Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 28/Feb/2015 às 13:00
30
Comentários

Cuidado com os “cidadãos de bem”, caminhoneiros

Nem vou entrar no mérito da causa dos caminhoneiros (cada um que pesquise e procure saber as razões deles – menos os “cidadãos de bem”, que já são desde já a favor, desde que a causa continue acusando o Governo Federal de algo). Mas aviso aos líderes do movimento: cuidado com o “apoio” dos “cidadãos de bem.”

direita cidadãos de bem manifestação greve caminhoneiros

Delmar Bertuol*, Pragmatismo Político

A classe conservadora do Brasil, seja pela representação de pessoas “de bem”, ou seja pelos políticos autointitulados defensores das “pessoas de bem”, ajustam o seu discurso ao sabor dos acontecimentos, das suas ideologias (que eles insistem em dizer que não têm).

No nascer das manifestações de junho, no já longínquo 2013, o grupo de “cidadãos de bem” de inicialmente se posicionou contra. É legítimo reivindicar transporte público de qualidade, diziam, mas badernas que depreciam o patrimônio público e, principalmente, o privado (tipo aquele banco que teve a vidraça quebrada e cujo dono suou muito para chegar aonde chegou) são inadmissíveis. E mais, o trabalhador (o trabalhador “de bem”, ressalte-se sempre) tem o direito de ir pra casa descansar. Portanto, nada de trancar o trânsito.

A mídia tradicional, como é tradição, comprou a indignação dos telespectadores e leitores “de bem” e noticiou os casos de vandalismo, alimentando, num círculo vicioso, a ira daqueles favoráveis a toda e qualquer manifestação, mas contrários a todo e qualquer tipo de interferência na vida alheia. Sobretudo, repito, da vida das pessoas “de bem deste País”.

Ocorre que as redes sociais trataram de desmentir as notícias de que o vandalismo era generalizado. Fotógrafos e câmeras amadores (mas com mais senso de responsabilidade que muitos profissionais) encheram a internet de imagens e vídeos provando que os arruaceiros eram minoria. A televisão não só, depois desse desmascaramento em nível viral, mudou de lado, como teve uma nota de esclarecimento da Patrícia Poeta ao vivo no Jornal Nacional. Isso é coisa que o MasterCard não compra e só se compara à leitura do direito de resposta do Leonel Brizola pelo Cid Moreira, no mesmo programa.

A mim, beirou ao patético apresentadores que num dia pediam para a polícia agir com rigor (eles queriam dizer meter o pau nos manifestantes), e no dia seguinte defender esses jovens que “estavam mudando o País.” Nesse momento os “cidadãos de bem” vestiram as suas melhores roupas e foram pra rua protestar também. Tiravam selfies estampando o cartaz que dizia que estavam ali contra tudo e contra todos. Partidos políticos, de esquerda, que começaram as manifestações foram expulsos delas sob acusação de oportunismo. Abaixo a Política! Vamos parar o trânsito para mostrarmos nossa indignação geral. E o trabalhador de bem que só queria ir pra casa descansar?

Bem, esse, pra continuar com o almejado título de “cidadão de bem”, devia ir também pra rua repudiar alguma coisa. Na falta de motivos, que repudiasse “tudo isso que está aí”.

A cada vez que tem aumento das passagens de ônibus, pipocam manifestações por todo o Brasil, sobretudo nas capitais. Houve algumas desde 2013. Em todas elas os “cidadãos de bem” não participaram. Não que sejam contra manifestações, já disse. É que se infiltram baderneiros nos movimentos, que depredam e trancam as ruas. A polícia, dizem eles, deve agir com rigor.

Pois bem, agora o País está à beira de parar devido ao estacionamento daqueles que fazem nossa economia andar, os caminhões. Como o movimento é contra algumas medidas do Governo Federal, os cidadãos de bem aderiram à causa de pronto. Os caminhoneiros trancam estradas, obrigam os colegas a aderirem e já houve casos em que cortaram a mangueira de combustível de caminhões alheios para que esses não seguissem viagem. Vandalismo? Claro que não. Uma medida necessária para o bom êxito no movimento. Para o bem do Brasil!

O que realmente querem os caminhoneiros é algo que os “cidadãos de bem” não sabem e nem fazem muita questão de saber. O que importa é que o movimento é contra o Governo Federal, e os “cidadãos de bem” são contra o Governo Federal. Querem o seu impeachment a todo custo. Não importa que o Governo cortou direitos trabalhistas (algo aceitável pelos “cidadãos de bem”), importa que mentiu em campanha eleitoral e deve ser impedido. Não importa que houve roubo na Petrobrás em outros governos, importa é que houve neste Governo e por isso ele deve ser impedido.

Eu sou muito a favor das manifestações. Elas são, amiúde, justas. E manifestações têm sim que, invariavelmente, interferir na vida das pessoas.

Nem vou entrar no mérito da causa dos caminhoneiros (cada um que pesquise e procure saber as razões deles – menos os “cidadãos de bem”, que já são desde já a favor, desde que a causa continue acusando o Governo Federal de algo). Mas aviso aos líderes do movimento: cuidado com o “apoio” dos “cidadãos de bem.” Eles são bem inconstantes.

*Delmar Bertuol é escritor, membro da Academia Montenegrina de Letras, graduando em história e colaborou para Pragmatismo Político

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Luiz Fernando Postado em 28/Feb/2015 às 14:02

    Nossa ! PARABÉNS! Agora que seus olhos se abriram só falta alargar o cérebro. ..

    • poliana Postado em 28/Feb/2015 às 21:06

      Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

  2. Thiago Teixeira Postado em 28/Feb/2015 às 14:19

    Caminhoneiros são os verdadeiros condutores da economia de nosso país, devem ser ouvido sim, e acredito que serão. Nada tem a ver com protestos coxinhas, desocupados e sem fundamentos.

    • Marlon Bravo Postado em 28/Feb/2015 às 15:00

      São cidadãos de bem com a CIA !

      • Thiago Teixeira Postado em 02/Mar/2015 às 08:59

        Se dependesse do FCH nem teria caminhões na estrada hoje, produção zero. Que saudades daquele tempo ...

    • eu daqui Postado em 02/Mar/2015 às 09:19

      Os caras sofrem babaridades nas estradas deste país sem lei.............

  3. isaac Postado em 28/Feb/2015 às 15:11

    Qualquer um que tem alguém na família ou um conhecido caminhoneiro sabe que a causa é legítima. Estradas mal cuidadas, pedágios absurdos e preço do diesel disparado. Ocorre que nossa presidente, por ser muito ruim de diálogo, não consegue alcançar uma solução. Falta jogo de cintura. Lula é mil vezes melhor que ela. Como resposta estão recebendo a PRF em cima e multas absurdas por hora que ficarem parados. Ou seja, tua condição de trabalho está uma merda, mas tu és obrigado a trabalhar. Isso não é atitude de um partido que é conhecido pela causa trabalhista.

    • poliana Postado em 28/Feb/2015 às 21:03

      N se preocupe moço. Em 2018, lula estará de volta!

      • Beto Postado em 01/Mar/2015 às 17:23

        Então durante 4 anos devemos aguentar calados pq o lider populista que apoia esse governo do qual tanto se critica vai se eleger novamente!? Parabéns eu votei na Dilma no 1ª mas não sou burro o suficiente para me manter alienado tanto tempo!

      • Thiago Teixeira Postado em 02/Mar/2015 às 12:26

        Esse governo chama-se PT. E o ex-presidente Lula foi fundador e é presidente de honra do partido caso você não saiba. E quem tanto critica são os coxinhas sul-suldeste-centro oeste, vai lá conversar com o "zé povão" no interior do Piaui, Maranhão, Pará para ver o que eles acham da gestão. "Zé Povão" aqui no Brasil ainda são maioria.

    • poliana Postado em 28/Feb/2015 às 21:04

      Naro...vc tava sumido...

    • João Paulo Postado em 01/Mar/2015 às 21:03

      A principal causa não são as estradas mal cuidadas (nunca estiveram tão boas), pedágios ou preço do diesel. A verdadeira causa vem desde 2012 quando houve uma série de limitações à direção irresponsável (vide Lei 12.619/2012), oportunidade na qual ficaram mais de 10 dias em paralisação. O fato é que caminhoneiros querem dirigir 24 horas por dia, ininterruptamente, e à base de medicamentos, a fim de ganharem tempo em detrimento da vida humana (principalmente a deles próprios).

      • João Paulo Postado em 03/Mar/2015 às 00:21

        Passei recentemente pelo norte de Minas (Belo Horizonte - Montes Claros - Brasília). Um tapete para o que era há alguns anos. E queira ou não, no geral, as estradas estão melhores. No mais, eu trouxe o principal argumento da greve (direção irresponsável e incômodo com a fiscalização), que você prefere ignorar.

    • eu daqui Postado em 02/Mar/2015 às 09:21

      Pt já naõ é trabalhista há muito. Quem turbina a impunidade é banditista, e não trabalhista.

    • Junior Postado em 02/Mar/2015 às 11:55

      Cara, a multa é para quem obstrui a estrada, todos nós estamos sujeitos a ela, e não para quem quiser ficar parado. E o tal protesto "pacífico" já teve homicídio e tentativa de homicídio aqui no Sul, por conta de uma minoria que quer obrigar o trabalhador a ficar parado na estrada. Me diz o que você faria se fosse autônomo, ganhasse por hora de trabalho e um bando de capangas comandados por empresários coxinhas te obrigassem a ficar parado por uma semana longe da tua casa??

  4. MARIA Postado em 28/Feb/2015 às 19:54

    MANIFESTAÇÕES E REIVINDICAÇÕES SÃO VÁLIDAS, MESMO PORQUE SEMPRE QUE SE REIVINDICAMOS E PROTESTAMOS, SOMOS ATENDIDOS! CERTO? (SERÁ QUE PODEREMOS MANIFESTAR E REIVINDICAR SE OUVER IMPEACHMENT?),MESMO PORQUE NÃO EXISTE 3 TURNO ABERTO AO POVO! ELES "PARLAMENTARES" IRÃO ESCOLHER POR NÓS! E PONTO.

  5. Luiggi Postado em 01/Mar/2015 às 11:08

    Estive em SC esta semana, mais exatamente no meio-oeste e vi o seguinte: líderes políticos do PSDB e outros partidos de direita fomentando a paralisação e atacando pessoas na rua para "doutriná-las" em relação ao "caos do governo Dilma". Ninguém tá nem aí com as necessidades reais dos caminhoneiros o movimento está sendo usado para alavancar o impeachment da presidenta. As multas determinadas pela justiça não estão surtindo efeito e os caminhoneiros, insuflados pela PSDB e órgãos de classe (CDL, maçons infiltrados, etc.) desafiam a justiça e não desbloqueiam as estradas. Se estão fazendo um movimento de reivindicação tendo como bandeira o preço do óleo diesel e os preços dos fretes - cujas centrais só repassam 30% aos caminhoneiros - então como é que eles pagarão as multas de 10 mil reais por hora? É claro que estão sendo engambelados pelo movimento fascista e supra partidário golpista, que são os que realmente estão sendo financiados por dinheiro grande que está vindo de fora, pois estes grupos se dão ao desfrute de fechar o comércio por duas horas numa tarde para fazer concentrações populares em praça pública e carreatas pela cidade, e falam aos 4 ventos que o desabastecimento é um mal necessário para apear o PT do poder e que se morrer alguém nos hospitais por falta de remédios ou condição de trânsito, estes serão os mártires do Brasil livre. Mártires porque não é na bunda deles que vao doer, né? A questão virou manipulação dos caminhoneiros tolos e muitos empresários que compram carretas para não ter que pagar tanto IR e as deixam paradas em depósitos, estão usando-as para as carreatas e nada se vê de reivindicações do movimento, só o "fora Dilma". Onde está o serviço secreto da PF e o ministério da justiça que não prende e processa estes agitadores ou será que a lei de segurança nacional não vale mais?

    • Silva Postado em 02/Mar/2015 às 16:55

      Já pensou em virar escritor de ficção científica?

  6. beto Postado em 01/Mar/2015 às 17:07

    Sinceramente a mim quem parece desinformado ou mal intencionado sãp voces do PP, se soubessem o apoio que as "pessoas de bem" dão a estes motoristas desde levar água, comida e até mesmo o apoio moral se calariam e desta vez deixariam o oportuinismo de lado pela causa muito maior que a sociedade brasileira de bem está lutando para conquistar!

    • Thiago Teixeira Postado em 02/Mar/2015 às 12:30

      Espero que você seja honesto para entrar no site do G1, Uol, iG e veja e fazer essas criticas agressivas, e quero ver se esses site também serão corajosos e bem intencionados para publicá-los.

  7. Silva Postado em 01/Mar/2015 às 17:34

    Enquanto isso no mundo real (aquele em que o PP e seus seguidores insistem em ignorar): Previsão para o PIB em 2015 é de -0,5% de acordo com a pesquisa Focus, superávit primário de 10,4 bi em Janeiro ante 13,03 bilhões em Janeiro de 2014, queda de 5,44% na arrecadação de Janeiro, inflação em 1,24% em janeiro, maior taxa mensal desde 2013, taxa de desemprego passou de 4,3% em dezembro para 5,3% em janeiro, perda de 81 mil vagas de emprego formal em janeiro, dólar disparou e retomou para o maior patamar em mais de 10 anos, déficit de US$ 4,95 bi na balança comercial, queda na confiança do consumidor (mínima recorde na série iniciada em setembro de 2005), queda na confiança do empresário (menor valor desde janeiro de 1999), corte no PAC de 23,7%, aumento de 150% nas alíquotas pagas pelas empresas sobre a receita bruta referentes à contribuição previdenciária e conta de luz 23,4% mais cara a partir de deste mês (aumento de 83,33% na bandeira vermelha). A tendência é piorar, tudo isso graças à cegueira tanto por parte da presidente para se reeleger a qualquer custo (custo esse que nós teremos que pagar), quanto por parte dos ministros que sustentaram a mentira da presidente dizendo que estava tudo bem.

    • Thiago Teixeira Postado em 02/Mar/2015 às 12:31

      Ctrl+C e Ctrl+V da onde? Do blog do Merval?

      • Silva Postado em 02/Mar/2015 às 16:48

        Você ao menos tentou buscar a fonte das informações ou apenas escreveu a primeira coisa que veio no que restou do seu cérebro?

  8. Heloísa Coellho Postado em 01/Mar/2015 às 19:56

    Geralmente as pessoas "de bem", são as que são "de bens", mas eu prefiro seus frequentes oponentes, as pessoas "do bem".

  9. Rodrigo Postado em 01/Mar/2015 às 22:15

    (Outro Rodrigo) "Nem vou entrar no mérito da causa dos caminhoneiros..." Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  10. Pereira Postado em 02/Mar/2015 às 08:51

    Todos coxinhas de classe média !!!! Esses caminhoneiros golpistas !!!!

  11. Pereira Postado em 02/Mar/2015 às 08:55

    Lá no plananalto a governanta treslocada ouve black block, arruaceiros , os invasores e depredadores do MST, os invasores de propriedade alheia do MTST, feministas histéricas dos peitos murchos, milicianos e gays mal educados . Agora ouvir os trabalhadores dos caminhões nem pensar né !!!! Eles não são dos chegados !!!

  12. Pereira Postado em 02/Mar/2015 às 12:25

    "Me diz o que você faria se fosse autônomo, ganhasse por hora de trabalho e um bando de capangas comandados por empresários coxinhas te obrigassem a ficar parado por uma semana longe da tua casa??" Tá bom, quando os baderneiros pagos do MST , MTST , PSTU, PCO , CUT entre outros fecham o metrô e ruas de são paulo e invadem propriedade alheia ta tudo bem.

  13. George Postado em 02/Mar/2015 às 12:56

    cidadão "de bem" no Brasil = 99,99% corrupto, bandido, hipócrita.

  14. João Brasileiro Postado em 02/Mar/2015 às 16:20

    Recomendo que se coloque um aviso bem grande no título desse artigo: "ESSE TEXTO CONTEM IRONIA". Caso contrário, vai ter muito "cidadão de bem" que entenderá tudo às avessas...