Saullo Diniz
Colunista
Compartilhar
Direita 06/Jan/2015 às 17:39
51
Comentários

Bolsonaro: uma nova alternativa à velha boçalidade

jair bolsonaro boçalidade direitos humanos

Saullo Diniz, Pragmatismo Político

Neste texto, não pretendo fazer ataques ideológicos, nem iniciar uma nova guerra – fria ou não – entre posições políticas. Aqui tive um trabalho minucioso de analisar alguns fatos sociais, ou, como alguns preferem chamar, relacionados aos direitos humanos. Não me preocupei em trabalhar nada que seja referente ao caráter político, mas temas como o direito dos homossexuais, negros e índios, por exemplo. Obviamente, não estou dizendo que essas questões não sejam políticas, mas prefiro deixar claro que o foco aqui não é esse, até porque, esse embate entre direita e esquerda não me interessa aqui. O texto ficou um pouco longo, mas peço paciência.

Prezando pela honestidade intelectual – algo que tem sido raro no jornalismo brasileiro – do debate, optei por deixar acessíveis ao leitor todas as fontes de todas as afirmações. E, como metodologia, para evitar o velho embate da Guerra Fria, o qual já citei, escolhi por usar apenas fontes de periódicos que não tem ligação histórica com a esquerda política, fato que prefiro para evitar questões como supostas “perseguições” políticas ou, para os mais lunáticos, o fato de que os comunistas estão financiando os meios de comunicações para destruir a família brasileira e seus representantes. Mas, se você, caro leitor, acha que os vermelhos estão comprando periódicos como The New York Times, Le Monde, BBC, El País, Veja, Folha de São Paulo ou O Globo (dentre outros), sugiro que leia algum quadrinho da Marvel ou coisas do tipo, afinal, são ficções muito mais bem elaboradas.

Antes de mais nada, é necessário que se tenha em mente que o país passa por uma profunda crise de representatividade política e é natural que algumas figuras que não se enquadrem – pelo menos em aparência – naquele velho estilo político se sobressaiam sobre os outros.

Jair Bolsonaro está longe de ser um parlamentar faltoso, pelo contrário, esteve presente em 93% sessões e justificou todas as faltas (1). Outro mito que falam sobre o deputado é a sua suposta governança apenas em prol dos militares. Ele votou, dentre outras questões, a favor do fim do voto secreto em casas legislativas e contra a distribuição dos royalties, além de ser o criador de um projeto de lei que visa proibir o infrator que tiver mais de 40 pontos na CNH de dirigir por um ano (2). Mas, não é isso que vai fazer um parlamentar ser considerado exemplar, na medida em que o deputado tem algumas passagens nada agradáveis em sua carreira e votou contra a PEC das Domésticas e a favor do aumento do salário dos parlamentares em 61%. Afinal, será que ele é realmente um “mito” e uma “solução” para a política brasileira?

Vamos à história. O Deputado ganhou fama num episódio em 1986 em que pedia aumentos para os militares e em 1987 foi acusado de terrorismo pela Veja (sim, pela Veja) por arquitetar um plano de explodir bombas em quartéis (3) – o que o diferencia dos “terroristas” vermelhos da ditadura que ele tanto critica? -, só não foi expulso da corporação pela ajuda de um General amigo o qual não revelam a identidade – esse “jeitinho” de resolver problemas, não seria corrupção? Em 1993, disse abertamente numa entrevista ao The New York Times ser a favor da ditadura (4) (mesmo hoje, contraditoriamente, não mais denominar assim o período, mas como um “regime militar”). Um artigo da Veja – será que ela está sendo manipulada pelos comunistas? – no ano 2000, falava que o então deputado fazia “discursos de incitação ao crime” e que era responsável por um “tradicional show de pregações antidemocráticas”. Além disso, destacou algumas frases do mesmo o qual defendia, dentre outras coisas, o fuzilamento do então presidente FHC (por mais de uma vez) a quem ele definia como “vagabundo” e o fechamento do Congresso. Ainda na mesma reportagem, a autora revela que o então (mesmo hoje, líder do governo no Congresso, Arthur Virgílio (PSDB-AM) afirmou que o Bolsonaro “demonstra um costumaz despreparo para lidar com o regime democrático” (5).

Sua história já não é muito bem vista a não ser que o leitor ache normal tais atitudes consideradas criminosas até pelos mais conservadores. Porém, com grande esforço, suas atitudes atuais conseguem ser ainda mais chocantes que as do passado. É tanto episódio constrangedor que fica difícil organizar, mas vamos por partes. Bolsonaro definiu, em plena Câmara, os índios como fedorentos e não educados e falou que deveriam comer capim pra voltar às origens (6). Ele também afirmou em recente entrevista ao El País que os pobres não podem ter muitos filhos porque são “sem cultura” (7). Pra ele, cultura é coisa de rico, pobre só serve pra receber Bolsa Família. Não obstante às suas aversões a índios e pobres, demonstrou seu racismo em rede nacional. O parlamentar afirmou em entrevista para o programa de TV CQC que foi ao ar no dia 29/03/11, quando questionado sobre as cotas raciais, que não aceitaria entrar num avião pilotado e nem aceitaria ser operado por cotistas – se médicos cotistas são formados pelas mesmas instituições dos não cotistas, por que eles seriam “piores”? Na mesma entrevista, a cantora Preta Gil, filha do então músico e ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil, perguntou o que ele faria se o filho dele se apaixonasse por uma negra e ele respondeu o seguinte: “Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja, eu não corro esse risco e meus filhos foram muito bem educados, não viveram em ambientes como, lamentavelmente, é o teu” (8). Isso aconteceu em 2011, não foi em 1811, foi há poucos anos atrás e ele definiu o fato de se apaixonar por uma negra como promiscuidade.

Já foi acusado de terrorismo – por mais de uma vez -, já fez declarações preconceituosas sobre índios, negros e pobres, será que faltou alguma coisa para o político exemplar? Infelizmente, sim. Bolsonaro protagonizou diversos episódios lamentáveis relacionados à homofobia. Numa entrevista ao El País já mencionada anteriormente disse que “a maioria dos gays são frutos do consumo de drogas” e que as campanhas nas escolas para respeitar a diversidade são uma coisa que “facilita a pedofilia no Brasil” e finalizou a entrevista tentando justificar a violência contra homossexuais com o seguinte questionamento: “Só porque alguém gosta de dar o rabo dele passa a ser um semideus e não pode levar porr*da…?” (9). Em outras ocasiões disse que o filho não corria o risco de ser gay por ter tido “uma boa educação” (10) e, em plena câmara dos deputados, afirmou que é a favor de “palmadas” para corrigir o comportamento “meio voltado para o lado gay” nas crianças (11).

E os absurdos não param por aí. Ele ainda comparou os gays ao Taleban em entrevista à BBC com a seguinte frase: “Vocês (ingleses) não gostam do Taleban. A sociedade brasileira não gosta de homossexual” (12). Stephen Fry, um comediante inglês, gravou um documentário em que ele entrevistava diversos políticos homofóbicos ao redor do mundo, no Brasil ele entrevistou o Bolsonaro. Após a entrevista, Fry afirmou ter se concentrado para não perder a calma diante dos absurdos ditos pelo deputado como as afirmações de que nenhum pai tem orgulho de ter um filho gay e que não há homofobia no país (13).

Seu mais recente – e não menos vergonhoso – episódio foi quando afirmou para a deputada Maria do Rosário que a mesma não merecia ser estuprada. Vejamos, independente do que ela tenha falado, independente de qualquer situação, alguém – seja homem ou mulher – merece ser estuprado? Como assim? Como aceitamos isso com normalidade? Após o caso, o deputado – junto com a gama de seguidores – ainda se vangloriou do acontecido. Como assim? Após isso, um recente artigo da Veja o definiu como “a voz da boçalidade” (14), assim como o francês Le Monde como “homofóbico, misógino e racista” (15) e o americano The Intercept como “vergonha nacional” (16), O Globo foi menos categórico e classificou apenas como “desastroso” (17). O Huffington Post disse que o Bolsonaro “tem feito uma longa série de comentários racistas, homofóbicos e misóginos em sua carreira” (18) e a Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul acusou o deputado de fazer declarações que “incitam o ódio e a intolerância” (19).

A quem ele representa? Uma pessoa que diz que torturaria o próprio filho caso o visse fumando maconha (20), que foi comparado à Hitler (21) pela IstoÉ, que foi definido como “uma brutalidade moral e uma aberração jurídica” (22) por um Doutor em Direito em recente matéria do Estadão. Alguns falam que ele representa os militares, mas segundo Jarbas Passarinho, um dos grandes nomes da ditadura e autor do AI-5, ele irrita os militares (23).

Seria ele então uma nova alternativa para política brasileira ou mais do mesmo? Alguns adeptos do liberalismo, durante a última eleição, o aderiram como referência, mas o mesmo diz ser totalmente contra alguns princípios liberais como, por exemplo, as privatizações (24) saibam que ele em entrevista ao The New York Times disse “simpatizar com Fujimori” (25), pra quem não sabe é o tal sujeito vou contextualizar. Alberto Fujimori foi o presidente do Peru na década de 1990 e foi condenado por corrupção e genocídio. Durante seu desastroso governo – além da corrupção e genocídios já citados – o preço da água subiu 700%, da eletricidade 400%, dos combustíveis 3000%, o desemprego era de 73% e a inflação chegou a incríveis 7.694,6%, uma ótima inspiração, não acham?

Fazendo parte do partido que é o 4º com maior número de cassações dentre 14 partidos – mas ele não é veemente contra a corrupção? -, Bolsonaro não apresenta nada de novo, afinal, preconceito com negros, homossexuais, pobres e índios refletem exatamente ao passado que queremos “esquecer”. Propostas superficiais – como as dele – são sempre bem vistas pela população, afinal, elas apresentam uma (pseudo)solução simples e fácil para problemas que nos afligem, e é exatamente isso que tem gerado muito público para o deputado, mas não podemos esquecer que não há soluções simples para problemas complexos, as propostas do deputado principalmente no que tange à violência não deram certo em lugar nenhum onde foram adotadas. Saudoso da ditadura que diz lutar por democracia, ele só reflete a incoerência completa de uma classe medíocre que vive de discursos de ódio a tudo que lhes pareça diferente. Sobrevive de discursos de guerra aos comunistas e sempre remetendo a Cuba mostrando que ainda não chegou ao século XXI, pelo contrário, ainda permanece na fantasia da Guerra Fria. Me assusta – e muito – ver o apoio de setores religiosos a pessoas como ele, afinal, religião não seria exatamente o contrário? Não é esquerdismo nem direitismo, é um pouco de humanidade, ele não representa nenhuma alternativa senão à velha boçalidade.

Fontes:

(1) http://www.oquefezseudeputado.com.br/#!jair-bolsonaro/ca

(2) http://www.ovelhasvoadoras.com.br/2014/12/os-10-projetos-de-lei-mais-malvados-de-jair-bolsonaro.html?m=1

(3) http://veja.abril.com.br/120100/p_049.html

(4) http://www.nytimes.com/1993/07/25/weekinreview/conversations-jair-bolsonaro-soldier-turned-politician-wants-give-brazil-back.html

(5) http://veja.abril.com.br/120100/p_049.html

(6) http://www1.folha.uol.com.br/poder/2008/05/401933-indio-joga-agua-em-deputado-durante-audiencia-na-camara-ministro-e-chamado-de-terrorista.shtml

(7) http://brasil.elpais.com/brasil/2014/02/14/politica/1392402426_093148.html

(8) https://www.youtube.com/watch?v=y8imZAGzO_c

(9) http://brasil.elpais.com/brasil/2014/02/14/politica/1392402426_093148.html

(10) https://www.youtube.com/watch?v=y8imZAGzO_c

(11) http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/radio/materias/ULTIMAS-
NOTICIAS/390544-DECLARA%C3%87%C3%83O-DE-BOLSONARO-SOBRE-PALMADAS-PARA-CORRIGIR-TEND%C3%8ANCIAS-HOMOSSEXUAIS-
SER%C3%81-DEBATIDA-EM-COMISS%C3%83O-%281%2729%27%27%29.html

(12) http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/a-documentario-da-bb-bolbrasileiro-nao-
gosta-de-homossexual

(13) http://jornalggn.com.br/video/o-sinistro-e-estranho-encontro-com-jair-bolsonaro

(14) http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/504879/

(15) http://bigbrowser.blog.lemonde.fr/2014/12/12/jair-bolsonaro-plus-scandaleux-que-
le-plus-scandaleux-de-tes-deputes/

(16) https://firstlook.org/theintercept/2014/12/11/misogynistic-hateful-elected-official-democacratic-world-brazils-jair-bolsonaro/

(17) http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/posts/2014/12/13/le-monde-bolsonaro-
homofobico-racista-556924.asp

(18) http://www.huffingtonpost.com/2014/12/11/jair-bolsonaro-rape_n_6310460.html

(19) http://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2014/12/11/juizes-criticam-abusos-de-bolsonaro/

(20) https://www.youtube.com/watch?v=y8imZAGzO_c

(21) http://www.istoe.com.br/colunas-e-blogs/coluna/269927_A+NOVA+IMORALIDADE+DE+BOLSONARO

(22) http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,refens-do-bolsonarismo-imp-,1140280

(23) http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI5038071-EI6578,00-Jarbas+Passarinho+Nunca+pude+suportar+Jair+Bolsonaro.html

(24) http://colunas.revistaepoca.globo.com/ofiltro/2011/03/29/jair-bolsonaro-e-a-tea-party-brasileira/

(25) http://www.nytimes.com/1993/07/25/weekinreview/conversations-jair-bolsonaro-soldier-turned-politician-wants-give-brazil-back.html

Recomendados para você

Comentários

  1. poliana Postado em 06/Jan/2015 às 18:04

    Esse eh o "mito", segundo o cesar souza!!! E vc, "naro solbo", tem algo a falar sobre isso? Parabens saullo diniz, excelente texto!

    • Rodrigo Postado em 06/Jan/2015 às 21:54

      Naro Solbo é o Bolsonaro olhando-se no espelho.

    • Rafael Martini Postado em 06/Jan/2015 às 23:16

      Um sujeito que profere tais barbaridades e possui um séquito formado por "cidadãos de bem" que o chamam de "mito" é de assustar qualquer um, não?

    • Rogerio Postado em 07/Jan/2015 às 09:38

      Bolsonaro assusta e chama a atenção. Não tem nenhum processo por corrupção. Só por abusar da liberdade de expressão. Fiquei sabendo agora através deste texto que ele faltou poucas vezes e do projeto sobre os 40 pontos na carreira. Pode não ser santo, mas é melhor que muitos por aí. Em 2018 vou pensar em votar nele. Obrigado Pragmatismo político pelas informações.

    • poliana Postado em 07/Jan/2015 às 09:53

      coitado!!! Só um louco alienado pra acreditar q bolsonaro pode chegar a presidencia da republica!! Kkkkk..quem se lasca eh o psdb q muitos dos seus eleitores transferirão seu voto pro bolsonaro, e assim, os dois vão dividir o eleitorado. Agora veja se quem vota no pt transfere votos pro candidato da extrema direita? Dxa de ser inocente filhinho. Eh mais facil a fundamentalista religiosa, evangélica assembleana, q diz ler a biblia antes de tomar qq decisão politica, se eleger presidente da republica. Mas bolsonaro? Hahaha. Faz-me rir queridão.

    • KARINA BB Postado em 07/Jan/2015 às 12:18

      Poly,o bolsonaro representa os hipocritas do Brasil,pessoas q fumam,cheiram,frequentam puteiros,traem,nao respeitam sinais d transito,,corrompem pessoas pra se darem bem,sonegam impostos,eacusam os outros daquilo que fazem,e as igrejas estao lotadas de gente assim,ele e a cara dos evangelicos,HIPOCRITASSSSSSS

      • smgsalbano Postado em 07/Jan/2015 às 14:30

        É isso aí!??

    • KARINA BB Postado em 07/Jan/2015 às 12:23

      E vdde poly ,eu mesma conheco coxinhas q votaram em marina e depois aecio,quem vai se fuder com essa candidatura e o PSDB kkkkkk a coxinhada vai dividir os votos kkkkkkkkk vao perder de novo,pq eleitor do PT nao muda o voto,depois nao vao comecar com essa palhaçada de golpe militar heim,perdeu,perdeu,aceitem

      • Antonio Postado em 09/Jan/2015 às 04:43

        Karina eu acho que bolsonaro me representa e nao sou hipocrita, nem moralista, nem politicamente correto nao fumo, nao cheiro, nao frequento puteiro, nunca trai, nunca fiz nada disso da sua lista, nao tenho religiao, mas o seu glorioso PT esta dividindo o Brasil. separa todos como Ricos, Pobres, Negros, Brancos, Heteros, Homos, Homens, Mulheres.. em vez de governar pra todos governa pra alguns, mas voce nao liga, voce nao enxerga. enquanto tiver cotas e bolsa familia no seu bolso esta de bom tamanho pra voce

    • Fernando Postado em 07/Jan/2015 às 16:28

      Na verdade não o Bolsonaro em si assusta ninguém. Ele é só mais um entre muitos outros. O que assusta realmente e motiva um autor a fazer um texto didático como este e o "medo" e a vontade de combater o que Bolsonaro representa (e se não fosse ele seria qualquer outro): o poder da ignorância!!!!

    • Gay assustado Postado em 07/Jan/2015 às 18:28

      Obvio que assusta. Imbecis violentos assustam pessoas civilizadas.

  2. MARIA Postado em 06/Jan/2015 às 20:27

    CUIDADO QUANDO COMENTAREM SOBRE ESSE SENHOR! ELE PODE QUERER FAZER VALER DE ALGUM " ARTIFÍCIO PARLAMENTAR ", ( famosa carteirada) , PARA UMA POSSÍVEL, vingança.... TEVE UM " SENADOR" QUE FEZ ISSO!

  3. juliano Postado em 06/Jan/2015 às 20:54

    excelente texto!

  4. Rafael Martini Postado em 06/Jan/2015 às 23:22

    Excelente texto. Esse sujeito está muito além da direita, ele simplesmente é fascista.

  5. souza Postado em 07/Jan/2015 às 00:15

    esse bolsonaro é maluco mais ele não é culpado o culpado é o povo que deu mais de 400.000 mil votos a ele o federal mais votado do rio de janeiro lamentavel

    • Thiago Teixeira Postado em 07/Jan/2015 às 07:44

      De acordo.

    • Marcos Vinícius Postado em 07/Jan/2015 às 11:16

      Quatrocentos mil cabeças de bagre.

  6. José Postado em 07/Jan/2015 às 01:36

    Bolsonaro é um personagem e como todo artista ruim, que ri das próprias piadas, tem um monte de fãs com problemas cognitivos. Ele não tem ideologia, seu único objetivo é ser popular, como um BBB, joga para a torcida que no momento lhe fará vencedor, se um dia for necessário, ele volta a ser a pedir o fuzilamento de neoliberais e apoiar ideias comunistas, como a nacionalização sem direito a indenização.

  7. Vinicius Postado em 07/Jan/2015 às 05:12

    Quote "Apesar de o autor pecar em alguns pontos pelo exagero e, em outros, pela superficialidade.." Unqote ... eu prefiro 10 BOLSONAROS do que 01 desgraça desintegrante e autofágica como esses "governantes" que estão ai. Por isso, deem ao texto seu devido lugar. Gostei da preocupação do texto em recolher informações, contudo não muda minha opinião em 01% em minhas escolhas.

  8. Priscila Postado em 07/Jan/2015 às 09:29

    Pior que Bolsonaro são seus seguidores... Aqui no site temos vários exemplos, que estão sempre defendendo-os sem qualquer argumento útil... Parecem robozinhos, são treinados para incitar ódio e preconceito e suas frases são sempre as mesmas! O que assusta não é o Bolsonaro, caras como ele tem vários espalhados por aí...

  9. Priscila Postado em 07/Jan/2015 às 09:31

    O que assusta mesmo são seus eleitores...

    • Henrique Postado em 07/Jan/2015 às 10:29

      O Bolsonaro vive é disso. Falar asneira. Assim como o Tiririca ele encontrou o seu mote. A diferença é mesmo o eleitorado de cada um. Os eleitores do Tiririca, com um improdutivo e inconsequente voto de protesto, são de certa forma inofensivos. Afinal de contas o Tiririca não carrega nenhuma bandeira. Já os que votam no Bolsonaro representam perigo para a sociedade. São propagadores de ódio, intolerância e preconceito.

  10. Félix Postado em 07/Jan/2015 às 10:04

    Se não disse nada sobre o artigo é porque está entalado. Você comenta como um torcedor fanático. Diga algo em defesa do Bolsonaro. Como escreveu o autor, o artigo é longo. Se você ler talvez encontre onde defender seu guru.

  11. Cícero Postado em 07/Jan/2015 às 10:16

    Papai Noel passou a existir para muitas crianças nestes 12 anos!!! Se fizemos as contas, considerando a distribuição de renda e a queda da mortalidade infantil, milhões foram presenteados!!! O Papai Noel é mais vermelho aqui no Brasil!!!!

  12. Marcelo Postado em 07/Jan/2015 às 11:39

    A questão de NEGRA + PROMISCUIDADE: Todos estão cansados de saber que houve uma troca entre a pergunta feita, e a pergunta exibida no programa. Basta ter um neurônio pra ver que não faz sentido a resposta dada por ele à pergunta. Usam esse "erro" pra taxá-lo de racista exaustivamente. DESONESTIDADE #1 --- A questão de FILHO + TORTURA: Ele diz claramente que daria umas porradas no filho (coisa que 95% dos pais fariam), e ao ser perguntado se torturaria o filho, ele diz que SE agir com energia é tortura, então o filho seria torturado. Vocês não possuem um pingo de vergonha?

    • Thiago Teixeira Postado em 07/Jan/2015 às 12:24

      Não queira justificar o injustificável. Seu Deputado e representante das suas ideias fracas está envolvido em inúmeros episódios envolvendo desrespeito a mulheres, racismo, homofobia e até tentativa de agressão. Estão todos errados? Estão todos loucos? Certo é ele? Reflita. Como minha avó dizia: "Onde há fumaça há fogo".

      • Marcelo Postado em 07/Jan/2015 às 15:11

        Reli meu texto pra ver se justifiquei alguma coisa, mas não o fiz. O que fiz foi apontar DUAS acusações MENTIROSAS no texto do site.

    • Alessandro Postado em 07/Jan/2015 às 17:36

      Se um dia você estrear seus neurônios vai sentir vergonha de quem está defendendo.

    • jose Postado em 09/Jan/2015 às 11:22

      Texto manipulado...eu assisti a entrevista no CQC, sendo que em outra oportunidade o próprio deputado disse ter respondido, porém tinha entendido outra pergunta.

  13. Juliana Postado em 07/Jan/2015 às 11:59

    Prezado Saullo, editores e escritores do Pragmatismo Político, o conteúdo do texto é muito bom e considero que vocês vêm realizando um trabalho importante para estímulo ao debate e à reflexão. Entretanto, gostaria de sugerir que tenham maior carinho com a Língua Portuguesa. O texto peca na forma e merecia ter sido revisado. Nos tempos atuais, em que veículos online ganham cada vez maior expressão e o domínio da língua se mostra cada vez mais pobre junto à população, penso que é responsabilidade dos canais de informação sérios contribuir para uma melhor formação dos cidadãos.

  14. Professora Postado em 07/Jan/2015 às 12:03

    Elogio seu texto, fruto de pesquisa séria. Pouco tenho a comentar pois concordo com suas conclusões acerca desse sujeito. Apenas duas observações: - Assusta-me sim, que existam pessoas (que inclusive comentaram aqui) que o acham o máximo. Estamos retrocedendo como seres humanos, não? - O fato de religiosos o apoiarem: não estranhemos. A historia nos mostra o quanto de barbárie já foi cometida em nome de religião e deus.

    • Marcelo Postado em 07/Jan/2015 às 12:05

      "Professora", o texto não é fruto de pesquisa tão séria assim. Em meu comentário acima cito apenas dois pontos bem desonestos para criticar alguém.

      • Milena Postado em 07/Jan/2015 às 18:25

        Marcelo, você é o esteriótipo perfeito da classe medíocre e superficial que apoia esse sujeito. E eu soube disso só lendo dois comentários seus, pois você se prende a duas colocações do autor que talvez não estejam tão literais e simplesmente despreza todos os demais fatos que provam que Bolsonaro é um fascista, misógino, incitador do ódio. Quero dizer que, se a tal resposta à Preta foi fora de contexto ou não, frente a tanta besteira que esse sujeito já falou ou fez, isso pouco importa. Ou todas as fontes estão erradas e você certo? Simplesmente não sei o que você ganha pra defender uma "pessoa" dessas tão cegamente... mas deve ganhar algo, pois só isso justifica.

  15. Patrícia Postado em 07/Jan/2015 às 12:06

    O autor dá 10986 fatos para se reprovar as atitudes de Bolsonaro e nenhum é o fato de ele ser oposição do partido que governa o país, que aliás, nem foi citado. Sugiro que você aprenda a ler e interpretar textos.. Vai ser uma libertação na sua vida!

  16. Samuel Trindade Postado em 07/Jan/2015 às 12:10

    Penso que o que mesmo assusta não seja o Bolsonaro com suas frases de efeito, mas milhões de brasileiros cristãos com tendências homofóbicas que se veem representados nesse discurso que não reconhece o sujeito social diverso nesta sociedade, sobretudo na diversidade da sexualidade. Quem sabe tanto Bolsonaro quanto nossos irmãos bolsonaros homofóbicos leiam as Escrituras Sagradas junto com os textos de Beatriz Preciado, Judith Butler, Michel Foucault, Alain Touraine.

  17. luis Postado em 07/Jan/2015 às 12:29

    Pelo que eu entendi, o político pode roubar a vontade (petrobras, mensalão, etc.) contanto que fale coisinhas fofinhas. Aliás, nem precisa fazer nada, mas só falar que já está valendo.

  18. Victor Stoimenoff Postado em 07/Jan/2015 às 12:38

    Marcelo, uma pessoa como Bolsonaro jamais será levada a sério. É uma figura pitoresca, no máximo. Prova disso é que nem o Aécio quis ser visto com ele, porque é "queima filme". Quanto aos pontos que você listou, são deploravelmente ingênuos e não mudam nada com relação a um sujeito que representa " a vanguarda do atraso" e que aparece em fotos com figuras igualmente patéticas como as bichas enrustidas Feliciano e dr. Rey, ou você acredita que os dois são heteros?!!! KKKKK

  19. Luís Fernando Postado em 07/Jan/2015 às 12:49

    Bolsonaro é boçal? OK!! Bolsonaro não serve pra política? OK!! Bolsonaro é facista? OK!!! Bolsonaro é nazista, racista e preconceituoso? OK!!! Então indiquem-me um político que seja digno do meu voto. Se ele se candidatar à Presidência da República em 2018, mesmo que não ganhe, terá o meu voto.

    • poliana Postado em 07/Jan/2015 às 13:11

      E depois de tudo q vc falou no seu post definindo o bolsonaro, vc ainda diz q vota nele? Inacreditavel! "Ele eh racista, homofóbico, nazista, fascista", e mesmo assim tem seu voto!!!???!!??? Sem palavras!!!!

      • Milena Postado em 07/Jan/2015 às 18:35

        Pois é, Poliana, é triste. Direitos humanos estão em último lugar para esse tipo de gente. Eu fico me perguntando o que um ser desses considera "digno", já que se for uma pessoa racista, homofóbica, nazista, fascista, tudo bem, tem meu voto pq não tem melhores! Perco a fé na humanidade.

  20. Fernando Postado em 07/Jan/2015 às 14:19

    Meu caro,o PT já foi um partido do trabalhadores e de esquerda na década de 90.Agora,o partido dos trabalhadores realiza uma política voltada à promoção social da classe média,ou seja,o PT é um partido social democrata.

  21. Priscila Postado em 07/Jan/2015 às 15:06

    Luis... vc acha mesmo que Bolsonaro não rouba e não é corrupto? Qta ingenuidade!!! E vc acha que só pq o político não rouba ele é fofinho então?

  22. Igor Postado em 07/Jan/2015 às 15:15

    ótimo texto cara, mandou muito bem!

  23. Deus morto Postado em 07/Jan/2015 às 15:31

    Excelente texto.

  24. Jonas Schlesinger Postado em 07/Jan/2015 às 15:43

    Esse povo da esquerda n trabalha n? Só vive no pp PQP! Vão trabalhar kkkk

  25. alexandre Postado em 09/Jan/2015 às 00:42

    Eu me considero um neoliberal. Me sinto da "nova direita" e constantemente debato com meus amigos da "nova esquerda", todos flexíveis, assim como eu. Evidentemente, às vezes nos exaltamos, mas sempre num debate atualizado e contextualizado. Bolsonaro não é de direita. Por que fiz essa introdução? Pra dizer que, parte do exercício da contextualização é ler, sem preconceitos, o que outros pensam, inclusive seu antagonistas. Constantemente eu leio esse portal e, apesar de discordar de 99% do conteúdo ideológico (sou favorável à diversidade, distribuição de renda, direito penal reduzido e todos os itens que o bom senso humanístico necessita) pela primeira vez não vi absolutamente nada em que discordasse. O autor foi intelectualmente honesto, foi justo, jogou o jogo inimigo no estádio do inimigo e conseguiu, de forma satisfatória, construir seu ponto. Não concordo como regime cubano, acho o PT um erro histórico (e uma vergonha para a esquerda), acho o relativismo moral de alguns setores da esquerda abominável, MAS ISSO TUDO ESTÁ FORA DO CONTEXTO. Bom senso não possui ideologia. Ele Simplesmente existe, assim como uma árvore ou como um carro, ele está ali. E para qualquer cidadão de bom senso, o Bolsonaro não serve. NEM TUDO QUE NÃO É O PT ME SERVE E O BOLSONARO NÃO ME SERVE, é muito pouco. Muita gravata, pouca lógica. Excesso de "caricaturisse". Além de defender um estado inflado, o que me causa ogeriza. Por gentileza, parem de defender o Bolsonaro dizendo-se de direita, vcs não sabem o ridículo disso.

  26. Ayrton Postado em 09/Jan/2015 às 03:17

    Muito bom!!

  27. Rosa Maria Postado em 09/Jan/2015 às 11:43

    Quando me deparo com argumentos do tipo: "A ditadura tinha que voltar, O governo anterior era melhor que esse..." entro em depressão. Não por ser partidária desse ou daquele partido, político, época ou situação, mas pela falta de novas ideias, novas perspectivas, Ninguém está feliz, mas as pessoas continuam com sua visão 3x4, quando o assunto é mudança. A apatia tomou conta de mim. Totalmente desesperançada. Que tristeza!

  28. Rosa Postado em 11/Jan/2015 às 18:16

    Texto tendencioso até porque em relação à Preta Gil ele já explicou que a resposta dele foi a uma outra pergunta que foi feita pelo programa CQC e quando a justiça pediu a fita, a produção do programa disse que já tinha apagado. Se vc realmente pesquisou para fazer esse texto, deixou passar batido esse detalhe. E em relação à dita homofobia dele, ele já desmentiu, disse que o problema é com o kit gay que querem distribuir nas escolas para crianças na faixa de 6 e 7 anos de idade. E quanto ao racismo, o Bolsonaro teria que se divorciar de sua atual esposa, que é descendente de negros. Ainda nao se sabe se o mesmo está metido em algum esquema de corrupção, mas até agora não se sabe de nada nesse quesito sobre o Bolsonaro. Então, ele acaba sendo a salvação para um pais desgovernado, cujo governo atual apóia ditaduras e o terrorismo, afinal partido de bandidos pensa como bandido e não como cidadão de bem. Em nada vai mudar a cabeça de quem já escolheu um candidato que anda na contramão daquilo que a população de bem não quer ver mais no Brasil. Caso se candidate, o Bolsonaro pode até não ganhar, como ele mesmo já admitiu, mas vai incomodar e isso não tem Mastercard que pague.

  29. Sirlene Postado em 23/Jan/2015 às 13:47

    NEM QUE EU VIVA 100 ANOS ENTENDEREI O SER HUMANO... intrigada e perplexa, mas ainda acredito num mundo melhor para todos. Sou pela Paz e pelo Bem! Será uma utopia? Aonde nos levará o ódio, a raiva, a intolerância , as guerras em nome de Deus a falta de amor ao próximo. Só observo.

  30. roberval ronald Postado em 04/Feb/2015 às 02:01

    Voto em Voto em Bolsonaro em 2018. Fala algumas besteiras, mas isso vocês encontrarão em Lula e Dilma também. Voto em Bolsonaro em 2018. Se vocês pesquisarem, encontrarão