Redação Pragmatismo
Compartilhar
Corrupção 21/Jul/2015 às 11:07
28
Comentários

Eduardo Cunha pede afastamento de Sérgio Moro das investigações

Eduardo Cunha entra com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para afastar o juiz Sérgio Moro da condução do seu processo na Operação Lava-Jato. O presidente da Câmara é acusado de receber milhões de dólares em propina

eduardo cunha sérgio moro
Eduardo Cunha e Sérgio Moro (reprodução)

O presidente da Câmara, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), entrou nesta segunda-feira com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) para afastar o juiz Sérgio Moro da condução de um dos processos da Operação Lava-Jato.

Cunha foi citado nesse processo pelo consultor Júlio Camargo, que o acusou de pressioná-lo a pagar US$ 10 milhões em propinas referentes à contratação de navios-sonda pela Petrobras. O presidente da Câmara alega que Moro usurpou uma prerrogativa do STF, que é o tribunal responsável por julgar parlamentares. Assim, ele pede que o caso seja encaminhado ao Supremo e que sejam anulados todos os atos do processo que tenham alguma ligação com ele.

Caso o pedido da defesa do presidente da Câmara prospere, o trecho do depoimento em que Júlio Camargo o cita não terá mais validade. O relator no STF é o ministro Teori Zavascki, que já conduz os inquéritos da Lava-Jato, entre eles um que tem Cunha como investigado. Como o Supremo está de recesso, o presidente do tribunal, ministro Ricardo Lewandowski, poderá decidir liminarmente sobre o caso.

Os advogados apontam uma mudança de comportamento de Moro. Segundo eles, em situações anteriores, o juiz orientava os depoentes a não citar o nome de políticos com foro privilegiado, uma vez que isso era prerrogativa do STF. Recomendava que, em vez disso, falassem genericamente em “agentes políticos”. No caso do depoimento de Júlio Camargo, tomado na última quinta-feira, ele não tomou o mesmo cuidado.

A defesa de Cunha diz ainda que Moro induziu Júlio Camargo a incriminá-lo. Anteriormente, ele havia negado ter conhecimento da participação do presidente da Câmara no caso investigado. Indagado por que tinha apresentado uma versão diferente inicialmente, Camargo respondeu que havia sido alertado pelo Ministério Público Federal (MPF) de que casos envolvendo políticos não seriam julgados na Justiça Federal do Paraná.

Outros movimentos

Não foi o único movimento de Cunha (PMDB-RJ) nesta segunda para seguir provando que é um adepto da tática de se defender atacando. Depois que a deputada Eliziane Gama (PPS-MA) protocolou um pedido de acareação entre Cunha e Julio Camargo na CPI da Petrobras, o todo-poderoso do Congresso disse que um eventual encontro entre os dois “não tem nenhum problema. Pode haver acareação com quem quiser”. Mas fez questão de cutucar o Executivo.

“Aproveita e chama o (Aloizio) Mercadante e o Edinho Silva para acarear com o Ricardo Pessoa e a Dilma para acarear com Youssef”, disse. De acordo com a revista Veja, os ministros petistas foram citados na delação premiada de Pessoa, diretor da empreiteira UTC. O conteúdo das falas do empresário ainda estão sob sigilo de Justiça. Já o doleiro Alberto Youssef afirmou em sua delação que a presidenta e o ex-presidente Lula sabiam do esquema. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, descartou investigar Dilma. Cunha disse ainda que considera “oportunista” que se fale em acareação.

VEJA TAMBÉM: Há 15 anos, Eduardo Cunha já era denunciado por recebimento de propina

Apesar da Câmara estar em recesso até 1o de agosto, o regimento interno da Casa permite que a CPIs funcionem normalmente durante o período, o que abre uma brecha para que a acareação entre os dois ocorra. No entanto, dificilmente o presidente da comissão que investiga a corrupção na Petrobras, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), aliado de Cunha, irá convocar os parlamentares para votar o requerimento durante os dias de folga.

informações de El País e Agência Globo

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. José Ferreira Postado em 21/Jul/2015 às 11:12

    Na verdade o deputado Cunha pede para que o seu processo vá para o STF, assim como os dos demais deputados, pois um juiz de primeira instância é incompetente parcialmente (por não ter a competência, o que não indica que ele seja ruim - jargão jurídico) para conduzir o processo. Eu não estou a falar se ele é culpado ou inocente, mas esse ponto deveria ter sido mencionado.

    • José Ferreira Postado em 21/Jul/2015 às 11:26

      Outro detalhe é que o Sérgio Moro continuará nas investigações (naquilo que é de sua competência) independente do deferimento (ou não) do pedido.

    • Denisbaldo Postado em 21/Jul/2015 às 11:34

      Mas se fosse alguém do PT que fizesse isso será que vocês estariam tentando achar justificativas??? Pau que bate em Xico deve continuar batendo em Xico, não é mesmo!?!?! A casa tá caindo geral e vocês estão começando a entender o tamanho da encrenca no Brasil. Agora o juiz Moro não é mais competente para o caso, a PF está sendo muito violenta, etc, etc, etc...Engraçado que com o Collor ninguém disse nada...

      • José Ferreira Postado em 21/Jul/2015 às 11:56

        Ninguém falou "para o caso", mas "para os políticos". O STF está aí para isso. E ninguém diz (pelo menos não a minha pessoa) de que a PF foi violenta.

        • Denisbaldo Postado em 21/Jul/2015 às 12:21

          Esse é o seu problema, voce sabe muito pouco e fala demais. O Reinaldo Azevedo já questiona a atuação da PF.

          • Eduardo Postado em 23/Jul/2015 às 11:48

            É patético como o Reinaldo Azevedo é considerado o demônio em pessoa (quando bate no PT, ou seja, o tempo todo) mas de repente, sem que ele mude de lado, passa a balizar a crítica à atuação da PF. Como é fácil desmascarar os esquerdistas, não existe padrão moral, é sempre o nós contra eles.

    • Administrador
      Moderação Postado em 21/Jul/2015 às 11:41

      Olá, José. O ponto está mencionado na matéria. Sugerimos que leia novamente. "O presidente da Câmara alega que Moro usurpou uma prerrogativa do STF, que é o tribunal responsável por julgar parlamentares [...]". Há ainda outro adendo citado pela defesa de Cunha: "Os advogados apontam uma mudança de comportamento de Moro. Segundo eles, em situações anteriores, o juiz orientava os depoentes a não citar o nome de políticos com foro privilegiado, uma vez que isso era prerrogativa do STF". Abraços.

      • José Ferreira Postado em 21/Jul/2015 às 11:54

        Fico satisfeito com o esclarecimento, apesar de entender que o título poderia ter sido escrito de forma diferente.

      • Abel Postado em 29/Feb/2016 às 16:09

        Reclama lá nas matérias da Globo, nas matérias da Veja também! Abraços ^^

    • Abel Postado em 29/Feb/2016 às 16:10

      Reclama lá nas matérias da Globo e da Veja também! Abraços ^^

    • Ricardo Edmundo Cecconell Postado em 03/Mar/2016 às 04:37

      NÃO QUERO O FIM DAS INVESTIGAÇÕES CONTRA O PT. QUE VER, APENAS, O MESMO EMPENHO DA POLÍCIA FEDERAL, ATRELADA AO MINISTÉRIO PÚBLICO TUCANO, NO MESMO AFÃ DE INVESTIGAR E DENUNCIAR OS "corruptos" ENTRE OS DEMO TUCANALHAS, DONOS DAS MAIORES FORTUNAS DO MUNDO. Ainda tenho esperança de que o POVO BRASILEIRO vai exigir justiça, principalmente nos ratos de igreja, bandidos travestidos de religiosos, estelionatários ladrões, charlatões que usam da ignorância popular, para espalhar o fascismo desenfreado. Façamos uma devassa nacional. Comecemos com Eduardo Cunha e suas "mulheres", inclusive os "paus mandados" no conselho de aética, passando por mandar prender todos os criminosos provados, inclusive os chefões do crime organizado religioso, que infesta o Brasil, corrompendo a moral nacional, e fazendo de estelionatários e ladrões, salvadores da pátria. Não é possível aceitar que um helicóptero com meia tonelada de pasta base de cocaína fique no ostracismo moral da Nação Brasileira, corrompida pela rede gloebbels, revista inVEJA, e a BANDalheira permi$$ionária BANDalheira de televisão, que "vende" seus horários públicos de televisão para que BANDIDOS usem da rede para corromper e idiotizar mais e mais brasileiros com a fraude imoral religiosa. O EXEMPLO NÃO VEM DO TETO. O exemplo moral vem do mais humilde cidadão brasileiro. SE O POVO TIVER CORAGEM DE MUDAR, HÁ DE MUDAR, MESMO DEPOIS DE 500 ANOS DE DOMINAÇÃO IMPERIAL POR QUEM NOS "USA". Tudo é fraude e corrupção na religião. E qualquer cidadão de bom senso pode perceber, E PROVAR ISSO. https://www.facebook.com/Conversa.Afiada.Oficial/videos/1323375497689308/?fref=nf

  2. Lucas Oliveira Silva Postado em 21/Jul/2015 às 11:25

    Quanto mais esse pilantra fala, mais eu dou risada e torço cada vez mais pra que ele fique PRESO, pra que ele seja CONDENADO.

    • José Ferreira Postado em 21/Jul/2015 às 11:27

      Se ele for condenado, os outros (inclusive do governo do PT) devem ser condenados também. Pau que dá em "Chico" tem que dar em "Francisco" também.

      • Mary Simonette Postado em 21/Jul/2015 às 13:43

        Nem sempre. Veja Aécio e Anastasia também foram denunciados como também FHC pois a corrupção já ocorria desde do voverno FHC. No entanto Moro pediu o arquivamento dessas pessoas. Se fossem do PT com certeza estariam na lista de Moro.

      • Thales Postado em 21/Jul/2015 às 14:21

        "Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão"

      • Tobias Postado em 21/Jul/2015 às 15:24

        José Ferreira, poderia esclarecer o motivo pelo qual você sentiu a necessidade de destacar o PT? Essa obsessão com o PT, fomentada por gente desinformada, tira o foco dos outros partidos tão ou mais envolvidos nessas questões.

      • enganado Postado em 22/Jul/2015 às 16:02

        Bom, neste caso de condenar só o pessoal do PT, pelo visto devemos colocar a gangue do Ali Babá=fhc e seus 400 Ladrões/DEM em um altar e pedir bênçãos todos os dias.

  3. Denisbaldo Postado em 21/Jul/2015 às 11:29

    Olha aí PP, hoje o The Guardian rasga elogios ao ex-presidente Lula: http://www.theguardian.com/world/2015/jul/21/alexis-tsipras-be-the-new-lula-da-silva

    • José Ferreira Postado em 21/Jul/2015 às 11:33

      Nem tanto. Na verdade ele está "pagando o pau" para o primeiro ministro grego, que na verdade não está com "essa bola toda". É só perguntar para um grego típico.

      • Denisbaldo Postado em 21/Jul/2015 às 11:38

        "Brazil under Lula implemented “Bolsa Familia”, a system of direct cash payments to households that is credited with lifting millions out of poverty". Você não sabe ler, inglês então esquece e muito menos interpretar um texto. Típico de vocês.

      • José Ferreira Postado em 21/Jul/2015 às 11:57

        Eu realmente não sei inglês, mas com o tradutor dá para entender direito o que diz o texto.

      • Denisbaldo Postado em 21/Jul/2015 às 12:22

        Bom, então das duas uma: ou voce é mal intencionado ou é burro mesmo.

      • ronaldo Postado em 21/Jul/2015 às 16:18

        Ui! A taca do Denisbaldo doeu Ferreira? Vergonha alheia cumpadre....

      • José Ferreira Postado em 21/Jul/2015 às 22:23

        Não doeu muito.

      • enganado Postado em 23/Jul/2015 às 00:46

        Oh José Ferreira, tem certeza que não sabe inglês? Pois o LULA foi execrado por toda Direita porque não falava o seu idioma Pátrio, inglês dos EUA. Agora aparece vc dizendo que também não fala inglês? Olha aí que vc não vai trabalhar na CHEVRON, te cuida, hein! Como é mesmo?! Vc é partidário da Direita? Tá explicado, qto mais _ U _ R _ O melhor.

  4. wilson Postado em 21/Jul/2015 às 11:34

    isso que dar juiz e delegado se partidario, acaba comprometendo as investigações.

    • poliana Postado em 21/Jul/2015 às 16:43

      só agora vc percebeu isso? enqto o pt era o principal alvo (e ainda é), ninguém via isso. agora q cunha caiu as pessoas tão falando em imparcialidade do magistrado!?

  5. enganado Postado em 22/Jul/2015 às 00:10

    O porco=CUnha falando o toucinho=MORO! A Direita cada dia mais engraçada, pois agora só está faltando o Aópio dizer que nunca cheirou/roubou/e que é honesto. O FHC também dizer que não é Corno. O Álvaro Dias dizer que não deu cambalhota na filha bastarda. E assim vai ....