Redação Pragmatismo
Compartilhar
Educação 01/Aug/2014 às 15:59
3
Comentários

9 mil vagas abertas para o Inglês Sem Fronteiras

Estão abertas as inscrições para a nova seleção do Inglês sem Fronteiras. Edital oferece 9 mil vagas em todo o Brasil. Saiba como se inscrever

O Ministério da Educação (MEC) abriu nesta quinta-feira (31), as inscrições para a nova seleção do curso presencial do programa Inglês sem Fronteiras. Os interessados devem se inscrever pelo site http://isf.mec.gov.br/, até o dia 8 de agosto.

O novo edital oferece 9 mil vagas em universidades federais de todo o país. A lista estará disponível na portaria publicada no Diário Oficial da União no dia 16.

O curso terá carga horária presencial de quatro aulas de 60 minutos, distribuídos em pelo menos dois encontros semanais, em locais e horários definidos pela universidade credenciada. Os cursos terão a duração mínima de 30 dias e máxima de 120 dias.

VEJA TAMBÉM: A doença da “normalidade” na Universidade

Para participar da seleção, os candidatos devem atender os seguintes requisitos: ser estudante de graduação, mestrado ou doutorado, com matrícula ativa nas universidades federais credenciadas como núcleos de línguas; estudante participante e ativo no curso My English, on-line, níveis 2, 3, 4 ou 5, cuja inscrição tenha sido validada com até 48 horas de antecedência à inscrição no núcleo de línguas; estudante que tenha concluído até 90% do total de créditos da carga horária do curso.

Alunos de graduação de cursos das áreas do programa Ciência sem Fronteiras; que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e obtido média igual ou superior a 600 pontos, incluindo a redação; que tenham concluído até 80% da carga horária total do curso; com maior índice de rendimento acadêmico, conforme parâmetros da própria universidade, e bolsistas ou ex-bolsistas do programa Jovens Talentos para a Ciência de qualquer curso de graduação, terão prioridade na classificação.

Agência Brasil

Tags

Recomendados para você

Comentários

  1. Zélia Postado em 01/Aug/2014 às 16:05

    #ACulpaÉDasEstrelas

  2. Thiago Teixeira Postado em 01/Aug/2014 às 17:12

    Cinco minutos para os reacionários de plantão criticarem o projeto dizendo que são medidas eleitoreiras, e mais 10 minutos para a esquerda radical dizer que o governo deveria ensinar ESPERANTO ao invés do Inglês! 5 ... 4 ... 3 ... 2 ...

  3. Marcos Postado em 01/Aug/2014 às 22:39

    Nem reaça, tão pouco fanático apocalíptico. Mas os critérios de elegibilidade tornam a nomenclatura do programa incoerente. Para que haja uma opinião integrada a respeito, o programa deve chegar a todos os interessados.