Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 04/Aug/2015 às 16:30
23
Comentários

Eduardo Cunha realiza jantar anti-Dilma e articula excluir PT do comando de CPIs

Eduardo Cunha se une a oposição para tentar excluir PT de comando de CPIs e isolar o partido no Congresso. O DEM tem reivindicado comandar a presidência da CPI dos fundos de pensão enquanto o PMDB deve controlar a investigação sobre o BNDES

eduardo cunha jantar dilma pt

Líderes de três partidos de oposição (DEM, PSDB e PPS) anunciaram nesta terça-feira (4) a intenção de assumir o comando de pelo menos duas das quatro CPIs que deverão entrar em funcionamento na Câmara nas próximas semanas. O anúncio ocorre um dia depois de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) oferecer um jantar para líderes oposicionistas em sua residência em Brasília. A reunião, que também contou com alguns representantes de bancadas governistas, foi totalmente anti-Planalto.

Segundo o líder do PSDB, deputado Bruno Araújo (PE), a não participação do PT na direção das CPIs “é uma decisão da maioria”. Segundo o Regimento Interno da Casa, as presidências de comissões são definidas pela apuração de votos da maioria do colegiado. “É legitimo o PT pleitear [a presidência de CPI], mas ele vai ter que ter maioria de votos e isso não parece provável nesse momento”, disse Araújo, após reunir-se nesta manhã com outros líderes de oposição.

O líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE), também atribuiu a exclusão do PT do comando das CPIs a uma decisão da maioria da Casa. “Partidos que representam a maior parcela de parlamentares na Casa entenderam que devem definir as posições com relação às CPIs, até porque o PT tem sido um partido que aparece no calor dessas investigações”, afirmou Mendonça Filho.

Na segunda-feira (3), o presidente da Câmara já havia afirmado que qualquer um dos partidos do bloco do PMDB – aí incluídas legendas da oposição – poderá presidir ou relatar as novas investigações parlamentares. Em fevereiro, o principal bloco da Câmara foi formado por PMDB, PP, PTB, DEM, PRB, SD, PSC, PHS, PTN, PMN, PRP, PSDC, PEN, PRTB. Apesar de contar com a maior bancada da Câmara, o PT integra o segundo maior bloco, formado também por Pros, PSD e PR.

Divisão

Segundo Mendonça Filho, a oposição trabalha para comandar pelo menos duas, das quatro CPIs que deverão ser instaladas. As outras devem ficar com partidos da base aliada: PMDB e PSD. “O DEM tem reivindicado comandar a presidência da CPI dos fundos de pensão, o que tem grande impacto social, porque aposentados das empresas estatais federais têm sido prejudicados com a redução dos seus proventos por conta de má gestão e de corrução”, disse o líder do DEM.

A comissão que deve apurar supostas irregularidades nos fundos de pensão de estatais já foi autorizada e deve começar a receber indicações partidárias na próxima semana, quando a CPI do Sistema Carcerário já tiver encerrado os trabalhos.

No final do primeiro semestre legislativo, Cunha instituiu três investigações: a primeira para apurar empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); a segunda, os maus-tratos contra animais. A terceira será relacionada aos crimes cibernéticos no País. Essas CPIs já estão recebendo indicações dos partidos.

Mendonça Filho anunciou ainda que a oposição articula para que o PSDB presida a CPI dos crimes cibernéticos, deixando a presidência da CPI do BNDES com o PMDB e a dos maus tratos contra animais com o PSD.

Em relação às relatorias, a oposição trabalha com a ideia de o PR indicar o relator da CPI do BNDES e de o PMDB indicar o relator da CPI dos fundos de pensão. Os partidos dos relatores das demais CPIs ainda não teriam sido definidos.

Líder do governo

Também na manhã desta terça-feira, após reunir-se com Cunha, o líder do governo, deputado José Guimarães (PT-CE), disse que não existe a possibilidade de o PT ser excluído da composição das CPIs. “Esse é o desejo da oposição. Era só o que faltava a primeira bancada da Câmara ficar de fora do comando das CPIs. Era só o que faltava a oposição querer mandar nisso”, disse Guimarães. “Nem quando éramos oposição ficamos de fora”, acrescentou ele, reforçando que as indicações serão feitas pela base governista na Casa.

“Disseram aqui que o relator do BNDES é do PR. [Não é.] É do bloco. Se vai ser do PT ou do PR, somos nós que decidimos. Não são eles. Essa historia de sair falando para todo mundo, baixa o tom, isso não é aconselhável nas relações politicas aqui dentro”, finalizou o líder do governo, ressaltando que quem decide é a base do governo.

Congresso em Foco, Agência Câmara e FolhaPress

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Pereira Postado em 04/Aug/2015 às 16:38

    Bem feito pelo Cunha ! Onde já se viu os ladrões serem integrantes das cpi's que os investiga.

    • Trajano Postado em 04/Aug/2015 às 17:23

      Pereira, você apresenta um discurso tão estereotipado que lembra algumas pessoas que têm o hábito de se divertirem na internet com personagens caricatos que postam mensagens mais caricatas ainda em fóruns e blogs da web, cujas postagens são completamente destituídas de qualquer sentido prático, coerente, científico ou mesmo realístico e por isso divertem as pessoas por parecerem inteligentes quando, na verdade, se tratam apenas de cidadãos se divertindo com as escrotices da vida em uma busca incessante de encontrar algum sentido no outro, já que em si mesmo não existe nenhum sentido. Cuidado para não ser confundido com um tal de... Thiago Ferreira, né? Do ponto de vista neurocientífico, a adolescência pode durar a vida toda, mas nem por isso caro Pereira (?) significa que os outros precisam arcar com as suas demandas balzaquiano-infantojuvenis. Bom, faça o que quiser. Cada um se diverte com o que pode.

      • Pereira Postado em 04/Aug/2015 às 17:48

        A intenção desse comentário, é de ser caricato mesmo ! A esquerda não merece maiores esforços intelectuais. A vida é muito curta para responder cientificamente para esquerdistas comprados.

      • Trajano Postado em 04/Aug/2015 às 21:46

        Naro Solbo, já ouviu falar em rola?

    • Manoel De Oliveira Postado em 05/Aug/2015 às 13:54

      Somos verdadeiros otários dos politicos:::assistimos toda a malandragem sem reagir até quando.até quando seremos apenas donos dos votos

  2. Ana Postado em 04/Aug/2015 às 17:03

    Pereira vc acha mesmo que o Cunha tem Uma conduta ilibada? Que ele manipula votações pq tem podre se todo mundo.

    • Pereira Postado em 04/Aug/2015 às 17:49

      Sei lá se Cunha é honesto ou não, o importante é que resgatou a independência da câmara.

      • Pereira Postado em 04/Aug/2015 às 17:51

        No momento não temos o luxo de querer honestidade de políticos, todos são sujos. Temos que nos apegar aos menos corruptos e tratar de livrar o Brasil do PT. Depois de acabar com o grosso da corrupção petista, pensamos em pormenores como Cunha.

      • Elias Andrade Postado em 04/Aug/2015 às 19:05

        Qual a parte dos 5 milhões vç não entendeuuuu ????????????????????

    • Deisi Postado em 04/Aug/2015 às 18:12

      Com certeza Ana, Cunha, Bolsonaro, Feliciano, são ídolos do Pereira. Só porque são evangélicos, como ele! Denuncias contra o Cunha, não vem ao caso.

  3. um esperançoso.... Postado em 04/Aug/2015 às 17:15

    eu espero realmente que o brasil entre num turbilhão louco de direitismo desenfreado, de total exclusão dos movimentos sociais e de esquerda ou de qualquer resquício de socialismo, só assim talvez com um revez completo a para direita consigamos nos auto destruir completamente assim como a Alemanha fez na 2° guerra, aí talvez um dia aprendamos que este tipo de politica caquética e patética que é praticada por esses asquerosos senhores não serve nem pra limpar a bunda.

    • Pereira Postado em 04/Aug/2015 às 17:54

      Nazismo é ideologia de esquerda filho. Toda a máquina nazista foi financiada pela URSS no começo.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 04/Aug/2015 às 18:03

        puta que o pariu....foi o bruxão Olavo que disse essa bosta fétida? agora temos um novo nivel na bizarrice pereiristica....essa frase será pro Pereira como a "franja que combate o racismo" do Zé Ferreira. Repita umas 400 mil vezes na frente do espelho que talvez vire verdade..."Nazismo é ideologia de esquerda"..."Nazismo é ideologia de esquerda"..."Nazismo é ideologia de esquerda"..."Nazismo é ideologia de esquerda"...

      • Vinicius Postado em 07/Aug/2015 às 00:52

        Na boa, não sei nem o que falar diante de um comentário desse.Só pode ser brincadeira né!?! *Outro Vinicius

  4. Pedro Accioli Postado em 04/Aug/2015 às 17:22

    Este crápula não tem um pingo de vergonha! É o maior canalha de todos os políticos que existe no congresso, nem Sarney, Collor, Aécio, FHC, Renan, ACM são tão sem vergonhas quanto ele!

    • Silva Postado em 04/Aug/2015 às 22:13

      O pereira fez transplante de celebro, tiraram o seu e colocaram a Veja! Não tem como levar a sério esse reaça! KKKKKKKKKKKKK!!!

  5. Eduardo Postado em 04/Aug/2015 às 19:01

    e os US$ 5 milhões de dólares, será que pagou o jantar???? e quer ser anti qualquer um... é anti Brasil.

  6. Thiago Teixeira Postado em 04/Aug/2015 às 19:41

    Engula o congresso, seu morfético. O Planalto é nosso!

  7. João Paulo Postado em 04/Aug/2015 às 20:04

    E CPI tem alguma utilidade? Nem para desgastar o Governo serve, pois a população sequer sabe o seu significado.

  8. Deisi Postado em 04/Aug/2015 às 22:11

    A ratazana velha não se conforma por ter sido denunciado, não foi só uma delação premiada, tem vídeo para provar. Então sua vida se resume em atrapalhar ao máximo a governabilidade do país. Ainda se junta com psdb, demo, pps, é muita força do mal juntas. Deus nos salve!

  9. felipe Postado em 05/Aug/2015 às 09:52

    assistindo de camarote toda essa corja corrupta se atacando, aguardando a cena os próximos capítulos.

  10. Junipero Postado em 05/Aug/2015 às 12:17

    Isso me lembra um ditado popular..."quem com porcos anda, farelos come"

  11. Antonio Palhares Postado em 05/Aug/2015 às 14:15

    Este filho da mãe vai conseguir criar um vazio de poder no Brasil.Vai quebrar as estruturas republicanas e harmonia entre poderes.Tão somente porque acha que a Dilma pode livrar sua barra de estar sendo acusado na lava jatos.Isto me faz o tempo da Áureo de Moura Andrade no senado e o Ranieri Mazzili na câmara federal.Ambos nem queriam papo com o Jânio,que renunciou,assumiu o Jango,que foi tratado igualmente.O resto todos conhecem.Ditadura.