Redação Pragmatismo
Compartilhar
Contra o Preconceito 05/Sep/2014 às 17:35
68
Comentários

Brasileiro é contra casamento gay, aborto e legalização da maconha

Brasileiro é contra o casamento gay, a legalização da maconha e a descriminalização do aborto. Outros temas polêmicos, como pena de morte, bolsa família e privatização da Petrobras também fizeram parte da pesquisa. Veja a seguir

maconha aborto casamento gay
Brasileiro ainda tem visão conservadora sobre temas tabus, como casamento gay, despenalização do aborto e legalização da maconha (Imagem: Pragmatismo Político)

Pesquisa mostra divisão dos brasileiros em relação ao casamento gay: 53% contra e 40% a favor.

A pesquisa Ibope/Estado/TV Globo revela que 79% dos eleitores brasileiros são contra a descriminalização da maconha, e apenas 17% a favor. Um placar semelhante envolve a questão do aborto: 79% são contrários à legalização e 16%, favoráveis. A maioria — ainda que por margem não tão larga — também rejeita o casamento gay: 53% a 40%.

Pena de morte

Segundo o levantamento, a população também está dividida em relação à pena de morte: 46% defendem a medida, e 49% a rejeitam. Já a redução da maioridade penal tem o apoio de oito em cada dez brasileiros.

Bolsa Família

A pesquisa mostra ainda apoio significativo ao programa Bolsa Família, principal programa social do governo federal: 75% se dizem favoráveis e 22%, contrários. Entre os que têm renda mensal de até um salário mínimo, a taxa de apoio chega a 90%.

Privatização da Petrobras

A privatização da Petrobras, bandeira levantada pelo candidato à Presidência Everaldo Pereira (PSC), não comeve muito o eleitorado e é rejeitada por 59% — apenas 22% dos eleitores que participaram da pesquisa se disseram favoráveis à ideia.

Casamento gay

Os dados da pesquisa mostram ainda que os homens são os que mais rejeitam o casamento entre pessoas do mesmo sexo: 58% deles são contra. Já quando se trata das mulheres, 49% são contra e 44% se dizem a favor.

Há faixas do eleitorado que são majoritariamente favoráveis à bandeira da comunidade gay: 51% entre os mais jovens, com idade entre 16 e 24 anos, e 55% entre os mais escolarizados, com curso superior. Já a legalização da maconha e do aborto não é defendida nem pelos mais jovens: 74% e 77%, respectivamente, são contrários.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Jonas Schlesinger Postado em 05/Sep/2014 às 18:54

    Fazer o que? Só não vai matar quem for contra senão a população do brasil vai desaparecer kkkkk aê Holanda minha filha, foi abrir as pernas agora quer voltar atrás não é?

  2. Thiago Teixeira Postado em 05/Sep/2014 às 19:08

    Muito estranha a pesquisa. Justamente todo os chavões que a grande mídia defende as pessoas são favoráveis, e contra quando ao contrário? 16% favorável ao aborto? Conta outra.

  3. poliana Postado em 05/Sep/2014 às 19:24

    o povo brasileiros n tem educação e formação intelectual suficientes pra entender tais questões. a grande massa, infelizmente, é altamente manipulada pela mídia tendenciosa e por líderes religiosos...por isso n há a menor condição de tentar discutir essas questões com o povo brasileiro. infelizmente, é algo incompreensível pra maioria.

    • André Postado em 05/Sep/2014 às 22:19

      Então é melhor vcs, minoria intelectual e politizada, recriarem Sodoma e Gomorra e viverem lá!

      • Gustavo Postado em 06/Sep/2014 às 14:31

        Putz, que resposta tosca a sua André

      • Lucifer Postado em 06/Sep/2014 às 14:32

        quem dera

      • Vinicius Postado em 06/Sep/2014 às 14:34

        É melhor vc André criar seu mundo horrendo de fantasias bíblicas e viveram lá.

      • Rafael Postado em 06/Sep/2014 às 14:46

        Va ler a Bíblia e se alienar ainda mais com a palavra do Senhor!!!

      • eu daqui Postado em 08/Sep/2014 às 11:41

        Isso aqui já tá pior do que Sodoma e Gomorra, André. Isso aqui é crackoma e crackorra !

      • Gisele Postado em 13/Sep/2014 às 02:15

        André, que comentário mais infeliz o seu, hein! Cara, vai lá, continue lendo a bíblia, dando dinheiro pra pastor comprar mansões e carro do ano e continue aí, um coitado alienado e esperando pela eternidade por uma vaguinha no céu. Religião = Alienação coletiva guiada por um conto de fadas (bíblia)

      • Zemauro Postado em 20/Jan/2015 às 14:59

        Andre pelo o que postou é um religioso alienado, ta claro!

      • Bira Menezes Postado em 26/Jan/2015 às 08:30

        André, já pagou o dízimo direitinho? Então pague para escapar da ira Divina.

    • Olga Postado em 06/Sep/2014 às 15:12

      Concordo plenamente com você...a grande masa ainda esta no seculo XIX..para fazer um teste somente faça perguntas simples de nível fundamental!!! as respostas serão de espantar...Um dia eu disse, sim Jesus voltasse a terra ele seria preso por não ter identidade nem certidão de nascimento...responderam para mim como que não ele nasceu em Belen, portanto ele é brasilero...!!! Outra..onde voçê viajou? foi para o Uruguai..ah ta o Paraguai!!! Não eu disse Uruguai..po..não é a mesma coisa!!! Imagina responder pesquisas como essa...!!!..além do que os dogmas embutem no cérebro do povo..somando o que a TV vai formando pensamentos obtusos e massificadores...tudo isso é igual as respostas de qualquer pesquisa...Falha na educação, falha na formação do cidadão, falha na informação, falha no entendimento, falha na formação do pensamento crítico, falta de questionamento das supostas verdades e... ( Não é somente no Brasil, é em toda América- Latina...estancamento intelectual que começou com as ditaduras militares).

      • André von Kugland Postado em 25/Sep/2014 às 13:49

        Olga, você escreve “Belen,” “embutem,” “voçê,” suas frases estão todas mal formuladas, têm vírgulas onde não as deviam ter, e, onde não deviam, têm. E, apesar disto, cuidando que é uma pessoa muito letrada, quer erirgir-se juíza de quem deve ser ouvido, e condenar os pobres analfabetos à obediência silenciosa. Ora, você, minha senhora, é iletrada, e, por seus próprios critérios, não vale sua opinião, então cale-se.

    • Thiago Lopes Postado em 07/Sep/2014 às 12:36

      Não diria isso, Poliana, pois mesmo alguns intelectuais, gente com boa formação, mantém os mesmos pensamentos conservadores. Acho que isso está mais ligado à mídia, à imprensa, que acabam por ser a fonte de conhecimento de grande parte da população brasileira. E , queira ou não, o povo é conservador sim, não se esqueça de que moramos num país de linchadores. E não se esqueça de que não é somente a Marina Silva que baixa a cabeça para o Silas Malafaia: tem milhões de pessoas no Brasil que também o fazem.

    • Marcus Valerio XR Postado em 21/Jul/2015 às 03:26

      Se o povo é manipulado pela mídia, então como raios pode ser esmagadoramente contra pautas que a mídia defende abertamente?! Quem é manipulado é, como disse o André, essa minoria "intelectual" e "politizada" que trabalha em prol de ditames de Fundações estrangeiras controladas pela elite capitalista global e de interesses empresariais transnacionais, todos também amplamente comprometidos com a defesa dessas bandeiras "progressistas". E ainda se acham legítimos esquerdistas enquanto defendem as pautas da elite liberal.

  4. Carlos Postado em 05/Sep/2014 às 21:44

    Tenho duas universidades e sou contra o abordo, sou favorável a pena de morte para traficantes e casamento é simbolo cristão, e nos cristianismo casamento gay não faz sentido ou seja, se realmente estudarem vão que esse "progresso" é jogar toda sociedade no lixo.

    • BSAP Postado em 06/Sep/2014 às 10:52

      cristao defendendo pena de morte? Defendendo o poder do estado poder matar? Assim como fez h[a 2014 anos atras? Acho que eh voce quem precisa estudar mais a biblia.

      • Hélide Postado em 06/Sep/2014 às 14:38

        Cristão defendendo a pena de morte, choquei! :0

      • Olga Postado em 06/Sep/2014 às 15:15

        É claro..ele se faz de soldado romano...Não sabe que Jesus foi vitima inocente da pena de morte pelos romanos? cristão? hum duvido..será descendente dos inquisidores..cristão e carrascos!!!

    • Leandro de Moura Postado em 06/Sep/2014 às 11:00

      Bem, Carlos, acredito que você quis dizer duas graduações. A não ser que você seja dono de duas instituições de ensino superior. É impressionante que mesmo com duas graduações você não está familiarizado com os termos. Em relação as suas opiniões, acredito que você é contra porque é homem e, como homem, é muito cômodo emitir opinião sobre o corpo e vida alheios. "Casamento" é um termo que evito usar. Seria união civil. Casamento é instituição religiosa. Não há NENHUM interesse em obrigar religiões a casarem pessoas do mesmo sexo. O que se busca é o reconhecimento das uniões homoafetivas perante a lei, apenas. Claramente suas opiniões estão baseadas na religião, ou seja, em uma fantasia criada pelos homem para controlar mentes fracas. Uma pena.

      • Gisele Postado em 13/Sep/2014 às 02:20

        Leandro, o Carlos deve ter feito duas universidades daquelas à distância, do tipo Uniesquina que pipocam todos os dias por aí e que formam "universitários" nível made in China.

    • SORAIA Postado em 06/Sep/2014 às 12:49

      Resumindo vc é um hipocrita,alienado,idiota

      • Rodrigo Postado em 06/Sep/2014 às 14:48

        Isso só prova que escolaridade é conhecimento estão longe de serem sinônimos. Talvez seja a hora de revermos o conceito de nossas universidades.

    • Antonio Postado em 06/Sep/2014 às 14:38

      Carlos, você tem 'duas universidades' ???? Com essa redação de duplo sentido, acredito que você comprou dois diplomas (pelo preço de um) lá no Paraguai. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Gustavo S. Postado em 06/Sep/2014 às 14:44

      Vamos legalizar a escravidão e o estupro! Na bíblia é permitido!

    • Rafael Postado em 06/Sep/2014 às 14:56

      Resumindo, de nada adiantou fazer 2 faculdades...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Leandro Rodrigues Postado em 07/Sep/2014 às 13:16

      "Duas universidades" e nenhum cérebro.

    • Amanda Postado em 09/Sep/2014 às 16:21

      Que triste ler isso. Alguém, teoricamente, com muito potencial, vomitando babaquice. Respeito suas posições (a favor, contra...) apesar de não concordar com elas, mas queria entender porque você estende o universo cristão e seus valores para toda a sociedade. Que sociedade sendo jogada no lixo é essa? A cristã? O Estado é laico, Carlos. Laico. O casamento gay no Brasil não tem nada a ver com sua igreja.

  5. Rodrigo Postado em 05/Sep/2014 às 22:22

    Então Poliana todas as pessoas que são contra as suas posições como das drogas, do aborto, são fracas intelectualmente e sem educação? Sabia que o principal defeito dos tolos é arrogância e achar que estão certo em tudo? Cuidado, ou vai acabar descobrindo que tudo que citou é apenas o que você vê refletido no espelho.E Thiago, para mostrar Dilma na frente a pesquisa é válida, mas quando discorda de você é meio estranho é? Essa relatividade da esquerda que apenas aceita aquilo que lhe interessa.

    • Cauã Postado em 06/Sep/2014 às 03:42

      Poliana, o pequeno burguês representante da maioria míope e preconceituosa católica classe média, baseada na definição ordinária do que e certo ou errado não tem ou terá tolerância a temas como estes pois seus campos de reflexão são limitados por valores religiosos e preconceito pelo incógnito. Os moralistas defendem a idéia de que uma mulher, ainda que dona de seu próprio corpo seja obrigada a conceber e criar um bebe mesmo sem vocação ou condições para isto, eu não gostaria de estar na pele desta criança como também não gostaria de estar na pele do homossexual cuja sexualidade não e levada em consideração na aplicação de deveres leis e cobranças mas tem seu direito de união civil negado, estes moralistas que são representados por bancadas organizadas no congresso (que deveria ser blindado a este tipo de influência facciosa) e são os mesmos que a tempos atrás foram contra a inserção da mulher no mercado de trabalho, a realidade do divórcio e outros avanços sociais.

    • Thiago Teixeira Postado em 06/Sep/2014 às 07:42

      Se estão mostrando Dilma a frente da pesquisa, meu caro, é sinal que a diferença é bem maior. E se você acredita 16% da população é favorável ao aborto ... paciência.

      • Eduardo Postado em 06/Sep/2014 às 15:10

        Exatamente Thiago. 1/5 das mulheres que engravidaram no Brasil ja fizeram aborto, segundo uma pesquisa que via alguns dias - desculpe nao ter a fonte, mas nao deve ser dificil encontrar. Eu, pessoalmente, soube dos abortos de pessoas conhecidas, numa proporção gigantesca. Ou seja, é um problema de saúde pública, que não deve ser gerido por clinicas sem nenhuma fiscalização. A mesma coisa é o tráfico de drogas, onde o controle e fiscalização da qualidade do produto e consumo não devem ficar nas mãos de traficantes e sim do estado. A Europa está dando um banho nas Américas em relação a esse assunto.

  6. Elton Postado em 06/Sep/2014 às 08:24

    Por mim liberava é tudo, maconha, cocaína, lsd... o aborto tb

  7. Rodrigo Postado em 06/Sep/2014 às 09:23

    Acredito, faz um teste, chegue em qualquer ônibus que leva a maioria da população ao trabalho e pergunte sobre o aborto, sobre as drogas, a maioria será contra. Entenda Thiago, o País deveria ser laico, mas isso não significa que a população é Laica, ou ateu, já que muitos confunde um estado laico, com o estado ateu, a grande massa é religiosa, e assim como eu você sabe que a os dogmas das igrejas nesse tema tem um peso enorme. Tanto que Dilma em 2010 se posicionou a favor do aborto, mas quando viu a população se voltar contra ela mudou logo de opinião.

    • BSAP Postado em 06/Sep/2014 às 10:57

      Na epoca, a maioria da populacao alemá, tambem era a favor do nazismo; isso náo prova nada! A maioria da populacao eh desinformada, analfabeta, acomodada. Nao podemos nos basear na opiniao de uma maioria desinformada, para governar o pais. MANÉ !

      • Zemauro Postado em 20/Jan/2015 às 16:25

        Que criatura genial é você pessoa, e/ou coisa BSAP, a humanidade não pode viver sem sua opinião, é melhor ler isso do que, ser cego!!!

    • SORAIA Postado em 06/Sep/2014 às 12:46

      Rodrigo acontece que essas mesmas pessias que sao contra aborto e drogas,sao as mesmas que praticam aborto e tambem usam drogas,ou vc acha que alguem vai assumir issi em alguma pesquisa,ora quanta ingenuidade

      • Thiago Teixeira Postado em 06/Sep/2014 às 14:09

        Concordo. Reparou que nos hospitais públicos só aparecem garotas de 15 a 17 grávidas oriundas da classe D e E? E as riquinhas? São castas até o casamento? 100% de efetividade no controle de contraceptivo? Conta outra né! Nem todo mundo tem condições de comprar a pílula do dia seguinte ou tem um tio médico na família para resolver o inoportuno. Hipócritas mesmo!!!!!

    • SORAIA Postado em 06/Sep/2014 às 12:47

      UM BANDO DE HIPOCRITAS

  8. Vinicius Postado em 06/Sep/2014 às 14:37

    Maioria hipócrita que já foi a favor da escravidão ! Nenhum conceito interpessoal pode violar as liberdades individuais alheias Sr Cesar. Cada um no seu quadrado e a sociedade deve respeitar os direitos da minoria !

    • Gabriel Fraga Postado em 06/Sep/2014 às 14:45

      Resposta ridícula Cesar, grosseira e vazia. Só estamos defendendo a liberdade de cada um fazer o que bem entender com a própria vida.

  9. Douglas Martins Postado em 06/Sep/2014 às 14:48

    O que mais vejo as pessoas confundirem é o conceito de democracia, pois acreditam que seja a ditadura da maioria. Infelizmente esses temas não são debatidos na grande mídia, sendo que quando os abordam já emitem suas opiniões, que são na maioria esmagadora, reacionárias. O aborto já é praticado e quase 1 milhão de mulheres, em sua maioria pobres, morrem todo ano. As drogas são vendidas em cada esquina, com o apoio da Polícia corrupta, sendo que os grandes traficantes continuam a lucrar e oferecer drogas cada vez mais pesadas e imundas, enquanto o usuário é tratado como criminoso e a situação não acaba. A pena de morte é legalizada no Brasil, já que a parcela mais pobre é quem mais paga impostos, recebe pouco, mora, se alimenta e se educam muito mal e no primeiro deslize pegam 5, 10 ou até 20 anos na cadeia, enquanto grandes sonegadores, corruptos, nada acontecem; isso sem contar a ação da polícia, que é de aniquilamento nas periferias e do povo negro. A redução da maioridade penal será contornada, a começar com a proposta do governk de São Paulo, ou seja pelo PSDB, em que pretende aumentar de 3 pra 8 anos o tempo mínimo do jovem infrator na Fundação Casa, ou seja, antes um jovem de 15 anos era encarcerado e ficava até os 18, sendo que com essa proposta, crianças de 10 anos poderão ser encarceradas e passar toda sua adolescência trancadas, apenas graduando-se em criminologia, ou seja se tornarão adultos peritos em todos os crimes e sairão da Fundação muito mais perigosos, cheios de ódio e praticamente perdidos. O casamento gay só é rejeitado pelos dogmas religiosos, já que ninguém vai obrigar um hetero a casar com algum gay, ou seja, aproveitam-se da péssima educação e falta de informação da população; assim comk o tema de privarizações, que é bom pra quem? Pro povo pobre e pra classe média certamente que não, uma vez que seria melhor ter serviços públicos, gratuitos e de qualidade. Quem compreende que a sociedade só pode melhorar pela repressão, ódio e monopólio só pode ser mal intencionado ou carece de educação e autonomia. Falta realmente muito pra nos tornarmos uma sociedade decente e parte considerável dessa culpa é da própria população, que não se movimenta, não se organiza e se contenta com pouco e em ficar acomodados.

    • Eduardo Postado em 06/Sep/2014 às 15:15

      Aí seus REAÇAS, vão aprender um pouquinho da vida em sociedade com Douglas - o pensamento é esse mesmo, é por aí, pois estamos no século XXI e não na Idade Média (apesar de que tenho minhas dúvidas se esses protestantes não mandarem o Brasil pra Idade Media de novo, rs.

    • Paul Postado em 10/Sep/2014 às 15:38

      Parabéns pelo seus texto.

  10. Olga Postado em 06/Sep/2014 às 16:22

    Quando a maioria esta preparada para discernir sobre estos temas, tudo bem, mais...nenhuma sociedade humana tem progredido ouvindo as maiorias..toda mudança e evolução se tem dado por poucos ousados pensadores. São as minorias pensantes e críticas que fizeram andar este mundo no sentido da evolução em todos os planos da vida humana, logicamente com erros e acertos. Mas a realidade é outra: tem casais gay, tem gente que consume drogas e tem abortos clandestinos..legalizar significa fiscalizar essas ações que por ser proibidas seguem a existir em forma arbitraria, oculta e muito nocivas para a sociedade como um todo!!!

  11. Rodrigo Postado em 06/Sep/2014 às 21:37

    Beleza Thiago, na sua lógica a guria não tem 15 reais para pagar uma pilula do dia seguinte,mas terá dinheiro para pagar um aborto? Porque se você achar que o governo fará de graça o aborto é muito ingenuidade e desconhecido de quem financia essas campanhas pelo aborto, faça uma pesquisa, procure os maiores grupos de feministas do mundo a favor do aborto e veja quem financia elas. E se não sabe camisinha é de graça, só ir em qualquer posto de saúde.

    • Thiago Teixeira Postado em 07/Sep/2014 às 18:40

      AAAhhhhhhhhhh ............. AGORA ENTENDI ....... o problema é o CUSTO!!!!!! Dói saber que sairá do seu bolso o dinheiro para abortar o fruto da farra das pretinhas da periferia. Entendi agora. Parabéns, revelou um dos motivos para os reaças serem contra o aborto. Obrigado.

  12. Rodrigo Postado em 06/Sep/2014 às 21:45

    Olga parece até que você vive em uma utopia achando que isto poderá ser fiscalizado, ou que em um passe de mágica os traficantes entregue suas armas e parem de vender drogas, continuarão vendendo, sempre abaixo do mercado, existirá corrupção, será apenas mais um projeto falido que não ajudará em nada no Brasil, além de aumentar o número de usuários, alias Cigarro é proibido fumar em locais fechados e abertos no Brasil, não é muito incoerência liberar outro tipo que causa quase as mesmas doenças nas pessoas?

  13. Gabriel Postado em 06/Sep/2014 às 21:53

    vamos por partes, ok? quem sabe assim fica mais fácil entender as coisas. primeiro: ninguém quer enfiar nada goela a baixo. se o casamento (civil) gay for legalizado, tu não vai ser obrigado a "dar o rabo". isso só vai dar direitos aos casais gays que os héteros já possuem. e um estado laico deve agir assim. sobre o aborto, é a mesma coisa. não é por que o aborto é permitido que as pessoas serão obrigadas a abortar. a única diferença é que as mulheres teriam apoio psicológico e médico durante essa difícil e importante decisão. esse apoio e acompanhamento, inclusíve, diminuiu os abortos no uruguai após a legalização do aborto. as minorias não estão desrespeitando a 'maioria'. o que tu pede é, por exemplo, se a maioria dos brasileiros fosse judeu tu teria que, obrigatoriamente, ser judeu (pelo menos em público). espero que tenha ficado claro. e ninguém está pedindo pra 'dar o rabo' em público. até porque casamento não tem nada a ver com isso. o que não falta é chefe de família 'dando o rabo' escondido por aí. deixe o 'rabo' dos outro em paz. ficar muito preocupado com a utilização dos 'rabos' alheios pega mal...

  14. Fabio Postado em 07/Sep/2014 às 13:01

    Quanta arrogância nos comentários! Para muitos quem discorda da opinião deles são pessoas ignorantes, preconceituosas, fanáticas religiosas... Que absurdo e quem será que está sendo preconceituoso neste caso? Sou a favor do casamento gay, da liberação da maconha, não tenho opinião formada em relação a mudança da maioridade penal. Sou totalmente contra as privatizações e totalmente contra o aborto. Sou casado, 35 anos, católico e pai de uma linda menininha de um ano. Vou votar na Dilma (quase sempre voto no PT) O mundo e as pessoas são mais complexas do que direita ou esquerda, zero ou um. Abram a mente e respeitem quem discorda de vocês.

    • KARINA BEBEZINHA Postado em 08/Sep/2014 às 11:10

      Fabio nao é questao de arrogancia,é questao de evolucao da sociedade OK

      • Fabio Postado em 08/Sep/2014 às 12:22

        O que você chama de evolução para outras pessoas pode ser retrocesso. Matar um ser humano ainda no ventre na minha opinião é um retrocesso, mas esta é a minha opinião. Eu não vou desqualificar quem pensa diferente. Algumas pessoas aqui se acham donas da verdade. Pensar assim é ser arrogante. Evolução para mim é o homem e a mulher viverem sua vida sexual com responsabilidade e informação.

  15. ricardo Postado em 07/Sep/2014 às 20:02

    Populações inteiras, ao redor do mundo e dos tempos, foram e ainda são ferozmente contrários a, por exemplo, campanhas de vacinação, resultando em milhares de mortes evitáveis. E aí?

    • KARINA BEBEZINHA Postado em 08/Sep/2014 às 11:08

      Ricardo acrescento ainda a atuacao da bancada evangelica (um antro de corrupcao,é so pesquisar) que foi contra pesq com celulas tronco,sao contra remedios produzidos a partir d substancias contidas na maconha (preferem q as pessoas morram d tanta convulsao) contra legalizacao d aborto d anancefalos ( ninguem vai obrigar a mae a abortar,mas vai permitir q se faça com segurança se a mae assim decidir )AS pessoas sao hipocritas e maria vai com as outras,pelo seu exemplo as vacinas tb sofreram esses preconceitos,POR ESSAS E OUTRAS O BRASIL DEVE AFASTAR A CRENTAIADA DA POLITUCA,Antes que seja tarde,o Brasil precisa evoluir ,os codigos brasileiros nao sao biblias ,eles precisam ser modificados atraves das leis para q a sociedade evolua,QUERO VER A CRENTAIADA FUNDAMENTALISTA FORAAAA DA POLITICAAAAAA

  16. Maurício Ruiz Postado em 08/Sep/2014 às 15:00

    Legalize Já!!!

  17. Deisi Postado em 08/Sep/2014 às 19:39

    Eu abomino essa corja de fundamentalista e hipócrita!

  18. raphael_subversivo Postado em 11/Sep/2014 às 08:24

    Infelizmente devo concordar com a Poliana, não que o povo não tenha legitimidade ou deva ser governado por uma suposta minoria intelectual, porém, o debate de ideias não chega nem à 5% da população, o que eu tenho observado é que, no minimo de contato que tenho com pessoas de diferente círculos sociais, a alienação é TOTAL. Não digo só por valores conservadores, digo pela total falta de conhecimento do funcionamento do sistema, seja econômico, seja politico, seja social. A grande massa desconhece completamente todas as questões, mal sabem o que é competência federal ou estadual, imagina conhecimento para debates que enfrentam valores tidos como incontestáveis?! Obvio que culpabilizar o povo por tamanha maquina que existe para lobotomiza-lo seria desonesto, mas, por um motivo ou outro, não temos nenhum contexto favorável para um progresso nessa discussão, mesmo alguns com um pouco mais de acesso ao conhecimento como nossa classe média, ainda permanecem alienados pela mídia, imagina aqueles sem estudo ou oportunidade pra tal? Politica é uma ciência, uma ciência que infelizmente tem o acesso muito restrito, não deveria ser assim, mas, não existe obviamente o menor interesse para massificar esse conhecimento já que vivemos, convenientemente para aqueles que estão no poder, uma tecnocracia. Então somos obrigados a testemunhar uma sociedade convulsionando, decadente, carente e extremamente desigual e que não existe a menor perspectiva de mudança, os conservadores e sádicos e os de má-fé adoram, babam de felicidade por ver que suas ideias fascistas se acomodam nas massas ignorantes, nós, só temos o que lamentar pelo brasileiro e a humanidade, que mantendo esse ritmo de sempre, vai acabar se exterminando.

  19. Geovanio Postado em 11/Sep/2014 às 14:05

    É incrível como uma pessoa se acha, só pelo simples fato de ter um curso superior; E, se o tal for a favor à tudo o que vai de encontro aos bons costumes, pronto, esse já se consagra... Para sermos vistos como o mente superior, temos que ser à favor da liberação das drogas, ser assassinos de crianças (desde que essa, ainda esteja ainda na barriga, pode!) e etc. Afinal, eles são os descolados, os mentes abertas, e quem quiser se igualar a eles e só ser liberal com tudo, escancarar a porteira. Afinal, quem se posicionar contra essas coisas é alienado e tapado. Mas esperar o que, não é?! O que esses "experts" ainda não aprendeu, dentre tantas outras coisas, é respeitar opiniões contrárias as suas.

    • Marcos Vinicius Postado em 22/Sep/2014 às 14:17

      Bons costume pra quem? Por falar em "não respeitar opiniões contrárias" o fato de não querer nem que nós LGBTT's tenha o direito de casar, as mulheres não terem a opção de fazerem aborto, não seria um ato de intromissão? Ou seja, não respeitar "opiniões contrárias"?

  20. Rui Ribeiro Postado em 26/Sep/2014 às 20:32

    Sim, após os esquerdistas liberarem a maconha, o aborto e o casamento gay, deveríamos legalizar a cocaína, a heroína, o crack. Vamos liberar o casamento de homens com animais, vamos acabar com o conceito de incesto, isso é coisa de religião. Família, balela, todos transam todos. Vamos liberar o assassinato de crianças com deficiência, claro, elas serão infelizes na vida, aliás, vamos liberar totalmente o aborto, afinal a mulher gosta de transar sem camisinha mas ela não quer ter um filho não é verdade? Devemos ser livres pra fazermos o que quisermos não é verdade? Ah sim, já ia me esquecendo, a eutanásia também deve ser liberada também. Claro, melhor do que o cara se jogar nos trilhos do trem é ele ir no médico e pedir uma injeção, muito melhor. Vamos que vamos.

  21. Beatriz Postado em 13/Nov/2014 às 17:10

    Essa pesquisa é a prova do pq o nosso país é tão fudido.

  22. Rosendo Postado em 23/Nov/2014 às 15:34

    Cada um faz o que quer da sua vida,isso de ser contra e a favor é bobagem,as pessoas,no geral vivem,crescem e morrem sem ligar pra isso,enquanto que uns,sem vida própria,insistem em querer se fazerem lembrados .

  23. Fernanda Postado em 19/Jan/2015 às 19:38

    Eu sou mãe e fiz ultrassom com 10 semanas e o médico mostrou o coraçãozinho batendo eu nunca vou esquecer isso. Não consigo ser a favor do aborto. Não julgo quem faz mas não posso achar justo

  24. Leonardo Postado em 20/Jan/2015 às 02:02

    cara, na verdade são questões muito simples sim. Qual sua dificuldade?

  25. Fernanda Postado em 23/Jan/2015 às 15:37

    Para mim quanto a questão do casamento gay, cada um possui o direito a escolha de sua orientação sexual, não afeta os outros em nada,, por isso não há motivos para ser contra. No que tange ao aborto e a pena de morte, são temas que sobrepõe-se a um direito já existente: O direito á vida. Quebrar esse direito é um crime horrendo! O programa Bolsa Família, hoje, tem suma importância para inúmeras famílias, que a tempos atrás viviam em condição de miséria extrema, motivo que me leva a defender sua permanência, e por fim, o problema da Petrobrás é a corrupção, no entanto, não é motivo suficiente para que seja privatizada, mas sim investigar e punir os crimes, para que, novamente, seja uma empresa prestigiada por todos os brasileiros!

  26. Luiz Henrique Postado em 05/Feb/2015 às 16:13

    Não tem fontes, nem dados sobre a pesquisa... Com esses resultados, eu poderia facilmente deduzir que a pesquisa fora feita dentro de uma Igreja.

  27. Fábio Postado em 27/Jan/2016 às 23:35

    Não há pesquisa neutra de opinião pública. E portanto SEMPRE DEPENDE basicamente de 3 situações: 1º] De quanto as pessoas conhecem ou pensam que conhecem as visões do debate sobre o tema perguntado; 2º] De que forma são redigidas as perguntas e se as respostas são livres ou têm "opções"; 3º] Em que momento político, conjuntura, são aplicadas. OBS: Ainda pode haver outras situações que influenciam a pesquisa de opinião pública, mas essas são as básicas