Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 14/Oct/2014 às 10:17
21
Comentários

Gregorio Duvivier desiste de anular voto por causa de “ódio ao PT”

Humorista Gregorio Duvivier diz que se sente em “terra estrangeira” em seu bairro, no Leblon, Rio de Janeiro, e desiste de anular o voto: “Não votei no PT, mas se quem defende causas humanitárias e direitos civis é tachado de petista, não me resta outra opção senão aceitar essa pecha”

gregorio duvivier aécio dilma voto
Humorista Gregorio Duvivier se diz assustado com “pressão para votar em Aécio” (Foto: Flavio Moraes/ Fotoarena)

O humorista Gregorio Duvivier diz que se sente em “terra estrangeira” diante da pressão da campanha pelo voto em Aécio Neves (PSDB) no Rio de Janeiro. Em artigo publicado na Folha, ele diz que não votou nem manifestou apoio ao PT, “mas parece que, aos olhos do mundo (ou, ao menos, do Leblon), tenho uma estrela no braço. Por algum motivo, represento o inimigo. A realidade é dura: moro em terra estrangeira”.

‘Nos postes da cidade, os adesivos se multiplicam. “Aqui se vota Aécio”. Você, que não vota como o poste: ame o Rio –ou deixe-o. Aqui não é sua área. Aqui se brinda pelo fim da maioridade penal. Aqui a gente cansou da corja do PT e quer gente nova –mas logo quem? O mensalão tucano, a compra da reeleição, o aeroporto, o helicóptero, tudo virou pó’, ironiza.

Diz ainda que votaria nulo, “mas a militância de jipe e os comentaristas de portal não me dão essa opção. Se quem defende causas humanitárias e direitos civis é tachado de petista, não me resta outra opção senão aceitar essa pecha”.

Leia a íntegra do artigo de Duvivier abaixo:

Terra estrangeira

Adesivos multiplicam-se nos postes. “Aqui se vota Aécio”. Você, que não vota como o poste: ame o Rio –ou deixe-o

Eis que de repente, não mais que de repente, toda caminhonete que se preze tem um adesivo do Aécio. No peito do motorista, um brasão, muitas vezes peludo, quando não um cavalo, aquele enorme cavalo em alto relevo, que vai do umbigo ao mamilo. Olham, ele e o cavalo, altaneiros por sobre os bípedes, coitados, que insistem em andar ao rés do chão –ainda não vi uma bicicleta com adesivo do Aécio.

Estou voltando para casa a pé, tarde da noite, quando percebo que uma enorme SUV me acompanha –lustrosa, reluzente, cheirando a blindada. Finjo que não percebo, até que começam a buzinar. Minha auto-estima elevada me faz crer que são fãs do Porta dos Fundos. Aceno simpático. Um sujeito põe a cabeça para fora da janela e berra: ” Vaza, PT! Volta pra Cuba!”

Sento no meio-fio, desolado. Não votei nem manifestei apoio ao PT, tampouco fui a Cuba, mas parece que, aos olhos do mundo (ou, ao menos, do Leblon), tenho uma estrela no braço. Por algum motivo, represento o inimigo. A realidade é dura: moro em terra estrangeira.

VEJA TAMBÉM: A demissão de Xico Sá da Folha de S.Paulo por causa do apoio a Dilma

Nos postes da cidade, os adesivos se multiplicam. “Aqui se vota Aécio”. Você, que não vota como o poste: ame o Rio –ou deixe-o. Aqui não é sua área. Aqui se brinda pelo fim da maioridade penal. Aqui a gente cansou da corja do PT e quer gente nova –mas logo quem? O mensalão tucano, a compra da reeleição, o aeroporto, o helicóptero, tudo virou pó.

Um amigo, Aécio ferrenho, disse que sonha com um Brasil em que ele possa ir pra Nova Iorque com o dólar um pra um. Aí, eu vi sinceridade. O que não dá é votar Aécio contra a corrupção. O mandato nem começou e ele já está cheio de esqueletos no armário.

Por isso, não voto feliz em nenhum dos dois candidatos. Não importa quem ganhe, já começa endividado –e vai quitar a dívida com dinheiro público. Ambos contraíram empréstimos milionários com empreiteiras, bancos, com a Friboi (sim, a Friboi doou a mesma quantia para os dois candidatos –não quis correr riscos) e fizeram acordo com os setores mais reacionários da sociedade. Ambos os governos –não se enganem– vão ser ruralistas, fundamentalistas e corruptos. Seu dinheiro, eleitor, já está comprometido.

Por essas e outras, poderia votar nulo –mas a militância de jipe e os comentaristas de portal não me dão essa opção. Se quem defende causas humanitárias e direitos civis é tachado de petista, não me resta outra opção senão aceitar essa pecha.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. David Postado em 14/Oct/2014 às 11:01

    bicicletada petista no leblon? seria divertido..

  2. Natália Postado em 14/Oct/2014 às 11:36

    Pois é. Estou no mesmo barco do Gregório! Parece que apoiar causas sociais hoje é um absurdo. Querer que, por exemplo, miséria seja erradicada e desigualdade reduzida é ser taxada de todos os palavrões possíveis. Além desse ódio que se difunde, dos 5 pedidos de voto no Aécio que recebi, 4 tinham conteúdo preconceituoso. Essas pessoas só fazem eu ter mais certeza em quem vou votar. E que comece o apedrejamento!

    • Denis Postado em 14/Oct/2014 às 14:19

      Natália, estou me sentindo assim também. Sabe o que temos de fazer? Temos de firmar nossa opinião, porque se eles tiveram coragem de tirar o conservadorismo deles do armário, nós temos de ter coragem de tirar nosso esquerdismo também.

      • Terceira Onda Postado em 15/Oct/2014 às 11:14

        Hasta la Victória !!!

    • poliana Postado em 14/Oct/2014 às 14:20

      vamos as urnas minha amiga! vai dar tudo certo!! deus nos protegerá dessa corja tucana! vai dar tudo certo!

      • Natália Postado em 14/Oct/2014 às 14:54

        É verdade, Poliana. Depois de ter sido xingada no meio da rua por um cara num corolla com adesivo do Aécio eu vou dar a resposta nas urnas para esse povo preconceituoso que a única diferença que eles aceitam é a desigualdade social. Eu ainda tenho fé no povo brasileiro.

  3. diego Postado em 14/Oct/2014 às 11:39

    Eis o macarthismo brasileiro em ação. As grandes figuras ocorrem na história, por assim dizer, duas vezes, a primeira como tragédia e a segunda como farsa. Quem mais ajuda o pt hoje no brasil, é quem ofende o representante máximo da nação perante o mundo. Quem não quer ver o Brasil voltar a ter um governo que ignora a questão social agradece.

  4. sleiman Postado em 14/Oct/2014 às 12:53

    A instituição Partido dos Trabalhadores não é corrupta. Se um ou outro, às escondidas, procura satisfação com o dinheiro alheiro ou com as benesses de seus cargos, isso parece ser inevitável, até que todos os mecanismos de regulação e fiscalização sejam edificados. Erra o Gregorio Duvivier, em sendo também influenciado pela mídia, ao dizer coisas diferentes disso. Quanto ao fato de confundirem-no com um petista, acho que o fizeram por associação, ou dedução. É que petistas são, muito comumente, bem inteligentes. E esse rapaz não é burro.

  5. Denis Postado em 14/Oct/2014 às 14:11

    É exatamente assim que me sinto em São Paulo. Não se pode mais dizer que vai votar em Dilma e/ou no PT, que jogam sobre você uma enxurrada de palavras pesadas que lhe deixam sem ação e até um pouco constrangido. Virou motivo de bullying! Tratam-nos como ingênuos, burros, "desinformados", comunistas (como se isso fosse ofensivo) e por aí vai. Confesso que vinha me retraindo, mas desde ontem, assim como Gregorio, resolvi tirar o meu petismo do armário contra essa onda fascista que se abateu sobre o Brasil e que lhe coíbe até de ter opinião própria. Não quero um regime comunista no Brasil (coisa que o PT nunca pregou), quero uma democracia social, com um país mais moderno e igualitário. Então eu voto Dilma sim! O candidato da direita se juntou a setores tão reacionários da sociedade que a disputa aqui não é nem mais PSDB x PT, é fascismo x democracia.

    • Natália Postado em 14/Oct/2014 às 15:11

      É isso mesmo, Denis! Todos no mesmo barco. Eu curto política, mas não me metia tanto. Agora tô até pedindo voto dos indecisos! Não temos que ter vergonha de querer um Brasil justo, igualitário. Temos que ter orgulho de termos esse sentimento, que pelo nível do tratamento que estamos levando a gente vê que é muito necessário! Conte comigo e com todos os outros que tem o social como valor de vida nessa empreitada!

  6. Alice W. Postado em 14/Oct/2014 às 15:24

    Moro no Espírito Santo e, quando falei para meus colegas de trabalho que votaria na Dilma, todos acharam que eu estava doida. Chegaram a questionar que isso não era coisa de uma menina tão estudada. Perguntei a todos eles UM motivo para votar no Aécio, sem precisar usar a frase "Fora PT!". Todos ficaram me olhando com cara de perdidos. Nenhum soube responder a minha pergunta. O repúdio ao Partido dos Trabalhadores se espalhou e ficou impregnado na cabeça de muitos eleitores tucanos, que não conseguem enxergar mais nada. No meu convívio, o que eu percebi é que a maioria das pessoas que votarão em Aécio nem conhecem seu plano de governo. Sequer sabem das coisas boas ou ruins que ele já fez em sua carreira. Principalmente em Minas Gerais, onde o programa eleitoral do PSDBista enche a boca pra falar que ele saiu com 92% de aprovação, sendo que o que mais vemos são mineiros dizendo que o Estado está arruinado. Tudo bem querer mudança. Mas mudar pra pior também é válido? Acho que não, né?

  7. Natália Postado em 14/Oct/2014 às 16:11

    Thiago, acho que você não vive em outro país não. Apenas não chegam as coisas para você (ou você não vê). É só assistir os programas do Aécio para ver que ele tb denigre a imagem da Dilma. Ninguém é santo, meu caro. Candidatos vivem se atacando...

  8. Thiago Postado em 14/Oct/2014 às 16:29

    Rodrigo, eu considero ele um ótimo humorista, independente da posição política que ele assuma. É lógico que existe uma parcela da população que por questões culturais não gosta do tipo de humor de porta dos fundos. O problema do PT é que ele não separa o político do pessoal. Eu tenho vários amigos PTistas e não é por isso que eles são mais inteligentes. Agora me diga quem é que está fazendo uma campanha do medo dizendo que Aécio vai retirar o bolsa família. Ai vc volta e lembra do vídeo de Lula, anos atrás, criticando as cestas básicas de FHC, que era puro assistencialismo, que as pessoas não votavam o a cabeça e sim com o estômago. Ai vem gente criticar as palavras de FHC que existe uma parcela das pessoas que votam no PT que são desinformadas. Em que difere as duas declarações? Sei que não tem ninguem santo, mas ficar falando apenas de um lado é muito fácil. Eu votei em Marina, estou em dúvida se voto em Nulo ou se escolho entre os dois candidatos. Mas o que fizeram com Marina não foi honesto. Os marketeiros pegaram pesado demais na dose. Quando ela perdeu, que se configurou como mentiras ou distorções dos fatos as pessoas ficam mais receosas para acreditar nas falácias sobre Aécio. O PT ta sofrendo pra ganhar essa eleição, em boa parte, colhendo os frutos que plantou durante a campanha. Triste.

  9. Elenise Postado em 14/Oct/2014 às 16:50

    O Aécio também atacou muito a Marina na propaganda eleitoral antes do primeiro turno.Ela não foi para o 2º turno por incompetência dela mesma.

  10. Luciano Elia Postado em 14/Oct/2014 às 18:08

    Leblon não representa o Rio e, apesar de tão carioca, está envergonhando a cidade. O que faz o capital - a grana que ergue E DESTRÓI coisas belas! Faz do magnífico Leblon um território repulsivo.

  11. KARINA BB Postado em 14/Oct/2014 às 18:30

    Thiago,marina se destruiu sozinha,,o PT somente expôs suas contradiçoes,seus apoiadores, e seu PGM de governo,nao disseram nenhuma mentira

  12. sheyla Postado em 15/Oct/2014 às 12:37

    Olha que linda a notícia sobre o "glorioso" Ministério Público mineiro... Chefia do MP será uma escolha de Alberto Pinto Coelho Hoje em DiaImprimir Enquanto o novo governador se prepara para montar a equipe que o ajudará a governar, o Ministério Público dá início à escolha do procurador-geral que irá reger a atuação do Ministério Público (MP) durante a administração petista. Fernando Pimentel não irá escolher o chefe do MP. A tarefa caberá ao atual governador, Alberto Pinto Coelho (PP). E o ocupante do cargo sairá de uma lista com dois procuradores conhecidos do governo estadual. Rômulo Ferraz foi secretário de Defesa Social na gestão de Antonio Anastasia (PSDB), hoje eleito senador. E Carlos André Mariani Bittencourt é o atual procurador-geral que tenta a reeleição. Foi ele quem manifestou-se favoravelmente ao arquivamento do processo de improbidade administrativa que corria na Justiça contra o antes governador Aécio Neves (PSDB) por utilizar dinheiro da Saúde na Copasa. Mariani e Ferraz se inscreveram junto ao Ministério Público para concorrer ao cargo. Nos dias 4 e 5 de novembro, os membros da instituição farão sua escolha pelo voto. O objetivo é compor uma lista a ser encaminhada ao governador. Apenas os dois se inscreveram. Formalidade A votação é uma formalidade. Na prática, independentemente do mais votado, a escolha cabe ao governador. No caso, Alberto Pinto Coelho. Ele terá que definir o nome em até 15 dias após a votação do MP. O que significa que ainda estará na posse do cargo de chefe do Executivo. O mandato do procurador-geral de Justiça tem validade de dois anos - 2015 e 2016.

  13. eu daqui Postado em 15/Oct/2014 às 14:24

    Tem ódio de ambos os lados e os odios de ambos estão sendo manipulados. Raiva excessiva e mal elaborada, ressentismo, vingancismo, revanchismo e outros similares sempre são manipulados rumo ao atendimento de interesses políticos particulares.

  14. Edna Regina Koniz Postado em 16/Oct/2014 às 09:13

    Olá Naro, tomei a liberdade de colocar em destaque a sua resposta ao querido e talentoso Gregório Duvivier. Muito bem colocada, parabéns!

  15. José Postado em 17/Oct/2014 às 19:15

    Um conselho. Retirar a assinatura e o like no porta dos fundos. Achava engraçado até eles insistirem em desrespeitar a Deus como modo de convencer as pessoas a serem ateus como ele.

  16. José Postado em 17/Oct/2014 às 19:19

    "Mensalão tucano" - A denúncia jornalística nao e de mensalão esse foi o apelido da mídia de esquerda como modo de dizer que o PT esta menos errado por que houve um negocio parecido no PSDB. Mentira. Reeleição - nunca nada foi provado, Pó - insinuam que Aecio e usuário de droga. Nunca apareceu um vídeo ou fato nesse sentido. E aí PTista? Vai inventar algo mais? Apoiadores de corruptos.