulso da corporação, é acusado de vazar informações para revistas semanais

O agente da Polícia Federal Newton Ishii virou, nesta quarta-feira (17), o centro das atenções no plenário da Câmara dos Deputados.

Em visita surpresa, o “japonês da Federal” foi tietado por deputados, que tiraram fotos e fizeram selfies ao seu lado, mas evitou dar declarações ou reagir a piadas.

Diferentemente das várias vezes em que aparece em fotos e filmagens da imprensa conduzindo presos da Operação Lava Jato em Curitiba, dessa vez Ishii não estava com o uniforme da PF, mas de terno e gravata.

No plenário ele cruzou e foi abordado de forma calorosa por por alguns deputados, dentre os quais Jair Bolsonaro (PP-RJ). O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), um dos principais investigados no esquema de corrupção da Petrobras, não estava no plenário durante a passagem de Ishii.

Diante da pergunta sobre se considerava sua presença intimidatória para deputados, Ishii se limitou a dizer: “Não, estou aqui como cidadão”.

O agente está em Brasília para participar da posse da diretoria da Federação Nacional dos Policiais Federais foi levado à Câmara pelo deputado Aluisio Mendes (PTN-MA), que fez carreira na área de segurança pública.

Carreira conturbada

Funcionário da corporação desde 1976, Ishii foi expulso da PF em 2003, acusado de corrupção e de integrar uma quadrilha de contrabandistas. Desde então, o agente já foi reintegrado, com “confiança da direção da PF”, mas ainda seguiria respondendo processos criminais, civis e uma sindicância.

Vazamentos

O áudio da conversa entre o senador Delcídio Amaral (PT-MS), o filho de Nestor Cerveró, Bernardo Cerveró, e o advogado Edson Ribeiro menciona a existência de um carcereiro da Polícia Federal que seria responsável por vazar informações sigilosas das investigações da Lava Jato para a imprensa e cobrar pelo “serviço”.

Na época da prisão de Delcídio, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) ficaram intrigados com o fato de a delação de Cerveró ter ido parar nas mãos do banqueiro André Esteves, preso junto com Delcídio Edson Ribeiro.

Relembre trecho do áudio vazado:

DELCÍDIO: Alguém pegou isso aí e deve ter reproduzido. Agora quem fez isso é que a gente não sabe.
EDSON: É o japonês. Se for alguém é o japonês.
DIOGO: É o japonês bonzinho.
DELCÍDIO: O japonês bonzinho?
EDSON: É. Ele vende as informações para as revistas.
BERNARDO: É, é.
DELCÍDIO: É. Aquele cara é o cara da carceragem, ele que controla a carceragem.
BERNARDO: Sim, sim.

DELCÍDIO: Quem que é Newton?
BERNARDO: É o japonês.
EDSON: E o Youssef, só os dois. [vozes sobrepostas] O Sérgio, porque o Sérgio traiu…
BERNARDO: Sim. Ele fez o jogo do MP, assinou. Tá..tá
(…)
EDSON: Quem é que poderia levar isso pro André?
BERNARDO: Eu acho que é carcereiro. O cara dá 50 mil aí pra você.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Fonseca Postado em 17/Feb/2016 às 22:23

    O q tem demais nesse funcionário público?

  2. Nelo de Carvalho Postado em 17/Feb/2016 às 22:29

    Newton Ishii, uma vez criminoso sempre criminoso.

  3. Thiago Teixeira Postado em 17/Feb/2016 às 23:20

    "... Ele vende as informações para as revistas ..." se fossemos um país com um governo forte e judiciário imparcial, esse "japonês" também estaria sobre investigação após esta gravação.

  4. Claudio.sj Postado em 18/Feb/2016 às 06:30

    Certamente, esse individuo já tem um futuro certo....se candidatar a deputado numa dessas siglas de aluguel....podem escrever. Sabem "por que"? Porque, no dia em que a PF deixar de ser tucana e começar a investigar os vazamentos, esse cidadão estará bem enrolado. Caso for eleito deputado, ai bau bau...nunca mais será pego....imunidade (impunidade, imundice) parlamentar....

  5. Altair Postado em 18/Feb/2016 às 08:56

    Manunaima seculo XXI...

  6. Ricardo Cardoso Postado em 18/Feb/2016 às 11:00

    Seu Japa. Frevo Ricardo Cardoso A minha vida anda de pernas pro ar. Não rola viração e esse sufoco me entorta Pra piorar, pra desandar de vez Só falta o japonês da federal na minha porta. Seu japa, seu japa, me diga como eu faço pra vender muamba Tá tudo tão difícil é esperneio e sacrifício Não posso nem comprar minha dolinha de liamba Seu japa, seu japa, Um nipo paladino estampado no jornal Sua cara de crush Na imprensa é coqueluche, É fuderal o japonês da federal!!

  7. Eduardo Ribeiro Postado em 18/Feb/2016 às 11:14

    Bozonaro tirou selfie com um cara acusado de corrupção e contrabando? Mas o Bozonaro não era o paladino da moral? O homem ungido que iria tirar o Brasil da degeneração e trazer de volta a moral e os bons costumes que marcam a familia brasileira de bem? Que moral frouxa que é essa?

  8. George Postado em 18/Feb/2016 às 13:17

    " Ishii foi expulso da PF em 2003, acusado de corrupção e de integrar uma quadrilha de contrabandistas.".

  9. DANDE40 Postado em 18/Feb/2016 às 10:44

    Você tem alguma limitação cognitiva? Não consegue escrever um pequeno comentário de 3 linhas com coesão e coerência é quer falar de política e economia.

O e-mail não será publicado.