Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 25/Feb/2015 às 12:53
25
Comentários

Jornal britânico diz que Brasil é segundo pior destino para mulheres

Lista publicada por jornal britânico aponta o Brasil como o segundo destino mais perigoso para mulheres viajarem. Daily Mail destaca altos índices de estupro e cultura do machismo como riscos a turistas que visitam o país

mulheres brasil praia

O encantamento com as belezas naturais, a comida e a receptividade dos brasileiros não têm sido mais suficientes para que estrangeiros considerem o Brasil um lugar seguro para viagens turísticas. A máscara pintada com a imagem de belas mulheres, com pouquíssimas roupas, no tradicional carnaval do Rio de Janeiro cai no momento em que se revela que grande parte do país continua sob a ameaça da violência e da criminalidade.

E a situação é ainda mais arriscada para as mulheres que deixam seus países em busca de diversão em solo brasileiro, segundo lista publicada pelo jornal britânico Daily Mail, que coloca o Brasil no segundo lugar de um ranking de países mais inseguros para mulheres viajarem sozinhas em todo o mundo.

Baseada em dados da organização YouGov, a lista coloca o Brasil (2º) atrás apenas da Índia (1º) entre os destinos mais perigosos. A relação conta ainda com Turquia (3º), Tailândia (4º), Egito (5º), Colômbia (6º), África do Sul (7º), Marrocos (8º), México (9º) e Quênia (10º). Em comum, segundo o Daily Mail, o fato desses países exporem as viajantes desacompanhadas a incidentes de “misoginia, incômodos e, em casos extremos, perigo”. “Grande parte do Brasil continua nas garras de violência generalizada liderada por gangues criminosas e policiais abusivos”.

A lista ressalta que, de acordo com o Ministério da Saúde, os estupros aumentaram 157% entre 2009 e 2012, “estimulando a cultura machista do país”. Relata também um caso de violência ocorrido há dois anos, quando uma turista norte-americana foi vítima de um estupro dentro de um ônibus coletivo, enquanto o namorado dela, algemado, era obrigado a ver a cena brutal. “Estupro, violência física e roubos a turistas continuam a ser um problema”, destacou o texto.

VEJA TAMBÉM: A grávida passista apedrejada no país do individualismo

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Luis Postado em 25/Feb/2015 às 13:25

    Não imaginava que o Brasil estaria tão ruim assim na lista. Combine os altos níveis de estupro com as dezenas de ONGs esquerdistas e Marias dos Rosários da vida, que têm muito mais simpatia pelos estupradores que pelas vítimas ( especialmente se o dito cujo for pobre negro e a vítima, branca) e temos aí essa situação.

    • Guilherme Postado em 25/Feb/2015 às 14:24

      Esse comentário resume muito bem a situação do nosso país. Um pouco machista, não?

    • ANDRE Postado em 25/Feb/2015 às 15:11

      Ah pensei que os altos índices eram simplesmente pela falta de vergonha na cara desses homens sem limites que so sabem julgar as mulheres pelas suas roupas ou pq estavam na rua de noite.....mas os culpados são as ongs esquerdistas??? É cada dia mais difícil ver o que a mídia consegue fazer com a cabeça das pessoas....

    • Alexandre Postado em 23/Oct/2015 às 11:14

      HAHAHA. Troll imbecil. A culpa da violência sexual é das pessoas que lutam contra a violência sexual? Esses são os filhos da Veja falando...

  2. thais Postado em 25/Feb/2015 às 14:05

    isso aí tá bem errado. e os países islamicos?

  3. Ricardo Postado em 25/Feb/2015 às 14:12

    Meu deus, os caras conseguem desvirtuar qualquer informação...

  4. Vanilda Carneiro Postado em 25/Feb/2015 às 14:19

    Bom, daqui a pouco aparece alguém para dizer que a culpa do mau-caratismo é da Dilma...

    • Carolina Postado em 25/Feb/2015 às 14:52

      Boa! Kkkkkkkkk

    • asouza Postado em 25/Feb/2015 às 19:04

      Culpa da DILLLMMMMAAAAAA......

    • eu daqui Postado em 26/Feb/2015 às 10:30

      Quem foi a turista que a Dilma estuprou?

  5. Bruna Postado em 25/Feb/2015 às 14:31

    Estão certos... Não desejo a nenhuma mulher de fora o que nós passamos por aqui, existem lugares melhores pra conhecer onde existe respeito.

  6. Juliana Postado em 25/Feb/2015 às 14:58

    Ser mulher no Brasil não é facil. Só quem é, sabe.

    • eu daqui Postado em 26/Feb/2015 às 10:31

      Ser honesto e independente no Brasil não é fácil. Deixe de coitadismo e vá correr atra´s de sua independencia.

  7. Jussara Postado em 25/Feb/2015 às 15:02

    Fui para Colômbia sozinha e estou aqui vivinha da silva.

  8. Adriana Postado em 25/Feb/2015 às 15:20

    Errado Luis, a grande maioria das vítimas também são pobres e negras.

  9. Carlos Miraglia Postado em 25/Feb/2015 às 15:27

    Vanilda, não zoa, please. O turismo no Brasil nunca foi lá grande coisa. E está piorando. O número de mulheres no mundo que viajam sozinhas tem aumentado consideravelmente. E o Brasil sem recebê-las.

  10. Jonny Postado em 25/Feb/2015 às 15:51

    não acredito...a INGLATERRA falando de estupros??? HA HA HA me poupe... "Dados da ONU listam os paises com maior incidência de estupros em 2010 (os últimos consolidados): EUA (1), com 84.767 casos; África do Sul (2), com algo em torno de 67 mil casos; India (3), com 22.172 casos; Reino Unido (4), 15.934; México (5) 14.993" (fonte http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/os-paises-com-maior-incidencia-de-estupros) Os 10 países com maior índices de crime de estupro no mundo, sendo que o top 5 é composto por: 1 - EUA 2 - Africa do Sul 3 - Suécia 4 - India 5 - Reino Unido (fonte http://www.worldnoticias.com/2014/06/top-10-paises-com-maior-crime-de-estupro.html) Não nego que ainda moramos em um país inseguro, mas falar desse jeito como se lá não existisse isso é muita sacanagem e distorção midiática.

  11. Roberto Postado em 25/Feb/2015 às 16:01

    Realmente Arábia saldita yemen huganda por exemplo são muito mais seguros....

  12. rosenova Postado em 25/Feb/2015 às 16:20

    Concordo com esse jornal porque diariamente assistimos casos de estupros, violencias contra mulheres, idosos, crianças abusadas por vizinhos, parentes e até mesmo pelos pais.Este pais está uma droga e a culpa é nossa que só elegemos pessoas de mau caráter para dirigir este pais e que nada fazem para mudar as leis que não beneficiariam a eles geralmente corruptos.

  13. W Kroff Postado em 25/Feb/2015 às 16:37

    Enquanto isso, no Iêmen, crianças entre 8 e 14 anos são vendidas "em casamento" a homens adultos, que as estupram legalmente e matam várias delas em decorrência de suas "luas-de-mel". Eu não vi o Iêmen na lista, mas vai passear lá sozinha para ver o que te acontece. O que no Brasil é exceção, em países islâmicos é regra e apoiada pela lei. Pelo menos aqui, estupradores e pedófilos são presos. Apesar de haver corrupção na Justiça e na polícia isso não é uma coisa normal. Recebemos milhares de mulheres desacompanhadas todos os anos e, às vezes, ocorrem fatos como o destacado na matéria. Porém na Alemanha e na própria Inglaterra também há registros de casos parecidos.

  14. Eulalia Postado em 25/Feb/2015 às 16:44

    Fiquei estarrecida com a informação. Cabe a todisvis brasileiros especialmente às brasileiras ajudar audar até quadro. Juro que se depender de mim a partir de hoje passarei a corrigir e denunciar comportamentos comprometedores. As mulheres precisam voltar a fazer turismo aqui sem medo. O Brasil e fantástico.

  15. Thiago Teixeira Postado em 25/Feb/2015 às 20:04

    Se for o mesmo Jornal que fez aquela propaganda negativa sobre a Copa do Mundo na Amazônia ...

  16. Ingrid Postado em 26/Feb/2015 às 10:04

    Adoro viajar, e viajo muito sozinha, já passei por vários países da America Latina e quando as pessoas descobrem que estou viajando sozinha sempre dizem coisas do tipo " você não devia fazer isso", algumas mais sinceras dizem " Vocês ficam procurando, depois são estupradas e reclamam", serio? Eu devia mesmo parar de viajar e fazer o que gosto, deixar de conhecer o mundo ao meu redor por medo? Serio que se eu for estuprada devo ser culpada por estar viajando sozinha? O pior de tudo é que já sofri violências por ser mulher mas todas as vezes que isso aconteceu eu não estava viajando, estava no meu país, na minha cidade e no meu bairro. Aqui no Brasil ainda é muito viva a ideia de se culpar a vitima e de dizer que quem é estuprado, assaltado ou morto estava procurando. Se começarmos a escultar o que prega a maioria da população daqui a pouco não viajamos mais, não saímos mais, não vivemos. Vamos ficar em casa e gastar nosso dinheiro com "produtos femininos" e ficar esperando que alguém goze de liberdade venha nos ver.

  17. Carlos Postado em 26/Feb/2015 às 10:13

    Tem razão, hoje permitir que a sua filha saia de casa é muito perigoso, "bailes" funks lotados de criminosos e assassinos drogas a vontade, a juventude brasileira foi para o lixo e está nas mãos do crime, pouco resta a fazer a não ser manter os filhos dentro de casa e se possível manda-los para o exterior.

  18. ingrid Postado em 26/Feb/2015 às 10:23

    Desculpa Carlos, acho que não fui clara, com meu texto eu quis dizer que se você prende sua filha e impede ela de viver, não está protegendo ela, isso não adianta porque ela pode sofrer violência até quando vai a padaria, a única coisa que você está fazendo com isso é ensinando ela a ter medo, a não viver. Por favor pense duas vezes antes de achar que prender suas filhas resolve, acho que impedir alguém de sonhar e pregar o medo é uma violência tão grande quanto as outras que citei acima. Um abraço