Redação Pragmatismo
Compartilhar
Polícia Militar 06/Oct/2015 às 12:04
25
Comentários

Filho de Bolsonaro defende PMs que agrediram juíza

Juíza foi agredida por PMs presos quando fazia fiscalização no Batalhão Especial Prisional – onde apreendeu dinheiro, carne para churrasco e celular. Daniela Barbosa teve a blusa rasgada e precisou deixar o local. Diante do ocorrido, o deputado Flávio Bolsonaro fez uma veemente defesa dos agressores

Juíza agredida PMs
Juíza Daniela Barbosa é conhecida pelo seu ‘perfil linha dura’

A juíza Daniela Barbosa Assumpção de Souza, da Vara de Execuções Penais (VEP) do Rio de Janeiro, foi agredida por policiais militares presos no Batalhão Especial Prisional, em Benfica, na zona norte da cidade, na última semana.

Ela fazia uma fiscalização na unidade prisional, dois meses após suspender temporariamente as visitas íntimas e de familiares aos presos. A medida foi adotada por conta de irregularidades encontradas pela juíza.

Segundo o Tribunal de Justiça do Rio, os detentos impediram que ela fizesse a revista em uma das galerias, agredindo-a. Daniela teve a blusa rasgada e foi obrigada a deixar o local, ao qual retornou com policiais militares da equipe de segurança do Tribunal de Justiça e do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

O juiz Eduardo Oberg, também da VEP, acompanhou a magistrada no retorno ao Batalhão. Na tarde desta quinta eles tentavam identificar os agressores, que serão transferidos para o Complexo Penitenciário de Bangu 1, na zona oeste.

“A VEP tem realizado um trabalho exemplar na fiscalização de desvios cometidos por detentos do BEP, apurando supostas mordomias de alguns presos no local. Esta foi a segunda fiscalização feita pela magistrada. Em agosto deste ano, durante uma vistoria, foram encontrados geladeiras, televisões, micro-ondas, videogames, forno de pizza, celular, dinheiro, engradados de refrigerante, churrasqueira, e até uma bateria profissional na unidade”, divulgou o tribunal em nota.

Os agressores foram identificados: Aloísio Souza da Cunha (terceiro sargento), José Luiz da Cruz (terceiro sargento), Aldo Leonardo Ferrari (cabo), acusado da morte de um militar português em abril, e Alan Lima Monteiro soldado, envolvido no caso da morte de um jovem numa favela do subúrbio.

Juíza pms bope
Após ser agredida por policiais presos, juíza voltou ao local acompanhada pelo BOPE

O deputado estadual Flávio Bolsonaro (PP-RJ), filho de Jair Bolsonaro, foi até a unidade e fez uma veemente defesa dos PMs agressores (vídeo abaixo), afirmando que é preciso respeitar o princípio da presunção da inocência. Ele chegou a questionar a versão da juíza agredida e criticou a postura do Judiciário.

Perfil linha dura

A juíza Daniela Barbosa atua há 13 anos e é conhecida por ter um ‘perfil linha dura’. Antes de ingressar na magistratura, Daniela foi serventuária da Justiça, aprovada por concurso. Começou a carreira em vara de família e logo encarou a chefe do cartório, a quem acusou de receber propina de advogados para agilizar processos. Foi transferida para o gabinete da então juíza criminal Kátia Jangutta, sua referência profissional.

Seu perfil durão a levou a ser convidada para atuar no Tribunal Regional Eleitoral, onde tornou-se responsável pela cassação do ex-prefeito de Teresópolis Mário Tricano, que tinha mais de 20 anotações criminais e nunca havia sido condenado. Quando fraudou regras de campanha, ele bateu de frente com a juíza e ficou inelegível por abuso de poder econômico.

Na Justiça criminal, Daniela colecionou decisões de grande repercussão. Entre elas, a condenação, em primeira instância, de Thor Batista, filho do empresário Eike Batista, pelo atropelamento que causou a morte do ciclista Wanderson dos Santos, em 2012. Ele, porém, acabou sendo absolvido em segunda instância por dois desembargadores.

informações de Agência Estado e O Dia

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. André Nelson Postado em 06/Oct/2015 às 12:29

    Queria estar lá pra ver a cara dos machões ao enfrentarem os seus 'irmãos de armas' kkkkk. Rasga a roupa deles, rasga.

  2. Denisbaldo Postado em 06/Oct/2015 às 12:34

    Mais um caso "isolado". Agora contra uma juíza. "Bandido bom é bandido morto", menos se for da direita é lógico.

    • O critico Postado em 06/Oct/2015 às 14:18

      Pois é denisbaldo, daqui a pouco vem pereira dizer que é culpa do tráfico e que são só PM's estressados por causa da "gloriosa" guerra ao tráfico de drogas.

  3. C.Paoliello Postado em 06/Oct/2015 às 13:19

    Não fiquei surpreendido, dado o histórico de truculência e violência que sempre caracterizaram a PM que já deveria ser sido extinta há muito tempo. Também não me surpreendi com a atitude pouco inteligente dos agressores, já envolvidos com outros crimes antes, que só pioraram suas situações perante o judiciário. Pelo espírito corporativista que rege todas as profissões, estes policiais supostamente criminosos não terão boa vida quando forem julgados nos tribunais.

  4. juliano Postado em 06/Oct/2015 às 13:43

    'igualá-los a bandidos'... ô nojinho desse boçalnaro e dos seus filhotinhos. coooooitadinhos dos (poucos) milicos que tão presos pelas merdas que fizeram... até correu uma lágrima! que dó, que dó, que dó

  5. hudson Postado em 06/Oct/2015 às 14:42

    Pois é. Para os bandidos da "PM", que seja cumprida a lei, né? "vamos ouvir o outro lado". Agora pra pobre, pode meter bala que é vagabundo.

  6. Eliza Postado em 06/Oct/2015 às 14:44

    Vem aí: "Bandido pai, bandido filho" e "Os bandidos se defendem" nos cinemas mais próximo de você

  7. Eduardo Ribeiro Postado em 06/Oct/2015 às 14:50

    """"""Filho de Bolsonaro defende PMs""""""...tá tudo errado...

  8. paula Postado em 06/Oct/2015 às 14:54

    A deixa ver se eu entendi eles são militares por isso não são bandidos me poupem são bandidos sim,pior que usam o poder que tem para fazer maldade na maioria das vezes. Gostam de fazer justiça com as proprias mãos executam por classe social raça e orientação sexual etc.Vc que falou essas idiotices kkkk tenho pena de vc.

  9. Gilmar Postado em 06/Oct/2015 às 14:59

    Bolsonaro residente 2018! Seu filho vice. Avante

    • Pedro Accioli Postado em 06/Oct/2015 às 15:18

      Deus me livre colocar este Boçalnaro para presidente, é um cara louco, sem noção, fascista e ladrão! Seria o total retrocesso ter este cara como presidente!

    • Eduardo Ribeiro Postado em 06/Oct/2015 às 15:47

      Realidade: 3% de votos.

    • André Postado em 07/Oct/2015 às 12:57

      Para presidente, Presidente Wenceslau.

  10. romulo Postado em 06/Oct/2015 às 15:01

    Engraçado, esse cara que fala que bandido bom é bandido morto e foi lá defender bandido, mas bandido da PM é bandido bonzinho né.

  11. Rafael Postado em 06/Oct/2015 às 15:14

    Essa roupa do pessoal do bope é de kevlar? Caramba, se for talvez o batman esteja perto de virar realidade.

  12. Rodrigo Postado em 06/Oct/2015 às 15:40

    (Outro Rodrigo) 1- se a agressão por um grupo de indivíduos mais fortes a outro mais fraco já é covardia, certo ainda que revela cometimento de crime com todas as agravantes pertinentes; 2- quem ali está recolhido (BEP), realmente é preso provisório que, por aguardar julgamento, ainda goza da presunção de inocência, mas tal não importa em salvo conduto para a prática de crimes; 3- a periculosidade do preso provisório (seja ele policial militar ou não), o cometimento de crimes dentro do estabelecimento, levará à transferência para estabelecimento diverso, de maior segurança, claro que com o cuidado de ser colocado em ala separada (por razões óbvias). Assim, a transferência não representa constrangimento ilegal algum, o Deputado tendo feito grande desserviço ao recriminá-la.

  13. RFFSA Postado em 06/Oct/2015 às 16:48

    Eu gostei muito da fala do deputado Bolsonaro, realmente ele é muito bom. Mas o que mais me impressionou foi a fala final dele: "Temos que ouvir o outro lado também, ou isso aqui não é uma democracia"

  14. Grace Diniz Postado em 06/Oct/2015 às 18:33

    O que o "bolsinha" pensa sobre as prisões sem provas e sem defesas do sr. todo poderoso "moro"?

  15. Ricardo Postado em 06/Oct/2015 às 19:53

    Filho de peixe, peixinho é, já diz o ditado. Alguém duvida que o filho do Bolsonaro defendeu a postura dos policiais detidos, apenas porque uma mulher juíza denunciou as irregularidades no BEP?

    • juliano Postado em 07/Oct/2015 às 10:39

      ótimo ponto!

  16. Alexandre Luna Postado em 06/Oct/2015 às 20:06

    Concordo plenamente que ninguém(seja civil ou militar) pode ser condenado antes do julgamento, por pior que tenha sido o crime a pessoa pode ficar presa até o dia do julgamento, mas a condenação só deve de haver depois da condenação do juiz. No entanto, eles não agrediram um bandido e sim uma juíza que estava fazendo visita a prisão e ainda presenciou regalias por isso mais que justo o que ela fez. E outra: concordo que as leis devem serem respeitadas, entretanto, não vejo ninguém da família Bolsonaro dizer isso quando se referem a bandidos oriundos da favela, pra esses tem que haver redução da maioridade penal e pena de morte. Em outras palavras a "lei" e a "ordem" são muito boas quando convém.

  17. enganado Postado em 06/Oct/2015 às 22:54

    Tal pai, tal fdp! Família ""BOÇALNARO"".

  18. Mary Postado em 07/Oct/2015 às 02:21

    Bolsonaro bom e bolsonaro morto, isto virou moda, presunção da inocência somente para os bandidos da direita, se fosse negro, pobre ou nordestino ? Teriam direito a presunção da inocência ? Ta vendo cariocas nos bostas que vocês elegem ? Família bolsonaro, Eduardo cunha, um monte de merda.

  19. Armando Postado em 07/Oct/2015 às 21:25

    Só concordo com a parte onde ele diz que os policiais detido lá não podem - por enquanto - ser transferidos para um presídio comum. Talvez, e só talvez, hajam inocentes lá, assim como em outros presídios civis do Brasil e transferi-los para um presídio colocaria a vida deles em risco... De resto só saiu merda da boca dele, como é normal nessa família, nenhuma novidade...

  20. Thiago Postado em 12/Dec/2015 às 00:06

    Sabe qual é o mais engraçado? É a forma como expõe a notícia. Ele não defendeu os PMS que agrediram a juíza. Defendeu os outros PMS e disse que fossem tomadas as medidas necessárias contra os agressores. Ô mídia.....