Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 19/Jan/2015 às 19:19
62
Comentários

Rachel Sheherazade defende fuzilamento do brasileiro Marco Archer

Ao comentar fuzilamento do brasileiro Marco Archer, apresentadora Rachel Sheherazade se referiu à Indonésia como "um país sério" e criticou tentativa de Dilma de negociar suspensão da execução

rachel sheherazade marco archer
Ao comentar fuzilamento do brasileiro Marco Archer, Rachel Sheherazade se referiu à Indonésia como “um país sério” (Pragmatismo Político)

Em mais um comentário polêmico, a apresentadora Rachel Sheherazade, conhecida por suas posições conservadoras, defendeu nesta segunda-feira 19, na rádio Jovem Pan, a condenação à morte do brasileiro Marco Archer, fuzilado por determinação da Justiça da Indonésia no último sábado 17.

VEJA TAMBÉM: O jornalista que conviveu 4 dias com Marco Archer

Ela disse que, se fosse preso no Brasil, Archer “seria acolhido pela condescendência do nosso Código Penal. Mas, deu azar de ser flagrado num país sério, onde a Justiça dá o exemplo: aqui se faz, aqui se paga”.

Rachel Sheherazade criticou ainda a reação de movimentos, segundo ela, “ditos humanitários contra a morte dos traficantes” e disse que “Dilma pode até fazer cara feia, bater o pé e mandar voltar o embaixador. Mas não tem poder de interferir na decisão judicial de outro país”.

Feliciano e Maria do Rosário

Marco Feliciano (PSC) e Maria do Rosário (PT) têm posições diferentes também sobre o brasileiro Marco Archer. Maria do Rosário escreveu ontem em seu Twitter que Archer não era herói, declaração que foi chamada de “cruel e estúpida” por Feliciano na manhã desta segunda-feira, 19.

“Fosse eu a falar a mesma coisa e o mundo petista nos executaria também. (…) Esquerdopatas são assim, ambíguos, maquiavélicos, cruéis, mentirosos, falsos, arrogantes e insolentes”, escreveu Feliciano.

Ontem, Maria do Rosário havia escrito que era contra a pena de morte e a execução, mas que Archer não deveria ser tratado como herói. “Fui contra execução. Sou contra pena de morte. Mas que interesse há para onde as cinzas serão levadas no Brasil? O sujeito não era herói, era traficante”, escreveu a ex-ministra dos Direitos Humanos.

com Extra e 247

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Pedro Postado em 19/Jan/2015 às 19:22

    Poxa, eu sempre quis a chance de dizer algo assim: "A Indonésia é um pais sério, entao vah para a Indonésia Rachel!" Essa mulher nao é uma pessoa inteligente. A Holanda na cabeça dela "nao é séria".

    • Otoni Postado em 20/Jan/2015 às 08:38

      Opa! Concordo com ela no ponto de vista da Indonésia por cumprir com a lei que a vigora ok! Aqui é o Brasil lá é a Indonésia e a lei lá tem que ser respeitada como aqui (só que aqui é balela) ou não é brasileiro para saber disso?

      • Barbara Postado em 21/Jan/2015 às 11:43

        Otoni, na Indonesia as pessoas nao respeitam lei nenhuma. O governo indonesio usa as execucoes de traficantes de outros paises para negociar seus interesses. A policia eh orientada a parar estrangeiros e turistas, enquanto criancas se prostituem, vendem maconha e cocaina e andam de moto sem capacete sob a vigilia deles mesmo. Estive la e nao citaria a Indonesia como pais serio em nenhuma frase, pq eh simplesmente fora da realidade.

    • Paulo Franca Postado em 20/Jan/2015 às 11:16

      O problema é que as pessoas às vezes se comportam como se fossem donas da Verdade. Se a Indonésia fosse um país sério, o governo deles não estaria pedindo clemência à Arábia Saudita (a mesma negada por eles 6 vezes ao Brasil), por uma mulher que matou e roubou a sua empregadora e que está no corredor da morte por causa disso. Não tenho nenhum respeito por eles.

      • elda soares de almeida Postado em 20/Jan/2015 às 17:50

        é verdade . e a prostituição e pedofilia lá corre solto.a Indonésia é tão séria que aprisiona Macacas e as torna escravas sexuais em cabarés, me poupem!

    • Emilio Postado em 20/Jan/2015 às 12:42

      Sinceramente eu acho que ela não acredita em seus textos. Acho que nenhuma pessoa seria tão estúpida. Apenas o faz pela audiência. Antes de virar a queridinha dos reaças ganhava 20 mil por mês e agora ganha 300 mil. Pra mim é por aí

  2. Jonas Schlesinger Postado em 19/Jan/2015 às 19:52

    kkkkk é pior do que o Brasil na corrupção. Agora, mudando de assunto, a Dilma tem que se manifestar a favor dos cristãos brasileiros no Niger. Eu sou contra a pena capital e fui contra a execução do cara, mas a Dilma só se manifestou nesse caso, por isso ela é muito criticada.

    • Carina Pereira Postado em 20/Jan/2015 às 09:09

      Concordo em tudo com você. Acho que o assunto é tocante sim, ainda mais se tratando da vida humana, independente dele ser traficante ou não. Aquele País tem leis diferentes das nossas e acho que Dilma como chefe de Estado se manisfestou corretamente, ela se manifestou a favor da vida, e da vida de um dos nossos.

  3. Jonas Schlesinger Postado em 19/Jan/2015 às 20:09

    A Excelentíssima senhora Presidenta Dilma Vana Rousseff (ta bom ou quer mais, pq meu comentário foi apagado, então...) deveria se importar tbm com os brasileiros lá no Níger. Ok, o traficante era brasileiro e tals, mas a pres. deveria ser mais imparcial. Boa tarde.

  4. enganado Postado em 19/Jan/2015 às 22:08

    Perguntem a essa Pedestal de Sabedoria o que faria com o riquinho que desse calote como o Silvio Santos de ao falir o seu banco? Lembram-se? Mataria também? Esse judeus pensam que todos nós somos PALESTINOS que eles assassinam (crianças, mulheres, velhos, homens) a qualquer hora do dia e ao seu bel prazer e ainda os chamam de terroristas. E os PROTOCOLOS ... hein!

  5. André Anlub Postado em 19/Jan/2015 às 22:36

    Sinto o cheiro vil do oportunismo recalcado. Gás do riso!

  6. NILTON BR Postado em 19/Jan/2015 às 22:39

    A rejeição ao pedido de anistia feito pela Presidente em favor do traficante brasileiro de drogas soma-se à declaração do diplomata israelense - referiu-se ao Brasil como “anão diplomático - ambas indicam o baixo prestígio atribuído ao nosso país pelas demais nações. Trapalhadas como o acolhimento do terrorista Cesare Battisti, o perdão à dívida de países africanos e o alinhamento com o Irã, país banido pela comunidade internacional, fazem parte de uma política externa desastrosa que, além de produzir prejuízos financeiros, como no caso da refinaria da Petrobrás nacionalizada pela Bolívia, enxovalha a tradição da diplomacia brasileira.

    • marcia Postado em 19/Jan/2015 às 22:59

      Então a Holanda também é um "anão diplomático"? "Holanda repete Brasil e chama embaixador na Indonésia após fuzilamento Assim como Dilma Rousseff, rei da Holanda se envolveu pessoalmente nos trâmites para tentar evitar a execução de um dos cinco estrangeiros fuzilados no sábado na Indonésia"

    • Antonio Postado em 20/Jan/2015 às 01:17

      "Tradição" de prostrar-se de quatro perante nações poderosas, como foi com FHC que acabou com nosso país...

    • Ricardo Postado em 20/Jan/2015 às 14:01

      O que faz um país anão ou não é a sua postura, e não seu alinhamento ou influência. Engraçado ver "cristãos" pregando a morte e portando-se como os vendilhões do Templo...

      • Dário Fausto Postado em 20/Jan/2015 às 15:20

        Ricardo, falou tudo camarada! A metáfora é essa mesma.

    • Wiliam Oliveira Postado em 20/Jan/2015 às 16:42

      É Nilton, o Brasil foi chamado de "anão diplomático" por um anão pertencente à hierarquia do Estado Judeu; talvez o certo seria botar uma faca no pescoço dos presidentes dos países africanos e cobrar dívidas financeiras e esquecer a dívida humanitária que temos com aqueles países; sobre o Battisti, pagamos o preço, pois o Pizzolatto não foi extraditado pra cá; sobre o Irã, por que ele foi banido mesmo? Enfim, talvez a Dilma tenha errado em trazer de volta o representante da nossa diplomacia naquele país. Agora, sobre os pedidos feitos para preservar a vida daquele homem, o governo cumpriu o seu papel.

  7. Grey Postado em 19/Jan/2015 às 22:54

    A opinião da Maria do Rosário e a minha são idênticas nisso viu. Odeio a pena de morte, mas ficar fazendo bandido de herói é uma idiotice.

    • Eduardo Postado em 20/Jan/2015 às 01:47

      como diria o Chaves.... Isso isso isso....

  8. Rafael Martini Postado em 19/Jan/2015 às 22:57

    Porta-voz de um senso comum hipócrita e moralista, era de se esperar que aplaudisse o desfecho do episódio. Seria surpresa se ela se pronunciasse contrária a tamanha desproporcionalidade. E se dizem cristãos...

  9. Matheus Magalhães Postado em 19/Jan/2015 às 23:06

    Até a Maria do Rosário anda bandeando pelas terras perfumadas da coxinholândia... Posição de um esquerdista é denunciar a intransigência e cinismo de um Estado que estigmatiza ALGUMAS drogas e não mistificar a figura do traficante que só existe porque existe demanda e porque o Estado trata de violentar a liberdade do cidadão.

    • H. P. Sarnath Postado em 20/Jan/2015 às 00:02

      Explique a "estigmatização" para o presidente da Indonésia. O seus ideais profundos sobre as drogas passam por um complexo sistema, e em uma situação diplomática, você não tem tempo pra denunciar a "triste situação do cidadão esquerdista de ideologias superiores" que tem a "liberdade" violentada. O traficante "mistificado" só existe pela demanda? Só? Já não é o suficiente pra causar prejuízos em uma sociedade? E não se iluda com as "bandas da coxinholândia", porque o posicionamento entre direita e esquerda pode mudar, mas a imbecilidade e impotência de ambas as partes pra resolver problemas na sociedade é a mesma. A diferença entre o pessoal da esquerda/direita que vive de briguinhas e duas crianças birrentas, é que as crianças ainda têm a chance de se desculpar e irem brincar juntas.

  10. yara xavier Postado em 19/Jan/2015 às 23:08

    Não sei porquê vocês dão voz para esta imbecil.

    • Eduardo Postado em 20/Jan/2015 às 01:49

      voz e imagem... ela é tipo aquele deputado de saias... fala um monte de barbaridade para ter flashs, e consegue... vamos esquece-la, quando o controle remoto foi inventado foi pensando nestas coisas que nos aborrece e tentam nos tirar do sério.......

  11. Helena Postado em 19/Jan/2015 às 23:15

    Respeitar as leis de cada pais. Simples assim. Esse traficante sabia que haveria pena de morte caso fosse preso e mesmo assim desafiou. Um cara que não sabia o que era trabalho vivia do trafico urgias e por ai afora..... Teve o que merecia. Lamento a Presidenta ter seanifestado a seu favor. Ainda bem que seu pedido não foi aceito. Errou tem que pagar. Ele errou feio e pagou com a própria vida. Lamento pela familia.

    • Ricardo Postado em 20/Jan/2015 às 14:05

      Proponho uma lei que torna criminoso quem tem "H" no nome, punível com pena de morte.

  12. vilmar Postado em 19/Jan/2015 às 23:39

    é só a opinião dela, todos nós temos o direito de expressar o que pensa, dentro do limite é claro... e ela não ultrapassou o limite em nenhum momento, falou simplesmente a verdade.

    • Vinicius Postado em 20/Jan/2015 às 00:42

      Seja mais original, esse clichê não cola mais.

    • Eduardo Postado em 20/Jan/2015 às 01:53

      ...é realmente um país muito sério... o condenado a troco de propinas e molhar de mãos e comidinhas exóticas tinha mordomias na prisão.... o demonstra que a implacabilidade com o crime não era tão séria assim.... Li tudo isto por aqui mesmo em outra matéria, onde o jornalista diz que a mãe dele dormia na cama dele quando o visitava na cadeia... muito sério mesmo aquele país.....

  13. Marco Postado em 19/Jan/2015 às 23:50

    A essa hora, o Aécio já teria sido executado,

    • Igor Postado em 20/Jan/2015 às 09:59

      Era tudo que vc queria, não é mesmo seu fascista?

    • Igor Postado em 20/Jan/2015 às 10:04

      A opinião da Rachel Sheherazade não difere da maioria dos que comentam aqui. Basta acessar as outras matérias que falam sobre Marcos Archer e ler os comentários. Um mais ridículo do que o outro. Já a Maria do Rosário perdeu a chance de ficar calada. Sério, que comentário desnecessário. Parece a fala de um coxinha.

  14. Junio Postado em 19/Jan/2015 às 23:53

    Gente, deixemos de ser mesquinhos, a presidenta se posicionou diante das proporções que o caso tomou... e não pelo caso em especial, pensem, qual seria a resposta a famosa frase "e você presidenta, o que acha?", como chefe de estado, e NÃO COMO PESSOA, Dilma teria de defender o Art. 5º da constituição vigente, onde garante que nenhum brasileiro será submetido a tortura, prisão perpétua ou pena de morte, simples assim! Nossa política externa está engatinhando? É óbvio que sim, mas eu ainda prefiro fazer negócio com chineses, bolivianos e iranianos do que continuarmos como depósito de quinquilharia americana! E essa jornalistazinha, deveria fazer o mesmo, separar o pessoal do profissional e guardar as asneiras que ela fala só pra ela, assim não instaria o ódio como adora fazer. Para o caso de Marco Archer, sou Analista de Sistemas, não sou presidente, e nem tão pouco jornalista, por isso sou favorável ao desfecho que o caso tomou! Se a Dilma falar que chocolate é bom, muita gente passará a odiar chocolate! Ridículo.

    • Eduardo Postado em 20/Jan/2015 às 01:54

      ela bem que poderia dizer que gosta dos tucanos, quem sabe sua afirmação seja verdadeira e acorde os salgadinhos........

    • vanderlei Postado em 20/Jan/2015 às 08:58

      Coca cola , iphone, chevrolet,mcdonalds, mastercard, pepsy, produtos da disney,facebook,twitter, iphod, sony, filmes de hollywood,bolsas de valores enfim tudo isso y muito mais sao as quinquilharias q os americanos tem para oferecer ao brasil caro junio diz pra mim o q o brasil tem de melhor para ser vir ao proprio brasileiro deixa de ser otario cara vc n passa de um grande idiota

      • Junio Postado em 20/Jan/2015 às 14:37

        O cara cita um monte de marcas, não produtos, simples marcas e o otário sou eu.... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk... mas falando sério, caro Vanderlei, em outubro passado, estive em Boston para participar de um evento da IASB (procure no Google, não tenho tempo pra explicar) direcionado à contadores brasileiros, a fim de convergir a divulgação de demonstrações americanas e brasileiras. Obviamente, tive que levar a família pra New York, até pq não tinha grana pra ir pra Orlando! E te digo meu caro, nunca na história desse país, nossos reias foram tão bem vindos naquele lugar! Nunca brasileiro foi tão paparicado em NY, aliás, até funcionário que fale português vc encontra nas principais lojas da 5ª... quando eu digo quiquilharias, vc com seu pobre intelecto e pouca memória recente não deve saber/lembrar-se que na mesma época da internet discada, enquando americanos assistiam seu laser discs e DVDs, aqui no Brasil sua mesma querida Sony, lançava o maravilhoso VCR de 6 cabeças, a Chevrolet começara a produzir o Celta como um carro de luxo... hj, graças a recente politica nacional, temos produtos lançados simultaneamente nos USA e no Brasil... hj as IFRS (procure no americano Google) são flexionadas para atender as nossas normas... mas já perdi muito do meu tempo nessa resposta

  15. Armando Postado em 20/Jan/2015 às 00:00

    Passarinho que come pedra...

  16. anonimo Postado em 20/Jan/2015 às 00:12

    Quem dá opniao tem que ouvir opniao ! nao falem das opnioes ...Dilma ...Rachel... ambos seres humanos tentando expressar razao . O caso de Marco seguiu bem conforme o esperado...nao é um pais onde funcionam as leis... é um pais de regras e regras tem de ser cumpridas ...simples assim! A partir do momento em que entro na casa de alguem tenho q ter a noçao de que la sao regras diferentes , pois nao é minha casa. As drogas estragam e apodrecem qualquer pais ! Apoiei a Indonésia e acho que a Dilma também apoiou como pessoa ! Mas como presidenta teve de fazer a "cena".

  17. Estela Postado em 20/Jan/2015 às 00:25

    A opinião de Raquel é tão óbvia quanto a de qualquer idiota. Quem é que não sabe que Dilma não pode mudar as leis de outros países? Idiota ao cubo essa Raquel, que já teve minha admiração, mas, hoje....

  18. Jetesd Postado em 20/Jan/2015 às 00:39

    Criticam a Dilma por ter pedido clemência e exaltam o presidente da Indonésia por matar, mas ninguém critica o mesmo por pedir clemência... para a Arábia Saudita. http://oglobo.globo.com/brasil/indonesia-pede-clemencia-para-condenada-na-arabia-saudita-15080022

  19. Vinicius Postado em 20/Jan/2015 às 00:46

    Novidade..., essa "jornazista" chechelenta só diz coisas repugnantes. Pior que se diz Cristã, muita hipocrisia!!

  20. maria do carmo Postado em 20/Jan/2015 às 07:25

    Sou contra a pena de morte, mas no Brasil vivemos a pena de morte diariamente, mas não pelo governo mas sim pelos traficantes. Eles decidem quem vai morrer a maneira como isso vai acontecer ou fuzilado ou torturado. Isso acontece em todo Brasil na cara de todos diariamente e não vejo o governo fazer nada contra isso pelo contrario cada dia a coisa fica pior,eles matam e quando são presos a nossa leia permite que sejam soltos. Estão armados até os dentes, tocam balas em qualquer lugar, quantas crianças mortas com balas perdidas. Vamos cair na real deixar de ser hipócritas.

  21. Elizabeth Postado em 20/Jan/2015 às 07:38

    Será que tem algum norte americano no corredor da morte? O aviso está na entrada do aeroporto! Quem avisa amigo é! O Brasil não tem nenhuma credibilidade lá fora, não sou eleitora da Dilma mas acho que ela cumpriu sua "obrigação" enquanto chefe de estado, mas de fato as coisas aqui tomam proporções desastrosas a ponto de transformar um marmanjo vagabundo, um destruidor de vidas e famílias, (sim pois traficante é isso mesmo e não adianta dizer que é porque tem demanda, pois eles fazem a demanda, aliciam adolescentes e jovens nas portas das escolas) em herói aí já é demais neh! Que interessa mesmo saber para onde vai as cinzas dele, que vá para o quinto dos infernos, um a menos mesmo e quem o defendeu do verbo já era, esse sim é hipócrita! Dois pesos e duas medidas, cada um julga conforme sua conveniência!

    • Moacir Postado em 20/Jan/2015 às 13:50

      Já que vc tem esse discurso totalmente anti drogas, creio que não deve fumar cigarro, nem tomar uma cervejinha no fim de semana, mto menos tomar um calmantezinho pra dormir ou um advil para tirar a dor de cabeça, né? Existe demanda SIM! Nunca no mundo houve sociedade que não utilizasse de drogas como forma de recreação. Deixe de ser hipócrita e entenda que o problema eh mto mais complexo do que "o traficante que alicia na porta da escola"... Quanta baboseira somos obrigados a ouvir....

  22. Thiago Teixeira Postado em 20/Jan/2015 às 08:39

    Jornalista golpista confunde presidente da república com o síndico do condomínio deles (as). Para eles (as), é tudo a mesma coisa e merecem o mesmo tratamento.

  23. Renato Z Postado em 20/Jan/2015 às 09:05

    O Moralista imoral brasileiro é uma peça tão rara que deveria ser estudado pela Nasa, como pode ser contraditório em tudo o que defende? Brasileiro entra em pais estrangeiro com pouco mais de 13 Kg de Cocaína é condenado a morte e todos os aplausos a tal ato, já em nosso território, entra-se com meia tonelada e o que eles fazem???? Nada! Só faltou coloca-lo na presidência.

  24. Venerice Lacerda Postado em 20/Jan/2015 às 09:05

    O que devemos discutir não é o caso em si, e sim as concepções que estão pir detrás. Falar em pena de morte não é falar em justiça, e sim em crime institucionalizado. Buscar garantir a vida não significa fazer apologia à impunidade. Oportunismos politqueiros à parte; essa é uma questão ontológica.

    • Ricardo Postado em 20/Jan/2015 às 14:11

      Nem perde teu tempo. A maioria nem entendeu o que vc escreveu.

  25. edemilsom Postado em 20/Jan/2015 às 09:10

    por que se diga que não, no brasil existe pena de morte sim. Porem, só para pobres. não consigo entender como o povo consegue ser tão submisso as penas de mortes imposta pelos nossos governantes aos mais pobres. Possivelmente quem protege esse regime que ai esta ou é louco, ingênuo ou conivente no minimo. O povo esta no corredor da morte e todos os dias muitos são executados pela omissão dos nossos governantes. Agora estão todos contra a punição imposto a um bandido, traficante, que merecidamente recebeu sua punição. O brasil é comandado por bandidos, traficantes, e povo ainda fala em favor destes como se fossem de uma nação de pessoas livres. o povo passa fome, fica aguardando a morte nos corredores de hospitais brasileiros e ninguém fala nada. Alguém já visitou os corredores da morte no brasil ? já presenciou quantas pessoas morrem todos os dias porque estão condenadas a morte. DILMA, por favor , o povo pede clemencia. tirem eles do corredor da morte. olhe pelo povo trabalhador, que luta pelo sustento seus sustento e doas seus familiares. Na peça clemencia para traficante e bandido para apenas fazer média perante as outras nações. Bandido bom é bandido morto. Todos os dias nos deparamos com famílias sendo destruídas pelos traficantes que matam simplesmente pelo prazer de matar em nome das drogas. Cada os direitos humanos que não estão nos lugares onde realmente deveriam estar defendendo as pessoas de bem e não traficantes e bandidos. PARABÉNS para a INDONÊZIA.

  26. Valdivino Francisco de So Postado em 20/Jan/2015 às 09:48

    Ainda tô que ler toda essa enxurrada de comentários .Bom se pode falar besteira aqui vou eu. Não concordo com a pena de morte por ser cristão. Porém as vezes vemos atitudes tão cruéis de determinados bandidos que por instantes ddeixamos escapar pensamentos de vingança . Isso não leva a nada . A vingança . Se pregamos o perdão e acreditamos no arrependimento devemos nos guardar do ódio do sentimento de vingança que nos torna igual ao ser cruel que queremos castigar. Archer foi infeliz em uma de suas incursões de tráfico num país que pune tal crime com pena de morte. Devia ter medido as consequências. A Dilma foi infeliz em sua tentativa porque não usou de bom senso antes de rtomar essa postura . Tem gente que diz que nãoddá nada uma tonelada de pó no Brasil .sabe uma tonelada pode não dá e dez gramas pode desgraçar uma vida .sw a presidente quiser fazer uma ação digna que lute para acabar com a morte de centenas de milhares de brasileiros que morrem por ano no Brasil na guerra contra o narcotráfico . Minha indignaçãoe porque os que aqui mmorrem não são jjulgados e condenados e nem sabem que a pena por tráfico pode ser a morte. Como acontece na Indonésia. Aqui é assassinado as escondidas ou até com holofotes em incursões cinematográficas nos morros.e morrem além de traficantes velhos e crianças com balas perdidas.assaltante no Brasil pega sete anos .traficantes pegam dezessete.uns são mortos outros idolatrados tem. Traficante levando vida de Rei e tem traficando vendendo pra usar .Vamos buscar soluções tem traficante sendo morto e traficante mandando matar. O que faremos?

  27. Walter Postado em 20/Jan/2015 às 10:05

    Essa Sacripanta só fala besteira tá dando ibope pro senhor Silvio Santos tá bom , gente hipócrita onde confundem presidente da república com bandido apoio a regulamentação da mídia para que se formem jornalista e não sacripantas.

  28. Antonio Palhares Postado em 20/Jan/2015 às 10:21

    Este cara realmente não é um heroi.Não fêz bem algum ao Brasil. Achou que se daria bem. Não é poque sou socialista, que seja pró traficante. Este caso vai trazer muita reflexão.

    • Felipe Peters Berchielli Postado em 20/Jan/2015 às 13:29

      Mas alguém disse que ele era herói? Quem é herói? O presidente de uma empresa de cigarro?De bebidas alcolicas?De refrigerante?De alimentos com substancias cancerigenas? Isso é capitalismo baby,todo mundo tenta tirar o seu de alguma forma,essa é a hipocrisia da sociedade e da guerra as drogas,ele não era herói mas não merecia esse fim.

      • Carlos Postado em 20/Jan/2015 às 17:19

        Não confunda donos de empresas com traficantes, bandidos são bandidos é completamente diferente querem viver fácil sem trabalhar se necessário matando, parecidos com nossos políticos.

  29. Felipe Peters Berchielli Postado em 20/Jan/2015 às 12:26

    Indonésia país sério? HUAEUAEHAEHAEHUAEHUAEHEAHAEUAEHUAEHUAEHUAEHUEAHUAEHUEHUAEHUAEHUEHUA

    • Junio Postado em 20/Jan/2015 às 14:51

      Seríssimo principalmente quando tentaram dizimar a população do Timor Leste pra ficar com toda a ilha... fica o aviso aos brasileiros que quiserem visitar a indonésia, comprem muitos dentes de ouro, mas não levem CDs de sertanejo universitário na mala, pois já viram que qualquer um que entre com drogas lá será condenado a morte!

  30. luis Postado em 20/Jan/2015 às 17:15

    Essa Rachel Cheira Azedo sempre na contramão da história!!! Ela devia ter dado essa opinião em 2013, quando o pastor-coxinha Feliciano, então presidente da comissão de direitos humanos, pedia clemência à Indonésia e o PT e os movimentos sociais (como sempre, com razão) não davam a mínima. Agora que a situação se inverteu e o PT e os movimentos sociais (como sempre, com razão) querem clemência para o "bandido" (só é bandido porque infringiu a lei. Fossem as drogas legalizadas, seria um empresário qualquer) ela dá sua opinião só para ficar contra o PT e os movimentos sociais (como sempre, com razão). Espero que dá próxima vez ela acerte o "timing" (desculpe o anglicanismo canalha) e dê sua opinião quando ela estiver em concordância com o PT e os movimentos sociais (como sempre, com razão).

  31. Deisi Postado em 20/Jan/2015 às 17:18

    A Sherazedo é uma legítima representante cristã evangélica, mas não consegue entender o mandamento maior de Jesus que é o amor. Uma hipócrita que acha que se ganha o céu com a partilha do dízimo, não precisa mais nada. Digna de pena!

    • eu daqui Postado em 21/Jan/2015 às 14:57

      E o mandamento maior do nazipetista é o amor mas só pelos criminosos.............

  32. Luciano Postado em 20/Jan/2015 às 20:29

    Sou contra a pena de morte... Por mim, poderiam matar sem pena mesmo!...kkkkkkkkkk Bandido bom é bandido morto!

  33. MARIA Postado em 21/Jan/2015 às 11:30

    ESSA E MAIS UMA " NEO-CRISTÃ", QUE CONCORDA COM LEIS COMO: OLHO POR OLHO DENTE POR DENTE, POQUE ESQUECEU COMPLETAMENTE DA NOVA ALIANÇA QUE É CRISTO! É SÓ O AMOR, É SÓ O AMOR... TENHO PENA DA SEGUIDORA DO MALAFAIA E BANDO.

  34. Ricardo Postado em 21/Jan/2015 às 17:38

    Dane-se a Indonésia, sua corrupção e suas leis. Dane-se presidente Dilma e sua tentativa de intervir em favor do Archer. Ele teve o que buscou, pagou prá ver e viu.