Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 26/Oct/2014 às 17:11
6
Comentários

Youssef está bem, dizem médicos. Responsáveis por boato serão punidos

Foto mostra Youssef em hospital e médicos dizem que exames de saúde do doleiro estão dentro da normalidade. Ministério da Justiça promete punição aos criminosos que espalharam o boato com fins eleitoreiros: “O que estão fazendo é um atentado contra a democracia”

doleiro youssef hospital médicos
Fotos mostram Alberto Youssef em hospital. Médicos dizem que doleiro está bem. Criminosos responsáveis por boato com fins eleitoreiros serão punidos, garante Ministério da Justiça. Boateiros criaram falso site do G1 para divulgar mentiras (Imagem: Pragmatismo Político)

Os exames médicos realizados pelo doleiro Alberto Youssef, acusado de encabeçar um esquema que desviou cerca de R$ 10 bilhões, estão dentro da normalidade, de acordo com o Hospital Santa Cruz. Segundo o boletim médico divulgado neste domingo (26), o quadro clínico do doleiro é estável, apresentando sinais de desidratação e emagrecimento. Youssef foi encaminhado para atendimento médico no sábado (25), após passar mal na carceragem da Polícia Federal (PF), em Curitiba. A previsão é de que ele fique internado por mais dois dias.

SAIBA MAIS: Polícia Federal desmente boatos sobre morte de Youssef

Youssef está detido desde março deste ano, quando foi deflagrada a Operação Lava Jato, da Polícia Federal. A operação desvendou o esquema de desvio e lavagem de dinheiro e corrupção. Segundo a Polícia Federal, esta é a terceira vez que Youssef é encaminhado para atendimento médico. Os agentes informaram que ele teve uma forte queda de pressão arterial, causada pelo “uso de medicação no tratamento de doença cardíaca crônica”.

Conforme o hospital, o doleiro deu entrada na UTI coronariana devido uma síncope. A equipe médica descartou a possibilidade de envenenamento. “Na avaliação inicial não apresentava sinais de intoxicação exógena e/ou medicamentosa e quadro cardiológico estável. Até o momento apresenta exames laboratoriais e outros exames complementares, dentro da normalidade”. Os médicos informaram também que Youssef está consciente, lúcido e orientado, com sinais vitais regulares.

O advogado de Youssef Tracy Reinaldet destacou que a informação de que o doleiro tivesse sido envenenado ou morrido é falsa. Ele visitou o doleiro nesta manhã.

Ministro critica boatos

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, criticou neste domingo os boatos que circulam na internet de que o doleiro Alberto Youssef teria morrido. Para Cardozo, a difusão da falsa notícia é “profundamente deplorável”.

“O que está acontecendo, especialmente nas últimas horas, é um grande número de boatos e situações que ocorrem. Particularmente, um boato e uma situação que me chocou é que algumas pessoas diziam que Alberto Youssef teria sido envenenado e teria morrido. Quando nós sabíamos que a PF já soltou ontem à noite uma nota dizendo pela terceira vez que ele estava em um hospital com um cardiopata e o próprio Samu de Curitiba também divulgou nota”, disse o ministro.

youssef boletim médico
Boletim médico de Alberto Youssef (reprodução)

informações de ÉPOCA e G1

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Lopes Postado em 26/Oct/2014 às 17:14

    Carlos Prado, foi vc que espalhou o boato? hahaha

    • poliana Postado em 26/Oct/2014 às 18:15

      Thiago..eu ate pensei no pereira moço! Ou o cesar souza..ou o ditabastard! Hehehe

      • Thiago Lopes Postado em 26/Oct/2014 às 22:56

        hahahaha

  2. Deis Postado em 26/Oct/2014 às 21:34

    O Rafael o leitor mor da veja, ele só acredita se sair na veja, primeiro abraçou a marina perdeu playboy, depois entrou de cara para correr para o abraço com Aero. Mas perdeu de novo playboy.

  3. o sincero Postado em 27/Oct/2014 às 12:28

    fiquem tranquilos ... ele estava em uma rede Dor não no SUS

  4. Pedro Postado em 27/Oct/2014 às 16:40

    Desejo que ele viva muito tempo ainda, pelo menos o suficiente para colocar todos os petralhas envolvidos nesse esquema na cadeia, especialmente Lula e Dilma caso estejam envolvidos.