Redação Pragmatismo
Compartilhar
América Latina 23/Jan/2015 às 10:14
33
Comentários

Por que Dilma escolheu a Bolívia e rejeitou a Suíça?

É fácil entender por que Dilma rejeitou o “sagrado” Fórum Econômico Mundial nos Alpes suíços para comparecer à posse do presidente reeleito Evo Morales, no altiplano da Bolívia

dilma posse evo morales bolívia
Além de Dilma, a posse de Evo Morales na Bolívia foi prestigiada por outros líderes mundiais e sul-americanos, como Tabaré Vázquez (sucessor de Mujica no Uruguai), Nicolás Maduro e Rafael Correa

Paulo Nogueira, DCM

Uma das tolices que estão sendo propagadas pelos suspeitos de sempre é que Dilma cometeu um desatino ao optar por ir à posse de Evo Morales na Bolívia e não a mais uma edição do Fórum Econômico Mundial, em Davos.

As críticas derivam de duas coisas. Uma é o preconceito em relação à Bolívia e Evo. Não há nada que se possa fazer a respeito. Augusto Nunes, o Brad Pitt de Taquaritinga, chama Evo de “Llama de Franja”, e presume que está sendo espirituoso.

O segundo fator é a ignorância dos críticos em relação ao Fórum Econômico Mundial, que cobri duas vezes, já quando perdera o brilho.

O WEF, das iniciais em inglês, é agora uma espécie de Ilha de Caras da plutocracia global.

Teve num passado distante, quando a globalização era novidade, alguma relevância.

Nos dias de ouro, até estrelas do cinema como Angelina Jolie iam a Davos, nos Alpes suíços.

Não mais.

Agora, os organizadores têm que se contentar com subcelebridades como Paulo Coelho – sempre presente com tudo na faixa – para tentar promover o encontro.

O WEF, ao contrário do que muitos pensam, é um negócio privado e seu maior objetivo, longe de resolver os problemas do mundo, é proporcionar holofotes a seu dono, o alemão Klaus Schwab.

Como a Ilha de Caras vivia do prestígio de quem ia a ela, o WEF depende também dos políticos e empresários que se deslocam para Davos.

Tente encontrar Obama lá, por exemplo. Obama jamais foi ao WEF, e nenhum dos seus críticos encrencou com isso. Nem Bush compareceu uma única vez a Davos.

Clinton foi, em 2000. Mas estava se despedindo da presidência, e o WEF era um excelente lugar para arrumar palestras de 150 000 dólares ao redor do mundo.

Os líderes empresariais que vão ao WEF estão lá não por seu notório saber e charme inexcedível, mas porque pertencem a empresas patrocinadoras.

Você tem uma empresa e quer pontificar em Davos? Basta procurar o tesoureiro do WEF e verificar o preço de uma cota de patrocínio.

Hoje, 2015, Davos é, sobretudo, uma boca livre. Joaquim Levy provavelmente aproveitará os dois ou três dias lá para relaxar na paisagem deslumbrante de Davos.

É bom que ele relaxe mesmo porque, ao voltar, terá um trabalho duro pela frente.

Quanto a Dilma, fez a opção certa. Em vez de servir de escada para Schwab, foi para um compromisso em que teria a companhia de pessoas de quem gosta – e se livrou dos enfadonhos engravatados do WEC.

O resto, bem, o resto são choramingos de quem não tem a menor ideia do que seja Davos.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Brubim Postado em 23/Jan/2015 às 11:01

    Rodrigo, então ela compartilhará com todos que estão em Davos e os que não foram, porque A ECONOMIA NO MUNDO ANDA DE MAL A PIOR. Mas, claro isso é bom, porque diante de todas as crises mundiais, pessoas saem mais ricas que antes e outras mais pobres.

    • leonardo Postado em 23/Jan/2015 às 13:13

      Mas claro que é, eua com 40% da população pobre, Europa em crise com a zona do Euro, menos gente comprando produtos brasileiros, mais crise para nós

    • carlos machado Postado em 23/Jan/2015 às 13:17

      Tente explicar isso às bestas que só saber tecer críticas negativas ao Brasil e perderá muito tempo. As cabeças quadradas dessas bestas não permitem que as informações circulem.

      • Junkie Postado em 23/Jan/2015 às 13:51

        carlos machado, muito cuidado, fanatismo também pode criar bestas, se já não criou...

      • Priscila Postado em 23/Jan/2015 às 14:59

        Isso isso isso... Não vale apena explicar!

  2. João Jaime Postado em 23/Jan/2015 às 11:54

    Não entendeu nada e ainda escreve?

  3. Alexandre de Carvalho Postado em 23/Jan/2015 às 12:13

    Ainda usam esse termo ''bolivariano'' ? Jesus, quanta ignorância.

    • Luiz Postado em 23/Jan/2015 às 18:18

      Quanta ignorância mesmo! Maduro e Chávez deveriam ter vergonha de ter chamado a Venezuela de República Bolivariana. E se não acreditam deem uma olhada no site do próprio governos venezuelano: http://www.gobiernoenlinea.ve/home/homeG.dot

  4. juarez Postado em 23/Jan/2015 às 12:23

    Agente perde muito tempo, tendo que explicar as coisas, para pessoas como o Rodrigo.

    • Thiago Teixeira Postado em 23/Jan/2015 às 12:36

      Agora o Manhattan Connections tem a comentarista Zélia Cardoso de Mello para sanar as dúvidas do Rodrigo.

    • carlos machado Postado em 23/Jan/2015 às 13:19

      Há Rodrigos demais na pasteurizada pseudo-intelectualidade brasileira.

      • Bela Postado em 24/Jan/2015 às 23:21

        Infelizmente a quantidade de rodrigos é diametralmente oposta à quantidade de água em São Paulo. Dá um desânimo!

    • juju Postado em 23/Jan/2015 às 18:44

      A gente ( por favor)!!!! antes de discutir política escreva correto!!!

      • Elisabeth Postado em 25/Jan/2015 às 12:27

        Antes de tentar calar a opinião das pessoas com correções gramaticais insignificantes, aprenda a ouvir, ponderar e fazer críticas mais interessantes para o assunto. Se é que está mesmo interessada em pensá-lo. :/ Rodrigos ou não, dá tristeza de ver pessoas que não querem discutir os problemas reais do governo. Eles existem, sim, claro! Então vamos avançar, obter informações de verdade sobre a América Latina e o mundo. Ou vão esperar o presidente dos EUA reconhecer que eles agiram errado fazendo campanha contra a Venezuela (como fizeram por tanto tempo contra Cuba) pra vcs começarem a abrir os olhos um pouco? Queremos discutir o Brasil de verdade? Então, vamos pensar o mundo na perspectiva mais realista possível, sem essas falsas mediações que a mídia impõe e que alguns vestem como um medalhão. Faz menos mal ao nosso fígado.

  5. Rui Rosato Postado em 23/Jan/2015 às 12:27

    Que crise econômica? A crise atinge a quem? Empresários,bancos, pecuária, povo, crédito? Ora, a crise está contida no mundo inteiro menos na China. Não existe crise para o povo no Brasil. Não há desemprego, os salários estão valorizados e tem ganhos real acima da inflação. O que se ouve é uma artilharia contra o governo que visa fragilizar para que atenda a interesses que não o do povo brasileiro, pois alguns benefícios sociais, que sequer se compara aos benefícios dos empresários para exportação, por exemplo, são os primeiros ameaçados em nome de uma política que pune o trabalho e beneficia o capital e, em se aumentando os juros, aumenta também o lucro dos bancos, das empresas de crédito, mas pune o trabalhador que paga altos juros e inibe o investimento na produção pelo mesmo motivo.

    • Galvão Postado em 25/Jan/2015 às 17:29

      Coxinha o cara tem que ser muito incompetente pra ganhar apenas um salário mínimo. Aqui em casa estamos pagando uma ajudante - com carteira assinada, apenas R$1.000,00. Estou disposto a lhe pgar o mesmo salário para serviços gerais: aparar grama, cuidar da horta, do galinheiro, e só pra lhe fazer raiva, sou petista filiado e militante do partido. Nunca exerci cargo público ou assessoria política, e não preciso do exitoso programa Bolsa Família.

  6. Carlos Antônio Postado em 23/Jan/2015 às 12:45

    Bando de hipócritas! Votei na Dilma e acho mesmo que deveria colocar essa cara de pau dela pra explicar onde foram parar tantas promessas quebradas de sua campanha! Porque nem você Juarez, Thyago e Brubin. Tem capacidade de explicar isso. Tá na hora dos bezerros frcharem a boca e deixar a vaca tossir! Votei nela conscientemente e vou cobrar mesmo!

  7. iran Postado em 23/Jan/2015 às 12:55

    nao esqueçamos que a Bolivia teve um bom crescimento em 2014...

  8. Gervásio Postado em 23/Jan/2015 às 12:59

    Pelo menos ela economizou. Sem falar que como Lula já dizia, que não adianta o Brasil enriquecer sozinho e seus vizinhos atrasados (estaríamos arrumando graves problemas sociais com a entrada em massa de pobres desses países - vejam o exemplo dos bolivianos costureiros nos porões de São Paulo).

  9. Patricia Postado em 23/Jan/2015 às 13:32

    Seu nariz

  10. Guilherme Lenzi Postado em 23/Jan/2015 às 13:33

    Até tentei simpatizar com o texto, mas não consegui. O WEF pode até não contar mais com tamanho prestígio, mas está longe de ser desvalorizado ou ultrapassado. Celebridades não garantem conteúdo, é puro marketing, não entendo a relevância deste ponto em seu texto, se o evento investiu menos nessa questão quer dizer que ele é um fracasso? Não. Uma chefe de estado precisa pensar no que é melhor para o seu país, ela optou pelo que lhe convém e deixou passar uma oportunidade de melhoria da credibilidade do mercado brasileiro, que está tão abalada. COO, CEO e outro líderes de grandes corporações estavam presentes, líderes de estado como Angela Merkel também. Houve uma pauta específica para falar sobre America Latina, que acabou sendo focada no Chile e Colômbia. Por fim, comentar que o Paulo Coelho vai todo ano, "na faixa"... que Davos é sobretudo uma boca livre... isso são tentativas de ridicularizar um evento de grande importância para economia mundial, apenas para defender a escolha da Presidente. Falar assim parece fofoca de bar, crítica descontrutiva que na falta de embasamento resta a tentativa de menosprezar. Essa é minha opinião sobre seu texto, não concordo com tudo o que o PP publica, bem como não concordei com seu texto. Espero que minha opinião seja respeitada pelos demais participantes. Abraço a todos.

  11. sleiman v m n Postado em 23/Jan/2015 às 13:37

    Este texto tem um significado que poderia ser substituído pela expressão "soco no estômago".

  12. Priscila Postado em 23/Jan/2015 às 15:04

    Vc nem sabe o que fala... Concordo que tem muitas coisas para serem exigidas no governo, tente fazer sua parte, cobrar e tal... Agora esse papo de comunista, sempre repetitivo e sem fundamento... vcs não cansam?

  13. mauro Postado em 23/Jan/2015 às 15:10

    Enquanto o seu ministro é aplaudido pelos neoliberais e o FMI em Davos por suas medidas econômicas, de causar inveja a FC, arrochando o trabalhador, a presidente vai a Bolívia posar de grande ícone do socialismo sul americano. Bota sentido nisso!

    • SERGIO Postado em 23/Jan/2015 às 16:41

      Analfabeto funcional é a denominação dada à pessoa que mesmo capacitada a decodificar minimamente as letras, geralmente frases, sentenças, textos curtos e os némeros, não desenvolve habilidade de INTERPRETAÇÃO de TEXTOS e de fazer operações matemáticas. Também é definido como analfabeto funcional o indivíduo maior de quinze anos possuidor escolaridade inferior a quatro anos letivos, embora essa definição não seja muito precisa, já que existem analfabetos funcionais detentores de nível superior de escolaridade (alguns ditos Doutores).

    • Sergio Postado em 23/Jan/2015 às 16:44

      Rdrigo é um analfabeto funcional. Denominação dada à pessoa que mesmo capacitada a decodificar minimamente as letras, geralmente frases, sentenças, textos curtos e os números, não desenvolve habilidade de INTERPRETAÇÃO de TEXTOS e de fazer operações matemáticas. Também é definido como analfabeto funcional o indivíduo maior de quinze anos possuidor escolaridade inferior a quatro anos letivos, embora essa definição não seja muito precisa, já que existem analfabetos funcionais detentores de nível superior de escolaridade (alguns ditos Doutores).

  14. Tiago Fubá Postado em 23/Jan/2015 às 15:29

    Muito bem colocado. Texto simples e objetivo... realmente parece que foi uma decisão bem acertada da presidente Dilma. Mas tô no aguardo dos textos que expõe as decisões erradas da presidente também. Porque toda vez que surge um assunto polêmico, o Pragmatismo Político só libera seu ponto de vista quando é favorável ao governo. Não é possível que não tenham críticas a fazer a esse governo. Não é possível que esse governo mereça só defesa. Não é possível que esse governo seja tão perfeito pra vocês. Abraço!

  15. Lili Angelika Postado em 23/Jan/2015 às 15:36

    "JOGAR PÉROLAS PRA PORCOS" ," A CARAVANA PASSA E OS CÃES LADRAM..."

  16. wagner Postado em 23/Jan/2015 às 16:48

    Se estamos em crise vamos estar em crise então me diga em qual parte da história em não estava? qual foi esse período em que nos estavamos tão bem? que período foi que o Brasil foi uma potência? que período foi que fomos referência de economia para o mundo o Brasil era a republiqueta das bananas onde miseráveis fugiam para não morrer de fome gente que trabalhava por um prato de comida só lembro de muita miséria

    • Patrocinio Postado em 23/Jan/2015 às 18:51

      Falou tudo Wagner, tem muitos brasileiros que só ver desgraça no Brasil e nunca ver os avanços nos últimos anos. Parabéns Dilma pela escolha.

  17. hauley Postado em 23/Jan/2015 às 17:49

    Chutar o Macdonalds do país é rezar a cartilha do FMI? TÁ SERTO..

  18. Carlos Postado em 23/Jan/2015 às 22:42

    Essa quadrilha toda vai cair sozinha, vai demorar mas vai.

    • poliana Postado em 25/Jan/2015 às 15:25

      Hummm..pra daí a outra quadrilha reassumir não é?