Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 08/Oct/2015 às 19:50
20
Comentários

Pichação racista em faculdade de Direito de SP revolta estudantes

“Lugar de negro não é no Mackenzie. É no presídio”. Estudantes denunciam pichação de cunho racista encontrada no banheiro da faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo

Pichação racista Mackenzie Direito
Pichação racista (esq) aconteceu na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Instituição divulgou nota (dir) sobre o caso (Pragmatismo Político)

Uma pichação com teor racista foi encontrada num dos banheiros masculinos da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, na tarde da última terça-feira. “Lugar de negro não é no Mackenzie. É no presídio”, diz a mensagem.

O caso foi denunciado por alunos nas redes sociais e logo viralizou. A estudante Tamires Gomes Sampaio, diretora do Centro Acadêmico João Mendes Jr., do curso de Direito da Mackenzie, e segunda vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), lamentou que o ato criminoso e racista represente aquilo “que passa na cabeça de muitos que permeiam pelo Mack”.

“O negro foi historicamente segregado no Brasil, desde a abolição da escravidão, fomos sistematicamente jogados para as periferias; nossos costumes, religião, luta, lazer, tudo que vinha de nós foi criminalizado. Foi determinado um papel e um lugar para o negro, e coitado do que tentasse ultrapassar o limite que nos foi colocado (…). Não é a toa que vivemos um genocídio da população negra no nosso país. A carne mais barata do mercado e a mais marcada pelo Estado é a negra (…). Volto novamente a dizer: podem chorar e escrever nas paredes quantas vezes quiser elite, branca, racista, MAS vai ter preto na universidade SIM”.

A estudante de jornalismo da universidade, Michelli Oliveira, foi outra a criticar a atitude racista, cuja autoria ainda é desconhecida. “O tempo de escravidão já acabou e temos os mesmos direitos dos filhinhos de papais da classe média e alta deste país. Não vamos apenas limpar suas casas e cuidar das suas portarias, iremos sentar na mesa junto com vocês e seremos patrões como vocês”, escreveu.

Por meio de nota, a diretoria da faculdade também se posicionou contra o ocorrido, dizendo que “repudia todo ou qualquer ato, ação ou manifestação de cunho racista”, garantindo ainda que “já foi feita a denúncia aos órgãos e instâncias responsáveis pela apuração” e que também foi instaurado um procedimento interno.

Essa não é a primeira vez que mensagens racistas aparecem na universidade. A última vez aconteceu em agosto deste ano quando, também em um banheiro, foi encontrada a pichação: “O Mack não deveria aceitar nem negros e nem nordestinos”.

com Exame, Fórum e Brasil Post

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 09/Oct/2015 às 06:46

    O futuro de baixo nível da "casta" de nível superior desse país racista está garantido por mais umas décadas. Certamente esta frase é do pai ou da mãe desse morfético.

  2. George Postado em 09/Oct/2015 às 08:35

    o que me assusta é esse racismo contaminando até universidades. Já teve um caso aqui no Pará de racismo em uma universidade, outros casos Brasil afora. Parece que muitas pessoas perderam a capacidade de pensar, involuíram para a idade da pedra, talvez nem isso. O país tá muito conservador e pouco reflexivo nas próprias ações.

  3. Pedro Accioli Postado em 09/Oct/2015 às 09:48

    Simplesmente inadimissível essa atitude vista em universidades! Ridículo!

  4. Leonardo Postado em 09/Oct/2015 às 10:09

    Racismo é uma doença hereditária, e a cura é a EDUCAÇÃO. Aliás, como dizia o Ex Ministro, Cristovão Buarque, a origem de todos os problemas está na falta da EDUCAÇÃO. A péssima qualidade na educação, faz com que meninas engravidem com 12 anos, meninos de 12 anos carreguem fuzis...Temos que parar para enxergar que não adianta tirar a DILMA, colocar AECIO, tirar AECIO e colocar beltrano, fazer passeata no Brasil inteiro, o que adianta é os pais começarem a educar seus filhos, valorização dos professores, que sendo assim, daqui a uns 20, ou 30 anos pode ser que mude, do contrário, acho difícil.

    • Pereira Postado em 09/Oct/2015 às 14:28

      Com essa educação sócio construtivista do PT a tendência é só piorar ! e exatamente por ela que meninas engravidam aos 12 anos... pudera, coisas como funk são consideradas "alta cultura nacional".

      • Ricardo Moura Postado em 09/Oct/2015 às 16:40

        Sócio construtiva do PT? Do que estais falando? Tais com diarréia cerebral é?

      • enganado Postado em 11/Oct/2015 às 10:35

        PereiraX, tira o supositório para falar! Ninguém está entendendo nada.

  5. Eduardo Ribeiro Postado em 09/Oct/2015 às 10:41

    Mackenzie...isso diz tudo. Antro de palyboyzinho branco meritocrático. Essa pixação, a gente pode apontar o dedo pra qualquer aluno de lá e a chance de que ele assine embaixo disso aí é de uns 98%.

    • Pereira Postado em 09/Oct/2015 às 14:30

      ÓHHH !!! a culpa agora é da meritoctracia! Que "estupendo" raciocìnio...um "Jênio" !!!!!

    • Eduardo Ribeiro Postado em 09/Oct/2015 às 14:56

      Onde que eu estabeleci relação de culpa, menino? Apenas me limitei a transmitir uma informação.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 10/Oct/2015 às 08:39

      não seja burro...se eu fosse escrever por dinheiro eu pediria abrigo na casa de alckmin, o tucano fascista que paga 70 mil/mes pra blogueiro de merda inventar mentira e disseminar internet afora...bote tua cabecinha pra funcionar da próxima vez que me procurar, menino.

  6. sergio ribeiro Postado em 09/Oct/2015 às 13:11

    Conheço gente muito boa que estudou no Mackenzie. Isso é manifestação de minoria, mas é crime e deve ser punido. O Mack não deveria aceitar porcos como alunos, mas são difíceis de identificar; cadeia para eles.

    • poliana Postado em 09/Oct/2015 às 14:02

      an ran...apenas um caso isolado, né?? sei...

    • Eduardo Ribeiro Postado em 09/Oct/2015 às 14:57

      Lamento. Não é de minoria.

      • Pereira Postado em 09/Oct/2015 às 15:54

        Com toda a patrulha censuradora da moral e dos bons costumes do politicamente correto, tudo que conseguem é uns míseros casos como esse. Se esses casos fossem corriqueiros, a patrulha colocaria todos nos blogs, mas não só esses minguados realmente existentes. Sabe-se lá Deus se isso não é trollagem de um moleque de 16 anos.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 10/Oct/2015 às 08:49

        É exatamente o contrario. Se houvesse uma patrulha não estariamos vendo apenas a ponta do iceberg, uma vez que o racismo existe e está encrustado, enraizado em nossa sociedade, e pessoas como você, que o negam e que reclamam quando se tornam públicos casos mais extremos, são os maiores culpados por ele se alastrar cada vez mais. A história do Brasil é a história do racismo.

  7. Pereira Postado em 09/Oct/2015 às 14:27

    Que evento "maravilhoso" para a causa esquerdista. Quanto mais racismo tiver melhor para incentivar a luta de classe e o ódio de negros x brancos. E ainda essa escória da esquerda se diz contra o racismo. Ora, vá mentir para outro lado...quanto mais racismo tiver melhor para vocês !

  8. João de Carvalho Postado em 09/Oct/2015 às 18:04

    O pessoal fez justamente o que o pichador queria: Fizeram escândalo e viralizaram a pichação.

  9. Lucio Satiro Postado em 09/Oct/2015 às 21:42

    Essa porra é FAKE. Eu disse isto desde o primeiro dia em que essa FRAUDE apareceu. Isso foi criado pela extrema esquerda para ser usado como vitimismo na web e causar mais ódio e divisão entre as pessoas. É a velha tática marxista, qualquer aluno de quinta série pode ver que isso é FAKE. Olha a disposição das letras, há inclusive a preocupaão com a grafia e ac entuação corretas . Não que universitário não tenah que ter português impecável, mas as pessoas não se preocupam tanto com isso , 99,99% de frases de banheiro são de conotação sexual e não parecem em nada aquelas frases espontâneas de sacanagem que os caras escrevem nas portas e paredes de banheiro. Méo déus, a esquerda é ridícula mesmo. Qualquer um pode criar qualquer frase de impacto numa porta de banheiro que vira estopim. AMADORISMO BARATO, seus comunas de merda. Disseminação do ódio, acentuação das diferenças e do ódio, ao invés do coleguismo entr os estudantes. Isso é a cara da esquerda, a esquerda está desesperada e previsível tá passando vergonha já.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 10/Oct/2015 às 08:44

      Temos um "detetive racista anti-esquerda" aqui...que bonito...é porque racismo não existe, e esse cartaz nunca seria feito no Brasil....especialmente na universidade em que foi enconrado, antro de playboy BRANCO, filhinho de papai e defensor de "meritocracia"...e olha essa porra desse argumento..."""""""há inclusive a preocupaão com a grafia e ac entuação corretas"""""""".....como assim? Vergonha desse comentário...e digo mais: olavete detected.