Redação Pragmatismo
Compartilhar
Copa do Mundo 20/Jun/2014 às 18:37
10
Comentários

Globo e Folha protagonizam maior barrigada da Copa

Folha e O Globo publicam entrevista com sósia de Felipão como se fosse o próprio treinador da seleção brasileira. Caso repercutiu mundialmente e virou piada internacional

sósia felipão globo folia
Sósia de Felipão foi usado em entrevista publicada como verdadeira (Reprodução)

O jornalista Mario Sergio Conti, ex-diretor de Veja e atualmente colunista de Folha e Globo, protagonizou a barrigada do ano. Publicou uma falsa entrevista de Luiz Felipe Scolari, depois de se encontrar com um sósia do treinador no avião. O caso se transformou até em piada internacional, repercutindo no site Eurosport.

Um sósia de Felipe Scolari, atual treinador da Seleção Brasileira, Vladimir Palomo conversou com o colunista Mario Sergio Conti como se fosse o próprio Felipão, em um bate-papo registrado pelo jornalista em sua coluna publicada nas versões online dos jornais O Globo e Folha de S. Paulo.

Durante um voo entre Rio de Janeiro e São Paulo, Palomo respondeu a todas as perguntas que lhe foram feitas. Apontou Holanda, Alemanha e Itália como rivais complicados para o Brasil, e disse que o empate por 0 a 0 com o México não abalou sua confiança. “Quem diria que a Espanha sairia da Copa logo de cara?”, questionou o Felipão genérico.

Na conversa com Conti, o sósia do treinador passou confiança a jogadores como Neymar e Oscar, aprovou os aeroportos do Brasil, conversou sobre política e falou até sobre família. Palomo só revelou sua identidade quando Conti pediu a ele uma entrevista no programa “Diálogos”, do canal de TV por assinatura GloboNews.

“Claro, vamos lá. Só que ando meio ocupado…”, respondeu, rindo, dando ao colunista um cartão de visitas para contatos. Ali constava a identidade: Vladimir Palomo, sósia de Felipão, mas o jornalista não se atentou. O texto chegou a ser publicado nas versões online dos dois jornais, mas foram posteriormente tirados do ar.

As duas publicações divulgaram erratas, pedindo desculpas.

“Diferentemente do que foi publicado, o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, não falou com o colunista Mario Sergio Conti. Quem falou ao jornalista foi um sósia do treinador, Vladimir Palomo. Felipão não estava em um voo do Rio para São Paulo. Ele passou o dia em Fortaleza. Mario Sergio Conti pede desculpas a Scolari, a Palomo e aos leitores pela confusão”, diz as notas da Folha e de O Globo.

247

Comentários

  1. Diego Postado em 20/Jun/2014 às 19:05

    Lendo isso, a pergunta que fica é a seguinte: A Globo e a Veja podem ser levadas em consideração como meio de comunicação imparcial?

    • luiz andre Postado em 21/Jun/2014 às 00:30

      Quem falou em A globo e a veja seu burro? leia a reportagem direito.

      • Thiago Teixeira Postado em 21/Jun/2014 às 12:40

        Que isso cara? É a opinião dele em relação as duas mídias. É obrigação uma pessoa postar só assunto relativo a notícia do post?

      • Alexandre Lopes Postado em 24/Jun/2014 às 19:26

        Que agressividade ! Independentemente de a pessoa cometer alguns erros , isso não pode servir de pretexto para ofensas e adjetivações depreciativas . Bola fora , Luiz André . Se o GLOBO e a Veja deram uma barrigada , você acabou de dar outra .

  2. Eduardo Postado em 20/Jun/2014 às 19:14

    Bom, eu li o artigo original publicado no Globo e, nele, o Mario Sergio Conti deixou bem claro ao final que fora vítima de um engano, mencionou o cartão de visita etc... ou seja, ele transformou o 'golpe' de que foi vítima em uma crônica, até bem humorada. O grande erro foi do jornal (O Globo) que, na ânsia de publicar uma entrevista exclusiva não se deu conta que se tratava de uma crônica e ilustrou o texto como uma entrevista propriamente dita, como foto do Felipão (o original) e tudo mais. Logo, vamos absolver o Mario Sergio Conti... afinal, ele manteve a dignidade, nesse caso especificamente, em admitir que pagou um mico. Os errados foram os editores do Globo.

    • Gustavo Postado em 20/Jun/2014 às 19:28

      Eduardo preste mais atenção ao texto. "O jornalista Mario Sergio Conti, ex-diretor de Veja e atualmente colunista de Folha e Globo"

  3. Jane Postado em 20/Jun/2014 às 19:37

    Você está desatualizado Eduardo, o próprio Conti admitiu que o equívoco foi dele, e nunca foi golpe, ele não se apresentou como jornalista até o final do papo. http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/copa-2014/noticia/2014/06/mario-sergio-conti-pensei-realmente-que-era-o-scolari-4530859.html

  4. Thiago Teixeira Postado em 20/Jun/2014 às 20:09

    A "Falha" é assim mesmo, eles querem cuspir a notícia, não importa a fonte, dane-se a veracidade das informações, sendo de acordo com os princípios da família Frias tá valendo, e o jornalista finge acreditar que entrevistou o Felipão.

  5. Deisi Postado em 20/Jun/2014 às 21:03

    A credibilidade da Folha a cada dia é menor, mas não existe necessidade de preocupação, seus leitores sem discernimento algum, tomam como verdade absoluta, o vexame internacional não fará mudar, enquanto restarem leitores, que apreciem noticias destorcidas, manipuladas e mentirosas. Mas seu fim está próximo é só questão de tempo, assim como a Veja cada dia pior, principalmente depois de perder sua maior de informações o Cachoeira, mas sua esposa irá fazer um ensaio sensual, talvez resta um pouquinho de folego.

  6. walter p de sousa Postado em 21/Jun/2014 às 22:33

    No Brasil da de tudo, você já pensou o capitalismo fazer campanha contra o capitalismo. Foi o que aconteceu nesta copa, fizeram a maior torcida contra a copa os mesmo que vão ganhar dinheiro com ela.