Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 24/Mar/2015 às 16:37
5
Comentários

Eduardo Cunha ou Frank Underwood, você tem mais medo de quem?

Presidente da Câmara dos Deputados é comparado com frequência ao personagem da série americana "House of Cards". Conheça cinco motivos para você ter mais medo de Eduardo Cunha do que de Frank Underwood

eduardo cunha frank underwood
Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara e Frank Underwood, personagem da série ‘House of Cards’ (Imagem: Pragmatismo Político)

Caderno PrOA

Desde que assumiu como presidente da Câmara, o deputado Eduardo Cunha já se acostumou a ser comparado com o ardiloso político interpretado na série americana House of Cards pelo ator Kevin Spacey.

A aproximação de Cunha com o personagem Frank Underwood, um homem que não encontra limites para sua ambição política, seduziu até mesmo a revista britânica The Economist, que fez a brincadeira em uma reportagem publicada em fevereiro. Na semana em que o deputado brasileiro provocou a queda de um ministro, o PrOA se pergunta: quem é mais perigoso?

1. Colegas do Partido Democrata e adversários do Partido Republicano desconfiam das intenções espúrias de Frank Underwood, que corta um dobrado para conquistar aliados para seus planos de poder. Já Eduardo Cunha conta com o apoio de boa parte do Congresso — e é até aplaudido quando depõe em CPI.

2. Frank Underwood não está nem aí para a vida sexual dos eleitores. Já Eduardo Cunha criou uma comissão especial para que a tramitação do projeto que reconhece como família apenas núcleos familiares formados por um homem e uma mulher seja acelerada, é autor do projeto para a criação do Dia do Orgulho Hétero e posiciona-se contra a adoção de crianças por casais gays.

3. Frank Underwood só está interessado em ter mais poder, mas não pesa sobre ele a suspeita de desviar dinheiro para proveito próprio, enquanto Eduardo Cunha foi acusado de fraudar licitações para favorecer a construtora de um colega de partido durante o governo de Anthony Garotinho. Em depoimento à Polícia Federal sobre o esquema de desvios da Petrobras, o policial afastado Jayme de Oliveira Filho disse que entregou malas de dinheiro em uma casa na Barra da Tijuca que seria de Eduardo Cunha.

4. Frank Underwood quer ser lembrado por um grande projeto de combate ao desemprego nos Estados Unidos (o America Works). Eduardo Cunha deverá ser lembrado como o presidente da Câmara que afirmou que a descriminalização do aborto só seria votada no Congresso se passasse “sobre o seu cadáver”.

5. Frank Underwood é um personagem com fome de poder, cometeu crimes e provocou o impeachment de um presidente, mas é de mentirinha. Eduardo Cunha é de verdade. E mora no Brasil.

MAIS SOBRE EDUARDO CUNHA:
(1) “Vou engavetar a regulamentação da mídia”, diz Eduardo Cunha
(2) Conheça Eduardo Cunha, o novo presidente da Câmara dos Deputados

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Rodrigo Postado em 24/Mar/2015 às 17:51

    O fato de a Veja o vangloriar por si soh jah eh motivo para desconfiar dele. Vide o Demostenes Torres. O fato dificil de engolir eh que este tipo de marginal nao vai preso.

  2. Onda Vermelha Postado em 24/Mar/2015 às 18:22

    Sem conhecer um capítulo sequer da Série “House of Cards” posso afirmar que ele é muito pior do que o personagem principal. Esse pulha é simplesmente o MAIOR LOBISTA do Congresso Nacional. Quem já me viu comentar aqui anteriormente sobre o Eduardo Cunha sabe que já o considerava, ano passado, como o Inimigo Público Número Um da Cidadania. Inclusive, fiz campanha para que ele não se elegesse, e ele foi um dos campeões de votos aqui no Rio de Janeiro! Hehehe! Fracasso total! Sonhar não custa nada! Não é mesmo? Também pudera! O cara torrou uma fábula, uma impressionante cifra de R$ 6,8 milhões em sua milionária campanha a deputado federal, não foi a Senador não! E tem “doação” de tudo quanto é setor! Era tanto dinheiro que dizem que ele colaborou com a eleição de algo em torno de 100 “amigos” país afora, dos mais diferentes partidos de direita, hoje no Congresso Nacional! Ele está envolvido em tudo quanto é falcatrua, por isso, correm vários processos contra ele no STF. Mas ele SEMPRE sai ileso, pelo menos até agora! Age, deliberadamente, CONTRA o interesse da grande maioria dos cidadãos e das minorias. Desde a não aprovação da prorrogação da CPMF lá em 2007, ainda no Governo Lula , resultando na perda de R$ 40 bilhões/ano de arrecadação para a saúde até a tentativa de aprovar a famigerada PEC da Bengala e a Constitucionalização do financiamento de campanhas políticas por empresas privadas. A tal ponto do próprio Garotinho (PR-RJ), que já não é lá flor que se cheire, ter qualificado uma tentativa de emenda do Cunha a Lei dos Portos como “Emenda Tio Patinhas”, apelidando-a posteriormente de Lei do Porcos. Dilma teve que vetar TUDO aquilo feito por ele e seu grupo de achacadores. Um dos “grandes feitos” do Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi se posicionar no Congresso Nacional contra a aprovação do Marco Civil da Internet, relatado pelo deputado Alessandro Molon (PT-RJ), interessado, basicamente, na retirada do dispositivo que garantia a Neutralidade da Rede, que privilegia o interesse de nós usuários da Internet em detrimento das grandes corporações Operadoras de Telecomunicações, tais como OI, TIM, Vivo, Claro, Telefônica, Embratel, Net, etc. O Cunha é um traste, chantagista, reacionário, homofóbico, provinciano. Uma figura abjeta que somente chegou aonde chegou porque esse Congresso Nacional atual tem um nível baixíssimo. É, seguramente, o pior Congresso desde a redemocratização do país! E acredito que não estou sozinho nessa avaliação! Infelizmente.

  3. Kayky Postado em 24/Mar/2015 às 21:25

    O que foi aquela tentativa patética da veja de transformar o Cunha numa espécie de herói estadista democrático? Puta que pariu. Eles sequer mencionaram que ele tinha envolvimento direto com o escândalo da Petrobrás, e nem dos inúmeros processos que tramitam contra o mesmo no STF. Coisas assim causam um sentimento de indignação e descrença na raça humana. Atribuir o título de "político mais poderoso do Brasil", caramba! Cunha é de longe uma das figuras mais abjetas da política atual.

    • Luis Postado em 25/Mar/2015 às 11:55

      Dizer a verdade é elogiar? Não sei se ele é O mais poderoso, mas que é um dos mais poderosos é certeza. Se eu disser " O Estado Islâmico é o grupo terrorista mais poderoso do mundo" quer dizer que eu estou elogiando ou babando ovo do EI?

  4. Dinio Postado em 25/Mar/2015 às 09:06

    VEJA O LIXO DO CU...NHA ! Haja papel pra limpar tanta merda!