Redação Pragmatismo
Compartilhar
Geral 30/May/2014 às 09:41
16
Comentários

Inscrições para um curso inusitado em Salvador

curso sexo oral salvador
Curso será ministrado no dia 05 de junho (divulgação)

220 inscrições para curso de sexo oral em Salvador já foram realizadas. Educadora acredita que o motivo da grande procura é a falta de diálogo entre casais. Apenas mulheres podem participar

Contrariando a ideia de que existem coisas que só se aprende na prática, uma empresa oferecerá, em junho, um curso de sexo oral. As aulas acontecerão em Salvador e homens não podem participar.

O curso já foi oferecido em novembro com participação de educador sexual, psicólogo, fonoaudiólogo e médico. Nesta edição, especial para o dia dos namorados, as aulas contarão com um sexólogo, um educador sexual e uma enfermeira.

O curso promete ensinar os melhores locais para toque na região peniana, maneiras de não machucar o parceiro e conta com exercícios práticos – cada aluna recebe uma prótese peniana no início do curso.

Aline Castelo Branco, educadora sexual e coordenadora do curso, afirma que a procura tem sido bastante alta e acredita que o motivo é a falta de diálogo entre casais.

“As mulheres são reprimidas. A maioria dos casais não conversam na hora do sexo. Muitas vezes a mulher acha que está fazendo um bom trabalho porque o homem sente vergonha de dizer que está ruim”, afirma Aline que pretende tornar o curso frequente. “Devido o sucesso da última edição, montamos esta. Mas em um dia de divulgação já temos 220 inscrições sendo que só são 30 vagas. Diante da procura, estou pensando em programar uma vez por mês”.

Questionada se existe alguma lição básica, Aline afirma que é necessário ter conhecimento para obter o prazer.

“Não há regra básica, as pessoas são diferentes. O que a gente mostra é como procurar as individualidades e prazeres de cada um e, óbvio, existem algumas técnicas comuns a quase todos os homens”.

O curso é oferecido pela empresa Mundo da Intimidade e, para esta edição, todas as vagas já estão preenchidas.

com ATarde e iBahia

Recomendados para você

Comentários

  1. Matheus B. Postado em 30/May/2014 às 09:45

    Homofóbicos!

    • Lana Postado em 30/May/2014 às 11:18

      Bah pensei o mesmo! Pq homens não podem participar? E pensei em outra coisa também: É sabido que a MAIORIA dos homens NÃO SABEM e nem sequer pensam em fazer oral em suas parceiras, pq raios n criaram um curso dirigido a este publico???

      • Bruna Postado em 31/May/2014 às 16:39

        Também pensei igual.

      • Renata Postado em 31/May/2014 às 19:02

        Tenho a mesma opinião.

      • Gisele Postado em 31/May/2014 às 20:52

        Certíssimo!!

    • Gisele Postado em 31/May/2014 às 20:52

      E machistas!!

  2. Sofia Postado em 30/May/2014 às 12:52

    Porque um curso de sexo oral só pra mulheres? So homem que gosta ou deve ser acariciado desta forma? Só o prazer masculino importa ? Machistas!!!!!

  3. Thiago Teixeira Postado em 30/May/2014 às 14:17

    Gostaria de ser voluntário caso faltar materiais para sucção.

    • julio Postado em 31/May/2014 às 17:42

      hahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha

  4. Fernanda Postado em 30/May/2014 às 14:55

    Curso machista e homofóbico!

  5. Nazken Postado em 30/May/2014 às 16:23

    Sinceramente não acho que essa medida só leve em conta o prazer masculino. Fico pensando se é realmente machismo, ou apenas uma tentativa de "bom senso" dos organizadores em tentar evitar que "maladrões" tentem se aproveitar do assunto para causar, e assim atrapalhar o processo do curso.

    • Gisele Postado em 31/May/2014 às 20:55

      É machista sim. Se fosse por esse pensamento, colocariam homens e mulheres em salas separadas, mas tolerariam a matricula de homens. E considerariam a orientação a homossexuais também, tanto no curso feminino, quanto no masculino.

  6. mauricio augusto martins Postado em 31/May/2014 às 15:26

    Ótima iniciativa pois a intenção do Curso é "Ter o Diálogo", tanto a glande masculina como o clitóris, não são "madeiras brutas" para serem "lixados", existe todo um cuidado e velocidade de movimentos, muitas Mulheres por um motivo ou outro só conseguem orgasmos por sexo oral e/ou masturbação, pois o "tempo" para erotização é muitas vezes diferente em vários casos, e muitas não conhecem a Polução Noturna masculina(melar a cueca) e o chamado "Tesão do Mijo", onde o membro fica ereto geralmente um pouco antes de acordar, e algumas sentem que é a hora, mas na verdade o nosso Corpo que se auto-protege impedindo a micção no local, dando tempo para ir ao WC, muito bom sabermos que estamos Evoluindo no Conhecimento Humano e principalmente numa prática talvez a mais excitante e deliciosa entre as outras, o Sexo...maumau

  7. Julia Postado em 31/May/2014 às 16:01

    Ridículo. Extremamente machista. Todo mundo sabe q homem não tem dificuldade nenhuma pra chegar ao orgasmo. Mulheres sim. Pq um curso então só pra mulheres? Quem está precisando disso, sem sombra de dúvida são os homens, que são, em sua maioria, uns egoístas na cama, e só pensam no próprio prazer. Fala sério, quanta palhaçada. Mundinho nojento esse.

  8. Mauro Postado em 01/Jun/2014 às 18:40

    Em vez de um curso para sexo oral, que tal se os casais dialogassem mais, e um dissesse ao outro como e onde gosta.Para os homens existem livros de lésbicas que ensinam os homens a tratar sua parceira sexualmente.Faltam diálogo e afeto nas relações, parece que o que existe são relações de posse.A mulher também muitas vezes não diz do que gosta e sempre espera que o homem adivinhe.

  9. Adamastor Magalhães Postado em 02/Jun/2014 às 09:12

    A resposta para não haver um curso que ensine homens a praticar sexo oral é simples: nenhum admite em público que não sabe fazer. Por isso, somos, em geral, tão toscos no sexo. Entre homens comentamos quem "comemos", como ela era, o que fazia, mas nunca perguntamos como fazer ou o que fazer. Seria muita "fraqueza", inexperiência, ou sei lá que outra babaquice. Meu conselho para os que querem aprender e melhorar sempre é perguntar como elas gostam mais. Fale que fica maluco quando elas também enlouquecem e que querem deixá-las doidas. Pronto! Para cada uma haverá uma técnica diferente e deliciosa (literalmente saborosa).