Redação Pragmatismo
Compartilhar
Terrorismo 17/Nov/2015 às 12:54
14
Comentários

Documentário: Por dentro do Estado Islâmico

Repórter é autorizado a passar dias acompanhando membros do Estado Islâmico e mostra a rotina do grupo terrorista mais temido do mundo a partir da cidade de Raqqa, principal reduto dos jihadistas

estado islâmico

O Estado Islâmico, um grupo sunita jihadista radical antes ligado à Al Qaeda, conquistou grandes áreas do Iraque e da Síria.

Anteriormente conhecido como Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIL), o movimento armado anunciou a intenção de restabelecer o califado e proclamou seu líder, o misterioso Abu Bakr al-Baghdadi, como califa.

O grupo voltou a ganhar as manchetes após assumir a autoria dos atentados que assombraram Paris na última sexta-feira (13).

Uma reportagem da ViceNews foi autorizada a acompanhar as ações do grupo a partir da cidade de Raqqa, na Síria, considerada o quartel-general dos jihadistas.

A seguir, assista ao material dividido em 5 partes:

Recomendados para você

Comentários

  1. Grace Diniz Postado em 17/Nov/2015 às 15:21

    De onde veio todo esse armamento bélico? Momento de muita reflexão...

    • Thales Postado em 18/Nov/2015 às 10:08

      China, França, Rússia e Principalmente EUA. Todas as potências tem interesse na Síria e acabam armando facções para derrubar o governo lá. Ai quando o animal de estimação sai do controle, bem... Booom. http://operamundi.uol.com.br/conteudo/reportagens/37414/wikileaks+eua+armaram+estado+islamico+e+se+recusaram+a+ajudar+siria+no+combate+ao+grupo.shtml

  2. Lopes Postado em 17/Nov/2015 às 16:33

    Acabei de assistir as 5 partes do documentário! Realmente, não há como dialogar com essa gente. São alienados que não respeitam o contraditório.

  3. Rodolfo Postado em 17/Nov/2015 às 17:38

    Grace, parte do armamento veio do próprio EUA, já que subsidiava o exército iraquiano tomado pelo EI quando invadiu o Iraque (é explicado durante o vídeo). Acredito que os rifles Kalashnikov (AK-47) são obtidos pela mafia russa.

    • Wylie Postado em 19/Nov/2015 às 17:56

      Diversas empresas e países possuem as licenças de fabricação do AK e AKM. Então não é pq é um AK que obrigatoriamente é russo.

  4. Lopes Postado em 17/Nov/2015 às 19:12

    Enquanto isso, Obrama, o principal causador disso tudo, continua olhando para o horizonte!

  5. Rafael Postado em 17/Nov/2015 às 20:03

    Ataque nuclear...

  6. Valéria Passarin Postado em 17/Nov/2015 às 20:59

    A revolta contra a Europa foi construída no coração desse povo em virtude de grandes invasões no passado, na tomada de terras e riquezas. Agora sob o pretexto insano do Islamismo, querem se vingar e aniquilar todos que um dia foram seus algozes. Querem dominar o mundo e impor seu credo distorcido e fanático, tornando as pessoas acéfalas, sem individualidades ou qualquer pretensão que não seja de acordo com suas leis. Uma ditadura em que ninguém tem o direito de ser, fazer e acontecer se não for nos moldes impostos pelo Estado Islâmico. O fanatismo assola uma nação, que vê na guerra e no extermínio o meio legal de impor sua ideologia religiosa. Será que tudo caminha para a 3ª Guerra Mundial? Espero que soluções aconteçam antes que esse grande mal se torne realidade.

  7. BRUNNO MARX Postado em 17/Nov/2015 às 21:05

    SILAS MALAFAIA ...Monta uma igreja no estado islamico eu dou dizimo todo mes...kkkkkkkkkkk

  8. Marco Felippe Postado em 17/Nov/2015 às 21:48

    Há na imprensa americana muita especulação de inicialmente o EUA,clandestinamente através da CIA terem armado o EI contra o Assad e eles se fortaleceram e agora o monstro está sem controle.

    • Armistrong Souto Postado em 20/Nov/2015 às 21:50

      O nosso engano reside na ideia de que os EUA armam, treinam,e financiam, os loucos do mundo acreditando que eles serão fieis, sempre. Quando os loucos saem do controle, os EUA lucram com a venda de armas, através de várias empresas espalhadas pelo mundo. E quando eles se mantém fieis, os outros interesses são satisfeitos. Moral da história: os EUA lucram sempre.

  9. paula Postado em 17/Nov/2015 às 22:28

    as industrias bélicas precisam desses lunáticos para manter a venda dos armamentos deles, o que importa pra eles é o dinheiro. por isso que de tempos em tempos eles atraem grupos de assassinos e treinam eles para fazerem o que gostam que é matar. eles são recrutados e enviados para locais desestabilizados para fazerem isso.

    • Armistrong Souto Postado em 20/Nov/2015 às 21:51

      É por aí, Paula! Os EUA lucram com os loucos, na paz, e na guerra.

  10. Angela Postado em 18/Nov/2015 às 08:17

    Tem sentido Paula ee, Março Fellipe tem um documentário americano no you tube falando exatamente a respeito disso.