Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mercado 28/Jan/2016 às 15:26
5
Comentários

Trabalhadores negros ganham 40% a menos do que o salário dos brancos

A diferença de salário entre brancos e negros diminuiu em 2015. Ainda assim, os trabalhadores negros ganham bem menos do que os brancos no Brasil. O mesmo vale para a comparação salarial entre homens e mulheres: o resultado melhorou, mas ainda há desigualdade. Os dados são da PME (Pesquisa Mensal de Emprego)

salário negro branco diferença

A diferença de salário entre brancos e negros/pardos diminuiu em 2015. Ainda assim, os trabalhadores negros ganharam, em média, 59,2% do rendimento dos brancos no ano passado.

Apesar de negativo, o resultado mostra um avanço em relação a 2003, quando começou a ser feita a pesquisa. Naquele ano, os negros não ganhavam nem metade (48,4%) do salário dos brancos.

Os dados fazem parte da PME (Pesquisa Mensal de Emprego), divulgada nesta quinta-feira (28) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O mesmo vale para a comparação salarial entre homens e mulheres: o resultado melhorou, mas ainda há desigualdade.

Em 2015, elas ganharam, em média, 75,4% do rendimento deles –leve alta em relação a 2014, quando o resultado havia sido de 74,2%.

Média

Em 2015, a média da renda da população, já descontando a inflação, foi de R$ 2.265,09. Houve uma queda de 3,7% em relação a 2014 –a primeira baixa desde 2004.

A pesquisa é baseada nos dados das regiões metropolitanas de Recife, Belo Horizonte, São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Segundo o instituto, todas as regiões tiveram perda no rendimento do trabalhador, com destaque para Belo Horizonte (-4,6%), Rio de Janeiro (-4%) e São Paulo (-4%).

Na comparação entre 2015 com 2003, ano do início da pesquisa, o rendimento médio do trabalhador aumentou 28,4%, o que representa um ganho de cerca de R$ 501,25.

EBC

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Eduardo Postado em 28/Jan/2016 às 16:38

    Com certeza cotas em concursos vai resolver esse problema.

  2. Thiago Teixeira Postado em 29/Jan/2016 às 06:57

    Em cargo de mesmo nível também, principalmente gerencial. Eu sou um exemplo disso.

    • José Ferreira Postado em 29/Jan/2016 às 09:20

      Digue o nome da empresa. Desse modo, saberemos em quem não contratar... Pelo menos onde eu passei, a única diferença era realcionada com o "tempo de casa". No meu atual emprego, a minha superior imediata é mulher. E o anterior foi um negro.

    • José Ferreira Postado em 29/Jan/2016 às 10:52

      Se a pergunta for para mim. Eu digo que não há diferença salarial de acordo com a raça da pessoa. O salário é o padrão para cada cargo. A única variação é o "tempo de casa": quem tem mais tempo, recebe um salário um pouco maior.

  3. Joao Postado em 29/Jan/2016 às 09:01

    Vamos começar pelos médicos !!