Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 12/Sep/2014 às 19:51
12
Comentários

Aluna estuprada na Universidade recebe apoio e mais colchões

Mais colchões: estudantes abraçam campanha da jovem que pede que seu estuprador seja expulso de tradicional universidade de Nova York

aluna estuprada colchão universidade
Estudantes apoiam campanha de jovem que foi estuprada dentro da universidade (Pragmatismo Político)

A campanha da jovem universitária Emma Sulkowicz para ver o seu estuprador fora da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, está surtindo efeito. Não, ao que tudo indica ele não foi levado à Justiça (ainda). Mas ela conseguiu o apoio de outros estudantes.

Emma continua carregando o seu colchão para onde vai na universidade, mas agora ela ganhou a companhias de outros “carregadores de colchões” dentro da instituição. O movimento fundado por ela, o “Carry That Weight” (“Carregue Aquele Peso”, em tradução livre) agora tem a companhia do “Carry the Weight Together” (“Carregue o Peso Juntos”).

“De imediato eu notei uma forma significativa para eu, junto com outros membros da nossa comunidade, me envolver diariamente para acabar com a violência sexual e com a cultura do estupro em nossa universidade. Vamos ajudar Emma a levar o seu colchão todos os dias”, comentou a estudante do Barnard College Allie Rickard na página oficial do movimento.

O primeiro evento do “Carregue o Peso Juntos” aconteceu nesta quarta-feira (10), e o próximo está marcado para esta sexta-feira (12). A proposta, simbólica e física, mantém a prerrogativa inicial da iniciativa de Emma: é um protesto contra as políticas da Universidade de Columbia em relação aos casos de assédio sexual.

Emma diz que a instituição está “mais preocupada com a sua imagem pública do que manter as pessoas seguras”, e o grupo de 123 pessoas que confirmaram presença na página do evento desta quarta-feira no Facebook parece ver a questão da mesma forma. Segundo o Mic, a jovem é uma das 23 pessoas de Columbia e do Barnard College que apresentaram queixas envolvendo assédios sexuais.

Emma continua esperando duas coisas: que o seu estuprador seja devidamente punido e que a instituição de ensino adote medidas mais firmes contra o problema. Até lá, colchões irão compor diariamente a paisagem em Columbia.

Thiago de Araújo. Geledés | BrasilPost

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Daniel Postado em 12/Sep/2014 às 20:26

    KARINA BB meu amor! Essa moça continua ludibriando as pessoas com sua "estoria mal contada", que vergonha!

    • KARINA BB Postado em 13/Sep/2014 às 11:39

      Daniel,tudo q eu tinha pra dizer sobre esse assunto eu ja disse no post anterior,portanto se vc quer polemizar EU ENCARO, Ñ SOU DE FUGIR DE POLEMICA,PODE VIR QUE TEM ,eu defendo minhas ideias mas posso mudar d opiniao,,,,com certeza,tente me convencer,mas com argumentos ,nao adianta vir com MIMIMI OK!

  2. Jonas Schlesinger Postado em 12/Sep/2014 às 21:19

    O Pragmatismo Político colocou outra vez esse caso só porque eu discordei a credibilidade dessa garota. A Karina também o fez. E eu ainda continuo a discordar. Falta mais o que? Ter essa sub fama pra entrar num seriado desses como "Teen Wolf" e outros. Ou dar entrevista ao David Lettermann. É o sonho dessa "songa monga" pseudo estuprada. #geisiarrudadoseeuu

    • Natalia Alencar Postado em 14/Sep/2014 às 19:21

      Hahahahaha.... Sim, foi "só porque você discordou". Que presunção, cara.

      • poliana Postado em 14/Sep/2014 às 22:42

        Kkkkkkkkkkkkkkkkk. Ri litros com seu post natalia! Hahaha

  3. Alessandro Postado em 12/Sep/2014 às 21:42

    Pra quem tá por fora do caso: Esse "estupro" aí consistiu em nada mais do que o namorado de longa data dela ter decidido fazer sexo anal sem vaselina e 6 meses depois ela concluir que não gostou muito daquilo.

    • Rita Postado em 14/Sep/2014 às 22:30

      Lamento o seu comentário.

    • poliana Postado em 14/Sep/2014 às 22:44

      Alessandro..onde vc viu essa materia? Posta o link aki..vlw.

  4. Júlia Postado em 14/Sep/2014 às 19:26

    Pessoal acha que o PP leva tão a sério seus comentários, a ponto de postar matérias específicas apenas por causa deles... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Enfim, que bom que a campanha desta menina está dando certo; espero que a impunidade desses escrotos acabem, que as vítimas fiquem bem, e que casos como estes não aconteçam mais.

  5. Araeci Postado em 14/Sep/2014 às 21:45

    Por que pessoas com este tipo de posicionamento do seculo XVI assinam esta pagina? Ficariam mais a vontade na pagina do Silas Malafaia...

  6. leonardo Postado em 14/Sep/2014 às 22:40

    Se o estupro aconteceu realnente, o rapaz estaria preso. Lá não é o brasil. Simples assim.

  7. Jonas Schlesinger Postado em 14/Sep/2014 às 23:51

    Essa pré sub celebridade já tá angariando fãs. Olha quantas pessoas ignorantes já estão comentando. Essa garota contou essa história furada só pra se promover. Ao invés de ir pra delegacia ela foi levar um trambolho nas costas e ficou deitada em cima. Já pensou toda vez que existisse violência doméstica as violentadas fossem para as ruas com seus colchões. A população de mendigos aumentaria!