Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direitos Humanos 17/Apr/2015 às 18:40
27
Comentários

Cristovam Buarque explica por que é contra a redução da maioridade penal

Cristovam Buarque enfrentou a fúria de extremistas nas redes sociais após se manifestar contra a redução da maioridade penal. O senador apontou 3 razões para embasar seu posicionamento

cristovam buarque maioridade penal
Cristovam Buarque foi hostilizado por se colocar contra a redução da maioridade penal no Brasil

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) se manifestou oficialmente em sua página do Facebook contra a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos de idade. Para embasar seu raciocínio, Cristovam elencou três pontos que considera essenciais na discussão em torno da medida. A posição oficial de Pragmatismo Político sobre a maioridade penal pode ser lida aqui.

Com mais de 10 mil curtidas na rede social, o texto do senador (leia a íntegra abaixo) provocou reações favoráveis e contrárias. Alguns internautas mais exaltados desceram o nível e proferiram palavras chulas contra Cristovam, que respondeu a todos de maneira elegante. A atitude dos extremistas revela a impossibilidade do diálogo com quem torna-se violento diante da divergência de opiniões e de ideias.

“Violentos são os vermelhos, Senador. Só queremos paz e segurança para os nossos filhos e netos […] Você não é burro, Senador. Eu votei no senhor! Com 9 anos o moleque já sabe o que faz […] Cadeia aos 16 anos, já! Não nos decepcione!”, escreveu em caixa alta (caps lock) um internauta.

“Vou decepcioná-lo com muita convicção”, respondeu Cristovam.

Outro internauta exigiu que Cristovam Buarque mudasse de opinião já que “o senhor está indo contra 84% da população brasileira”. O senador foi categórico em sua resposta: “Talvez até mais do que 84% dos comentários são contra minha posição. Mas, é a minha posição e não vejo razão para mudar, porque não fui convencido de estar errado. Prefiro continuar contra a corrente, mas com a minha posição, do que mudar de posição para surfar na opinião pública. Quanto a perder a próxima eleição, se eu for candidato, irei para casa com a consciência em paz.”

Cristovam Buarque, que também é ex-ministro da educação e ex-reitor da UNB, ainda chamou atenção para uma característica contraditória (ou demagógica?) dos que lhe reprimiram por não defender a redução da maioridade penal no Brasil. “Estou impressionado como os que se dizem contra a violência, são violentos na hora de criticar minhas posições”, enfatizou o senador.

Leia abaixo o texto de Cristovam Buarque sobre maioridade penal:

Sou contra a redução da maioridade penal por três razões.

1. É insensato porque não reduzirá a violência. Os jovens que cometem crimes grandes e hediondos estão pouco preocupados se vão ficar presos. Eles nem têm vida. Até a pena de morte não os inibiria.

2. É injusto porque vai condenar certamente jovens que caíram na criminalidade porque não receberam o apoio na hora certa, sobretudo educacional. A sociedade os abandona no início e os condena no meio da vida.

3. É manipulação política para atender a vontade de uma população que está desesperadamente assustada com a criminalidade de jovens e com crimes hediondos que condenam os criminosos a poucos anos de cadeia. Sobretudo os desejos das famílias das vítimas que com razão querem vingar seus mortos, mais até do que reduzir a violência futura. Manipulam mais em busca de votos do que de solução para o problema da violência.

Finalmente cabe dizer que algum tratamento diferenciado, como declarar maioridade penal, deve ser feito para alguns crimes e alguns criminosos que, apesar da idade, representam perigo para a sociedade em caso de liberdade. Isso pode ser feito por um grupo de juízes a pedido do Ministério Público, sem necessidade de PEC.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Gustavo Postado em 17/Apr/2015 às 18:59

    Sem entrar no mérito vejo coerência nas palavras do senador.

  2. poliana Postado em 17/Apr/2015 às 19:15

    “Estou impressionado como os que se dizem contra a violência, são violentos na hora de criticar minhas posições”, enfatizou o senador..............esse cara é um mito!!! um dos poucos grande políticos q temos no nosso país!!!!

    • Vinicius Postado em 18/Apr/2015 às 02:38

      Sim o pensamento dele é coerente, ideias de educação são ótimas. Porém não se engane muito com esse ai, ele é como uma Marina Silva , nas eleições passadas apoiou Aécio Neves, e numa sessão do senado tava babando ovo do Aécio. As ideias são ótimas ,mas não me engana mais. *Outro Vinicius

      • poliana Postado em 18/Apr/2015 às 10:13

        vinícius, o fato de ele ter apoiado aécio, n diminui em nada o seu brilhantismo. cristovam buarque é um gênio. um grande político. admiro-o de mais.

      • enganado Postado em 19/Apr/2015 às 09:52

        Caro Vinícius Pergunte ao pessoal da Univ. de Brasília se o querem de volta. Esse é traíra mesmo! As vezes tem uma recaída e escreve alguma coisa que preste, o mesmo deve ter muita inveja do "BRASILEIRÍSSIMO", DARCY RIBEIRO. Esse adorador do Aópio não chega nem perto do Sr, Darcy. Penso que está dando uma de bonzinho pra se disfarça seus pontos de vista. Safado mesmo, quem de sã consciência apoia a Direita no BRASIL? Quem apoia leva GRANA e/ou tem interesse materiais em alguma coisa, isto é o mínimo; pois o resto estão nas mãos dos TUCANOS=Moro-JB-FHC-çerra-Aópio-....

    • luciano Postado em 18/Apr/2015 às 15:39

      a partir de hj vou me inspirar no Cristovam para responder certos comentários na rede. O cara da uma paulada , mas na maior elegancia rsrs

  3. Thiago Teixeira Postado em 17/Apr/2015 às 19:50

    Coxinha é tudo mimado. Quanto ele fazia discursos defendendo o Impeachment da presidenta, todos deliravam em orgasmos, agora, basta discordar da Direita ... eis o resultado.

    • poliana Postado em 17/Apr/2015 às 21:08

      thiago, quero ver o pereira vir aki e desqualificar o discurso do senador, ofendendo a sua pessoa, assim como ele fez com o dr. dráuzeo varella...tô ansiosa pra ouvir a opinião dele sobre os argumentos do senador...

      • Thiago Teixeira Postado em 18/Apr/2015 às 07:45

        Poli, o Pereira só se interessa em assuntos homossexuais! kkkk

  4. Alexandre Bolfarini Postado em 17/Apr/2015 às 20:15

    Vida longa ao Cristovam Buarque! Precisamos, e como precisamos de você!

  5. Thiago Lopes Postado em 17/Apr/2015 às 20:21

    Se houver a redução, o número de presos vai aumentar muito. O que é um grande problema, porque os presídios não suportam tanta gente. Ah, mas peraí... Em Minas Grais está funcionando o primeiro presidio privatizado, um teste que logo vai virar modelo. Com certeza a redução da maioridade vai acabar gerando lucros para essas empresas que estão entrando no negócio.

    • poliana Postado em 17/Apr/2015 às 20:36

      thiago, esse presídio de minas a q vc se refere, é totalmente privatizado, ou existe sob o regime das parcerias público-privadas? vc sabe me dizer? pq os presídios sob o regime das pp's há muito existem no brasil, inclusive foi o tema da minha monografia na faculdade. mas 100% privatizados? tem certeza? vc poderia me mandar um link com uma matéria sobre ele?

    • Thiago Lopes Postado em 17/Apr/2015 às 20:40

      Por isso tem tanta gente querendo essa redução - fora os idiotas que são levados pela sensação de pânico causada pela mídia. Há um texto do Eduardo Galeano (que faleceu recentemente), chamado "A indústria do medo", no qual ele nos dá alguns número referentes às empresas de segurança, iniciando o texto com a frase de um especialista do ramo: "Nossa melhor publicidade são as noticias da televisão". E os números são: 180 empresas do ramo na Guatemala. 600 no México, 1500 no Peru. 3000 na Colômbia. Nos EUA e Canadá gasta-se o dobro com segurança particular do que com a pública. O Negócio com segurança movimenta um bilhão de dólares por ano na Argentina. Na medida que o no-liberalismo for se fortalecendo no Brasil, logo haverá empresas se beneficiando com o negócio - já há na verdade - por isso sustento que o discurso pela menoridade penal não é somente dos conservadores e gente da direita, há outros interesses por trás, da parte de empresários, mídia, neoliberais e todos os que se beneficiam do sistema capitalista que cada vez está mais forte no Brasil - tenha em mente a vitória dessa gente ao regularizar o trabalho terceirizado.

      • poliana Postado em 17/Apr/2015 às 20:54

        sim,as privatizações dos presídios no mundo, qdo fiz minha monografia, era o 3º negócio mais rentável do mundo. perdia pro tráfico de drogas e de armas. por isso te perguntei sobre esse caso no brasil. pq até aki, era inconstitucional a privatização dos presídios no brasil, o q pode ter, mesmo sendo um tema controverso), são as parcerias público privadas no ramo, e mesmo asism, as atividades fins, ficavam nas mãos do estado, jamais do setor privado. esse exemplo de minas q vc trouxe, vc sabe se realmente é um presídio 100% privatizado? se tiver qq matéria sobre ele, me manda, por favor...é um assunto q me interessa muito.

      • Denisbaldo Postado em 17/Apr/2015 às 23:54

        Thiago e Poliana, eu tenho um amigo que sua mãe mora nos EUA e ele a visita frequentemente. Esse meu amigo tem um amigo americano X, que por sua vez tem outro "amigo" americano Y. O "amigo" Y foi preso por tráfico de drogas na Florida. O promotor público ofereceu a ele uma "delação premiada", ou seja, que ele "entregasse" 5 outros criminosos e assim o livraria da cadeia. Numa noite então o "amigo" Y ligou para seu amigo X e pediu que ele pegasse uma garrafa de vinho em sua casa e a trouxesse para ele em um outro local. Essa garrafa de vinho na verdade estava carregada com muitos comprimidos de Oxycodone (remédio de venda restrita a base de morfina), no caminho a polícia já estava de prontidão com uma blitz para prende-lo. O mesmo aconteceu com outros 4 amigos do tal "amigo" Y. Resumindo, o amigo X está respondendo em liberdade por um processo de 25 anos de prisão por tráfico de drogas e está pensando em fugir para o Brasil. Não é a toa que os EUA tem mais de 2 milhões de detentos hoje em dia. Esta história não é conto de fadas, é verídica.

      • Thiago Teixeira Postado em 18/Apr/2015 às 07:44

        Kct Denisbaldo. Essa é a prova mais cabal que delação premiada é furada. O safado entrega Deus e o mundo ara se safar ... podemos fazer analogia ao caso da Petrobras? Será que essas delações não são semelhantes aos amigos X e Y?

      • Denisbaldo Postado em 18/Apr/2015 às 08:48

        Como o próprio Lula disse outro dia: "Os bandidos (delatores) da Petrobrás estão sendo tratados como heróis". Todo mundo sabe que a Polícia Federal é totalmente anti-PT. Ano passado mesmo um dos agentes da PF colocou uma foto no FB da Dilma em um alvo para práticas de tiros. Tive aula de Direito Penal com um ex-comandante da Rota/SP que matou mais de 30 pessoas, inclusive 6 na invasão do Carandiru, e ele dizia em sala de aula que odiava a Dilma e o PT todo. É complicado mesmo. Lá dentro o cara fala o que tem que ser falado.

  6. Roberto Pedroso Postado em 18/Apr/2015 às 09:47

    A ala conservadora se apressa em se mobilizar e bradar sempre por mais punição e recrudescimento das leis como se isso fosse resolver o problema da violência gerado principalmente pelo trágico quadro social ao qual estamos submetidos.O discurso de ódio se faz presente no debate sobre a redução da maioridade penal,ninguém se preocupa em cobrar politicas publicas voltadas a juventude pobre e desassistida ,nada se fala sobre programas sociais implementados em larga escala para atender a massa de jovens em situação de extremo risco social ,pouco se discute sobre o baixíssimo nível da educação publica em nosso país e a falta de politicas publicas voltadas para a juventude,bem como o aumento de recursos voltados para os conselhos tutelares e órgãos ligados a assistência social dos municípios, mas os conservadores logo se apressam em aproveitar o ensejo para mais uma vez levantar mais uma bandeira simplista,que se estabelece sem embasamento pratico e efetivo, apregoar o radicalismo e o recrudescimento das leis, sem a analise mais ampla do quadro social que gera essa situação de aumento da violência é um equivoco desastroso.

    • leonardo Postado em 18/Apr/2015 às 13:34

      Mas o PT ja fez tudo isto, e a violência aumentou !

  7. Roberto Pedroso Postado em 18/Apr/2015 às 14:18

    Engano seu senhor Leonardo! infelizmente nenhum governo institui de fato politicas publicas de amparo e suporte aos jovens em situação de extremo risco social me refiro a politicas publicas voltadas a área da educação publica por exemplo,todos os governos falharam nesse sentido, ademais os conselhos tutelares e setores ligados a assistência social nos municípios padecem pela falta de verbas,basta observar o caso de São Paulo estado que nunca olhou para seus jovens pobres e desfavorecidos submetidos a um quadro onde a educação publica no estado está praticamente falida,creio que todos os governos estão falhando com os jovens pobres desfavorecidos e que se encontram em situação de risco,ao não lhes oferecer nenhuma perspectiva de vida.Afirmar" que o PT fez tudo isso e a violência aumentou" é desconhecimento de causa, ou má fé.Talvez quem afirme uma coisa dessas não conheça a situação de caos social que predomina em SP, o estado mais rico da nação e também onde as desigualdades sociais imperam de forma patente e vergonhosa.Dentro deste cenário qual o futuro para esses jovens que já estão desassistidos desde o momento que nascem?fica a pergunta aos gestores públicos e a parcela da população que quer mais punição ao invés de bradar por mais educação.

  8. Iran Postado em 19/Apr/2015 às 12:17

    A redução da maior idade penal é o retrato de uma fracasso do ECA. Se formos reparar bem o Estatudo da Criança e do Adolescente nunca colocou em prática as politicas de ressocialização da criança e do adolescente infrator. Foi mais uma "conversa para boi dormir" - como tudo que é tecnicamente perfeito em termos de legislação brasileira. Agora querem "descontar" esse fracasso, equivalendo o menor infrator a adulto. Mais uma armadilha: a sociedade se esquece que o menor violento, igualado em direitos ao criminoso adulto só se tornará mais violento ainda. Um tiro no pé que um povo despolitizado e sem referencias em educação política vai dar em si mesmo, para o aumento da insegurança e do inchaço da população carcerária. Quem está adorando isso são os empresários da segurança privada nos presídios. Uma mamata, a custa da ignorância do povo brasileiro.

  9. Oblivion Postado em 19/Apr/2015 às 15:32

    Concordo plenamente com o senador e com a maioria dos comentários aqui. Em minha opinião, achar que reduzir a maioridade penal é solução é muita ingenuidade. Mas as porcentagens a favor dessa mudança constitucional não me espantam pois com a grande mídia formadora de opinião que temos, hipócrita e corrupta, a ignorância do povo é consequência. Ignoram o dinheiro público que vai direto para os bancos, e ignoram que a sonegação de impostos (que é a pior corrupção aqui de nosso país) está altamente ligada com a falha no sistema prisional brasileiro. As cadeias são sub-humanas e ao invés de ressocialização dos presos ocorre uma especialização em crimes e em imoralidades. Por fim, acho louvável o senhor ser contra a redução da maioridade penal senhor senador, mas gostaria de ver o senhor mexer em o que está por traz de tudo que te trouxe para essa discussão ... Poderias começar com campanhas para a auditoria da dívida pública, auxiliar a CPI do HSBC e dar apoio para que a operação Zelotes possa continuar ativa. Do contrário, tudo é muito fácil, mesmo que seja a defesa de uma opinião contrária a de grande parte da população (emburrecida por nossa grande mídia corrupta).

  10. Márcio Postado em 20/Apr/2015 às 14:02

    Concordo com os argumentos do senador. Violência vem de todas as partes, até de quem se julga em busca da paz. Inclusive, acrescento que alguns comentários aqui também são violentos quando discordam deles ou se originam de fontes que simplesmente não suportam a mera existência, ou seja, intolerância aqui também abunda.

  11. Jorge Bengala Postado em 03/Jul/2015 às 22:52

    Se preocupam com quem faz o mal, e não com as vitimas. Tem vitimas menores também Senador. Estes caras só ficam contra a vontade do povo. Porque não dizem isso quando pedem nossos votos.