Redação Pragmatismo
Compartilhar
Copa do Mundo 26/Jun/2014 às 19:02
19
Comentários

"Coxinhas" uruguaios atacam Mujica no Brasil

Elite uruguaia reclama dos altos impostos, da ajuda aos pobres e defendem que Mujica não tem presença para representar o país porque "não se veste adequadamente... não usa gravata"

mujica copa 2014 uruguai
Apesar da insatisfação de setores de classe média alta, uruguaios demonstraram apoio ao presidente Mujica usando máscaras durante partida em Natal-RN (Reprodução)

As elites latino-americanas são muito parecidas entre si. Todas elas desprezam governos populares e sua única preocupação é com impostos, que elas sonegam mais que qualquer outra elite de outros lugares do mundo.

E sua postura truculenta e falta de educação também são bastante similares. Na Venezuela, Equador, Chile, Argentina, Uruguai, a irritação contra governos progressistas é a mesma.

Na coluna da Monica Bergamo, na Folha, há algumas entrevistas com gente da elite uruguaia que se porta de maneira parecida à da nossa ala vip que xingou Dilma na estreia da Copa do Mundo.

Confira alguns trechos:

mujica1
mujica2
mujica3

Fernando Brito, Tijolaço

Recomendados para você

Comentários

  1. Johnny Go Postado em 26/Jun/2014 às 20:34

    Global mesmo é a crise que leva 50% dos jovens europeus às filas do desemprego. Decadência mesmo é quando o PIB dos EUA fica negativo em -2,9% (!) no último trimestre. Enquanto a maior crise econômica mundial - desde o crash de 1929 - vai solapando as nações do primeiro mundo, o Brasil segue em frente, com renda em alta e pleno emprego. Só quem lê o grupo GAFE (Globo, Abril, Folha, Estadão) se remexe em uma mistura de lamento e ódio. Beijocas, meu caro, e vê se estuda um pouquinho, senão vai levar bronca da mamãe.

    • Johnny Go Postado em 26/Jun/2014 às 21:45

      Aposto que você assiste aqueles patetas do Globonews. Pior que isso, você concorda. Precisa exercitar mais o seu espírito crítico, senão terá uma síncope anti-petista. Os EUA estão com 45 milhões de pessoas abaixo da linha da miséria. Todo esse contingente vive em condições desumanas, com menos de 2 dólares por dia. Só em Nova York há mais de 60 mil desabrigados. E que eu saiba, o governo anterior do Bush não era de esquerda. A Europa vive estagnação há 6 anos, justamente porque adotou políticas contracionistas para combater a crise. Os EUA tiveram queda gigantesca no PIB do último trimestre: 2,9% negativos! A coisa está feia lá fora, meu menino, só não vê quem sofre da doença da vaca-louca. Se crescermos 1,6%, estará muito bom.

    • Luís Felipe Postado em 26/Jun/2014 às 23:42

      Fontes? Moro em Charlotte e a crise aqui parece estar muito boa.

    • Alan Postado em 27/Jun/2014 às 07:12

      o cara vem aqui, falar mal da esquerda, toma uma chulapada e só sabe dizer "tá fácil pra ninguém"... coxinha é assim, vem aqui falar abobrinha, argumento de GAFE como disse o amigo Johnny, toma uma lapada e nem pra se retratar. Hahaha

  2. Deisi Postado em 26/Jun/2014 às 20:34

    Coxinhas são iguais em qualquer lugar, só muda o endereço, por incrível que pareça, só sabem reclamar, o povo em sua maioria decide a eleição, a coxinhada tem que aceitar, considerando que ricos são grandes sonegadores metido a besta.

    • poliana Postado em 27/Jun/2014 às 09:43

      deise, pior q a maioria desses coxinhas, é de classe média, vc acredita?! tamanha arrogância e soberba só poderiam vir dessa classe! como o grande tim já dizia, só mesmo no brasil q o pobre é de direita! rs..a eterna ilusão da classe média de querer "virar" elite..apenas pobres com mania de grandeza!!!!

      • Deisi Postado em 27/Jun/2014 às 12:01

        Concordo plenamente Poliana, esses classe média são ainda piores, por mais que procure entender não consigo; eles jamais serão "elite", talvez todo complexo de inferioridade, explique tamanha falta de senso. Não tem coisa pior, que querer ser o que não é, ridículo.

  3. Rodolfo Postado em 26/Jun/2014 às 23:02

    Eu não sei vcs... Mas eu conheço muita gente que deixa pelo menos 6mil dólares por ano/Pessoa na terra do tio Sam que não compram mais nada aqui além de comida!

    • poliana Postado em 28/Jun/2014 às 00:18

      rodolfo, pelo menos hj eles tem condições de "deixar" 6 mil reais na terra do tio sam...na era do príncipe, eles sequer tinham dinheiro pra comer! a própria elite se mostra irritadinha qdo vê um pobre com iphone, ou um pobre viajando pro exterior, pros mesmos lugares q antes era exclusividade deles...vide a coluna da danuza leão na folha, qdo ela disse q n tem mais vontade de ir a paris pq corre o risco de encontrar o porteiro do seu prédio lá! a própria elite reconhece (indiretamente) q o brasil prosperou, e junto com ele, milhões de brasileiros. mas é extremamente difícil (pura birrinha de coxinha) aceitar isso né?! a elite só pensa em continuar concentrando a renda e q o pobre seja seu eterno escravo! até outubro meu caro. o tetra está chegando!

  4. Bernardo Cruz Postado em 27/Jun/2014 às 00:49

    Nisso você tem razão, meu caro. A estrutura tributária brasileira realmente penaliza os mais pobres. No entanto a desoneração fiscal também prejudica os mais pobres, que são o alvo da maioria das políticas de assistência do governo. Uma reforma tributária seria a alternativa a ser seguida. Mas quando for proposta uma taxação maior sobre a renda, seja em forma de dividendos, seja em forma de salários, a coxinhada iria à loucura, esquecendo-se que, nos tão aclamados países nórdicos, como Suécia e Dinamarca se paga, em média, mais de 50% do salário anual em imposto. Além de pagarem imposto se forem afiliados a igrejas, por isso são os países com maior percentual de ateus no mundo. Se isso acontece no Brasil me pergunto se não veremos se repetir a cena de uma marcha pela família e blá blá blá, só que dessa vez com tanques com a carranca do Joaquim Barbosa.

  5. Vilton Sanchotene Pinto F Postado em 27/Jun/2014 às 04:04

    A burguesia FEDE.

  6. Luis Garcia Postado em 27/Jun/2014 às 07:18

    Rodrigo metade da minha família vive na Espanha (sou filho de espanhóis) e eu gostaria muito que você fosse lá minimizar a crise para quem perde sua casa e não consegue alimentar os filhos. Os governos de " esquerda " na Espanha governaram como de direita fossem. E dizer que a crise americana foi causada por um governo de esquerda me faz rir para não chorar. Quando os EUA foram governados pela esquerda, quando existiu esquerda nos EUA? George Bush? Teu sobrenome é Constantino? Porque você esta quase lá com o blogueiro da Veja.

    • Gustavo Postado em 27/Jun/2014 às 16:00

      A desculpa é sempre essa também: " os governos de esquerda viraram de direita..."

  7. poliana Postado em 27/Jun/2014 às 09:40

    decadente é o seu pensamento e o seu partido tucano!

    • Fabiano Postado em 27/Jun/2014 às 11:43

      Eu até tinha feito um texto legal, mas num ia adiantar nada mesmo.Então vai o simples, foda-se PT,foda-se Tucanos,foda-se otários dos dois lados!! Avante Mujica, porque ele sim, diferente dos daqui é um bom governante!!

  8. Renan Lara Postado em 27/Jun/2014 às 11:11

    Luis Felipe, em 2007 12,5 % da população americana vive abaixo da linha da pobreza, esse número saltou para 15% nos dias de hoje, são mais de 50 milhões. Apenas em 2012 a renda dos 1% mais rico cresceu 19,6%, enquanto no restante aumentou 1%. Fonte:http://www.washingtontimes.com/news/2014/jan/7/obamas-rhetoric-on-fighting-poverty-doesnt-match-h/?page=all

  9. Vitor Postado em 27/Jun/2014 às 16:43

    Amigo coxinha, você por aqui de novo? Seu sobrenome é Constantino?

  10. Roberto Postado em 27/Jun/2014 às 19:10

    A mesma praça... o mesmo bosque... as mesmas flores, o mesmo jardim... Incrível a semelhança com os coxinhas nacionais

  11. Silva Postado em 27/Jun/2014 às 21:00

    Não existe diferença, são exatamente iguais, no mundo inteiro, tenho asco dessa raça.