Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 27/Feb/2015 às 12:10
36
Comentários

Ministério Público questiona cota aérea para esposas de deputados

Ministério Público Federal representa contra passagem aérea para mulheres de deputados aprovada por Eduardo Cunha. Procurador da República no DF pede apuração sobre utilização de dinheiro público para interesses particulares. A cota para esposas estava proibida desde o escândalo da farra das passagens

eduardo cunha esposa passagem aérea
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acompanhado da esposa Cláudia Cruz. Retorno da cota de passagem aérea para mulheres de deputados foi promessa de campanha de Cunha (divulgação)

O Ministério Público Federal vai questionar a liberação da cota de passagens aéreas da Câmara para cônjuges de deputados e deputadas. O procurador da República no Distrito Federal Frederico Paiva fez uma representação pedindo a abertura de procedimento para investigar se há malversação de dinheiro público na extensão do benefício, restrito a parlamentares e assessores desde 2009, após a “farra das passagens”. Na avaliação do procurador, o uso da cota parlamentar por esposas e maridos de congressistas significa bancar interesses particulares com verbas públicas.

A informação é do Correio Braziliense. O pedido deve ser distribuído a um colega do procurador e pode resultar até na abertura de uma ação de improbidade administrativa contra a Mesa Diretora da Câmara, responsável pela aprovação da medida na última quarta-feira (25). Na mesma reunião, a Mesa aprovou o aumento de outros benefícios para deputados, como a verba de gabinete, o auxílio-moradia e a cota para o exercício da atividade parlamentar (Ceap ou cotão), da qual fazem parte os créditos para as passagens aéreas. O “pacote de bondades” para os parlamentares deve onerar em R$ 150 milhões os cofres públicos no próximo ano.

Segundo o Correio, diante da repercussão negativa e da pressão do Ministério Público, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), admitiu rever a extensão do benefício a esposas e maridos de parlamentares. Mas jogou a responsabilidade sobre o caso para a Mesa Diretora, órgão presidido por ele.

“Não vejo nada demais (na regalia), mas, se a Mesa Diretora quiser rever, é um direito dela. Na próxima reunião, ela que trate (do tema). Não tem problema nenhum da minha parte”, minimizou. A ampliação do benefício foi uma das promessas de campanha assumidas por ele para chegar à presidência da Casa. O pedido partiu de um grupo de esposas de deputados em encontro realizado na Paraíba. Eduardo Cunha disse que ele, particularmente, não utilizará a cota da Câmara para transportar sua mulher, a jornalista Cláudia Cruz, ex-apresentadora do Jornal Hoje, da TV Globo.

Congresso em Foco

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Salomon Postado em 27/Feb/2015 às 12:34

    Como dizia o Barão de Montesquieu, o ser humano vai até onde encontra limites. Não há limites para esses sacripantas. Dinheiro público para interesses privados é que não dá.

    • heloisa lima Postado em 27/Feb/2015 às 16:08

      Gostaria de entender Enquanto isso o Leao esta para nos garfar, e houver algum erro no IR o cidadao eh notificado e se nao receber a notificacao para reponder em tempo habil a multa eh de 150% (juros mora etc...) Todos os investimentos prometidos por esses parlamentares, sao realizados atraves do seguinte ditado"farinha pouca meu pirao primeiro" qualquer acao ou obra neste pais , como exemplo as obras e "reformas " para a Copa do Mundo, comecam com um orcamento aprovado e no final crescem assustadoramente. E o caixa "2" engordando as nossas custas.

  2. matuto Postado em 27/Feb/2015 às 12:39

    Concordo apenas se for viagens para o inferno, sem volta.

    • Ligia Postado em 27/Feb/2015 às 13:23

      Excelente, kkkkkk. Resta saber se o diabo quer!

      • Vivi Postado em 27/Feb/2015 às 17:38

        Boa pergunta

    • Vivi Postado em 27/Feb/2015 às 17:37

      Disse tudo

    • Irineu Moreira Fernandes Postado em 28/Feb/2015 às 13:06

      Pro inferno é muito caro e ainda correremos o risco de retorno eventual . Melhor e mais barato é uma viagem para a capital do Estado Islâmico com direto a uma ida ao coifeur vestindo aquela fardinha cor de laranja ou quem sabe uma ida para o Polo Sul no auge do inverno.

    • Everton Postado em 28/Feb/2015 às 13:59

      Ótimo comentário! A resposta da Ligia, melhor ainda!

  3. Jonathan Postado em 27/Feb/2015 às 13:00

    Safado, cachorro, sem vergonha, eu dou duro o dia inteiro e vc colchão e fronha!

    • dodo Postado em 28/Feb/2015 às 07:41

      Tinha que bota um safado desses a a vive com um salário minimo.e para esse monte de ladrão que tem por aí é melhor que cadeia

  4. ROGERIA FONTES Postado em 27/Feb/2015 às 13:16

    Eu queria entender, porque os deputados não podem pagar do salário deles a passagem de suas esposas.Muitas trabalham e podem pagar por isto.Para mim este senhor perdeu a noção ao legislar em causa própria. Afinal as esposas são deles e não do Brasil inteiro para que se tenha que usar dinheiro público!

    • Gisele Jorge Postado em 28/Feb/2015 às 06:14

      Perfeito! Seu comentário esgota o assunto!

  5. Henrique Pessoa Postado em 27/Feb/2015 às 13:34

    Lição para o povo. Tem muita gente que reclama mas continua votando nesses vida-boa. Talvez quando congressistas como Reguffe forem 10% do congresso isso vire uma página da história vergonhosa do congresso.

    • Jussara Postado em 27/Feb/2015 às 18:57

      Calma companheiro, o Reguffe não é o Santo conforme você está pintando!

  6. Danielle Postado em 27/Feb/2015 às 13:36

    Isso não vai parar enquanto parlamentares puderem aprovar e implementar benefícios pra si mesmos. Pelo menos um colaborador superior teria que aprovar não? Funciona assim nas empresas sérias!

  7. Sônia Maria Postado em 27/Feb/2015 às 13:40

    Espera-se o mínimo do MPF.

  8. Preta Postado em 27/Feb/2015 às 14:03

    O pior do Brasil é o legislativo, ah... e o judiciário ... e o executivo

    • Maria Edineusa B. Káteb Postado em 28/Feb/2015 às 10:54

      Bingo !

  9. Marcos Postado em 27/Feb/2015 às 14:35

    Pilantragem em alto grau essa 'farra com o dinheiro público'! Como se não bastassem as mordomias que já têm... Imoralidade dessa casta que não para de parasitar o estado e seu povo!

  10. Geraldo Laurentino Postado em 27/Feb/2015 às 15:25

    Esse é um benefício que a sociedade brasileira não tem porque pagar. Como cidadão, eleitor e trabalhador brasileiro, acho esse benefício um assalto no bolso dos trabalhadores.

  11. Thiago Teixeira Postado em 27/Feb/2015 às 15:31

    O que os reacionários de plantão tem a dizer a respeito? Que silêncio ...

    • Como Postado em 27/Feb/2015 às 16:18

      Sai do papel de legislar para.o povo e faz leis em benefício próprio. Isso é imoral!!!

  12. Silva Postado em 27/Feb/2015 às 16:40

    Principalmente o pereira, o maior reacionário, abafa o caso, seu amado pode tudo!

  13. Rosangela de Sousa Melo Postado em 27/Feb/2015 às 18:09

    Cadê o poder de veto de Dilma?! Nada vai pra frente se ela o vetar.

  14. jose Postado em 27/Feb/2015 às 19:03

    Politica no Brasil é uma verdadeira pocilga

  15. J Mendonça Postado em 27/Feb/2015 às 20:37

    Agora ela deve voltar para o jornalismo da Globo, ele está fazendo o jogo contrário a regulamentação das comunicações.

  16. sonia Postado em 27/Feb/2015 às 21:12

    Perderam toda vergonha!!! ja ganham mtos benefícios e agora temos que assistir a mais uma . Já fazem pouco pelo povo indo trabalhar 3x na semana, agora além de pagarmos passagem aérea para as esposas temos que engolir que a câmara dos deputados esta pequena pra tanta gente, que precisam construir um prédio de 1bilhao para eles ter lazer . enquanto caminhoneiros fazem greve pelos seus direitos eles aprovam leis em seu benefício.

  17. Roger Postado em 27/Feb/2015 às 21:52

    Quem vota em Cunha aprova a mamata. Eleitor de Cunha, faça-nos um favor: se mata.

  18. Thaíse Postado em 27/Feb/2015 às 21:53

    Cada dia que passar vejo cada absurdo e quando penso que já vi de tudo sempre há uma novidade. Esses políticos tem mentes totalmente apodrecidas, o dinheiro que deveria ser usado para envestimento como saúde, segurança, educação etc... eles enfiam no bolso na maior cara de pau. Hoje politico ladrão ta na moda. Se há erro de portugues no meu comentário e pq o poder publico roubou a verda da educação e eu ñ aprendi escrever direito. Vergonha nacional

  19. Marcello Teixeira Postado em 27/Feb/2015 às 22:44

    Acho um absurdo a presidenta falar em cortes públicos e quem ser prejudicado ser o trabalhador, amento do diesel entre outros. O corte devia partir deles. Uma desgraça essas senhoras viajar com dinheiro público. Eles que financiem os caprichos de seus cônjuges.

  20. sipti Postado em 27/Feb/2015 às 23:29

    Muito bom.... mas quando o mp vai representar contra o auxilio moradia recebido por eles mesmo tendo imovel proprio?

  21. João Jorge Pinto Postado em 28/Feb/2015 às 08:43

    O que nos vamos fazer com os "nossos" legisladores, cada dia que passa a roubalheira é maior, será que não existe um HOMEM que pensa no BRASIL em desenvolvimento para garantir saúde, educação, moradia,segurança, transporte entre outras tantas que poderiam fazer do Brasil um país decente. Onde todos poderiam com trabalho/honestidade galgarmos posições melhores. Os salários dos políticos e benefícios deveriam ser o que o setor privado oferece e nada mais. Aposentadoria deveria ter o mesmo esquema do setor privado, quem quiser algo melhor pague uma suplementar, não os absurdos oferecidos a estes senhores.

  22. Karina Postado em 28/Feb/2015 às 11:52

    Podiam aproveitar e questionar o proprio imoral aux-moradia que estao recebendo tb.. Outro absurdo..

  23. marcos Postado em 28/Feb/2015 às 11:57

    Tá, muito bom, mas falta representar contra o aumento dos salários dos deputados, gasolina, luz, etc... vamos lá...Tmj

  24. Candida Postado em 28/Feb/2015 às 14:01

    Já fiz minha parte e compartilhei em redes sociais... Agora, deixar rolar, sem deixar de falar do assunto... A FARRA UM DIA ACABA... Ah, se acaba!

  25. Débora Silva Postado em 28/Feb/2015 às 14:25

    Ele não vê nada demais...brasileiro devia parar de trabalhar...prefiro cruzar os braços e morrer de inanição do que sustentar essa corja nojenta! ACORDA BRASIL!!! Essa é a verdadeira corrupçap...