Redação Pragmatismo
Compartilhar
Juristas 24/Feb/2015 às 15:44
14
Comentários

Juiz é visto dirigindo Porsche Cayenne de Eike Batista

O juiz federal Flávio Roberto de Souza, responsável por julgar o processo de Eike Batista, foi flagrado dirigindo um dos veículos apreendidos do empresário, um Porsche Cayenne branco

juiz dirige carro eike batista
Juiz Federal é flagrado dirigindo carro de Eike Batista (Rafael Moraes / Extra)

O juiz federal Flávio Roberto de Souza, responsável por julgar o processo de Eike Batista, foi flagrado, na manhã desta terça-feira (24), dirigindo um dos veículos que pertenciam ao empresário, um Porsche Cayenne branco. O advogado de Eike havia denunciado que o magistrado estaria usando alguns dos bens que ele mandou apreender do empresário. As informações são do jornal Extra e do Estadão.

O magistrado chegou com o veículo à sede da 3ª Vara Criminal Federal, no Centro do Rio de Janeiro, por volta das 10h20. O carro foi apreendido pela Polícia Federal por determinação do próprio juiz, que pediu a apreensão dos bens de Batista no Brasil – o que inclui 16 relógios, uma escultura, um piano e seis automóveis. Cinco deles – exceto o Porsche irão à leilão na próxima quinta-feira (26).

O juiz afirmou que os carros do ex-bilionário estavam sendo levados de sua residência para o pátio da Justiça Federal. Ao deixar o condomínio onde mora, na Barra da Tijuca, o motorista da Vara Federal dirigiria um outro veículo, um Hilux, que precisou ser rebocado. Como era motorista quem conduziria o Porsche, logo na sequência, à Justiça Federal, Souza teria se colocado à disposição para levá-lo até o local. De acordo com o G1, a Hilux é justamente o segundo veículo que consta no documento e que passaria a pertencer à Justiça Federal.

juiz carro eike batista
O juiz em seu gabinete (Foto: Rafael Moraes / Extra)

Desde que se tornou responsável pelo caso de Eike Batista, Flávio Roberto de Souza têm causado polêmicas com suas declarações. Em depoimento ao Extra, no último domingo (22), criticou os advogados do empresário e disse, sobre o réu: “Vou esmiuçar a alma dele”. No mesmo dia, o programa Fantástico, da TV Globo, veiculou entrevista com o juiz. “Por que ele não vendeu a Lamborghini e pagou dívidas? Os filhos dele continuam viajando para o exterior, hospedando-se em hotéis cuja diária chega a R$ 5 mil e, entretanto, não pagam, por exemplo, dívidas dos carros deles, não pagam as multas de trânsito, não pagam o IPVA dos veículos. Então, eles continuam numa ostentação que é totalmente incompatível a quem tem dívidas bilionárias”, afirmou.

Corregedoria investiga juiz

A corregedoria do Tribunal Regional Federal da Segunda Região, no Rio de Janeiro, decidiu abrir um processo para investigar a conduta do juiz federal Flávio Roberto de Souza. O processo foi aberto por decisão do desembargador federal José Antônio Lisbôa Neiva.

O juiz, que cuida do processo de Eike Batista por crimes contra o mercado financeiro, foi flagrado usando um dos carros do empresário apreendidos pela Justiça. A denúncia foi feita pelo advogado de Eike, Sérgio Bermudes.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Randy Postado em 24/Feb/2015 às 16:19

    Honesto esse juiz... [Modo de ironia ligado]

    • Diego Postado em 25/Feb/2015 às 02:19

      E o advogado, nada bobo, flagrou o Juiz no carro.

      • Jânia Paula Postado em 25/Feb/2015 às 18:38

        Estava aqui pensando com meus botões e se o caso envolvendo os bens de Eike Batista for uma armação entre juiz e advogado para favorecer o réu e adiar o leilão dos bens. Causa-me estranheza porque desmandos muito piores de magistrados ocorrem todos os dias e nem por isso a mídia noticia. Quem será a equipe que compõe os advogados de defesa do "ex-milionário"?

    • Gustavo Postado em 25/Feb/2015 às 08:11

      Tão honesto quanto o Moro. Um usa um carro apreendido, dá umas voltinhas e o guarda em sua garagem. O outro usa os investigados da Lava Jato, dá umas voltinhas com eles, um vazamento aqui, outro ali e depois os guarda em sua Guantánamo pessoal.

  2. Emilson Postado em 24/Feb/2015 às 16:29

    O juiz deve estar levando o Porsche a um lava jato.

  3. preta Postado em 24/Feb/2015 às 16:41

    Só uma voltinha!

  4. Maria Iací Postado em 24/Feb/2015 às 17:57

    Tem gente ruim e bandido, em todo lugar: do + pobre ao + rico! O juiz devia estar com inveja do milionário EIKE. Tinha um sonho de guiar um carrão............

  5. HiroNakamura Postado em 24/Feb/2015 às 18:51

    Coitadinho dele... Era só um pobre bilionário dando tombo nos outros.

  6. poliana Postado em 24/Feb/2015 às 19:36

    esse juíz é claramente impedido! n tem a menor condição de continuar judicando nesse processo! q absurdo!!!

  7. Thiago Teixeira Postado em 24/Feb/2015 às 21:02

    Aposto que quando esse babaca entra no Albert Einstein ou num restaurante chique é recebido com abraços e as pernas arreganhadas pela elite branca de olhos azuis reacionária.

  8. stella Postado em 24/Feb/2015 às 21:38

    Que palhaçada é essa??? Mais um motivo, entre tantos, para ter vergonha da justiça brasileira. Realmente, eles pensam que são Deuses, acima do bem e do mal. Vergonha, Brasil!!

  9. jarau Postado em 24/Feb/2015 às 21:54

    JOAQUIM BARBOSA vai ficar calado perante este escândalo do seu colega, se fosse um admirador, cunhado do cunhado do lula ou um filiado do PT, ou será que é um colega de escola da DILMA, isto seria manchete da grande mídia, VEJA, LULA e DILMA usam carros aprendidos, manchete pronta e noticia para mais de um mês, este é o judiciário Brasileiro, não vai dar NADA para este canalha de juiz e ainda recebe auxilio moradia C$ 4.700,00 por mês, tendo ou não moradia própria. CADÊ A OAB, VAI FICAR CALADA.

    • Diego Postado em 25/Feb/2015 às 02:22

      Se for para fins oficiais, veículos e bens apreendidos podem ser usados pelo Estado. Não polarize. Ou você fica à procura de mais problemas que este governo já tem?

  10. eu daqui Postado em 25/Feb/2015 às 10:02

    Uso do cago para atendimento a interesses particulares. No mínimo.