Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 01/Sep/2014 às 21:01
73
Comentários

Racismo e caso Aranha: o que Luciano Huck e Danilo Gentili têm a ver com isso?

A ira justa do goleiro Aranha e de um anônimo negro contra o racismo cotidiano. O que Danilo Gentili, um juiz e Luciano Huck tem a ver com isso?

racismo aranha gentili huck

Quando parte da torcida do Grêmio encheu a boca, em Porto Alegre na quinta-feira (28/08), para chamar o negro goleiro do Santos de “macaco”, apareceu um herói, o próprio alvo dos xingamentos, para vingar os tantos humilhados pelo racismo.

Com a ira santa dos justos, Mário Lúcio Duarte Costa, de 33 anos, o Aranha, gesticulou e gritou furioso contra a turba infame, e deixou bem claro o orgulho da pele colorida, a mesma de seus ancestrais africanos (veja aqui).

Ao menos uma criminosa, Patricia Moreira, moradora em Porto Alegre, já foi identificada, filmada enquanto insultava o goleiro:

“Ma-ca-coooo!”.

A meliante já perdeu o emprego como auxiliar de saúde bucal no Centro Médico Odontológico da Brigada Militar. Deverá responder a processo criminal por injúria racial, crime sujeito a pena de um a três anos de reclusão, com multa.

A defesa de Patrícia certamente dirá que tudo não passou de uma “brincadeira”, que ela não fez mais do que repetir o que lhe ensinaram algumas celebridades (às vezes até com o aval da Justiça, como se verá).

O humorista Danilo Gentili, com milhões de seguidores do Twitter, não defendeu publicamente seu direito de ofender negros, chamando-os de “macacos”?

“Alguém pode me dar uma explicação razoável por que posso chamar gay de veado, gordo de baleia, branco de lagartixa, mas nunca um negro de macaco?”

O mesmo Gentili não teve, depois, a ousadia de oferecer bananas a um jovem ativista negro, o redator Thiago Ribeiro, que o acusou de racista?

“Sério @LasombraRibeiro [Thiago Ribeiro] vamos esquecer isso… Quantas bananas vc quer pra deixar essa história pra lá?”

Isso pode?

Não é difícil que Patrícia Moreira tenha ouvido falar da tentativa de Thiago Ribeiro de obter a condenação de Danilo Gentili. Talvez tenha visto também que um juiz, Marcelo Matias Pereira, da 10ª Vara Criminal da Justiça de São Paulo, absolveu Danilo Gentili do crime de injúria racial, por considerar que o comediante não teve “propósito e intenção de ofender a vítima”.

Ah, tá!

Ganha um exemplar do livro “Não Somos Racistas”, de Ali Kamel, diretor geral de jornalismo e esportes da TV Globo quem adivinhar a cor do juiz…. Não, não ganha não porque esta é fácil demais.

Nem é preciso dizer que a sentença do juiz branco deu ânimo para centenas de boçais e fãs de Gentili sentirem-se livres para extravasar seu ódio racista pelas redes sociais e seguirem repetindo os insultos, como se fossem brincadeira:

“Ma-ca-coooo!”

Que mal tem?

Tem muito mal. “Fiquei bem nervoso. Com o perdão da palavra, fiquei p… Isso dói. Não é possível. Bati no braço e disse que sou preto mesmo”, declarou Aranha logo depois de finalizada a partida.

Será que o juiz Marcelo Matias Pereira, que absolveu Danilo Gentili, sabe da responsabilidade que pode ter nesse episódio trágico?

Aranha tornou-se herói porque não fez a menor questão de ficar tranquilão diante da ofensa, porque não se fingiu de surdo, porque denunciou os agressores. Porque chutou o balde do racismo.

Ele não quis “ressignificar o xingamento”, como alegaram ter feito Daniel Alves, o jogador brasileiro atuando no Barcelona, quando comeu a banana que um torcedor racista jogou para ele.

Ele não deu chance para o mega-oportunista Luciano Huck vender camisetas de sua grife pessoal, a “Use Huck”, com uma estampa de banana e os dizeres “Somos todos macacos”.

Aliás, a defesa da racista do Grêmio também poderá alegar que ela não considera “macaco” um xingamento, já que ela mesma vê-se como um. “Como diria Luciano Huck, somos todos macacos”… Quem sabe, cola.

Aranha chegou a ser admoestado pelo árbitro da partida, Wilton Pereira Sampaio , que o acusou de estar “provocando a torcida adversária”.

Logo, outros atletas negros do Santos, como Arouca, David Braz e Robinho, cercaram o juiz para impedi-lo de, novamente, culpar a vítima pela violência que a oprime.

Coincidência mais linda, no mesmo dia, outro negro, anônimo, também distribuiu lições de humanidade contra o racismo. Veja aqui.

Acusado de roubar uma loja no Salvador Shopping, da capital baiana, o jovem também não se intimidou e gritou para os seguranças: “Eu não roubei nada. Eu sou trabalhador, rapaz, não sou ladrão, não! Cadê o roubo? Mostre o roubo aqui.” E baixou as calças. Quase nu, demonstrou o fundo racista da acusação que sofria.

O shopping ficou paralisado, consumidores interromperam a correria entre as lojas para assistir à cena. E a massa foi ao delírio, com aplausos e gritos de apoio, quando percebeu a vitória moral do inocente enfrentando a perseguição.

Ainda do lado de fora, o homem continuou gritando com o segurança. “Só porque é negro, é negão, vai roubar. Vá se f…”. Mais aplausos.

Aranha estava furioso. O anônimo estava furioso. Eles colocaram os agressores no seu lugar. Zumbi estava neles.

Laura Capriglione, em seu blog

Recomendados para você

Comentários

  1. Alice Postado em 01/Sep/2014 às 21:21

    O grande problema de Danilo Gentili (e de grande parte dos comediantes brasieiros) é ser um playboy, branco e classe média, sem consiência das consequências do que ele diz e incapaz de se colocar no lugar das minorias que ele se orgulha de ridicularizar. Cala a boca Gentili

    • Junior Postado em 02/Sep/2014 às 08:07

      Por quê, faça uma síntese sobre isso?

    • Xico Postado em 02/Sep/2014 às 09:49

      O rapaz é apenas um palhaço que trabalha na TV, o que esperar, estava fazendo o que é próprio de sua profissao para ganhar dinheiro.

    • Rafael Postado em 02/Sep/2014 às 10:01

      Alice, antes de falar o que você ACHA... Vai ler um pouco a história dele antes de passar vergonha aqui!

      • Antonio Carlos Postado em 03/Sep/2014 às 14:10

        É ruim hem? ler a história deste cara !

    • Pedro Pereira Postado em 02/Sep/2014 às 11:33

      Ele não é playboy, é um paga pau de playboy! Pior ainda...

    • Sherlockbr Postado em 02/Sep/2014 às 17:32

      O pior e ver alguns defenderem este tal de Gentili... como se estivessem apoiando as muitos merdas que este sujeito faz...

    • Geertz Postado em 03/Sep/2014 às 12:23

      O Danilo têm uns asseclas... mais burros que ele... gente que não sabe nem falar direito, mas tem acesso a internet (infelizmente!!!!) Agora o que não interessa é a história de vida do cara. Cometeu racismo ou injúria tem que pagar!

    • Felipe Peters Berchielli Postado em 03/Sep/2014 às 14:25

      Ele não é playboy(agora é,mas antes não),antes era um pseudo playboy,o cara estudou na UniABC,playboy nenhum estuda la.

    • Mariane Postado em 03/Sep/2014 às 16:37

      acho que voce deve ver isso: http://www.standupcomedy.com.br/danilo-gentili-desabafa-e-solta-declaracao-esclarecedora-sobre-acusacao-de-racismo/

    • Elaine Postado em 06/Sep/2014 às 22:47

      Independente da tal história de vida dele, nada justifica ser o babaca que ele é. Se fosse assim, todo mundo poderia usar das suas histórias de vida pra fazer as merdas que quiserem. Faça o favor...

    • ines vasconcelos Postado em 28/Dec/2014 às 18:08

      Bota fezes pela boca, esse pulha que posa queimando a Bandeira Nacional.

  2. Elson Postado em 01/Sep/2014 às 21:28

    Não tem sentido é aqui na matéria já qualificarem a torcedora de meliante. Não precisa disso, além de que estimula que as pessoas queiram descontar sobre ela essa ofensa, como fizeram já apedrejando sua casa. Essa exposição toda já deve estar sendo um castigo tremendo sobre a moça.

    • André Anlub Postado em 01/Sep/2014 às 21:54

      Nossa, Elson, até me emocionei por aqui! Ela deve estar sendo exposta realmente, coitadinha. Povo mal educado e agressivo! Qualquer dia ela vai dar uma entrevista comentando que teve que contratar uns "gorilas" para ir segura ao shopping.

    • Sofia Postado em 02/Sep/2014 às 00:12

      Não deve haver qualquer tipo de agressão contra a moça, falta-lhe educação, e assim, creio que a maneira mais eficaz é aplicar-lhe a lei com isenção.Se a julgadora do processo, a condenaria com prestação de serviço comunitário, mais precisamente p/oferecer suas habilidades profissionais em comunidades carentes,onde predomina a raça negra e sob suas próprias expensas financeiras.

    • brunno Postado em 02/Sep/2014 às 08:42

      Mas ela é. Racismo é crime e ela foi pega em flagrante.

    • brunno Postado em 02/Sep/2014 às 08:42

      Mas ela é. Racismo é crime e ela foi pega em flagrante.

  3. Volff Postado em 01/Sep/2014 às 21:46

    Elson na boa , não abre a boca pra falar asneira não amado, não tem sentido você não ler no Aurélio o que significa meliante. O que ela fez é crime.!! Deve ser tratado como tal. È inadmissível isto ocorrer em tempos como este.

    • Elson Postado em 01/Sep/2014 às 23:12

      Não preciso ir ao Aurélio para saber o que é meliante. Não estou livrando a cara da moça. Só acho que não se deve estimular (porque isso pode funcionar como tal) as iras das pessoas mais ainda, porque isso pode chegar até a quererem fazer justiça com as próprias mãos. O apedrejamento da casa dela já é um indício. O André aí em cima ironizou falando de ela ir a um shopping, pois justamente, se ela aparecer num espaço público por esses dias e for reconhecida, podem imaginar o que vai acontecer. Se ficarem só no xingamento vai estar de bom tamanho, mas a coisa pode estrapolar...

      • Fernando Postado em 02/Sep/2014 às 10:47

        Seria fantástico se ela fosse não só vaiada mas xingada e escorraçada de qualquer lugar público que tenha a pretensão de freqüentar porque uma fera sem educação nem discernimento da realidade tem que ser segregada do meio social para aprender na mesma moeda a extensão do mal que provocou.

    • Rafael Postado em 02/Sep/2014 às 10:24

      Volff... Estes dias estava conversando com a minha esposa sobre isto! E dei o seguinte exemplo: Numa briga de transito sai uma pessoa de cor bem puto e fala: "O seu Branco azedo de merda, olha o sinal que ele vai fechar!" e eu respondo: "Calma Macaco! Aqui na minha frente tem um "Amarelo do pinto pequeno" dos zóios fechado e não consegue enxerga o farol!". E depois perguntei: Existe racismo no meio desta briga de transito? E ela falou que sim! Você não pode chamar um negro de "macaco"! E questionei sobre ele me chamar de "branco azedo" e ainda de eu ter chamado o japonês de "amarelo do pinto pequeno"! Isto também não é racismo? Ela falou que não! Falou que "branco azedo" e "amarelo do pinto pequeno" não são ofensas. Fiquei pasmo e preferi não dá continuidade na conversa com ela, mas queria saber o que você acha?

      • Daniel Postado em 02/Sep/2014 às 18:11

        Acho que você deveria pedir o divórcio e procurar outra esposa.

      • gisele Postado em 03/Sep/2014 às 00:31

        não é a ofensa em si , mas o que ela representa...vc sabe que nunca foi segregado por ser branco azedo e um amarelo de pinto pequeno nos remete a um japonês que nos leva a pensar que é um homem de uma raça inteligente, diferente de macacos que são animais e branco é mesmo a sua raça...negro azedo seria a raça dele.Macaco todos sabemos que sempre vem carregado de um contexto de humilhação , não nos façamos de bobos.

      • Rafael Postado em 03/Sep/2014 às 09:01

        Gisele, o macaco só foi exemplo! Qualquer comentário que eu fizesse referente a etnia do Cara que me intimou no transito ia ser considerado racismo só por ele ser negro! Não se faça de Boba você! E outra, definir a raça por cor é algo meio ultrapassado!

      • Luiz Souza Postado em 03/Sep/2014 às 13:17

        Se houvesse possibilidade de sua fábula ocorrer na vida real...

      • Diogo Postado em 03/Sep/2014 às 16:00

        Já tentou andar na rua com uma camisa escrita "100% Branco" ou "Sou branco com muito Orgulho"??

      • Jackeline Postado em 12/Sep/2014 às 13:34

        Se for racismo chamar um negro de macaco, é racismo chamar uma loira de burra (outro animal) e branco de azedo, papel sulfite, fantasma, urso polar (outro animal), português de burro também, italiano de camarão (outro animal) e japonês disso aí também que você falou, visto que jegue é animal e este eles não ligam. Os italianos e japoneses também foram escravizados no pós guerra aqui no Brasil e não se doem por isso, assim como os outros, menos os negros. Se a justiça é prá um, é prá todos (artº 5º da CF). Dois pesos e duas medidas, além do que negros são iguais a todos e não precisam de cotas, não são incompetentes para precisar dessa esmola. Somos todos iguais.

  4. Bruno Postado em 01/Sep/2014 às 22:01

    Eu não sei nem por onde começo com essa mula. Danilo Gentilli é um pseudo comediante que realiza quase sempre que abre a boca um desserviço a toda a classe dos humoristas, as minorias e ao país inteiro. Triste é saber que ainda ganha audiência, mesmo sendo portador de um humor pífio e sem repertório... Mais um da geração "formulinha pra fazer piada". É só falar de sexo de maneira chula, peido ou ridicularizar algum grupo através de uma ridicularização estereotipada, quando não puramente ofensiva. E olha que eu sou contra a patrulha excessiva da moral, pois acho SIM que as "caricaturas" fazem parte do humor. Mas quando se faz a ridicularização gratuita de um grupo(é isso que esse senhor faz),seja pelo motivo que for, o MÍNIMO é que se tome o cuidado pra não atrapalhar e invalidar toda uma causa, ou contribuir pra criar imagens negativas e preconceituosas.

    • Antonio Palhares Postado em 02/Sep/2014 às 11:24

      Carlos Prado e Rafael. Qual a grande história do Danilo Gentille? Quais os seus grandes feitos humanitários? Porque ele é tão importante assim para a humanidade a ponto de poder humilhar pessoas e não ser punido por isto?

    • Antonio Palhares Postado em 02/Sep/2014 às 11:29

      Apoiado Bruno. Racismo e piadas que ridicularizam pessoas são coisas de ignorantes de péssimo caráter.Não tem explicação, devem ser punidos.

  5. Thiago Postado em 01/Sep/2014 às 22:17

    Danilo Gentili eu nem me espanto pq é um ignorante, mas não sei de onde vem um juiz desse. Vou te contar viu...

  6. Marcelo Pereira Postado em 01/Sep/2014 às 22:39

    Eu não entendo o que leva alguém a achar que é superior a outra devido a sua cor ser "branca".Ter prazer em xingar alguém que é seu semelhante,a burrice é tanta que desconhece que todos nós brasileiros temos "sangue" africano e que eles contribuíram imensamente para com o nosso país.

  7. Luiz Souza Postado em 01/Sep/2014 às 22:41

    Esperando os throlls...

  8. Jonas Schlesinger Postado em 01/Sep/2014 às 23:02

    Queria mesmo que o Grêmio fosse punido, uma punição bem severa. Eles chamam os colorados de macacos, mas o MACACO eles o usam em vários contextos, mas sempre irão se defender dizendo que é o mascote do time. De Gentili o Danilo não tem nada. Quanto a Patrícia (essa daí suja a imagem dos meus conterrâneos) deve ser punida, mas como não tem antecedentes criminais ela não será presa. É o exemplo que a justiça deste país dá. Há muito tempo deixou de ser algo sério pra ser uma: "brincadeira de criança, como é bom, como é bom!"

    • Antonio Palhares Postado em 02/Sep/2014 às 11:30

      Até que enfim concordo contigo, Jonas.

    • Diogo Postado em 03/Sep/2014 às 16:03

      Ela realmente deve ser Punida, porém pela justiça e não ter a casa apedrejada!

  9. Guilherme Postado em 02/Sep/2014 às 06:13

    De novo essa história do Danilo Gentili. Sim, ele é um babaca, mas foi o próprio ativista que se chamou de King Kong e falou repetidas vezes que era um macaco--para depois processar o Gentili por injúria racial. Vai entender.

  10. Maurício Ruiz Postado em 02/Sep/2014 às 08:04

    Quando acabarem as luzes dos holofotes da mídia(porque muitos vão querer aparecer em cima disso) , pode encomendar as PIZZAS porque infelizmente é nisso que vai acabar. Sou gremista , negro e sou gaúcho. O Grêmio , por mais que me doa, deveria ser excluso da Copa do Brasil, perder mandos de campo e pagar multa mesmo sem ter culpa.Usar aquela mesma lógica do meliante que tacava coisas no campo e o CLUBE acabou perdendo mandos de jogos.Não solucionou mas inibiu. A garota , deveria ser presa e proibida de ir aos estádios. Mas aqui é o Brasil!!! Um país que no feriado da consciência negra, os negros vão servir camarão frito com cerveja pra branco na praia.

    • Cristiane Postado em 30/Sep/2014 às 18:17

      Que exagero Maur[icio bom senso e bom! cuidado com os extremos!!!!!!

  11. Thiago Teixeira Postado em 02/Sep/2014 às 08:06

    "Alguém pode me dar uma explicação razoável por que posso chamar gay de veado, gordo de baleia, branco de lagartixa ..." Quem disse que pode? Toda forma de desprezo ao próximo protagonizado pelo padrão correto do brasileiro (homem, hétero, católico, branco, sobrenome europeu, morador da capital, tucano, nível superior, rico, magro e preconceituoso) merece punição e repúdio igualmente a discriminação racial. Modinha.

    • eu daqui Postado em 02/Sep/2014 às 08:52

      kkkkkkkkkkkkkk só quandoo insulto vem do "padrão" é que não pode? é bem do nazivitimista kkkkkkk quando a ofensa vem do pobre preto, tadinho, não é injúria, é só direito ! Bem feito pra quem precisa deseaperadamente insultar pra não se matar kkkkkkkkkk

    • Rafael Postado em 02/Sep/2014 às 10:20

      Thiago, estes dias estava conversando com a minha esposa sobre isto! E dei o seguinte exemplo: Numa briga de transito sai uma pessoa de cor bem puto e fala: "O seu Branco azedo de merda, olha o sinal que ele vai fechar!" e eu respondo: "Calma Macaco! Aqui na minha frente tem um "Amarelo do pinto pequeno" dos zóios fechado e não consegue enxerga o farol!". E depois perguntei: Existe racismo no meio desta briga de transito? E ela falou que sim! Você não pode chamar um negro de "macaco"! E questionei sobre ele me chamar de "branco azedo" e ainda de eu ter chamado o japonês de "amarelo do pinto pequeno"! Isto também não é racismo? Ela falou que não! Falou que "branco azedo" e "amarelo do pinto pequeno" não são ofensas. Fiquei pasmo e preferi não dá continuidade na conversa!

      • Guilhermo Postado em 02/Sep/2014 às 11:44

        Isso também me intriga, Rafael.

      • Thiago Teixeira Postado em 02/Sep/2014 às 13:08

        Não interessa se é contra ruivo, sarará, pardo, branco, mongol, asiático, índio, não importa, na minha opinião ofender as pessoas com o intuito de diminuí-las e constrange-las é crime.

      • Rafael Postado em 02/Sep/2014 às 13:31

        Ok, Thiago! Entendo perfeitamente a sua linha de raciocínio, mas hoje não existe uma "super proteção" quando se trata de pessoas de cor? Se a sociedade busca igualdade, ela tem que valer para todos! Tem que deixar claro para todos que qualquer calunia, piada e até mesmo um elogio como fez o narrador Luiz Roberto (autor da frase "Esses Negros Maravilhosos!") não podem ser feitos! Falar bem o mal tem que se enquadrar como racismo!

      • agnes Postado em 02/Sep/2014 às 15:44

        Thiago Teixeira >> "na minha opinião ofender as pessoas com o intuito de diminuí-las e constrange-las é crime." ironia, cinismo, sarcasmo também é crime? muitas pessoas usam essas figuras de linguagem com a intenção de diminuir o interlocutor. então, o que deveria ser punível é a intenção e não a palavra proferida. se for assim, o juiz que inocentou o gentili no caso da oferta de banana não está de modo algum errado. segundo ponto e não menos importante. porque vcs da esquerda são tão hipócritas heim? odeiam a generalização que fez o negro ser visto como um criminoso em potencial, mas não em importam nem um pouquinho em punir toda uma torcida pelo vacilo de alguns.. juro que não compreendo, deve ser porque não tem sentido mesmo. já ouviu falar em ostracismo? essa mina deveria ser ignorada o resto da vida por ser uma idiota, vcs incitam o ódio contra ela e os 'racistas' do mesmo modo que os racistas incitam o ódio contra os negros... mais uma contradição. agora para pra pensar um pouco, se tudo que for dito pode ser considerado uma ofensa, já que isso só depende da 'moral da vítima' você provavelmente já deveria estar preso por ser reincidente, assim como eu e quase toda sociedade. menos mimimi e mais coerência.

      • Thiago Teixeira Postado em 02/Sep/2014 às 16:33

        É fácil tachar de "mimimi" observações de pessoas que tenham sofrido discriminação, sendo ariana, de direita e acima de qualquer suspeita. Se fosse a sua mãe a ter bananas oferecidas pelo Gentili, tenho certeza que não se simpatizaria com a decisão de seu Juiz.

      • agnes Postado em 02/Sep/2014 às 18:11

        Tiago, responde minhas objeções com lógica, da mesma forma que eu objetei sua convicção. Ou a única parte que vc entendeu foi o "mimimi"???? se for, tudo bem compreendo o nível.... Sou de direita por escolha, branca por falta de melanina e se o gentili tivesse oferecido bananas pra minha mãe, muito provavelmente ela iria aceitar, porque no governo do PT a única coisa que aumentou drástica e verdadeiramente sem a necessidade de maquiar as estatísticas foi a inflação.

      • eu daqui Postado em 05/Sep/2014 às 12:24

        Com mais mimimi reage a tudo e a nada o nazinegrismo para quem olhar já é racismo e não olhar também é. E vá estudar pra não ficar rotulando de ariano sem ter noção do que venha a ser isso, cotista !

      • Cristiane Postado em 30/Sep/2014 às 18:19

        Fez muito bem Rafael, mas agora para o negro tudo [e racismo!

    • Luiz Souza Postado em 03/Sep/2014 às 13:40

      Admiro vossa paciência, Thiago.

  12. Renata Postado em 02/Sep/2014 às 09:08

    A moça é bonitinha...no final das contas ela vai ser convidada para posar na Playboy

    • Luiz Souza Postado em 03/Sep/2014 às 13:23

      Vejo bem melhores nos estádios. Mas há o potencial de tornar-se musa dos reacionários. Pelo ato cometido e não pela beleza.

      • eu daqui Postado em 05/Sep/2014 às 12:26

        A beleza também incomoda e incomodaria os insultados de nascença mesmo que não houvesse sido cometido o ato.

  13. Antonio Carlos Bueno Postado em 02/Sep/2014 às 09:30

    - Racismo é crime, sim, e esses racistas preconceituosos são o que há de mais nocivo ao Brasil, por isso, devem ser punidos de modo imparcial na forma da Lei.

    • eu daqui Postado em 05/Sep/2014 às 12:27

      Apedrejar a residencia de uma família é desproporcionalmente extremista como reação a uma injuria. Extremismo nazinegrista.

  14. Allysson W. Postado em 02/Sep/2014 às 09:36

    Por isso não me agrada tanto esse humor nos moldes "stand up" que está posto e virou moda no país.. Prefiro o humor aqui do meu nordeste, comediantes caricatos, que fazem piada muitas vezes sobre suas próprias experiências em todo o seu contexto cultural e regional, em sua grande maioria não denigrem a imagem de terceiros para fazer rir.

    • Luiz Souza Postado em 02/Sep/2014 às 22:34

      O humor do nordeste funciona porque é uma expressão genuinamente brasileira. O espectador imediatamente familiariza-se no contexto. O stand up é uma emulação duma arte proveniente de outra sociedade. Não faz sentido um brasileiro chegar no outro e dizer que a mãe dele é "tão gorda, mas tão gorda que..." Não funcionará nunca.

  15. Danila Postado em 02/Sep/2014 às 10:02

    Centenas de brasileiros disseram "Somos todos macacos", postando fotos com bananas. Mas o Huck foi "mega oportunista" por lançar camiseta com esses dizeres?? No mínimo exagerado! Agora sobre o Gentili... já disseram tudo. Tenho nojo de pessoas que precisam ofender para fazer "graça". Esse tipo de humor já passou de todos os limites.

  16. Guilhermo Postado em 02/Sep/2014 às 11:29

    A guria teve muito azar porque foi a única pega gritando ofensas ao jogador. Só que ela não era a única, mas é a única a ser achincalhada. Claro que isso não justifica o ato, mas ela ser a única a carregar a cruz também não é.

  17. Danilo Henrique Postado em 02/Sep/2014 às 13:15

    Esse trato que a matéria dá somente ampliará o racismo, a ofensa Por que será que nos anos 70,80 e 90 não ouvíamos esse coro racista? Por que será que as brincadeiras não tinham esse tom, que já foge do humor e se torna ofensa? Racismo sempre houve na sociedade brasileira, mas não dessa forma. Por que? Porque estamos tomando um caminho equivocado. Não existem heróis nem vilões na vida. Tornar o negro um herói por ser negro e o branco um vilão por ser branco é o caminho errado para solucionar as questões raciais Somente a discussão dessas questões em termo amplo, que analise toda a subjetividade humana e não simplifique a questão em mocinhos e bandidos poderá trazer uma luz nesses casos O Gentili faz troça, de mal gosto, mas faz. A menina ofendeu o goleiro, junto com toda a torcida do Grêmio, mas só ela foi identificada e punida! Virou bode expiatório de um Estado que trabalha a divisão da sociedade civil para ganhar "clientes", gente a quem possa defender em troca de voto Se não pararmos agora será tarde demais

    • Luiz Souza Postado em 02/Sep/2014 às 22:47

      "Se não pararmos agora será tarde demais" seria uma espécie de "Se vocês, pretos, não se colocarem em vosso lugar, nossa reação será violenta! Tomem cuidado... Faremos uma guerra de secessão!"? É interessante esse tipo de ultimato que sempre recebemos. Esse tipo de coisa acontece quando os detentores de privilégios sentem-se ameaçados. Assim como os chefes numa greve advertem seus funcionários grevistas, tal discurso de advertência sempre aparece quando as coisas estão saindo do controle do opressor. A vantagem dos movimentos negros é que os contra-argumentos são bem parcos - e, consequentemente, repetitivos - o que torna possível problematizá-los e atacá-los facilmente. Melhor pra nós.

    • Luiz Souza Postado em 03/Sep/2014 às 13:50

      Aranha não é herói; apenas foi vítima de um crime. Mas se você acha que o culpado da ampliação do racismo é um governo que tenta problematizá-lo e atacá-lo, parabéns. Os governos do PT e do PSDB - este com menos ênfase - contribuíram para que o racismo fosse discutido e combatido. Não fizeram de conta que vivemos numa democracia racial. Até a declarações preconceituosas de Lula e FHC fizeram o brasileiro pensar e discutir o assunto. Clara evolução.

    • Luiz Souza Postado em 03/Sep/2014 às 13:57

      Danilo Gentili e Roger Moreira são fãs dum velho lunático que trata Nelson Mandela por filho-da-puta.

  18. Marcelo Postado em 02/Sep/2014 às 17:50

    É estranho que, por aqui, um racista seja tratado claramente como "meliante" e alvo de tanto ódio, enquanto um ladrão agressivo, homicida em potencial seja tratado com panos quentes, como vítima da sociedade.

  19. Renata Postado em 02/Sep/2014 às 17:54

    Que conversa é essa de pele colorida? A pele é azul, branca, verde e lilás? Que eu saiba a pele é negra, branca ou parda...

  20. Walter Postado em 02/Sep/2014 às 22:03

    tá tudo certo vai posar nua.

    • eu daqui Postado em 05/Sep/2014 às 12:29

      e pode crer que só não comprarão a revista os homens negros que não tiverem o dinheiro...............

  21. Mirella Postado em 03/Sep/2014 às 14:00

    Para seguidores de Gentili e outros humoristas que ridicularizam os oprimidos e tbm para aqueles que desejam melhorar suas argumentacoes sobre o tema indico o documentário O riso dos outros. Vc pode assistir aqui https://catracalivre.com.br/geral/cinema-dica-digital/indicacao/o-riso-dos-outros-documentario-para-refletir-antes-de-rir/

  22. Aurélio Mayorca Postado em 05/Sep/2014 às 19:20

    PARABÉNS GILBERTO E GIL E ATIVISTAS DA SEPARAÇÃO RACIAL ! PARABÉNS MINISTÉRIO PARA O RACISMO E SEPARAÇÃO RACIAL! O goleiro Aranha, sem saber é vítima da lavagem cerebral do ministério para o racismo. Logo os brancos não irão mais assistir futebol, aí será melhor ? Qualquer coisa agora, brincadeira , diversão, cumprimento, confraternização é racismo, vitimização de uma raça, exigência de privilégios, mais direitos e nada de deveres . A regra é humilhar os brancos, enaltecer os negros, torná-los seres superiores e os brancos seus súditos . Antes que o Brasil vire uma Somália ou um Sudão do Sul, conheça, apoie : www.pazracialnobrasil.blogspot.com.br . Amigos ! Pensemos no futuro. Sei o que é discriminação, pois sou "mestiço", sofri na carne e sei o que sentem as vítimas (principalmente às que não conseguem "relevar", devolver uma eventual brincadeira, conviver ). Mas, a solução virá com educação lenta e progressiva , não com confronto (ou pior: "usando a força do Estado" para proteger uma situação e humilhar a outra parte , esta última também financia e precisa do Estado) . Aplicar castigo cruel é piorar o problema. Cuidemos ! Tememos que se continuar assim, logo teremos um Brasil dividido com disputa entre raças e assim um tirano chegar ao poder com requintes de crueldade, como ocorre em muitos países onde a separação étnica-racial tornou-se "oficial", então todos sofreremos terríveis perseguições sejamos negros ou brancos (basta não bajularmos o tirano, tipo na Síria , no Sudão do Sul, ...)

  23. Rodrigo Postado em 17/Sep/2014 às 19:39

    O negro não é bandido, mas o bandido é negro. Esta é a realidade, é estatistica, infelizmente. Por isso sou a favor de todas as políticas afirmativas, como cotas nas universidades, em emprego público, etc.

  24. cristiane Postado em 01/Oct/2014 às 16:48

    Blog petista que furada! affff perdi tempo escrevendo aqui

  25. vilmar Postado em 27/Dec/2014 às 13:45

    entendo que todas os causos vai ter as pessoas a favor e contrarias tanto que existe os racistas né. mas vi muitos comentários acima que tentam justificar uma coisa sem justificativa e percebo que elas não perceberam profundamente o problema do racismo no pais, até porque os humanos tem um perfil egoísta. quando o problema não é com ele... pouco importa o outros.