Redação Pragmatismo
Compartilhar
Corrupção 19/Feb/2016 às 17:38
32
Comentários

Irmã de ex-amante de FHC recebe há 15 anos sem trabalhar e reclama da corrupção

Margrit Dutra Schmidt, irmã da jornalista Mirian Dutra, que teve um romance de seis anos com FHC, recebe salário de gabinete no Congresso há 15 anos mas nunca compareceu ao trabalho. Nas redes sociais, ela "milita" contra a corrupção e já chegou a participar de manifestações pelo impeachment

Margrit Dutra Schmidt FHC Serra
Margrit Dutra Schmidt milita contra a corrupção, mas recebe sem trabalhar há 15 anos

Viomundo

Margrit Dutra Schmidt, irmã da jornalista Mirian Dutra, que teve um romance de seis anos com o então senador Fernando Henrique Cardoso, recebe salário de assessora no Congresso há 15 anos mas nunca compareceu ao trabalho. Ela bate o ponto diariamente.

Conforme demonstrou o Tijolaço, sua primeira nomeação foi feita pelo próprio FHC, em 27 de março de 1995, para o cargo em comissão de diretora do Departamento de Classificação Indicativa, no Ministério da Justiça.

A essa altura a irmã, Mirian, já vivia no exílio na Europa com o filho que ela e FHC acreditavam ser do presidente da República.

A revelação de que Margrit é funcionária fantasma foi feita por Lauro Jardim, em O Globo.

SAIBA MAIS: Irmã de Mirian Dutra é funcionária fantasma no gabinete de José Serra

O  jornalista foi quase um porta-voz da emissora quando atuava na Veja. Não é possível confirmar se foi retaliação por Mirian ter dado entrevista denunciando que a Globo tentou apagá-la da História da emissora.

captura-de-tela-2016-02-19-axxs-09.55.52

Em sua página no Facebook, Margrit é uma discreta militante contra a corrupção e já chegou a compartilhar imagem em uma manifestação pró-impeachment de Dilma. Refere-se ao ex-presidente Lula como Molusco e denuncia Dilma por “cultuar” Getúlio Vargas e Leonel Brizola. “O Brasil acabou. E tem gente que defende esta corja”, sentencia.

Margrit “trabalhou” nos gabinetes de Arthur Virgílio e Lúcia Vânia, antes de receber salário como assessora fake de José Serra. Isso demonstra que o PSDB teve papel ativo no acobertamento da existência de Mirian, ao lado da mídia e da empregadora da jornalista, a TV Globo.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Zeca Rodrigues Postado em 19/Feb/2016 às 20:09

    Uma notícia que, na totalidade de seu conteúdo, não causa surpresa alguma...

  2. Hudson Postado em 19/Feb/2016 às 20:25

    O prostíbulo do FHC. que me perdoem as p/u/t/a/s. É a estória da viúva Procina, o pai que foi, sem nunca ter sido. A vida imita a arte. Para esses mentecaptos, esse tipo de atitude não é crime, pois essa gentalha se acha acima e a margem da justiça. Mas isso, aquele promotor, muito do seu p/i/caret/a, talvez não considere crime, mesmo e acabe como invasão da privacidade do maior miserável da política, aquele q ainda almeja uma faixa escrita: "volta, FHC". Bosn tempos quando se resolviam as coisas no braço e esses delinquentes não se escondiam atrás dessa "justiça" cega `a verdade. Mas o povo está de olho e, realmente, espero que se precisar ele bote as garras de fora e mostre seu verdadeiro valor. Chega de vigaristas como fhc, cerra, gilmar dantas, moro, aébrio e seus parentes, japonês picareta da federal, jb, luciano huck, dantas, mp, alckmin da sabesp e mais uma corja de outros vagabundos que sempre mamaram nas tetas do dinheiro público e se refastelaram com as benesses do estado controladas por eles.

  3. Salomon Postado em 19/Feb/2016 às 20:48

    Pois é, caiu por terra o discurso da moralidade.

  4. gustavo0 Postado em 19/Feb/2016 às 20:50

    Margrit, funcionária fantasma, imoral. Viveu, ciente do ilegal; Recebeu sem labuta, achando normal; Bradou por lisura, em rede social; Mesmo tendo por uma quinzena, sugando riqueza e sua terra natal; Paradoxal? Não para a tal, que nem senti vergonha, não se senti mal; Na terra em que quem pede o bem, faz o mau, Margrit é um exemplo de CARA DE PAU!

    • christiano Postado em 20/Feb/2016 às 15:50

      Linda poesia.

    • Ruth Vieira Postado em 01/Mar/2016 às 18:45

      Desculpe-me, tomei a liberdade de copiara sua poesia. Se isto te incomodar, deixe um recado que deleto imediatamente.

  5. Fabio Postado em 19/Feb/2016 às 22:50

    Pagina de facebook que não existe mais.... ficou feio

    • Zeca Rodrigues Postado em 20/Feb/2016 às 02:22

      abandonando o navio...

  6. John J. Postado em 19/Feb/2016 às 23:38

    FERNANDO HENRIQUE DUTYFREE CARDOSO, o presidente REPRODUTOR. http://www.clickpolitica.com.br/noticia/2426/mae-e-filho-pobre-de-fhc-trabalham-no-senado-confira-.html QUEM PAGOU A FAZENDA, O PUXADINHO E O AEROPORTO DO FERNANDO HENRIQUE DUTY FREE CARDOSO, EM BURITIS MG?

  7. Alan Kevedo Postado em 19/Feb/2016 às 23:51

    Eu não sei como Paulo Coelho chorou, ou se chorou mesmo, mas eu quando vejo essas coisas tenho vontade. E sem nenhum constrangimento.

  8. Luke Postado em 20/Feb/2016 às 07:56

    Isso é que não pode acontecer !! O petralhas se mostraram um lixo político como os outros, mas está sendo investigado !! Os tucanalhas não podem passar incolumes de novo, contando o mandato do sociólogo que nunca fez nada pelo social já deve passar dos 700 casos de corrupção engavetados !

  9. André Anlub Postado em 20/Feb/2016 às 09:36

    Moralista sem algum resquício de moral! Misto de hipocrisia, mau-caratismo e parasitismo. Essa veio ao mundo só para fazer volume!

  10. Eduardo Ribeiro Postado em 20/Feb/2016 às 09:46

    Sobre a hipocrisia total da fulana aí, nem comento. Hipocrisia é mato entre paneleiros, moralistinhas de facebook e compartilhadores de memes. Hipocrisia é o sobrenome dessa laia. De resto, tudo conforme o esperado. O relato todo é exatamente o que eu espero ler de alguem com a história do boca de sapo. E assim o castelo do príncipe vai caindo, pra vergonha suprema da coxinhada canalha que tinha esse pulha no mais alto grau de respeito. O único fato novo e até surpreendente em todo esse rebosteio é o envolvimento do Globo/Lauro Jardim na divulgação.

    • poliana Postado em 20/Feb/2016 às 12:37

      Eduardo, e a globo só divulgou esta história pq a ex amante era jornalista da casa e colocou o nome da emissora no bolo. Se n fosse isso, a rede globo faria de tudo pra abafar o caso como o fez durante anos! NOJOOOO!!!!!!

  11. poliana Postado em 20/Feb/2016 às 10:20

    Nojo da hipocrisia dessa gente! NOJO!!!!!

  12. João Paulo Postado em 20/Feb/2016 às 11:33

    Vagabunda e calhorda, tremei!

  13. John Jahnes Postado em 20/Feb/2016 às 12:12

    * A TUCANALHA perdeu totalmente a vergonha na cara. Estão escrachando, desmoralizando, ridicularizando a Justiça e Polícia Brasileira.

  14. Alexandre Postado em 20/Feb/2016 às 12:14

    Lógica petista: SE TODOS ROUBAM, O LULA E O PT TAMBÉM PODEM ROUBAR... 👏👏👏👏👏

    • poliana Postado em 20/Feb/2016 às 17:02

      Aonde vc viu essa lógica na matéria ou nos comentários?

    • Eduardo Ribeiro Postado em 20/Feb/2016 às 19:18

      Quem usou essa logica bisonha? Onde vc viu/ouviu/leu? Mostre ai...maluco imagina umas paradas totalmente nonsense e fica brigando a serio contra inimigo imaginario....

    • Yandy Postado em 21/Feb/2016 às 09:57

      Totalmente equivocado. TODOS TEM QUE SER IGUALMENTE INVESTIGADOS. Entendeu ou precisa de desenho?

    • Thiago Teixeira Postado em 23/Feb/2016 às 03:08

      Lógica coxinha: TODOS PODEM ROUBAR, MENOS O PT. CADEIA NELES.

  15. Fernando Postado em 20/Feb/2016 às 13:09

    O fim dessa hipocrisia seletiva e esse classismo fajuto já não foram amplamente descritos na Revolução Francesa? Além de muito burra, totalmente ignorante em História e grosseira, nossa auto denominada elite deveria ter um pouco mais de amor ao próprio pescoço...

  16. Denisbaldo Postado em 20/Feb/2016 às 13:56

    APERTEM OS CINTOS, OS COXINHAS SUMIRAM.

    • poliana Postado em 20/Feb/2016 às 17:03

      Neh? Engraçado demais q nessas horas todos eles somem!!!!!! Hahaha

  17. Eduardo Postado em 20/Feb/2016 às 18:22

    que bagunça, onde esta a Corregedoria, como fiscalizar prefeituras se no planalto tem esse tipo de coisa..... QUERO SABER SÓ UMA COISA........ ELA JÁ FOI EXONERADA????????

    • Trajano Postado em 20/Feb/2016 às 20:36

      Dizem as más línguas (vulgo Álvaro Dias) que ela foi exonerada uma vez, mas o Serra posteriormente demonstrou interesse e a nomeou de novo. Uma bagunça, portanto. Agora se o Serra já a exonerou, isso eu não sei, ao menos não encontrei notícia de referência.

  18. enganado Postado em 20/Feb/2016 às 21:43

    Que moralidades hein!__Denúncias abafadas: ___Já no início do seu primeiro mandato, em 19 de janeiro de 1995, FHC fincou o marco que mostraria a sua conivência com a corrupção. Ele extinguiu, por decreto, a Comissão Especial de Investigação, criada por Itamar Franco e formada por representantes da sociedade civil, que visava combater o desvio de recursos públicos. Em 2001, fustigado pela ameaça de uma CPI da Corrupção, ele criou a Controladoria-Geral da União, mas este órgão se notabilizou exatamente por abafar denúncias. ___Caso Sivam. Também no início do seu primeiro mandato, surgiram denúncias de tráfico de influência e corrupção no contrato de execução do Sistema de Vigilância e Proteção da Amazônia (Sivam/Sipam). O escândalo derrubou o brigadeiro Mauro Gandra e serviu para FHC “punir” o embaixador Júlio César dos Santos com uma promoção. Ele foi nomeado embaixador junto à FAO, em Roma, “um exílio dourado”. A empresa ESCA, encarregada de incorporar a tecnologia da estadunidense Raytheon, foi extinta por fraude comprovada contra a Previdência. Não houve CPI sobre o assunto. FHC bloqueou. ___Pasta Rosa. Em fevereiro de 1996, a Procuradoria-Geral da República resolveu arquivar definitivamente os processos da pasta rosa. Era uma alusão à pasta com documentos citando doações ilegais de banqueiros para campanhas eleitorais de políticos da base de sustentação do governo. Naquele tempo, o procurador-geral, Geraldo Brindeiro, ficou conhecido pela alcunha de “engavetador-geral da República”. ___Compra de votos. A reeleição de FHC custou caro ao país. Para mudar a Constituição, houve um pesado esquema para a compra de voto, conforme inúmeras denúncias feitas à época. Gravações revelaram que os deputados Ronivon Santiago e João Maia, do PFL do Acre, ganharam R$ 200 mil para votar a favor do projeto. Eles foram expulsos do partido e renunciaram aos mandatos. Outros três deputados acusados de vender o voto, Chicão Brígido, Osmir Lima e Zila Bezerra, foram absolvidos pelo plenário da Câmara. Como sempre, FHC resolveu o problema abafando-o e impedido a constituição de uma CPI. ___Vale do Rio Doce. Apesar da mobilização da sociedade em defesa da CVRD, a empresa foi vendida num leilão por apenas R$ 3,3 bilhões, enquanto especialistas estimavam seu preço em ao menos R$ 30 bilhões. Foi um crime de lesa-pátria, pois a empresa era lucrativa e estratégica para os interesses nacionais. Ela detinha, além de enormes jazidas, uma gigantesca infra-estrutura acumulada ao longo de mais de 50 anos, com navios, portos e ferrovias. Um ano depois da privatização, seus novos donos anunciaram um lucro de R$ 1 bilhão. O preço pago pela empresa equivale hoje ao lucro trimestral da CVRD. ___Privatização da Telebras. O jogo de cartas marcadas da privatização do sistema de telecomunicações envolveu diretamente o nome de FHC, citado em inúmeras gravações divulgadas pela imprensa. Vários “grampos” comprovaram o envolvimento de lobistas com autoridades tucanas. As fitas mostraram que informações privilegiadas foram repassadas aos “queridinhos” de FHC. O mais grave foi o preço que as empresas privadas pagaram pelo sistema Telebrás, cerca de R$ 22 bilhões. O detalhe é que nos dois anos e meio anteriores à “venda”, o governo investiu na infra-estrutura do setor mais de R$ 21 bilhões. Pior ainda, o BNDES ainda financiou metade dos R$ 8 bilhões dados como entrada neste meganegócio. Uma verdadeira rapinagem contra o Brasil e que o governo FHC impediu que fosse investigada. ___Ex-caixa de FHC. A privatização do sistema Telebrás foi marcada pela suspeição. Ricardo Sérgio de Oliveira, ex-caixa das campanhas de FHC e do senador José Serra e ex-diretor do Banco do Brasil, foi acusado de cobrar R$ 90 milhões para ajudar na montagem do consórcio Telemar. Grampos do BNDES também flagraram conversas de Luiz Carlos Mendonça de Barros, então ministro das Comunicações, e André Lara Resende, então presidente do banco, articulando o apoio da Previ para beneficiar o consórcio do Opportunity, que tinha como um dos donos o economista Pérsio Arida, amigo de Mendonça de Barros e de Lara Resende. Até FHC entrou na história, autorizando o uso de seu nome para pressionar o fundo de pensão. Além de “vender” o patrimônio público, o BNDES destinou cerca de 10 bilhões de reais para socorrer empresas que assumiram o controle das estatais privatizadas. Em uma das diversas operações, ele injetou 686,8 milhões de reais na Telemar, assumindo 25% do controle acionário da empresa. ___Juiz Lalau. A escandalosa construção do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo levou para o ralo R$ 169 milhões. O caso surgiu em 1998, mas os nomes dos envolvidos só apareceram em 2000. A CPI do Judiciário contribuiu para levar à cadeia o juiz Nicolau dos Santos Neto, ex-presidente do TRT, e para cassar o mandato do senador Luiz Estevão, dois dos principais envolvidos no caso. Num dos maiores escândalos da era FHC, vários nomes ligados ao governo surgiram no emaranhado das denúncias. O pior é que FHC, ao ser questionado por que liberara as verbas para uma obra que o Tribunal de Contas já alertara que tinha irregularidades, respondeu de forma irresponsável: “assinei sem ver”. ___Farra do Proer. O Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Sistema Financeiro Nacional (Proer) demonstrou, já em sua gênese, no final de 1995, como seriam as relações do governo FHC com o sistema financeiro. Para ele, o custo do programa ao Tesouro Nacional foi de 1% do PIB. Para os ex-presidentes do BC, Gustavo Loyola e Gustavo Franco, atingiu 3% do PIB. Mas para economistas da Cepal, os gastos chegaram a 12,3% do PIB, ou R$ 111,3 bilhões, incluindo a recapitalização do Banco do Brasil, da CEF e o socorro aos bancos estaduais. Vale lembrar que um dos socorridos foi o Banco Nacional, da família Magalhães Pinto, a qual tinha como agregado um dos filhos de FHC. ___Desvalorização do real. De forma eleitoreira, FHC segurou a paridade entre o real e o dólar apenas para assegurar a sua reeleição em 1998, mesmo às custas da queima de bilhões de dólares das reservas do país. Comprovou-se o vazamento de informações do Banco Central. O PT divulgou uma lista com o nome de 24 bancos que lucraram com a mudança e de outros quatro que registraram movimentação especulativa suspeita às vésperas do anúncio das medidas. Há indícios da existência de um esquema dentro do BC para a venda de informações privilegiadas sobre câmbio e juros a determinados bancos ligados à turma de FHC. No bojo da desvalorização cambial, surgiu o escandaloso caso dos bancos Marka e FonteCindam, “graciosamente” socorridos pelo Banco Central com 1,6 bilhão de reais. Houve favorecimento descarado, com empréstimos em dólar a preços mais baixos do que os praticados pelo mercado. ___Sudam e Sudene. De 1994 a 1999, houve uma orgia de fraudes na Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), ultrapassando R$ 2 bilhões. Ao invés de desbaratar a corrupção e pôr os culpados na cadeia, FHC extinguiu o órgão. Já na Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), a farra também foi grande, com a apuração de desvios de R$ 1,4 bilhão. A prática consistia na emissão de notas fiscais frias para a comprovação de que os recursos do Fundo de Investimentos do Nordeste foram aplicados. Como fez com a Sudam, FHC extinguiu a Sudene, em vez de colocar os culpados na cadeia.

  19. John Jahnes Postado em 21/Feb/2016 às 20:53

    QUANDO FORAM CRIADOS OS ÓRGÃOS STF, PGR, MPF, PF ? O QUE FAZIAM ESSES ÓRGAOS ANTES DOS GOVERNOS DO PT? PORQUE NUNCA NINGUÉM OUVIU FALAR DELES ANTES?

  20. José Eumar Postado em 22/Feb/2016 às 11:06

    O q mais me espanta é o fato q quanto mais se mexe na panela desta politicagem safada, incluindo: PT, PSDB, PMDB E OUTROS MAIS, a imundice vem a tona, e não adianta dizer que GOVERNO A OU B, promoveu transparência para elucidação de roubalheira do dinheiro público, senão vejamos: 1- ANÕES DO ORÇAMENTO - Responsável: Ministério Público 2- CASO COLOR DE MELO - Denuncia do Irmão: OAB - ABI - MINISTÉRIO PÚBLICO 3- JUIZ LALAU - Ministério Público Todas as apurações até hoje existentes foram promovidas pelos órgãos da Justiça, Imprensa, OAB, nunca vinda dos partidos políticos e de seus governantes. Outro fato q me deixa perplexo é algum político para mostrar que é honesto, necessita apontar alguém desonesto, se colocando assim na posição q se todos forem honestos esta pessoa não existiria, FAÇO AQUI AS PALAVRAS DO BORIS - ISTO É UMA VERGONHA . Esclareço que aos meus 71 anos de vida, vi muita coisa acontecer no Brasil e falo não por ouvir dizer ou ler na imprensa ou alguma matéria escrita com tendências de formar opinião deturpada dos fatos acontecidos, quando as tropas militares entraram em Brasília em março de 1964, eu morava num acampamento chamado Candangolandia meu pai era funcionário do Dp. de Transporte, portanto CANDANGO (fato que me orgulha) e da minha casa dava pra ver o viaduto que a W3 à BR. pois bem, de lá até o término do regime militar a cantilena dos contrários ao regime, era que tinham a solução para o Brasil, fosse na economia, no social, na ética política e tudo o mais, e o que vejo é que? Eles assumiram do poder, entregaram de mão beijada todo o patrimônio construido em 20 anos, deitarem e rolarem na corrupção inclusive para se perpetuar no poder com uma reeleição safada, anistiaram 100 (cem) ruralistas L A D R Õ E S, fizeram um proér dizendo que seriam os banqueiros que arcariam com o ônus e no final quem pagou a conta fomos nós, a reforma agrária foi esquecida, a reforma da previdência, se tornando numa verdadeira palhaçada, a única coisa que temos de conquista social é o foi deixado pelos militares, senão vejamos: PIS - FGTS - UNIFICAÇÃO DOS INSTITUTOS (INANPS), ESTATUTO DA TERRA Ora, hoje o país vive numa( badernocracía ), porque o regime que temos não pode ser chamado de DEMOCRACIA por q seria assim agressão aos GREGOS, o que na verdade vivemos é um clima de baderna extrema, patrocinado por políticos de todos os partidos, intelectuais inescrupulosos que que tentam a qualquer custo impor suas teorias acadêmicas, levando a sociedade à insegurança que vivemos. Todos os que passaram a governar o Pais a partir do fim do regime militar e que estão ainda no poder, são farinha do mesmo saco, todos: FHC - ZE SERRA - GENUNINO - ZÉ DIRCEU - DILMA & CIA foram exilados o único q não foi é o CIDADÃO LULA, altamente competente, tanto que conseguiu entre outros fatos, dá ASILO POLÍTICO, COMO SE POLÍTICO FOSSE, PISTOLEIRO DA MÁFIA ITALIANA COMO TAMBÉM TRANSFORMAR UM PARTIDO POLÍTICO, ( ÉTICO E HONESTO) NUMA QUADRILHA DE MARGINAIS. Entendo que só nos resta uma assembleia nacional eleita diretamente pela sociedade para nos tirar do buraco.

  21. Pedro Postado em 22/Feb/2016 às 14:14

    Só guilhotina resolve aqui como na revolução francesa. Mas preferimos assistir BBB, futebol e torcer por escola de samba. O último apaga a luz porque eu cansei de pagar imposto atoa. Abraços e boa sorte!

  22. Ruth Vieira Postado em 06/Mar/2016 às 08:37

    A irmã da amante do Príncipe da Privataria é a melhor representação do jeito tucano de governar.

O e-mail não será publicado.