Mailson Ramos
Colunista
Compartilhar
Corrupção 01/Apr/2015 às 16:27
13
Comentários

A corrupção e os lugares de fala do PSDB

Se a ânsia é contra a corrupção e se ela deve ser varrida da nossa política, por que os senadores do PSDB não assinaram a CPI do HSBC?

corrupção candidatos ficha suja psdb

Mailson Ramos*

A ânsia dos manifestantes de 15 de março era o combate à corrupção. O único ponto pacífico entre suas opiniões e as minhas é este. Nada mais nos identifica. E por quê? É simples explicar: no meio daquela turba desenfreada que vociferava “fora PT” existiam políticos que alguns dias depois seriam denunciados por recebimento de propina. Posso citar um nome? Agripino Maia (DEM-RN). Se a ânsia é contra a corrupção e se ela deve ser varrida da nossa política, por que os senadores do PSDB não assinaram a CPI do HSBC? Como se explica a inércia de um partido que defende a anticorrupção diante de um esquema bilionário de irregularidades em contas bancárias no exterior? Definamos, portanto, uma análise concreta dos lugares de fala e do que tem sido a luta dos tucanos contra a corrupção, esta endemia que o atormenta?

Alberto Youssef tem as delações premiadas mais vistas na história da justiça brasileira. E vejam os senhores e senhoras que a investigação é de caráter “sigiloso”. Textos transcritos e videos marcam a participação do doleiro nas investigações sobre o esquema de corrupção na Petrobras. De repente vaza uma gravação em que Youssef relata o recebimento de propina do então deputado estadual Aécio Neves junto à uma diretoria de Furnas. A Lista de Furnas era até então peça literária criada pela esquerda, segundo um articulista de ‘Veja’. Este mesmo articulista teria o nome citado em documentos com letras garrafais: Reinaldo Azevedo. Ele é um dos principais “guerrilheiros” contra a “corrupção petista”. A Lista de Furnas, não como peça literária, passou pelo crivo da PF, tendo sido atestada sua legitimidade para fins de investigação.

Não é necessário ir adiante com elucubrações que somente ilustrarão o analfabetismo político de quem pisou os pés nas avenidas deste país no fatídico meado de março. Não vale a pena porque eles não estão interessados em varrer a corrupção do país, muito menos impor justiça a todos os políticos descomprometidos com a verdade. Se acaso fosse de interesse varrer a sujeira deste país, os reacionários começariam por seus próprios carpetes onde se acumula uma imundícia intocável pelas mãos da justiça. É vergonhoso. Faz-se necessário, agora, assumir todos os erros, inclusive aqueles que a história suprimiu. Porque jamais foi contada com detalhes a compra da reeleição de FHC, os mecanismos de pagamento das propinas de Furnas, a construção do aeroporto de Cláudio.

Leia aqui todos os textos de Mailson Ramos

Fosse esta uma luta amplificada contra a corrupção, não estaria apenas o PT no banco dos réus. Estar no banco dos réus faz com que o PT repense suas atitudes como partido do governo. Mas se as outras legendas são isentas e passam despercebidas pelo crivo da imprensa e da justiça, dirá a sociedade que elas são honestas. Ora, não sejamos inocentes. O Brasil cai pelas tabelas justamente porque a corrupção é fisiológica aos partidos. Enquanto não se discute profundamente estas questões, a imprensa traça um roteiro que nos faz crer numa República sucateada por um partido e que pode se restabelecer caso elejamos o candidato de sua preferência.

Paulo Roberto Costa foi tratado como “amigo” da justiça enquanto delatou os esquemas envolvendo o Partidos dos Trabalhadores e os partidos da base aliada. Bastou falar que o falecido presidente do PSDB, Sergio Guerra, pagou propina para calar a CPI, se transformou em persona non grata para a imprensa e para os delegados da PF, sediados em Curitiba. Varrer a corrupção não é interesse apenas destes que foram às ruas no mês de março. É um interesse nacional e que não se concretiza na figura de ninguém, além do sujeito brasileiro e de suas instituições públicas. Não é Aécio Neves ou o PSDB a representação fidedigna da lisura na política nacional. Muito pelo contrário.

*Mailson Ramos é escritor, profissional de Relações Públicas e autor do blog Nossa Política. Escreve semanalmente para Pragmatismo Político.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Marcelo Postado em 01/Apr/2015 às 16:45

    Esse gráfico é dessa eleição?

  2. Marcelo Postado em 01/Apr/2015 às 16:46

    Coloquem as fontes Pragmatismo, é sempre importante pra dar credibilidade ao que se fala. Não gosto de compartilhar coisas onde a fonte principal foi omitida.

  3. poliana Postado em 01/Apr/2015 às 16:57

    hahahahahaha...legal...tira o pt e volta o psdb!!! ou vc acha q derrotando o pt em 2018, outro partido levará?! quem vc quer no poder, maria? o bolsonaro né? óbvio!!!!!!!!!!!!!!!!!1

  4. Randy Postado em 01/Apr/2015 às 17:13

    Maravilhoso!! Excelente texto! Intocável!!! Só vomitou verdades. Vc escreveu tudo o que eu sempre quis sobre o PSDB... MUITO OBRIGADO! PS: Sempre questionem quando uma pessoa aparece, feito uma diva deslumbrada, se auto-proclamando o "bastião da honestidade". Se as pessoas entendessem psicologia saberiam que o que as pessoas falam em público é muito diferente do que fazem em particular. Discursos socialmente aceitos não me enganam!

  5. Guilhermo Postado em 01/Apr/2015 às 17:16

    Caramba, não sei o significado de uns 2/3 dessas siglas de partidos aí. Assim, o que é PMN? Partido militar nacional? PSDC - Partido Socialista democrático cristão? kkk... Zoa.

  6. Alex Postado em 01/Apr/2015 às 20:51

    O PSDB está acabando com o Paraná como já fez em outros estados. Vejam o link para comprovar como o PSDB é uma grande farsa: http://www.esmaelmorais.com.br/

    • Thiago Teixeira Postado em 01/Apr/2015 às 20:57

      O PSDB está acabando com o Paraná porque a Gleisi e o Requião não disputaram juntos as eleições. Eleição do EU SOZINHO nunca vi ganhar nada. A direita agradece.

  7. jarau Postado em 02/Apr/2015 às 00:24

    No RIO GRANDE DO SUL, O maior grupo de comunicação filial da rede GLOBO, esta envolvido em corrupção, tratados pelos conservadores como os paladinos da moral, honestidade GRUPO RBS. IMPERIOS DOS PAMPAS CAIU.

  8. Deisi Postado em 02/Apr/2015 às 13:42

    Depois para os coxinhas o PT é que inventou a corrupção! Coxinhada só nesse gráfico vocês tem oportunidade de ver o PSDB no topo. Já para presidência só reta esperar 2018.

  9. Eduardo Ribeiro Postado em 02/Apr/2015 às 14:28

    Cade os manifestantes-gourmet? A meninada engajada "contra a corrupçaum e contra tudo que está aí!!", cade? É a sua chance, reacinhas. Quero 2 milhões de pessoas dessa vez (contagem da PM, claro). Providenciem umas bandeiras e faixas "Fora PSDB", por gentileza. E a galera das varandas chiques das Perdizes, Morumbi, Higienópolis, por favor, quero ouvir muito barulho de panela batendo em resposta a esse abuso no seu próximo panelaço-gourmet. Do contrário eu vou achar que vocês não são sérios, são uns fanfarrões, analfabetos políticos, elitistas, seletivamente indignados e tal...entre outras coisas...e ninguém quer pensar isso de vocês.

    • Roberto Pedroso Postado em 04/Apr/2015 às 11:46

      Muito bem colocado; se me permite complementar,gostaria de perguntar onde se esconderam os mesmos "manifestantes" indignado de redes sociais e revoltados de plantão, nas ultimas manifestações dos professores do estado de São Paulo?não apareceram para apoiar a causa justa dos professores por melhores salários e por melhores condições de trabalho na rede publica estadual de ensino.Onde estavam?onde se esconderam?e de fato será que a educação publica representa uma preocupação dos "manifestantes"de plantão?

  10. Luís Postado em 03/Apr/2015 às 10:15

    Só otário enxerga nessas esquerdinhas corruptos e enrustidos que são o PSDB como uma boa opção para a direita. Até hoje têm vergonha das privatizações , uma das melhores coisas que já se fez por esse país , e só querem assumir o poder para tomar para si esse Estado nojento gigante e se tornarem os ladrões de turno.

  11. Onda Vermelha Postado em 03/Apr/2015 às 14:39

    É a maior das hipocrisias? Discutir o fim do financiamento de campanhas políticas por empresas privadas, origem matriz da corrupção, sequer é debatida pelo PSDB e pela oposição em geral. Uma pena! É assim o país segue num impasse de ver sua classe política capturada pelo Poder Econômico e distante dos cidadãos que os elegeram.