Redação Pragmatismo
Compartilhar
Religião 13/May/2014 às 10:55
31
Comentários

Canal de TV ateu é inaugurado nos EUA

Ateus inauguram canal de TV dedicado a combater a religião nos EUA. A ideia é levar o ateísmo onde ele "não está chegando"

David Silverman ateus canal tv
David Silverman, presidente da Ateus Americanos (Reprodução)

Constantemente acusados de imitar práticas cristãs, o movimento ateísta está chegando à televisão. Nos Estados Unidos existem cerca de 100 canais de TV que transmitem programação evangélica, algumas dezenas passam programas católicos. Já existem canais judeus e até muçulmanos.

David Silverman, presidente da Ateus Americanos, anunciou a formação de um canal de televisão só de conteúdo ateu durante uma palestra na Universidade de Stanford esta semana.

Leia também: Fundamentalismo religioso é causa de graves transtornos mentais

Ele explicou que o público-alvo são ateus, humanistas, livres-pensadores e outros não-teístas terão sua primeira opção real de televisão dedicado ao ateísmo em julho. “Por que estamos indo para a televisão? É parte da nossa estratégia de ir até os locais onde não estamos chegando”, ressaltou Silverman, 49 anos.

Ele explicou que inicialmente o canal de televisão será via Internet e poderá ser acessado por operadoras de TV a cabo que já ofereçam o sistema streaming, algo que está em crescimento nos EUA. O conteúdo ateu estará no ar sete dias por semana, 24 horas por dia e será gratuito.

O canal ainda não teve seu nome revelado, mas Silverman comemora, enfatizando que serão transmitidos, no início, eventos ateus, incluindo gravações de convenções dos Ateus Americanos de anos passados. Também exibirá apresentações de palestrantes convidados, além de conteúdo fornecido por vlogueiros ateus e outros grupos ateus com forte presença no ativismo online.

“Estamos prevendo o surgimento de um monte de conteúdo diferente nos próximos meses”, disse Dave Muscato, diretor de comunicações Ateus Americanos. O grupo ainda analisa a viabilidade de uma rádio com conteúdo 100% ateu.

com Gospel Prime e Religion News

Recomendados para você

Comentários

  1. Pereira Postado em 13/May/2014 às 11:00

    Liberdade de expressão sempre. Desde que não se faça o escárnio , deboche e falta de respeito com quem acredita em Deus, prática recorrente no Brasil com apoio político, está tudo certo.

    • Rodrigo Postado em 13/May/2014 às 11:53

      Pq não pode? se não tiver escárnio não tem sentido, a sociedade não sempre fez escárnio com gays, ateus, com aqueles que seguem religiosos de origens africanas? pq só com os cristãos não pode fazer escárnio? pode sim!

      • Pereira Postado em 13/May/2014 às 12:35

        Cristão não faz escárnio com ninguém, apenas discorda de certos comportamentos e rituais. Aliás, não conheço segmento da sociedade que defenda tanto as liberdades individuais. Agora querer nos impor coisas as quais não concordamos é demais, esta aí o ativismo gay com seu ódio, querendo calar e tachar a todos que não concordam com suas escolhas. Ninguém nunca foi obirgado a ter a bíblia como regra de fé, porque os cristãos tem que aceitar(contra a ciência,diga-se de passagem) que pessoas nascem gay? Por que eu não posso ter uma opinião divergente de quem presta culto à entidades que sequer existirão ? Isso não é escárnio, é opinião divergente.

      • Pereira Postado em 13/May/2014 às 12:43

        existirão substitui por existiram, e porque por por que após "fé,"

      • Silney Costae Silva Postado em 14/May/2014 às 12:31

        Você apontou os erros do texto, melhor seria corrigir sua opinião com o mínimo de logica.

    • Thiago M. Postado em 13/May/2014 às 13:04

      Esse Pereira, calado é um poeta HAHAHAHA. Coitado...

      • Pereira Postado em 13/May/2014 às 16:19

        Desculpa Thiago, não tenho intenção de ser poeta, portanto terá que conviver com meus comentários.

      • Silney Costae Silva Postado em 14/May/2014 às 12:33

        Infelizmente nem como poeta acho que se daria bem. KKKKKK

    • Felipe Postado em 15/May/2014 às 12:28

      sobre sua outra resposta. Você pode ter opiniões divergentes, desde que elas não levem à ódio gratuito/preconceito, oque é algo recorrente no catolicismo. (Se você não presencia isso, você com certeza vive em um sonho, ou não presta atenção no que as pessoas falam.) A partir do momento que você acha que ser gay é uma escolha, e você fala pra ela que ela deveria ser heterossexual porque deus quis, você está sendo preconceituoso, só não está percebendo.

  2. Thiago Teixeira Postado em 13/May/2014 às 11:11

    Ridículo isso, convencer ou impor as pessoas religiosas que o Deus delas não existe? Pratiquem o ateísmo de boa e cada um na sua.

    • Rodrigo Postado em 13/May/2014 às 11:51

      Não entendo ,quer dizer que os religiosos podem convencer os outros que deus existe, já o contrário não? pq?

    • Thiago M. Postado em 13/May/2014 às 13:05

      Thiago Teixeira feelings, vale a pena nem replicar esse indivíduo.

    • Laila Postado em 14/May/2014 às 10:39

      Nós ateus não espalhamos o ateísmo como se fosse uma religião, como os críticos adoram nos acusar de fazer. Apenas nos levantamos contra a irracionalidade e a favor do conhecimento científico como a forma mais confiável de conhecer o mundo.

      • Silney Costae Silva Postado em 14/May/2014 às 12:38

        Ridículo isso, convencer ou impor as pessoas que Deus delas existe? Pratiquem o cristianismo em suas casas e igrejas. É só mudar algumas palavras e pode-se perceber o significado de tolerância. Vivemos numa democracia, nem todos estão preparados para viver a realidade do século 21, alguns se dão melhor na idade média ainda. Então que vivam como queiram viver, mas não exijam que os outros sigam sua ética moral dos primitivos homens da era do bronze.

      • NELSON Postado em 15/Aug/2015 às 20:48

        Laila vc foi perfeita!

    • Carlos Prado Postado em 14/May/2014 às 12:36

      Há alguns ateus, mas muitos antirreligiosos. Os antirreligiosos costumam ser ignorantes mas se achando grandes intelectuais pela sua descrença. Não entendem muito de ciência e da epistemologia da ciência, apesar de para tudo falarem de um cientificismo. Há ateus de verdade, como o Bruno abaixo parece ser, e os antirreligiosos chamados neoateus - termo que considero errôneo e que pode levar a interpretações erradas - que são esses patetas que acham que sabem de alguma coisa e tem a mensagem reveladora para espalhar à humanidade.

      • Silney Costae Silva Postado em 14/May/2014 às 13:46

        Eu entendo bem de epistemologia e tenho muito mais de 50 anos de ateísmo, já vivi muito abaixo do cristianismo dócil para quem é cristão, mas nada condescendente para quem não é para me tornar tolerante para com o barbarismo de ideias e posturas. Uma das coisas que aprendi é que ser poludo como politicamente correto, tese defendida pelos ateus que precisam conviver com evangélicos de forma cordial, é que este é mais um pretexto para procura ardilosamente esquivar-se as dificuldades de defender seus princípios. Para isto não se fazem sabedores do significado de ateu, como alguém que simplesmente não acredita em divindades, porem estigmatizam os que não se conduzem com a mesma candura que eles trazendo interpretação outras do termo, tentando dividir estes em categorias. Deixando muito claro que são pessoas que não possuem a gana necessária para defender qualquer tese, e encontram-se na oposição daquilo que deveriam defender, mas não conseguindo fazê-lo colocam qualquer outro ateu que se posicione fortemente contra os desmandos e intromissões dos preceitos teístas, como inimigos, e seguem o principio universal por ser intuitivo, de dividir seus inimigos para depois tentar derrota-los. Diante dos meus mais de meio século como ateu, os vejo aliados aos cristãos em sua trágica e falsa epopeia de forçar toda uma população em escravos de seus medos. Assim como demonstram não tendo culhões em defender seus princípios, aceitando como um verdadeiro cordeiro que lhe cuspam na cara suas éticas morais dos homens da era do bronze. Se seu conceito coloca os ateus atuantes como patetas, prefiro esta denominação às que se ajustam ao conceito explicito de sua postura.

      • Carlos Prado Postado em 15/May/2014 às 16:36

        Que no seu meio século você tenha aprendido alguma coisa...

  3. Gleidson Postado em 13/May/2014 às 11:16

    Incrível, mas estou com o Pereira nesta história e não com o Thiago Teixeira... Só uma ressalva: todo fanatismo é prejudicial, seja ele político, religioso, ateu, vegetariano, etc... Todo!

  4. nietzsche Postado em 13/May/2014 às 11:30

    Grande idéia. Deixarão criar um brasileiro, ou atirarão em nós ?

  5. Bruno Postado em 13/May/2014 às 11:45

    Eu acho que quase todo mundo aqui concorda que esse fanatismo todo, por parte de religiosos e ateístas, é muito prejudicial. E a ATEA já está nesse caminho tem muito tempo, só olhar a página deles no facebook, é completamente medonho. Sou ateu e sou contra esse ateísmo "evangelizador".

  6. Rodrigo Postado em 13/May/2014 às 14:55

    Bruno você é ateu de verdade. Atea são ateus de modinha, já que é moda atacar as religiões agora. RESPEITO é uma coisa que a ATEA não tem pelo outros.

    • Thiago Teixeira Postado em 13/May/2014 às 18:03

      RESPEITO acabou em 1985.

      • Tammy Postado em 14/May/2014 às 13:08

        Pq em 1985, Thiago? Fiquei curiosa. Alguma coisa relativa ao final do governo militar?

      • Tammy Postado em 14/May/2014 às 13:17

        Oxe, e qual o problema? Por mim... tá sussa! Não vejo mal na religião, não vejo mal no ateísmo, não vejo mal esoterismo... e vejo mal nas nas pessoas e aonde quer que elas vão irão carregar o mal consigo. Alguns séculos atrás os cristão eram perseguidos por serem "revolucionários" que ameaçavam o maior império da Terra. Eles tomaram o poder e depois veio a Idade Média para que eles pudessem perseguir os "hereges". Dentro deles mesmo surgiu uma corrente que procurara libertar os cristãos dos dogmas religiosos. Essa corrente proporcionou uma nova visão de mundo e abriu as portas para a modernidade. Aí os dessa corrente agora fazem o mesmo com seus seguidores os aprisionando em dogmas religiosos que mantém toda uma estrutura financeira.... E assim mesmo gente. O mundo dá voltas. E a culpa né da religião não. É da ambição humana. Trazendo por campo político, toda corrente que se propõe libertar o povo, lá na frente o escravizará! To nem aí pra esse canal.... nem pros os ateus e nem pros fanáticos religiosos!

  7. Raíssa Postado em 13/May/2014 às 16:02

    Nada a ver com o assunto, mas é de suma importância para o Brasil: "Ruralistas entram na Justiça contra ‘lista suja’ Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária tenta acabar com cadastro de empregadores flagrados com trabalho escravo" http://www.brasildefato.com.br/node/28486

  8. Fran Postado em 14/May/2014 às 13:50

    Ainda bem que sou universalista!

  9. Daniel Postado em 14/May/2014 às 14:46

    Fico feliz que a maioria das opiniões aqui expostas são em defesa da liberdade de expressão que é um direito garantido pela constituição. Lamento apenas que, caso uma ideia como essa seja implantada em nosso país, uma cruzada por parte dos religiosos contra essa ideia possa, um dia, gerar até conflitos violentos. Mas acredito que valeria a pena com certeza! Um abraço a todos!

  10. Joaquim Postado em 14/May/2014 às 15:09

    Para cada 100 meios de comunicação utilizado para uso religiosos, tivesse somente 1 para uso de conteúdo ateu, já era o suficiente para diminuir o preconceito cultural, criado pela religião contra os não crentes....

  11. Renato Postado em 14/May/2014 às 15:52

    Um canal ateu tem o mesmo sentido que um canal religioso, só aguenta assistir aquele possui da mesma crença ou descrença, e quem compartilha da mesma ideia ou da mesma fé. Eu sou evangélico nem por isso sou telespectador do "Show da Fé"

  12. Paulo F Postado em 21/May/2014 às 08:18

    Se vai combater a religião, como está especificado no olho da notícia, esse não é um canal Ateu, mas sim Antiteísta. - Atenciosamente a redação, peço que corrija esse erro, ateu é quem não tem crença em nenhum deus, já um antiteísta, além desta característica, ele combate a religião e prega isto de forma militante.