Redação Pragmatismo
Compartilhar
Barbárie 06/May/2015 às 15:37
17
Comentários

Crianças estupradas por tropas internacionais “perderam a conta” dos abusos

Crianças de nove anos “perderam a conta” de quantas vezes foram estupradas pelas tropas internacionais da ONU na República Centro Africana. Abusados diariamente por militares que estavam ali, em teoria, para protegê-los. Até agora ninguém foi punido

Relatos de crianças de nove anos revelam que as tropas internacionais enviadas à República Centro Africana promoveram estupros quase diários e até mesmo dentro de suas unidades militares, enquanto estavam sob o mandato da ONU para proteger os refugiados em total desespero em Bangui. As informações são do Daily Mail.

Este blog obteve trechos das entrevistas realizadas com as vítimas e que revelam que os crimes não ocorreram apenas de forma isolada. Na semana passada, a ONU afastou um de seus funcionários de alto escalão, Anders Kompass, sob a alegação de que ele entregou documentos confidenciais da investigação para a Justiça francesa, apontando para os responsáveis pelos crimes. Os soldados eram franceses e atuavam sob um mandato da ONU em 2014.

Entre maio e junho do ano passado, uma equipe das Nações Unidas entrevistou seis crianças nos campos de refugiados e que teriam sido alvos de abusos ou testemunhas. O que os relatos apontam é uma vida de terror. Segundo um garoto de apenas nove anos, os estupros contra ele eram frequentes. Em sua explicação, ele revela que “perdeu a conta” das vezes em que foi abusado. Em todas as ocasiões, a situação era parecida. Em troca de comida, ele era obrigado a se humilhar diante do soldado francês.

Os relatos apontam que os abuso ocorriam em plena luz do dia. Um deles revelou que foi estuprado em uma rua, enquanto outro garoto contou que dois soldados alternavam entre quem o violentava e quem monitorava o local para impedir que fossem vistos.

Um outro caso ainda aponta que um garoto se aproximou de um soldado para pedir comida. A resposta: “venha comigo que vou te dar”. O menino foi levado para dentro da caserna dos franceses e, ali, estuprado.

Quase um ano depois dos fatos terem sido registrados, a realidade é que ninguém foi punido, nem na França e nem na ONU. Na verdade, um deles foi sim afastado: a pessoa que denunciou os atoss

Blog do Jamil Chade

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. ruan Postado em 06/May/2015 às 19:54

    Agora vejo que politica é mais importante que o vallor humano! quantos comentarios aqui heim ....

    • Rodrigo Postado em 06/May/2015 às 21:06

      Pois é Ruan, cade o seu comentário? Diga algo a respeito, por favor.

      • ruan Postado em 07/May/2015 às 00:59

        cara tu entendeu, não apela please

    • Viviane Postado em 07/May/2015 às 06:10

      Politica gera polemica, opinioes diferentes. Quem pode concordar com um absurdo desse? Imagino que a maioria das pessoas le essa noticia, fica atonita e nem sabe o que comentar.

      • ruan Postado em 07/May/2015 às 11:32

        pode crer, teu comentário tem sentido Viviane!

  2. Rodrigo Postado em 06/May/2015 às 21:05

    Esta historia de que a ONU vai ajudar países em situações ruins é uma grande farsa que foi desmascarada em um documentário chamado "A informante". Este filme revela a realidade por trás da "ajuda humanitária", e me deixou estupefato. A ajuda que dão normalmente é dada a corporações que vão aos países para endividar os cidadaos que ali vivem e o pior, estuprar, pilhar as pessoas. Um NOJO!

    • leonardo Postado em 06/May/2015 às 22:30

      Mas se a ONU não for 'ajuda-los' eles vão reclamar do mesmo jeito.

      • Maria Postado em 07/May/2015 às 14:49

        Monstro ignorante!

  3. Glenda Postado em 06/May/2015 às 23:26

    Pessoas que se aproveitam de outras em situação de vulnerabilidade, não são seres humanos, são monstros!

  4. Rosali de Rosa Cantlin Postado em 07/May/2015 às 03:05

    Este é o meu comentário: Animais!

  5. Júlia Postado em 07/May/2015 às 11:07

    A ONU serve apenas de um mero instrumento para manter a cortina de fumaça que encobre todo tipo de imundície que existe por trás da politica internacional....Ela serve, ainda, para disfarçar as reais intenções de quem está lá no "comando" e para garantir o status quo e a manutenção daqueles que estão no poder!!!! Vergonha total....

  6. Dinha Postado em 07/May/2015 às 21:30

    Chocada, chocada e chocada.

  7. Antonio Carlos Postado em 08/May/2015 às 02:37

    Se tornou uma prática comum os abusos das tropas da ONU. Incomum é alguém ser punido por isso. busquem no GOOGLE sobre os abusos das missões da ONU e verão.

  8. Luis Postado em 08/May/2015 às 09:16

    É verdade esquerdistas, essas missões internacionais de resgate militar são todas uma farsa e so pioram as coisas. Muito melhor deixar por exemplo o Mali sob grupos como a Al Qaeda e o Boko Haram, que são apenas organizações mal compreendidas e injustiçadas em sua luta heróica contra os EUA e os imundos dos judeus.

    • tiago Postado em 08/May/2015 às 12:00

      essas organizações terroristas surgem sempre do vácuo de poder. As potências invadem e negligenciam a segurança, se preocupam apenas em usurpar as riquezas. O resultado? organizações terroristas se aproveitam disso e crescem. A partir do momento que os Eua ou alguma potência invadem um país, questões administrativas como segurança, educação e saúde ficam sob responsabilidade deles. Na teoria pelo menos.....

  9. tiago Postado em 08/May/2015 às 11:51

    e quem foi punido até agora? o cara que denunciou......... é, esse mundo tá ao contrário mesmo :/

  10. eu daqui Postado em 13/May/2015 às 11:04

    E ainda tem petista que é contra a pena de morte..............