Mailson Ramos
Colunista
Compartilhar
Corrupção 14/Jan/2016 às 11:58
14
Comentários

A excruciante trova da Lava Jato

De delação em delação, mês por mês, a Operação Lava Jato vai se tornando uma excruciante trova cantada pelos delegados da PF e os Procuradores da República do Paraná

operação lava jato corrupção polícia federal

Mailson Ramos*

A excruciante trova da Lava Jato se tornou uma cantilena enfadonha e mentirosa. Insuportável não apenas pelos versos advindos de Curitiba, mas pelas palavras omitidas em Brasília, onde o ministro da Justiça imagina mandar na PF e a presidenta Dilma compra a ideia de uma luta messiânica contra a corrupção.

Luta messiânica – se há – é para que os seus detratores assumam a cadeira presidencial o mais rápido possível até 2018. Eles não importam quais sejam os expedientes utilizados, mas têm a certeza de que o principal é a Operação Lava Jato.

Paira sobre a operação uma atmosfera de limpeza, de varredura das estruturas públicas, num inédito combate à corrupção. O idílico conteúdo das ideias dos procuradores força o brasileiro a acreditar que há imparcialidade e isenção política naquele processo. E isso não é verdade.

Delegados da Polícia Federal e procuradores do MPF declararam abertamente seu voto a Aécio Neves, nas eleições de 2014. A Lava Jato já estava em curso, de onde se originou uma nuvem de boatos contra a campanha de Dilma.

A notícia publicada hoje na Folha de que o ex-deputado e presidente do PP, Pedro Correia, vai delatar 100 políticos só não é mais tosca do que a do Estadão: defesa de Marcos Valério propõe delação premiada na Lava Jato para mostrar que há ligação entre a operação na Petrobras e o mensalão.

Leia aqui todos os textos de Mailson Ramos

É o resultado do republicanismo da Dilma, assessorada pelo Zé Cardozo. Fundou-se no Paraná uma nova República pela sedição da Polícia Federal, baseada em delações e métodos mediavalescos para extorquir dos presos o que eles fizeram e também o que não fizeram.

Fez-se imprimir nas delações dos doleiros e diretores corruptos da Petrobras verdades ditas absolutas. Como se também eles não fossem corruptos. Como se não estivessem delatando apenas por saber que suas penas serão diminuídas.

Aderindo à ideia de que este governo tem que combater a corrupção a todo custo, Dilma tenta adocicar a boca dos revoltados. Não sabe que eles são manipulados todos os dias pela mídia que exacerba a crise.

A presidenta Dilma não acredita no que vê.

Ou os seus assessores são ineficientes. Não se pode esconder que o artigo da presidenta, publicado na Folha de S.Paulo, foi uma genuflexão aos pés dos golpistas da imprensa. Assim como é uma descaracterização administrativa que delegados e procuradores de justiça determinem o rumo de 200 milhões de pessoas. Por causa de uma operação policial.

Por uma trova difícil de ouvir.

*Mailson Ramos é escritor, profissional de Relações Públicas e autor do blog Nossa Política. Escreve semanalmente para Pragmatismo Político.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Andre FLN Postado em 14/Jan/2016 às 12:24

    VOU ABRIR UM BOLÃO AQUI: QUANTO TEMPO MAIS AINDA VAI DURAR ESSA LAVA-JATO?

    • Rodrigo Postado em 14/Jan/2016 às 14:09

      (Outro Rodrigo) Agora que lançou olhares sobre FHC, Lula, Collor, Renan e Cunha, deve durar pouco, se depender da "vontade política".

    • enganado Postado em 14/Jan/2016 às 14:59

      Durará só até o PSDB/DEM se assenhorarem do BRASIL, após isso até uns dois meses a mais para prenderem o LULA e DILMA sem provas e os colocarem sob as ordens dos: BOÇALNAROS/ceL. TELHADA/cel. METRALHA/JAPONÊS da PF_DB/PRISÕES em QUARTÉIS/ALOYSIO ""Trezentinha"" NUNES (((Malaquias do AÓPIO-homem da mala)))/ ... et cetera, para sevícias/torturas/abusos sexuais ... etc. Exagero? NÃO e NÃO! Ou será que os COXINHAS desejam vida longa para aqueles que trouxeram as verdades sobre seus ROUBOS e FALCATRUAS com Anglo-Sionistas? Sim! Desde qdo a Direita no BRASIL não usou de violência para obterem seus objetivos? CANUDOS taí que não deixa mentir. Duvidam? Perguntem aos Apátridas, FHC/çERRA/AÓPIO/ ... & cia para negarem tais atitudes. Negam sim da boca pra fora, igual aos milicos. Qto tempo? 2 MESES.

    • Thiago Teixeira Postado em 15/Jan/2016 às 16:45

      Esta lava jato vai durar até colocar os esquerdista que puderem na cadeia ou quando um político direitista for "citado". O plano é denegrir a esquerda ao máximo, liquidar o PT, o governo federal e no momento que um tucano for envolvido ... mudar para a Zelotes (que hoje só pegou direitista, quando chegarem na esquerda ...).

  2. Vicente Postado em 14/Jan/2016 às 14:57

    Eu imagino uma situação hipotética: sou dono de uma grande empresa, a qual conta com diretores, supervisores e outros funcionários. Descubro que um funcionário recente na empresa estava desviando material do almoxarifado. Desconfio de cara que o supervisor dele é cúmplice. Chamo o funcionário na minha sala e digo que sei o que ele está fazendo. Pergunto: você está fazendo sozinho, ou a mando do seu supervisor? O dinheiro dos desvios é pra você, ou pro seu supervisor? O que vocês acham que o funcionário iria responder? Por isso, é preciso que se investigue e se encontre provas concretas. Essa "política" de vazamentos, além de ilegal, é duvidosa. Basta lembrar o depoimento do Youssef, acusando Aécio, feito antes da eleição e que providencialmente não vazou a tempo do eleitor vir a saber. Se é verdade, só uma investigação séria pode revelar. Agora que deve ter muito bandido virando delator e acusando qualquer político para se ver livre, a isso deve.

    • Rodrigo Postado em 14/Jan/2016 às 17:00

      (Outro Rodrigo) Vicente, basta ler as decisões que homologam delações, bem como a lei que as fundamenta, sancionada por Dilma. A delação só vale, especialmente quanto aos seus benefícios, caso comprovado o quanto delatado. Infelizmente a mídia vem noticiando o instituto com grave omissão quanto a tal ponto: Lei 12.850/2013: "Art. 3o Em qualquer fase da persecução penal, serão permitidos, sem prejuízo de outros já previstos em lei, os seguintes meios de obtenção da prova: I - colaboração premiada; [...] Art. 4o O juiz poderá, a requerimento das partes, conceder o perdão judicial, reduzir em até 2/3 (dois terços) a pena privativa de liberdade ou substituí-la por restritiva de direitos daquele que tenha colaborado efetiva e voluntariamente com a investigação e com o processo criminal, desde que dessa colaboração advenha um ou mais dos seguintes resultados: I - a identificação dos demais coautores e partícipes da organização criminosa e das infrações penais por eles praticadas; II - a revelação da estrutura hierárquica e da divisão de tarefas da organização criminosa; III - a prevenção de infrações penais decorrentes das atividades da organização criminosa; IV - a recuperação total ou parcial do produto ou do proveito das infrações penais praticadas pela organização criminosa; V - a localização de eventual vítima com a sua integridade física preservada." Há, pois, vinculação a um resultado, não sendo um benefício em razão da mera conduta de delatar.

  3. Irion Postado em 14/Jan/2016 às 22:16

    Operação Vaza-Jato, que engôdo! Será que não vão "investigar" as 100 milhas de propina que recebeu o FHC?? (aiaiaiai....)

    • eu daqui Postado em 15/Jan/2016 às 12:22

      Por mim se investigaria tudo..........

  4. PAULO Postado em 15/Jan/2016 às 02:00

    Artigo bom. Direto e reto.

  5. Vicente Postado em 15/Jan/2016 às 05:10

    Não mesmo. Já ouviu falar em Geraldo Brindeiro? Se é assim, porque o FHC nomeou para chefiar a polícia federal um filiado ao PSDB? A coisa mudou. Agora a polícia até persegue o governo. Antigamente só defendia. Não seja ingênuo.

  6. Vicente Postado em 15/Jan/2016 às 05:10

    Não mesmo. Já ouviu falar em Geraldo Brindeiro? Se é assim, porque o FHC nomeou para chefiar a polícia federal um filiado ao PSDB? A coisa mudou. Agora a polícia até persegue o governo. Antigamente só defendia. Não seja ingênuo.

  7. Estacio Postado em 15/Jan/2016 às 10:27

    O PT, Lula e Dilma mostraram ao Brasil um governo republicano jamais visto na América do Sul! Se existe Lava Jato é só porque Lula e Dilma permitiram e a dita "operação" se enche de soberba justamente porque com carta branca deixaram os vicios humanos e preferências pessoas dominarem os "trabalhos". Percebeu??

  8. Thiago Teixeira Postado em 15/Jan/2016 às 16:46

    Hipocrisia ... o cartão de visita dos coxinhas.

  9. Héber Pelágio Postado em 18/Jan/2016 às 11:48

    Está tudo correndo exatamente da forma como eu previa com a reeleição desse [des]governo petralha! Aliás, foi por isso mesmo que eu votei na Dilma e investi a minha poupança em dólares: eu sabia que o descalabro promovido contra a nossa economia e as nossas instituições seria tão exarcebado que somente chegando ao fundo do poço para o país ser depurado. Eu não quis votar num político da oposição, como Aécio ou Marina, para presidente, temendo de que algum deles acabasse sendo responsabilizado pelas consequencias herança maldita que este [des]governo deixaria nas suas mãos! Assim, preferi que a Dilma fosse reconduzida ao cargo para completar o processo de dedstruição nacional que ela já vinha conduzindo. Preocupado em me prevenir, e certo da escalada do dólar, peguei as minhas economias e investi na moeda norte-americana - ganhei cerca de um terço do valor investido em cerca de 4 meses. Infelizmente, o povo é como uma criança: às vezes o aprendizado somente pode vir pela dor! É um mal necessário, contudo não deixa de ser também lamentável... Após isso, creio que a nossa sociedade acordará mais madura e aprenderá a fazer escolhas melhores, consicente de que "dinheiro não nasce em árvore"!

O e-mail não será publicado.