Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 15/Oct/2015 às 16:36
71
Comentários

Rachel Sheherazade, que tanto defendeu Eduardo Cunha, está em silêncio

Rachel Sheherazade já defendeu Eduardo Cunha fervorosamente, em vídeo e por escrito. Hoje, a jornalista mantém silêncio constrangedor sobre as investigações que revelaram as contas secretas do presidente da Câmara na Suíça. Para ela, os problemas do Brasil são os “marginaizinhos”, os homossexuais, o carnaval, a corrupção (seletiva), o funk, o bolivarianismo…

sheherazade Cunha

Leonardo Mendes, DCM

Eduardo Cunha se casou com uma jornalista da Globo nos anos 90. Hoje talvez se casasse com Rachel Sheherazade.

Um dos melhores vídeos do ano mostra uma defesa inflamada feita por ela a respeito de Cunha, ainda na época em que a Veja o lançava como o homem mais poderoso da república.

Depois de ver o vídeo [abaixo] fui tomado por uma certa curiosidade mórbida e resolvi entrar no perfil da moça no Facebook para ver se ela ainda morria de amores pelo quase ex-deputado.

Vasculhei a linha do tempo semanas e nada. As únicas menções a Cunha feitas por Sheherazade se referem aos pedidos de impeachment contra a presidente Dilma.

Entre uma crítica e outra ao bolivarianismo e defesas de que família só pode ser formada por pais heterossexuais, acusações contra Lula e seus filhos, e campanhas para que o filho de Jair Bolsonaro fosse eleito o melhor deputado do país (perdeu para Jean Wyllys), nenhuma palavra sobre os milhões na Suíça da família Cunha.

Pareceu-me um tanto assombroso que alguém que se diga jornalista consiga ignorar completamente o assunto mais comentado das últimas semanas.

Que alguém que publica diversos posts diários supostamente revoltada on line contra a corrupção, não se revolte em função da fartura de denúncias e provas apresentadas contra o presidente da Câmara.

Que jornalismo é esse que escolhe tão descaradamente pesos e medidas?

Que gente é essa que compartilha a indignação seletiva de Sheherazade e sequer a questiona sobre seu silêncio?

E Sheherazade tem mais de um milhão e meio de seguidores nas redes sociais. Sua relevância no debate político nacional se resume a isso.

São pessoas que precisam ser resgatadas.

São hoje reféns de supostos jornalistas como Sheherazade que há muito tempo abandonaram a profissão para servir a interesses políticos.

Jornalistas que não informam, não investigam, não questionam nada que não faça parte da própria agenda escolhida.

Que como comentaristas nada acrescentam, e encontrar ideias novas no discurso de Sheherazade é como procurar uma cachoeira no deserto.

Talvez por isso seu novo livro “O Brasil Tem Cura” já nasça morto. A vida é muito curta para você ler o que já sabe.

E quem não sabe que a doença do Brasil para Sheherazade são os “marginaizinhos”, os homossexuais, o carnaval, a esquerda, a corrupção (da esquerda), o funk, o bolivarianismo…

E que a cura é a repressão policial, os “valores”, a moral conservadora e o neoliberalismo.

Por isso o maior problema não são suas ideias, que mantêm a profundidade do senso comum mais hidrófobo. Mas o que ela representa para a profissão de jornalista.

É um perigo para a democracia que o ofício de um jornalista se confunda com o de relações públicas. E é isso o que Sheherazade representa, e deixa claro no caso de Eduardo Cunha, não necessariamente por amor.

Naturaliza-se assim que a pauta não é o interesse público, não são os fatos, mas a própria agenda, vendida a veículos que as pré-determinam.

George Orwell disse que jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique, todo o resto é publicidade.

Sheherazade só publica o que interessa a ela própria e seus patrões. E o pior é que seu público espera dela exatamente isso.

Recomendados para você

Comentários

  1. Ricardo Postado em 15/Oct/2015 às 16:48

    Eu não sei o que seria pior: se ela acredita no que publica ou apenas se vende a quem paga para que ela o faça...

    • hedir renault Postado em 19/Oct/2015 às 22:16

      Deixemo-la na mídia... não a tragamos para a rede social... ilhe-mo-la.

  2. Lucas Oliveira Silva Postado em 15/Oct/2015 às 16:51

    Sensacionalista do caralho!

  3. Rodrigo Postado em 15/Oct/2015 às 16:59

    Me pareceu que ela está falando da direita...

  4. Tarso Postado em 15/Oct/2015 às 17:01

    Vaca facista! Vai ler um pouco sobre a história do Brasil.

    • Renato Postado em 16/Oct/2015 às 10:32

      Vaca é tua mãe. Respeite para ser respeitado.

      • Gabriel Postado em 16/Oct/2015 às 11:04

        "Vaca é tua mãe. Respeita para ser respeitado". Então respeite.

      • Mauro Postado em 16/Oct/2015 às 18:14

        Você deveria ler isso, Rachel/renato: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/10/ex-supremacista-branco-relata-transformacao-pela-bondade-de-quem-odiava.html

      • Seisdedos Postado em 27/Oct/2015 às 16:39

        Essa mulher não merece respeito, sensacionalista, fala um monte de besteiras e chamá-la de vaca, sim é ofensa... para a vaca...

    • Tarso Postado em 16/Oct/2015 às 18:00

      Repetindo: vaca fascista sim!!

    • Roberto Pedroso Postado em 17/Oct/2015 às 11:01

      Senhor Tarso pedir para uma tipica representante da direita Brasileira ler!?!?Puxa ai o senhor está exigindo demais!!!!!é o mesmo que pedir para a água correr para cima.

  5. Maria Auxiliadora Postado em 15/Oct/2015 às 17:07

    Tenho pena dos pais dessa jovem ou será que hipocrisia vem no dna? Vergonhoso o comportamento de uma mulher que teria tudo para fazer a diferença positivamente e escolheu se vender e se tornar esse vegetal.

    • Renato Postado em 16/Oct/2015 às 10:43

      Eu tenho pena dos seus, que não souberam ensinar a filha a respeitar opiniões. Se a tal jornalista ainda não se pronunciou, com certeza o fará em momento oportuno. Ela é diferente da grande maioria dos jornalistas que metralham e inflam a população contra todo político conservador. Leiam um pouco Reinaldo Azevedo, e deixem de ter comportamento de boiada, acreditando em tudo o que a mídia diz, sem questionar com profundidade.

      • Trajano Postado em 16/Oct/2015 às 11:27

        reinaldo azevedo? O mesmo que rasgava elogios ao Eduardo Cunha? O que defende o financiamento empresarial de campanha? O que defende o PL 4330? O que acusou o Larte de agir como os antigos publicitários nazistas por causa de uma charge que criticou aqueles que tiraram selfie com a PM, ao passo que o próprio atribui toda sorte de características depreciativas e vexatórias a uma determinada população de partidários? Aquele senhor que afirmou que seu trabalho só existe porque o PT existe? Olha... Você sugerir ler esse homem soa estranho, esquisito. Mas o pior é você vir aqui fazer propaganda da Veja por tabela, isso sim é muito ofensivo. Não desejo isso nem para o meu pior inimigo.

      • Mauro Postado em 16/Oct/2015 às 12:34

        Ela é jornalista, não é função dela dar opinião, e sim INFORMAR, de maneira IMPARCIAL, sem os adjetivos que ela usou. Aliás, Renato, ou será Rachel, leia mais, principalmente o Paulo Henrique Amorim, talvez você aprenda um pouco o que é ser jornalista!

      • Fernando Rezende Postado em 16/Oct/2015 às 13:00

        "Leiam Reinaldo Azevedo". Caralho, eu jamais ouvi uma coisa tão estúpida em toda a minha vida! O cidadão quer que as pessoas leiam o robô programa do Azevedo para pensar criticamente? Nossa... é muito fracasso pra uma pessoa só...

      • Ricardo Postado em 19/Oct/2015 às 21:32

        Mas a reportagem se refere a um ponto mais profundo, o motivo pelo qual ela se inflama e tacaslcoolnafogueira quando se tem a menor fagulha quando é du pete e quando é Cunha querido escolhe se pronunciar em "momento oportuno".

    • Eduardo Ribeiro Postado em 16/Oct/2015 às 11:12

      LEIAM REINALDO AZEVEDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      • ALFREDO DE VITA Postado em 20/Oct/2015 às 10:59

        E APRENDA A ODIAR.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 16/Oct/2015 às 11:15

      Vamos ler um pouco de Reinaldo Pit Bull Azevedo então: """""""""""Eu não tenho o menor interesse na opinião do povo. Quase sempre ele está errado. Aliás, a opinião de muito pouca gente me interessa. A democracia sempre foi salva pelas elites e posta em risco justamente pelo “povo”, essa entidade. O “povo”, nos assuntos realmente importantes, não apita nada. É uma sorte! Os petralhas sabem: fico aqui queimando as pestanas, tentando achar um jeito de eliminar o povo da democracia. Ainda não consegui. Quando encontrar, darei sumiço no dito-cujo em silêncio. Ninguém nem vai perceber… Povo pra quê?""""""""""""....AZEVEDO, Reinaldo Pit Bull

  6. Denisbaldo Postado em 15/Oct/2015 às 17:23

    Ela lançou um livro. "O Brasil tem cura". Talvez ela explique claramente que é só ameaçar os pobres de prisão, tortura ou pena de morte caso eles se recusem a serem escravos para a elite branca, rica e cheirosa do Brasil.

  7. gustavo0 Postado em 15/Oct/2015 às 17:29

    Jornalismo, segundo George Orwell é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Raquel Sheherazade publica apenas o que a interessa, por tanto não faz jornalismo e sim publicidade. Pois bem, aqui não se faz o mesmo? Tenha a santa paciência, Leonardo Mendes ou Sheherazade, Leonardo Sakamoto ou Reinaldo Azevedo, Cynara Menezes ou Joice Hasselman, até mesmo entre os humoristas imbecis: Duvivier e Madureira, e eu continuo, agora com músicos fracassados: Lobão e Tico Santa Cruz.

    • Trajano Postado em 15/Oct/2015 às 19:43

      Mas aí é que tá, Gustavo. Você colocou várias pessoas diferentes no mesmo bojo – de jornalistas a músicos - e sustentou isso ao dizer que aqueles são mais publicitários do que jornalistas. Beleza. Mas não concordo com a sua lista. Defender o que se escreve me parece não somente coerente como fundamental independentemente da profissão ou escolha dos sujeitos. Dos que citou, em minha opinião, muitos conseguem sustentar o discurso durante e depois de publicado, só que, de longe, sherazade é ponto fora da curva. Seus discursos agressivos têm prazos de validade curtíssimos, não se sustentam, não se conectam, não ganham robustez. Talvez a cor artificial do seu cabelo tenha mais tempo de vida útil do que as suas falas. Ela está mais para um produto da extravagância e capricho de alguns segmentos sociais de São Paulo do que a criadora de alguma coisa, já que o resultado do seu trabalho é altamente perecível, serve a um curto momento, estragam rapidamente antes do consumo em larga escala. Sherazade foi criada por certas mídias para servir. E subserviência me parece ser o único traço de coerência da moça. Que continue servindo, então.

      • gustavo0 Postado em 15/Oct/2015 às 20:16

        Confesso que não expressei corretamente, me deixei levar pela minha minha face ranzinza. No atual momento eu provavelmente vivo uma crise, todo e qualquer discurso que me chega soam como lixo tendencioso e tóxico, vejo sofismo, má fé intelectual e ignorância em tudo. Quanto a princesinha, discordo que ela seja produto da extravagância e capricho de alguns segmentos sociais de São Paulo, o buraco é mais embaixo. Trocando em miúdos, eu estou de saco cheio, o pessoas precisam pegar mais leve, o mundo não precisa de tanta discussão inútil, tanto ódio. O ódio contamina.

      • Trajano Postado em 15/Oct/2015 às 22:46

        Cuidado, Gustavo. Quando a gente atribui muita razão ao pessimismo e internalizamos negativismo ficamos próximos da desregulação neuroquímica dos níveis de dopamina e serotonina. Pessimismo é automático, traço evolutivo, enquanto resiliência e ser positivo são construídos, requerem postura ativa. Não se permita embarcar em depressão por causa dos excessos do governo e oposição, menos ainda da síndrome de "sangue verde" dos que ganham dinheiro simplesmente por se acharem melhores do que todo mundo. Se você consegue articular uma crítica tão interessante entre jornalismo e publicidade, continue com seu discernimento e autonomia, mas se preserve, estabeleça seu limite. A gente não controla o que os outros irão dizer e por vezes um bom foda-se à canalhice aproveitadora da mídia e da política é mais salutar do que se ocupar em extrair ouro do lixo que despejam na sociedade.

      • beto Postado em 22/Dec/2015 às 15:57

        Ótimo ponto de vista Gustavo, a realidade se torna cada vez mais desoladora conforme problematizamos ela. Trajano, venho as vezes aqui apenas para pular até seus comentários, que não decepcionam mesmo quando não consigo concordar inteiramente.

    • Renato Postado em 16/Oct/2015 às 10:46

      Falou tudo cara. Critica-se a Rachel aqui e se faz o mesmo, mudando apenas o foco. Jornalistas e músicos brasileiros defendem apenas o próprio ponto de vista. Até hoje não encontrei ninguém imparcial.

      • Trajano Postado em 16/Oct/2015 às 11:39

        Se eu não conhecesse a história do cristianismo e seus mártires, não entenderia o motivo de tanto ódio contra uma pessoa pelo simples fato de ter opiniões diferentes”. Ué? A sherazade considera a democracia exclusiva para a maioria; as minorias e suas opiniões diferentes que se danem. Se você viu o vídeo antes de postar, sabe disso. Em tempo: Cristo não pregava discursos de ódio, ao menos até onde sei, posso estar enganado. Uma jornalista que considera a exclusão da minoria como expressão democrática não me parece ser uma pessoa que mereça algum mérito. Ao menos pra mim, ela merece rigorosamente nada. Desprezo total e irrestrito. Você está falhando na tentativa de aproximar o discurso da direita com a da esquerda, talvez por se apoiar em sherazade. Alicerce fraco demais para que você mantenha o argumento por muito tempo.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 16/Oct/2015 às 11:06

      Acho que vocês estão se perdendo. Eu discordo desse negocio de "aqui se faz o mesmo e só se publica o que interessa", mas mesmo que fosse verdade, vocês escolheram uma pessoa extremamente errada para exemplificar. Sherazeda não se limita a "publicar apenas o que lhe interessa". Sua veia intolerante, fascista, racista e semeadora de ódio não encontra paralelo, não temos alguem que podemos dizer que seja "a nossa Sherazeda", não temos alguem tão brutal do lado de cá. E se tivessemos, seriamos os primeiros a escurraçar. Porque ao contrário da coxinhada canalha, aqui ninguém se torna ídolo/mito/deus (1,5 milhão de debilóides seguem esse traste) apenas porque é contra X ou Y. Aqui ninguem fecha os olhos pro carater fascista ou criminoso de alguem só porque esse alguem se declara "inimigo do nosso inimigo". Não tenho nada contra a discussão do "publicar apenas o que lhe interessa", mas....Sherazeda a parte, por favor, porque ela está muito acima dessa questão.

  8. Pedro Accioli Postado em 15/Oct/2015 às 17:32

    O que ela tem de bonita, tem de retardada e reaça!

  9. Eduardo Ribeiro Postado em 15/Oct/2015 às 17:34

    Fascistaça da mais grotesca categoria. E com o microfone da Jovem Pan/Ku Klux Pan ela se solta das amarras e surta de vez, se torna um câncer do jornalismo brasileiro. Uma profissional detestável, execrável sob qualquer ponto de vista.

    • Renato Postado em 16/Oct/2015 às 10:54

      Se eu não conhecesse a história do cristianismo e seus mártires, não entenderia o motivo de tanto ódio contra uma pessoa pelo simples fato de ter opiniões diferentes. Chega a ser hilário ver que as mesmas pessoas que defendem o "respeito a opção sexual" por exemplo, sejam capaz de atacar outras com palavras como câncer, detestável, execrável, etc.. Quanta contradição.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 16/Oct/2015 às 11:10

        Contradição aonde, menino? Eu defendo o respeito a tudo e a todos, e Raquel é o cancer do jornalismo brasileiro, uma das personalidades mais detestáveis e execráveis do Brasil hoje, com folga. Não é uma questão de "ainnnnn opinião diferente ainnn". Ela gosta de azul? Beleza. Ela gosta de pagode? Beleza. Ela gosta que amarre um pretinho pobre no poste para ser linchado? Racista. Ela defende impeachment burgues, impeachment pelo impeachment, num contexto no qual nada incide sobre a Presidenta? Golpista. Ela é contra os direitos das minorias atacadqas pelo conservadorismo religioso/ Retrógrada, moralista. Ela é Raquel Sheherazade? Fascista. Simples assim. Opinião é opinião. Ser fascista é outra coisa. Esses fanboys de apresentadora são uma comédia.

      • Alfredo Postado em 16/Oct/2015 às 11:11

        Acontece Renato, Ela critica com ódio, QUEM CRITICA COM ÒDIO NÃO CRITICA COM A RAZÃO.Ah. não vem com o papo que eu sou petistas, sou brasileiro,paulistano,vila mariense.

  10. gustavo0 Postado em 15/Oct/2015 às 17:36

    As pessoas tem uma enorme necessidade de falar, escrever, ler e ouvir bobagens. No fundo jornalismo e publicidade se curvam a essa demanda, porém uns preferem um tipo de bobagem enquanto outros preferem outro tipo.

  11. Pedro Accioli Postado em 15/Oct/2015 às 17:38

    O que ela tem de bonita, tem de retardada e reaça! Sem mais!

  12. Irion Postado em 15/Oct/2015 às 17:59

    Os corruptos fascistas se defendem entre si! Quando não conseguem, silenciam!

  13. Vega Schaffer Postado em 15/Oct/2015 às 18:05

    Ela só está defendendo seu indigno emprego. Precisa manter satisfeita à coxinada que consome o produzido pelos seus patrões. Diz o que os seguidores querem ouvir. A zinha não tem opinião, só recebe e executa ordens.Importar-se com ela é perder tempo...

  14. Iran Postado em 15/Oct/2015 às 18:11

    Pois é. Parece até que ela está se descrevendo num espelho. Pobre coitada!!!!. O que o dinheiro faz, alem de manter o cabelo dela loiro. kkkkkkkkkkkkk. E olha que ela nem deve ganhar tanto assim. Será que ela ainda está na folha de pagamento do TJPB, mesmo sem ir lá dar expediente?

  15. francisco Postado em 15/Oct/2015 às 18:34

    diz que a esquerda ofende as pessoas e acaba ofendendo os partidos da esquerda chamando de partidecos de esquerda, plateia raivosa, clarque do psol e pstu, minorias complexadas, chiitas e idiotas úteis da esquerda kkkk quem ofende quem??

  16. Marcos Kim Postado em 15/Oct/2015 às 18:52

    Bonitinha mas, ordinária!

  17. Thiago Teixeira Postado em 15/Oct/2015 às 19:24

    "minorias complexadas" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ahahahahahahahahaha kkkkkkkkkkkk rsrsrsrsrsrsrsrsaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahahahahahahahahahahahahahhahahaha ..... Olha quem fala!!!!!!!!!

  18. Thiago Teixeira Postado em 15/Oct/2015 às 19:26

    Isso cheira a nazismo.

  19. Trajano Postado em 15/Oct/2015 às 19:57

    “Partidecos de esquerda”, “grupelhos”, “legendas acéfalas”, “minorias complexadas”, “idiotas úteis da esquerda” dentre outros insultos. Aí a sherazade se entrega em desabafo (ou ato falho): “É mais fácil mentir, acusar, denegrir, caluniar. É que o insulto não requer muito dos seus poucos neurônios”. Eu hein.

  20. Salomon Postado em 15/Oct/2015 às 20:09

    Ela tem o direito de publicar o que quiser. E responde por isso. Quem lê, tem o direito de concordar, discordar ou de chafurdar nesse lixo. O problema é de quem lê, de quem concorda, de quem discorda e de quem chafurda. E daí? O nome disso é democracia (uma jovem de 30 anos). Ora, já se sabe que lá pelas tantas a democracia também vai chegar nos meios de comunicação. Aí a tal 'publicitária' vai ser um vulto, uma poeirinha cósmica vagando sem rumo pelo universo virtual.

    • Bruno Postado em 15/Oct/2015 às 22:44

      Errado.Ela não tem o direito de publicar o que quiser coisa nenhuma.Democracia não é o direito de proferir discursos de ódio.Democracia é o direito de defender posições desde que não viole os direitos sociais dos outros,e que sejam bem fundamentadas.

      • Salomon Postado em 16/Oct/2015 às 07:54

        "(...)E responde por isso." Releia. Ou leia o art. 5º da Constituição.

  21. SerHumano Postado em 15/Oct/2015 às 21:15

    Enquanto eu assistia ao vídeo me dava um embrulho no estômago cada vez mais crescente. Para mim, a adjetivo mais elogioso que descreve essa jornalista alucinada é intragável. O mais curioso é que todos os insultos que ela lançava contra os partidos de esquerda eu sentia que caíam feito uma luva para a pessoa dela.

    • Renato Postado em 16/Oct/2015 às 10:25

      É por que você é preconceituoso. Não suporta idéias nem pessoas conservadoras. Seu embrulhar de estômago é o mesmo que muitos sentem ao ler está reportagem, que para você parece perfeita.

      • SerHumano Postado em 17/Oct/2015 às 08:19

        Não discuto as ideias dela. Até porque ela não articulou nenhuma. Apenas proferiu palavras carreagadas de ódio contra os partidos de esquerda e, o que é pior, contra as minorias. Se me posicionar a favor das minoria me torna uma pessoa preconceituosa, conviverei feliz com o meu defeito. Mas, na verdade, a sua pequena inserção já torna óbvia a inversão de valores, que é própria da direita brasileira, com sua moral seletiva, hipocrisia oportunista e cinismo descarado.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 16/Oct/2015 às 10:32

      Ela não é "conservadora". É execravel. Nojenta. Disseminadora de ódio. Uma fascista em último grau. O embrulho no estomago é reação normal e esperada entre aqueles que tem carater.

  22. Sérgio Postado em 15/Oct/2015 às 21:27

    TELEFONE da Câmara Federal: 0800-619619. Para pressionar o andamento do afastamento do CUNHA!!!

  23. Sérgio Postado em 15/Oct/2015 às 21:30

    Mocinha, Não tem volta. Vamos em frente!

  24. Sérgio Postado em 15/Oct/2015 às 21:30

    Mocinha, Não tem volta. Vamos em frente!

  25. Phelipe Postado em 15/Oct/2015 às 21:53

    Um membro da plutocracia revoltada com com a ascensão dos mais necessitados, qual a novidade nisto?! Pra mim, nenhuma!!

  26. ALESSANDRO QUEIROZ Postado em 15/Oct/2015 às 22:45

    Alguém conseguiu chegar ao final do vídeo? Deu nojo total!!!!

    • Renato Postado em 16/Oct/2015 às 10:30

      Eu não consegui foi ler está reportagem até o fim. Assim como a "moça" tem suas preferências, você nunca verá este site se posicionando a favor da direita conservadora. Fica esse joguinho: aqui os seguidores esculachando ela, e lá os seguidores dela esculachando os esquerdistas. Idéias boas para melhorar o país não se vê em nenhum dos lados.

  27. André Postado em 15/Oct/2015 às 23:37

    Shera azeda, agora ficou difícil hein? Pra voce e para todos os ingênuos a quem voce e seus patrões enganam..

  28. sidney Postado em 16/Oct/2015 às 01:49

    Quanto custou esse discuso mentiroso e hipocrita?

  29. Thiago Teixeira Postado em 16/Oct/2015 às 06:40

    Procurei o depoimento dela sobre o recebimento do Sr. Stédile por minorias complexadas da direita no aeroporto de Fortaleza e não achei ...

  30. George Postado em 16/Oct/2015 às 08:00

    é assim mesmo, vai permanecer em silêncio, mesmo que isso seja constrangedor. rsrs

  31. Rodrigo Postado em 16/Oct/2015 às 10:17

    (Outro Rodrigo) "Lula defende demissão de Levy e 'política de não agressão' a Cunha" http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/10/1694552-lula-defende-demissao-de-levy-e-politica-de-nao-agressao-a-cunha.shtml E aí, cadê o "Fora Cunha"? Nem PT, nem PSDB o querem fora...

    • Denisbaldo Postado em 16/Oct/2015 às 10:36

      Não vi nada a respeto sobre o PSDB. http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2015/10/15/cresce-no-pt-pressao-para-partido-endossar-cassacao-de-cunha.htm

      • Rodrigo Postado em 16/Oct/2015 às 11:30

        (Outro Rodrigo) Já eu, venho vendo há vários dias a palhaçada do PSDB, que primeiro era amor eterno com Cunha e agora pula do barco, pro PT entrar e começar com a própria palhaçada. Várias matérias, pois, nos PIGs da esquerda e direita, com direito às contraditórias condutas de Aécio, Lula, Malafaia e Sherazade e as incríveis falas dos Deputados Sibá Machado e José Guimarães. Enfim, até parece que PT e PSDB, cantando em uníssono, estão fazendo um "revival" da canção que fez sucesso com a Banda Cheiro de Amor: "Não sei se vou ou se fico". Eles cantam e nós ficamos a bater palmas pros malucos dançarem.

    • Trajano Postado em 16/Oct/2015 às 12:16

      Rodrigo, sua crítica é difícil de refutar. Ao final da reunião, segundo a reportagem, o Instituto Lula explicou que não está protegendo o Cunha e que cada deputado poderá agir livremente na Comissão de ética. Oras, se a ideia é que cada deputado possua autonomia, qual é então a do recado durante a reunião? Eu hein. Mas algo positivo se extrai daí: “o mais importante neste momento o PT ‘cuidar de suas incompetências’”, sim, enfim um recado coerente, pelo menos. Mas o Lula não pode esquecer que seus joguinhos políticos talvez tivessem algum efeito se ele fosse o presidente. A Dilma é a chefe do executivo federal e ela deve, sim, se proteger das investidas do Cunha, este com o cerco cada vez mais se fechando pro lado dele, seja por uma estratégia política ou pelo simples fato da ficha corrida do deputado falar por si só. Além disso, Cunha possui agenda própria: independentemente de posições a favor ou contra, ele vai agir da forma que for melhor conveniente para sua sobrevivência política e tecer acordos com quem trouxer mais benefícios. Lula não controla Cunha. Passar ou não a mão na cabeça dele não é solução para coisa alguma. Rodrigo, só não concordo com o nivelamento entre PSDB e PT. PSDB, em minha opinião, tornou-se irrelevante desde que alas poderosas do PMDB resolveram virar oposição e as ações desse partido não são vistas como coerentes nem pelo próprio Cunha.

      • Denisbaldo Postado em 16/Oct/2015 às 14:36

        Exatamente! Completando o seu raciocínio, se poucos no Congresso têm reputação ilibada para julgar Dilma, o mesmo ocorre com o Cunha. E ele sabe dos podres de um por um lá dentro e está disposto a jogar tudo no ventilador para o Brasil todo ver. No final das constas a situação é a seguinte: O PT roubou e venceu as eleições, o PSDB roubou mas perdeu as eleições. A única coisa que os difere é a vitória ou derrota nas urnas. O Congresso todo sabe disso. Eu não espero decência do PT, aliás não voto em político achando que será honesto dentro de um sistema todo corroído pela imoralidade, seria inocênica ao extremo. Voto porque acredito que sua agenda é mais apropriada às necessidade do páis. Manter o PSDB longe do poder é uma necessidade, por conta de sua agenda e não por ser corrupto.

      • Rodrigo Postado em 16/Oct/2015 às 15:23

        (Outro Rodrigo) Trajano, discordo de sua opinião quanto à diferenciação entre PT e PSDB, mas a respeito - minha visão é no sentido de que a busca pela manutenção própria no poder está levando o PT a repetir erros que ele sempre soube combater e expor, por isso em outra postagem citei as críticas que considero justas, de Frei Beto e Leonardo Boff. Divirjo, mas respeito (aqui em com atenção aos ideais de fundação e tantos militantes que não compactuam com as condutas que criticamos). E, ao fim, seu diagnóstico é preciso: (se não te entendi mal) a única agenda realmente independente dentre nossos agentes políticos é realmente a de Cunha, mas uma agenda que atende aos próprios interesses dele, apenas pessoais, sempre acima de qualquer outro que lhe seja apresentado.

  32. soda cáustica Postado em 16/Oct/2015 às 16:07

    Precisamos desmidiatizar os seguidores desse câncer chamado PIG ! E não falo só de suas "opiniões" políticas... Parecem zumbis repetindo bobagens do tipo "não é possível frango sem hormônios" etc e etc... Adivinha onde eles leem essas "pérolas" ?... Verdadeiros midiotas.

  33. Paulo Postado em 22/Oct/2015 às 03:47

    Que editor sem noção! Onde que ela está defendendo o Eduardo Cunha? Ela está falando das facções ditas de esquerda que enojam nosso povo com tanta anarquia. O editor nem se quer coloca a data do vídeo que não faz muita diferença mas como ele mesmo disse "já defendeu", que indica passado, quando ainda não se fala da corrupção que acusam o Eduardo. Continuo concordando com a Rachel e com o modo que ela informa a notícia. A determinação de minorias(complexadas sim) é que provoca todo tipo de discriminação que já encheu o saco neste país. Todos devemos lutar sim por respeito e direitos iguais. Jamais encontrar um grupo que foi explorado há 500 anos e indenizar agora com os tributos dos que vivem atualmente. Isso não é justiça social. É inversão.

  34. paulo Postado em 16/Nov/2015 às 22:39

    Segundo Rachel, o Brasil tem cura, mas e rachel, tem?

  35. Gustavo Horta Postado em 05/May/2016 às 16:23

    NÃO NOS CONFUNDA COM ESTA GENTE! NÓS NÃO SOMOS ASSIM. >> https://gustavohorta.wordpress.com/2016/04/28/esta-quadrilha-nao-nos-representa-e-golpe-e-golpe-sim/ NÓS NÃO SOMOS IGUAIS A ELES E ELES NÃO NOS QUEREM POR PERTO. NÓS NÃO SOMOS TRAIDORES DA PÁTRIA. NÓS NÃO SOMOS SABOTADORES DO PAÍS E DO POVO BRASILEIRO NÓS NÃO SOMOS COXINHAS GOLPISTAS E HIPÓCRITAS. NÓS NÃO SOMOS IGUAIS A ELES. DE JEITO NENHUM! NÃO PENSE QUE VOCÊ SEJA UM DELES. NÓS NÃO SOMOS IGUAIS A ELES. “…ESTA GENTE VAI PARA AS RUAS PARA BEBER CHAMPANHA E COMER PETISCOS. CHEIRAR ALGUMA COISA, TALVEZ. ELES BATEM PANELAS, ELES BUZINAM SEUS CARRÕES, ELES AGITAM NOSSA BANDEIRA, ELES ROUBARAM AS NOSSAS CORES, AS CORES DE NOSSO PAÍS. ESPANCAM, AGRIDEM, ESFOLAM, DISCRIMINAM, EXPULSAM.”