Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 20/Mar/2014 às 18:28
11
Comentários

Dilma lidera em nova pesquisa Ibope, seguida de Aécio e Campos

Dilma tem 40% e venceria no 1º turno, indica nova pesquisa Ibope. Em cenário mais provável, Aécio teria 13% e Eduardo Campos, 6%

pesquisa ibope eleição dilma
Se a eleição presidencial fosse hoje, Dilma seria reeleita no primeiro turno, aponta nova pesquisa Ibope (Pragmatismo Politico)

O Ibope divulgou nesta quinta-feira sua mais recente pesquisa sobre a sucessão presidencial. Ela aponta a presidente Dilma Rousseff com 40%, contra 13% de Aécio Neves e 6% para Eduardo Campos. Pastor Everaldo (PSC) registrou 3% e o senador Randolfe Rodrigues (PSOL), 1%. Os demais possíveis postulantes – Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) – não pontuaram.

Assim, a atual presidente venceria no primeiro turno, com folga.

Outro cenário experimentado pelo Ibope reúne como candidatos somente Dilma, Aécio e Campos. Nesse caso, o resultado apurado pelo instituto foi: Dilma, 43%; Aécio, 15%; Eduardo Campos, 7%. Nesse cenário, Dilma também venceria no primeiro turno.

A nova pesquisa Ibope gerou uma forte onda de especulação no mercado financeiro, provocando fortes altas de ações do setor elétrico e também da Petrobras. Só nesta quinta-feira, a Petrobras subiu mais de 4%, depois de ter subido mais de 3% nos dois pregões anteriores. Especuladores apostavam numa queda da presidente Dilma, que não se confirmou.

O Ibope também pesquisou um cenário com Marina Silva no lugar de Eduardo Campos, o que não geraria grandes alterações. Dilma teria 41%, contra 14% de Aécio e 12% de Marina.

Nas simulações de segundo turno, Dilma supera com folga todos os adversários. Contra Marina, o placar seria de 45% a 21%. Contra Aécio, de 47% a 22%. Contra Campos, de 47% a 16%.

A pesquisa sobre rejeição também foi boa para a presidente. Enquanto Dilma tem uma taxa de 38%, Aécio tem 41%, Campos 39% e Marina, idem.

Ao que tudo indica, especuladores que tentaram manipular o mercado financeiro em razão da pesquisa eleitoral estão arrependidos.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TSE) sob o protocolo nº BR-00031/2014 – as normas eleitorais determinam que todas as pesquisas realizadas no ano da eleição sejam registradas no TSE.

com Ibope e 247

Recomendados para você

Comentários

  1. Gleison Postado em 20/Mar/2014 às 18:33

    Pastor Everaldo (PSC, mesmo partido do feliciano), desconhecido, pouco se sabe dele, só que é evangélico. Mas já aparece em quarto com 3% dos votos. Parece pouco, mas para mim é preocupante.

    • Igor Postado em 20/Mar/2014 às 19:04

      Pensei exatamente o mesmo.

  2. Henzo Mandozzo Postado em 20/Mar/2014 às 18:42

    Deus nos livre da bancada Evangélica no poder e de Aécio, drogado; O Brasil já está mal, ficaria pior. A Dilma pode ter seus problemas, mas esta outra corja não presta nem para síndicos de condomínio. Valha-nos Deus.

  3. artur Postado em 20/Mar/2014 às 19:38

    O povo brasileiro sabe muito bem votar, não vai trocar um time que esta ganhando pelo a incerteza.

    • André Luiz Postado em 22/Mar/2014 às 03:14

      Deve ser por isso que o PSDB não sai do poder em São Paulo há duas décadas... rs

  4. Rafael Martini Postado em 20/Mar/2014 às 20:42

    Tem muita gente que quer votar em candidatos de oposição (não me incluo nessa, embora nutrisse uma ínfima esperança de que o PT deixasse de lado o jogo das velhas raposas políticas, mas a necessária "governabilidade" mela tudo [aliás, reforma política eficaz é utopia ingênua?]), mas olha o naipe dos candidatos... Dilma vai chutar cachorro morto.

  5. Thiago Teixeira Postado em 20/Mar/2014 às 23:07

    Dilma pode conseguir o que nenhum candidato da esquerda (ou centro) conseguiu: Ganhar uma eleição no primeiro turno. Com toda a mídia golpista fazendo campanha contra diariamente, Mentirão, Copa x Hospital, Lula com Sarney e Maluf, Porto em Cuba ... e vão perder pela quarta vez a eleição. Pode esperar uma era sombria e de muita tentativa golpe a partir de outubro de 2014, é a única forma de tirar um governo popular do poder.

  6. luiz carlos ubaldo Postado em 21/Mar/2014 às 07:43

    Assim fica muito facil a presidente não tem adversário a altura, um tem cara de drogado o outro tem cara de collor, é o pt no poder por 1 seulo somente, chupa essa manga cambada de chorões!

  7. Pereira Postado em 21/Mar/2014 às 14:24

    Depois que o Brasil fizer o fiasco copa dentro e fora de campo , não sei não se ganha

    • Thiago Teixeira Postado em 22/Mar/2014 às 19:04

      Tomara que desabe as arquibancadas e morra muita gente. Aviões colidem em terra mediante erros dos controladores de vôo. Muitos sequestros relâmpagos nos turistas. Jogos cancelados por falta de energia (apagão). Falte água em São Paulo e que caia uma bomba dos black blocs dentro do camarote da Dilma, que ela morra junto com o Michel Temer, e que tenhamos um governo interino do Carlos Sampaio até a posse, mediante plebiscito em Higienópolis, do José Serra. Ai você acorda.

  8. Pereira Postado em 21/Mar/2014 às 14:26

    Sem contar que ela não explicou a negociata com os belags no caso da refinaria sucateada nos EUA, isto ainda vai virar CPI