Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 21/Jan/2014 às 15:20
109
Comentários

Diogo Mainardi e a entrevista mais constrangedora do ano

Diogo Mainardi é desmoralizado e paga mico ao vivo na GloboNews em debate com Luiza Helena Trajano. Assista ao vídeo abaixo

diogo mainardi magazine luiza
Diogo Mainardi pagou mico histórico na Globo News (Reprodução)

Eduardo Guimarães, Blog Cidadania

Espalhou-se pela internet entrevista que a empresária paulista Luiza Helena Trajano Inácio Rodrigues, atual presidente da rede de varejo Magazine Luiza, concedeu ao programa Manhattan Connection, da Globo News, e que foi ao ar na noite do último domingo.

Para o apresentador Lucas Mendes, a empresária é “Simplesmente Luiza”, pois “Assim ela é tratada pela presidente Dilma Rousseff e pelos próprios faxineiros” – supõe-se que de sua empresa.

Mendes qualificou Luiza como “Um fenômeno do comércio brasileiro pelas vendas e pela gestão” e, em sua primeira pergunta a ela, deu ao telespectador a impressão de que tinha diante de si um tipo raro de empresária, o tipo otimista.

Atente para a pergunta de Mendes, leitor. Deixa clara a razão pela qual a empresária foi convidada para um programa cujo objetivo, há anos, tem sido espalhar pessimismo com o Brasil.

Lucas Mendes: “Você não esconde seu otimismo pelo Brasil, nem pela outra presidente, e diz que a culpa desse pessimismo é nossa, da imprensa. Eu acho que esse economista sentado aí do seu lado discorda”.

Uau! Pensei que sobreviria um massacre. Até porque, Luiza é uma mulher de modos simples. Tem aquele sotaque meio caipira do interior paulista, fala um português coloquial, pois, apesar de ter nascido na capital, sua tia – também Luiza, de quem herdou o negócio – fundou em Franca, interior de São Paulo, a primeira loja da rede que a filha edificaria.

O tal economista que parecia que iria demolir as posições de Luiza foi o também apresentador do programa Ricardo Amorim. Porém, a expectativa se frustrou. Perguntou apenas se o seu colega Caio Blinder, que na semana passada dissera que “O varejo brasileiro está em crise”, tinha razão.

Luiza, obviamente, disse que não. Citou dados do IDV (Instituto de Desenvolvimento do Varejo). Segundo o instituto, o comércio varejista brasileiro cresceu 5,9% em 2013 e só as redes de lojas vinculadas a esse instituto geraram 631 mil empregos.

Luiza ainda teve que explicar ao já titubeante Blinder que o Brasil é “Diferente dos Estados Unidos”. Nessa explicação, a vitoriosa empresária teve que fazer ver ao jornalista o que tem sido dito exaustivamente neste blog, que o atual modelo de desenvolvimento brasileiro, hoje intrinsecamente baseado no consumo de massas, não pode estar esgotado em um país em que apenas 7% ou 8% do povo têm televisão de tela plana, em que apenas 54% têm máquina de lavar…

Enfim, Luiza teve que explicar que, com tanto brasileiro sem produtos que nos EUA qualquer um tem, o modelo de consumo de massas não pode estar “esgotado”.

Blinder, meio atônito com a aula que recebeu de uma empresária que transformou uma pequena loja do interior de São Paulo numa holding que compete hoje com as grandes redes de varejo brasileiras, balbuciou alguma coisa sobre “bolha de consumo” e foi perguntar sobre “rolezinhos”.

Mais adiante, insatisfeito, Lucas Mendes passou a bola a ele, ao próprio, a ninguém mais, ninguém menos do que o “temível” Diogo Mainardi. Seria ele que conseguiria mostrar que aquela mega empresária tão otimista com o país não sabe o que fala?

Antes de prosseguir, devo dizer que esse programa praticou uma covardia. Não se coloca para debater economia pessoas que não têm o mesmo preparo.

Detalhe: a covardia foi com Mendes, Amorim, Blinder e Mainardi.

O expatriado em Veneza – sabe Deus por que – foi logo vestindo aquele seu pretenso estilo irônico, irreverente, desassombrado, mas que não passa de pretensão porque tal estilo requer atributos intelectuais que ele, ao longo do programa, deixou ver que não tem.

Em tom professoral, Mainardi começou a “explicar” a uma empresária desse quilate que “Todos os fatores que determinaram o crescimento do varejo” e que ela acabara de citar a Blinder teriam “Murchado” porque “Os juros estão subindo, o crédito diminui, a inadimplência aumentou pelo segundo ano consecutivo” etc., etc.

E tascou uma pergunta insolente, em sua tática de tentar intimidar quem não tinha condição: “Quando é que você vai vender suas lojas para a Amazon?”.

Luiza, com o semblante sério, questionou as informações que Mainardi acabara de divulgar e prometeu lhe passar os dados corretos por e-mail. Começou dizendo que “A inadimplência está totalmente sob controle”. Nesse momento, ouve-se sorriso de deboche de Mainardi, que a interrompe: “Aumentou em 2012 e aumentou em 2013”.

Mostrando concentração, Luiza desmentiu o interlocutor: “Não! O que o que aumentou foi a inadimplência geral focada”. Explicou que a inadimplência no varejo não aumentou, diminuiu. E que nunca tivemos, no Brasil, um índice de inadimplência tão bom quanto em 2013.

Mainardi insiste: “Na sua loja…

Luiza rebate: “Não, não é na minha loja, é no Brasil”.

Mainardi não se dá por vencido e diz que os dados “da Serasa” seriam “diferentes”. Novamente, Luiza diz que ele está errado e que vai lhe passar os dados corretos.

A segunda parte desse debate que me é mais cara foi ela ter dito um fato mais do que evidente, mas que ninguém consegue dizer na grande imprensa. A declaração textual de Luiza, que vou reproduzir abaixo, tem sido repetida à exaustão neste blog:

Como é que fala que a bolha acabou? Nós precisaremos construir 23 milhões de [unidades do programa] Minha Casa Minha Vida pro brasileiro ter um nível social adequado aos países desenvolvidos. Como que a gente fala que é bolha? Bolha são 23 milhões de casas para 23 milhões de pessoas que mora (sic) com o sogro, com a sogra pagando 400 reais de aluguel. Nós tivemos três década perdida (sic)”.

Luiza volta a prometer a Mainardi que irá lhe enviar os dados da inadimplência por email, ao que ele responde com um sorriso debochado e com a petulante frase “Me poupe (sic), Luiza”.

Aquela que o colega de Mainardi disse, no início do programa, ser “Um fenômeno do comércio brasileiro pelas vendas e pela gestão” não se abalou e continuou ensinando ao insolente especialista em nada que ninguém ia comprar suas lojas. E lhe deu mais algumas explicações técnicas sobre as mudanças que poderão ocorrer no mercado nos próximos anos e sobre como suas empresas irão enfrentá-las.

A artilharia contra Luiza ainda tentou prosseguir. Amorim, o economista, deu como “prova” do “desastre” que vive anunciando que as grandes redes de varejo brasileiras não figuram entre as maiores do mundo…

Foi aí que Luiza matou a pau explicando que o varejo no Brasil não era nada até “cinco, seis anos atrás”, que era “muito esquecido”, e que ainda está “engatinhando”, o que, claro, desmonta a tese de “esgotamento” do modelo de consumo de massas.

Amorim, o economista, ficou caladinho.

Foi nesse momento que Mendes, possivelmente após ter consultado a produção do programa, reconheceu que Luiza tem razão na questão da inadimplência. E mudou para assunto mais ameno.

De fato, Luiza tem razão. A inadimplência “focada” que ela admitiu a Mainardi que subiu é a inadimplência seca, que não leva em conta fatores sazonais. É a que mede a Serasa de Mainardi. São, porém, dados brutos.

Há que levar em conta, por exemplo, que naquela determinada época do ano há sempre um aumento da inadimplência. Se não se levar esse fator em conta realmente a taxa será considerada em alta, mas não é assim que os dados devem ser interpretados.

Para esclarecer melhor, vale ler, abaixo, trecho de boletim da Boa Vista Serviços, administradora do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

—–

Inadimplência cai 0,4% em 2013

13 janeiro, 2014

Os registros de inadimplência caíram 0,4% em 2013, em todo o país, conforme apuração da Boa Vista Serviços, administradora do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Em dezembro, contra novembro de 2013, houve redução de 4,5%,  descontados os efeitos sazonais.

Ao longo dos primeiros seis meses de 2013, os registros de inadimplência mantiveram a queda iniciada no final de 2012. Entretanto, a partir do segundo semestre, após uma reversão temporária desta tendência, o indicador encerrou o ano em queda, com nível menor que o registrado em dezembro do ano anterior.

A melhoria do quadro da inadimplência pode ser justificada pela continuidade de fatores como aumento dos rendimentos reais, baixo desemprego, queda dos juros (*), entre outros. Além disso, em 2013 houve um grande ajuste do mercado de crédito, tornando-o mais saudável, com credores mais seletivos e consumidores mais cautelosos (…)

—–

Como se vê, Mainardi disse bobagem – que a inadimplência aumentou pelo segundo ano consecutivo. A matéria da Boa Vista mostra que a inadimplência aumentou em 2012, mas caiu no ano passado. Mainardi pagou um mico.

Esse fato é extremamente eloquente porque deixa ver a falta de compromisso dessa mídia terrorista com os fatos. Põe gente que não entende nada do mercado para dizer o que o patrão quer que seja dito e o expectador desavisado compra como se fosse fato.

Fato mesmo é que ri muito ao ver a incrível Luiza surrar verbalmente Diogo Mainardi. Ria sozinho. Não só pelo que ela disse – e que reproduzi acima –, mas pela forma como disse – com sua linguagem coloquial e despretensiosa.

Toda essa conversa durou, mais ou menos, uns 15 minutos. Vale muito a pena assistir.

Abaixo, o vídeo.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Aleluia Postado em 21/Jan/2014 às 16:34

    Aff que cara mala esse Mainardi. Tá falando merd* e não reconhece. Ao menos que cale a boca.

    • cilon valdez Postado em 21/Jan/2014 às 21:45

      Um sujeito aí abaixo cujo nome é valter filho, respondeu da seguinte forma "se vocês não gostam dele tudo bem mas não vi nada demais" não é pra rir , a coisa segundo esse gênio é o seguinte, se gostar do sujeito tá correto o que ele diz, se não gostar ele´tá errado, é essa a profundidade de raciocínio de determinados postantes. O doutor Brizola teria dito, o raciocínio desse sujeito tem tal profundidade que formiga atravessa com água pela canela..... cá pra nós , a opinião desse sujeitinho , o Mainardi, muda em que nosso cotidiano ?

      • Periques Postado em 22/Jan/2014 às 11:45

        uma discussão normal. Foi uma conversa sadia. Os dois munidos de números de institutos diferentes. Ela mostrou estar super antenada e diga-se de passagem, que mulher elegante e serena. Mas não vi nada disso que ela acabou com o reporte. Essa a minha opinião e respeito as demais. Abraço forte à todos.

    • Themístocles Postado em 22/Jan/2014 às 02:19

      Debate fútil e sem substancia parte à parte...

    • Dalmo Galdino Postado em 22/Jan/2014 às 03:40

      eu concordo com ele sou mais um chute na bunda, eu quero pe preço, aqui tudo pe de baixa qualidade por um preço absurdo.

    • Flávio Loureiro Postado em 22/Jan/2014 às 21:02

      Não entendo a repercussão que a página quer dar a isso... vi o vídeo e eles apenas discordaram. Não houve "constrangimento" algum. Que que houve com o site? Acabaram os assuntos? Até onde soube, Mainardi precisou sair do país por causa da máfia que acusava publicamente. Se vocês acham que o Brasil é um país 100% livre, procurem saber o que aconteceu com os estudantes da Gama Filho...

  2. Erica Postado em 21/Jan/2014 às 16:39

    nada demais, só discordaram.

    • Vinicius Postado em 21/Jan/2014 às 17:36

      Apenas, né? Com o Mainaird discordando de um jeito educado, polido e sutil que lhe é tão peculiar. Com o Mainard inventando dados, contestando realidades com seu jeitinho fantasioso de quem vive em castelo encantando... Só isso.

      • Erica Postado em 21/Jan/2014 às 20:16

        sim, nada demais, o mainaird sendo o mainard, ou vc esperava outra coisa dele? que ele inventa um mundinho de fantasia pros coxas daqui levantarem os ponpons não é nenhuma novidade, só esperava ver ele na "saia justa" que a matéria anunciava.

      • Weslei Prado Postado em 22/Jan/2014 às 11:31

        Erica tem razão, a matéria passa uma coisa que não aconteceu (do jeito que a matéria passa). Só demonstra o ódio esquerdista à um liberal. Eu sou de esquerda SIM, mas não sou esquerdista a esse ponto não. Mas de fato, Mainardi recebeu uma aula.

    • salomão Postado em 21/Jan/2014 às 17:52

      O problema é mais profundo. Ele tem uma pauta formada antes de qualquer análise de dados. Um monte de "intelequituais" ouve esse alarmista catastrófico e saem repetindo sem a menor crítica só porque a mentira está travestida de dados.

    • renato Postado em 21/Jan/2014 às 22:27

      Concordo, ele é a parte vazia do copo. Ela a cheia...auto astral... Brasileira na veia..

      • Rodolfo Postado em 21/Jan/2014 às 22:43

        " brasileira na veia ", mulher rica , ganhando cada vez mais no comércio brasileiro é claro q ela seria ALTO astral ( auto se refere a si ) , afinal ela tem que ter um olhar positivo para o futuro da sua atuação no mercado brasileiro .

      • rodolfo Postado em 21/Jan/2014 às 22:49

        "Inadimplência no comércio varejista tem alta de 2,33% em 2013, diz CNDL " portal G1 . Mainardi está correto , o que houve foi que em 2012 cresceu cerca de 12% a inadimplencia , logo foi menor que o ano anterior mas que o CRESCIMENTO EXISTE ,È VERDADE E ELE ESTá CORRETO . DE 2012 a 2013 a indadiplencia cresceu cerca de 15% se comparada aos anos anteriores, ele está correto os preços no varejo não estão mais zelando pela sua fama de serem mais baratos e economicos , com a alta nos últimos anos , o fim será esse mesmo , o varejo se render ao varejo ou qualquer forma comercial de venda virtual

      • Lucas Postado em 21/Jan/2014 às 23:31

        Daqui a uns dois anos a gente conversa... http://www.youtube.com/watch?v=LmJm9oNL9_A

      • Daniel Postado em 22/Jan/2014 às 00:17

        Mas vc tem que admitir que com o crescimento do crédito e o crescimento de consumidores uma diferença de 9.67 pontos de diferença no crescimento da inadimplencia é uma grande queda...

      • Ailton Postado em 22/Jan/2014 às 08:26

        Não rodolfo (com erre minúsculo). A própria Serasa já desmentiu o Mainardi em outra matéria. G1 só faz o mesmo trabalho do Mainardi, desinformar.

      • Geraldo Postado em 22/Jan/2014 às 08:27

        Rodolfo mainard "Nunca" está certo, ele não passa de um Paulo Francis sem grife. A inadimplencia só aumentou no portal G1 aliás PIG1. Veja o relatório do Serasa, do SPC e IDV. Será que todo mundo está errado e o maior mala da TV está certo. Bom é claro que ele precisa de fãs, mas vamos concordar que um bando de cucarachas se achando novayorkinos já é por sí só uma piada.

      • renato Postado em 23/Jan/2014 às 10:59

        Supõem-se que trabalhou para isto. A mulher. Rofdolfo. E você é um Economista ou um auto economista. Companheiro é companheiro. E @#$%&* É @#$%&*. Ele deixou bem craro o que ele é... Mas claro que você...que se embanano-se no final.... Varejo contra varejo...??? Cuidado ao dirigir seu alto, por aí..o bafometro te pega com estas conversas...

    • Ailton Postado em 22/Jan/2014 às 08:24

      Foi uma surra mesmo. De argumentos, de informação e de educação.

  3. Carlos Prado Postado em 21/Jan/2014 às 16:48

    Se um empresário não fosse otimista então ele não seria um empresário. Para que correr risco de tentar produzir algo que não se sabe qual será a aceitação do público e como serão enfrentados os percalços se ele não arrisca? Empreender é isto: arriscar oferendo muito aos outros esperando que no final também receba algo em troca. A não ser que seja um pseudoempresário destes que vivem as custas da transferência de nossa renda para eles. Se o cara consegue licitações bem faturadas e empréstimos a juros negativos por ter alguém "lá dentro" então ele não corre risco nenhum. Na verdade ele torce pela desgraça para que o governo imprima mais umas notas sem lastro para ele poder desabastecer o mercado antes que os preços subam. No mais também não é do dia para o outro que uma economia afunda. Liberar o mercado acabando com as regulamentações que protegem carteis e com os empréstimos a ineficientes amigos da câmara sobre nossos impostos não vai fazer um país rico da noite para o dia. O acumulo e gerações de riquezas não vai ser feito da noite para o dia. Nem o aumento de impostos e controle da economia para favorecer poucos exportadores e a estatização de toda economia vai falir um país na hora. Enquanto houver capital e riqueza vai se sobrevivendo, mas um momento tudo é consumido e o povo terá que voltar à caça e coleta se o governo não afrouxar.

  4. Ivan Postado em 21/Jan/2014 às 16:50

    Só achei que esse texto fez muito rebuliço com uma conversa que me pareceu fluir bem. Sim, fluiu pois se tratam de pessoas acostumadas com debates e com comunicação mas não me pareceu uma discussão tão fervorosa como vocês fervorosos dizem. Toda essa narrativa épica do texto por causa de um erro de consulta de dados que logo foi corrigida no mesmo debate. Pessoas erram, o Diogo então erra bastante. Mas é preciso alguém pra expor o errado e alguém para corrigir essa pessoa e explicar o pq do erro. Sem ninguém pra estar errado é difícil conseguir um debate

    • Vitor Postado em 21/Jan/2014 às 21:55

      My 2 cents.

    • Nicolas Postado em 22/Jan/2014 às 00:24

      meus parabéns pelo pensamento, sério, quem me dera se existissem mais pessoas no Brasil como você. Apesar de eu não curtir esse Minardi e achar ele um completo imbecil tive que concordar com você. Mas tenho que falar também que em uma entrevista assim. Em um programa de âmbito nacional é totalmente errado o cara falar "vai vender suas lojas pra amazon quando?" é uma total falta de respeito na verdade com quem ta sendo entrevistado, creio que se ele tivesse apenas apresentado os dados dele sem "atacar" a entrevistada essa entrevista não teria tido o alvoroço que teve

    • Ailton Postado em 22/Jan/2014 às 08:28

      Mainardi não está acostumado a debates. O que ele faz é deboche (tipo Me poupe, Luiza). Debate pressupõe argumento e informação. Ele desinforma e apela para falácias constantemente, principalmente a do espantalho.

  5. Armistrong Souto Postado em 21/Jan/2014 às 16:51

    O Diogo possui uma atitude de ranço, de ódio, de revolta com o Brasil, e com tudo o que a ele faz referência. Parece alguém que foi embora para a Itália por que o seu país não governado por um neoliberal, qualquer. É digno de piedade, de compreensão.

  6. obertaagf Postado em 21/Jan/2014 às 17:01

    Ele é copo vazio. Se é copo vazio o que esperar? Arrogante e ignorante

  7. Conrado G. Neto Postado em 21/Jan/2014 às 17:09

    Parabéns Luiza, que de forma simples e principalmente sem vestígio de arrogância - COF COF - explicou e defendeu sua visão do varejo no Brasil.

    • wilian Postado em 14/Dec/2015 às 14:23

      bem hoje, a fala dela pode se dizer que é de uma pessoa equivocada, falando com uma pessimista ! Ah, esqueci de dizer o porque equivocada, as ações da empresa dela caiu 85%

  8. Rafael Martini Postado em 21/Jan/2014 às 17:21

    Urubólogo é assim mesmo. Prega que o país está à beira do abismo, que a economia vive a pior fase em N anos, que as coisas só vão piorar, etc. Urubólogo acha que é o porta-voz da oposição, mas não tem equilíbrio nem postura para sê-lo de fato, apenas tenta semear o caos com números e afirmações questionáveis e fora do contexto (pra dizer o mínimo). Mas mesmo assim, consegue arrastar alguns "desavisados" consigo.

    • rodrigo Postado em 21/Jan/2014 às 17:23

      Que chamada mais sensacionalista: ''desmoralizado'', ''mico histórico''. Somente discordaram em alguns pontos e o Mainardi se mostrou despreparado pra discutir alguns pontos importantes do debate. Embora muitos não gostem dele e da revista suja que representa, utilizar-se das mesmas artimanhas manipuladoras que eles utilizam não faz dessa matérias mais digna de ser lida,pelo contrário. Se controla prezado escritor, mantenha o nível do pragmatismo.

      • Paulo Postado em 21/Jan/2014 às 22:32

        Também achei o tom dessa matéria muito sensacionalista. A Luiza desmoralizou o comentário do Mainardi com dados concretos e ponto. Agora "mico histórico" pra mim foi demais, achei que a empresária ia dar um sacode no homem do naipe que a Dilma deu no Agripino no Congresso.

      • Fernandes Postado em 21/Jan/2014 às 23:56

        Rodrigo, os "erros" do apresentador nao possuem nada de despreparo. É uma visão de Brasil mesmo, que se identifica com uma visão colonialista, subserviente ao grande capital internacional. Este blog pelo q venho percebendo se identifica com uma visão mais desenvolvimentista e em defesa de maior distribuição de renda.

    • Antero Macêdo Postado em 21/Jan/2014 às 21:38

      Gostei muito do termo Urubólogo, é a melhor definição. Parabéns Rafael Martini.

      • Rafael Martini Postado em 22/Jan/2014 às 21:22

        Obrigado, Antero. Mas não foi eu quem cunhou o "urubólogo". O apelido é mais usado para definir a Miriam Leitão, e aqui no site o Thiago Teixeira utiliza-o há tempos.

  9. Diogo Postado em 21/Jan/2014 às 17:22

    Ela é um monstro no varejo! (no bom sentido) rsrsr Defendeu muito bem o varejo e se posicionou! Concordo com ela em 99% hehe Os 1%: Tenho que concordar com o Diogo que falou sobre os preços no final da entrevista! aqui é bem mais caro sim... muito mais caro! Mas obvio que ela não ia concordar, se não seria um tiro no pé! Um vendedor nunca iria falar "é realmente é caro aqui" então falou sobre questão de atendimento, que também é uns dos fatores decisórios no ato da compra. O consumidor esta amadurecendo, e quer produtos bom, preços descentes e excelente atendimento. Principalmente a Classe C, que está comprando pra caramba e se inserindo cada vez mais no mercado de consumo! (finalmente)

  10. Luiz Postado em 21/Jan/2014 às 18:08

    "Preços descentes" é bom. Estão descendo. hehe. Mas falando sério, os eletrônicos e os carros nos EUA são bem mais baratos, mas tem muita coisa bem mais cara lá, por exemplo, a comida.

  11. Valter Filho Postado em 21/Jan/2014 às 18:09

    Se vocês não gostam dele, tudo bem, mas não vi nada de mais!!!!

  12. Eduardo Postado em 21/Jan/2014 às 18:19

    Foda-se Mainard!!! Vai estudar o Brasil de Veneza na puta quiu pariu! Vem arregaçar as mangas conosco!

  13. Antonia Vera Postado em 21/Jan/2014 às 18:23

    Paorabéns,esse Diogo Mainardi é um jornalista rancoroso,dono da verdade,e que graças a Deus não mora mais aqui,e ainda deixa aquele programa que já foi muito bom,mas agora é uma conversa de botequim !

  14. Felix Monteiro Postado em 21/Jan/2014 às 18:29

    Claro que ela nao ia dizer que a inadiplencia subiu.

    • Eugenio Barros Postado em 22/Jan/2014 às 09:07

      Exatamente, até pq ela não iria mudar os dados estatísticos, que diz que a inadimplência caiu! rsrs

  15. renata Postado em 21/Jan/2014 às 18:34

    Diogo, Minha Mula

  16. GEOCI Postado em 21/Jan/2014 às 18:44

    ESSES,TUCANALHAS,SÓ FAZEM MAL AUGOURO,DO NOSSO BRASIL,SAI CAPETA...ELA É UMA MULHER DE OURO,IGUAL A PRES.DILMA...

  17. GEOCI Postado em 21/Jan/2014 às 18:45

    QUE MICO,ESSES INTECLOIDES PAGARAM,PARA DONA LUIZA...KKK PROCUREM UM SACO PARA ENFIAR SUAS CABEÇAS...

  18. MARCUS FERRO Postado em 21/Jan/2014 às 18:46

    O problema central do Brasil não é o nível de consumo do povo, mas a infraestrutura pública. Está tudo caindo aos pedaços. Você compra um carro e só vê congestionamento, buracos, impostos e mais impostos. Precisa de escola pública e só tem aquelas que formam semi-analfabetos. Precisa de hospital e se depara com uma roleta da morte. Vai num aeroporto e tem que ficar deitado no chão enquanto aguarda os voos que estão sempre muito atrasados. Não tem um lazer, não existe incentivo à pratica de esportes, os jovens estão entregues ao consumismo desenfreado. Isso não é país, é uma pocilga.

    • Janine N. C. Moura Postado em 22/Jan/2014 às 02:07

      Concordo com você, Marcus. Além da péssima infraestrutura pública com escolas deficientes, hospitais mal aparelhados, poucos bons aeroportos, onde os horários dos voos não são respeitados e é uma lástima a atuação do Ministério dos Esportes, que pouco ou nada fazem para incentivar a juventude à prática de esportes. Há poucos dias encontrei um atleta de natação que já deu muitas vitórias para o Brasil e que tem dificuldades para encontrar patrocínio para representar nosso pais. Isto é por demais vergonhoso!!!!!!

  19. Helder de lima couto Postado em 21/Jan/2014 às 18:47

    esse cara é um dos caras mais idiota que tem no Brasil.

    • Jose Urano Santana Bomfim Postado em 21/Jan/2014 às 22:13

      Faz um par perfeito com Miriam Leitão... Kkkkk

  20. Celso Postado em 21/Jan/2014 às 19:37

    Diogo Mainardi leva uma "surra" de informação da diretoria da Magazine Luiza, e mesmo diante da fala dela de que lhe enviará dados por email que desmontam uma mentira que ele está afirmando, ele responde: "Me poupe." O que? Um jornalista não querer uma informação verdadeira. Ele que nos poupe.

  21. Gustavo Ferreira Postado em 21/Jan/2014 às 19:50

    Até agora não sei por que colocam um CINEGRAFISTA para falar sobre ECONOMIA.

  22. Carvalis Postado em 21/Jan/2014 às 19:52

    Os risinhos sarcásticos deles é desrespeitoso.

  23. maira Postado em 21/Jan/2014 às 20:07

    Outra q é insuportável, está sempre desqualificando tudo, esperando e noticiando o pior é a Mirian Leitão. Comentarista da CBN e da Globo.

    • Thiago Teixeira Postado em 22/Jan/2014 às 14:02

      Urubóloga!!!!

  24. Antonio Postado em 21/Jan/2014 às 20:07

    A globo joga esses caras na globo news porque sabe que lá eles podem falar o que quiserem. A globo vende mentiras através desses pseudojornalistas. Acontece que nós temos a internet pra desmascarar essa midia de falácias.

    • Marcelo P Postado em 21/Jan/2014 às 20:14

      O bom da internet é que todos nós, cada um com sua ideologia, encontramos sempre A VERDADE, A MAIS ABSOLUTA VERDADE, basta procurar…

      • ademar Postado em 22/Jan/2014 às 11:59

        Boa Marcelo, incrível como aqui todos sabem de tudo, todos são donos da verdade, bom senso passou longe.

      • Peterson Silva Postado em 27/Jan/2014 às 23:24

        Não, o bom da verdade é que podemos ir no site do SPC ver que a inadimplência caiu ao invés de acreditar cegamente no que o G1 diz (no caso de um lugar sem internet acreditaríamos no que a TV diz, certo?)

  25. Diego Postado em 21/Jan/2014 às 20:27

    hahahahahahaha, sabe o que me assusta? O tanto de gente que acha que o Brasil vai bem. Sim, Luiza tem a razão suprema, sem dúvida, mas é o VAREJO. Indústria do Brasil tá cambaleando, é triste, tudo atrapalha o desenvolvimento bom aqui. Quando esse bônus demográfico do Brasil acabar ( 2050 +/- ), aí sim vamos ver o que a gente fez de bom e a nossa capacidade de manter a população já idosa. Repito, Dona Luiza está correta, quanto ao varejo.

  26. Luciano Postado em 21/Jan/2014 às 20:32

    Dá-lhe Luiza, 10 a zero, se bem que o Diogo Mainardi é fraco e burro mesmo.

  27. RODRIGO MÉRCIO Postado em 21/Jan/2014 às 20:44

    Crise? que Crise ? Nem existe dívida interna? Aliás o que é dívida interna? O Mantega nem sabe o que é isso. A Luiza representa muito bem o Trabalhador Brasileiro, com certeza seus funcionários são muito bem tratados. Mais valia? O que é isso.( Deve ser coisa de conto de fadas de algum livro de séculos atrás) A Luiza nem sabe o que é. O varejo vai muito bem, Os empresários não tem o que reclamar.Interessante é o que ela fala sobre a inexistência de inadimplência no Varejo, Por quê? Quem paga as contas são os pobres, por isso que não tem inadimplência no varejo e nos bancos. Quem dá calote são os grandes Empresários e o Governo." ... Todos nós Varejista temo um banco atrás de nós, ou é sócio ou é parceiros..." Esta frase final dela diz tudo, até o" Portiguês" está corretíssimo. Viva os Bancos , Viva os Varejistas... Foda-se o Trabalhador. É assim que se Governa, beneficiando a Elite e dando migalhas ao Povo? Ainda a respeito da Globo, Subestimam o seu Poder. O sapo Barbudo só foi eleito depois da Globo o ter provas que ele estava domesticado e iria continuar o Programa neo Liberal de FHC: A aliança com o PL(Partido Liberal) . A partie de então Liberou seu melhor Marqueteiro para fazer a campanha do Lula. Essas pequenas rusgas do Partido dos Empresários com a Globo é jogo de cena.

    • ademar Postado em 22/Jan/2014 às 12:07

      Rodrigo acertou em cheio, tanto se alardeia com a Globo, mas nem o Governo é ameça para a Globo nem a Globo ao Governo, são complacentes, os interesses são complementares. A Globo aumentou substancialmente seu faturamento e seu patrimônio na era Lula, renegociou suas dívidas a perder de vista com o BNDES, e dizem a Globo quer derrubar o Governo, seu maior aliado.

  28. WAGNER AGUIAR Postado em 21/Jan/2014 às 20:52

    Gaguejou o pseudo jornalista....

  29. Fred Postado em 21/Jan/2014 às 21:09

    Tanto Luiza como Mainardi não são, nem de longe, um exemplo para o modelo que o Brasil pode seguir nos próximos anos. Estranho mesmo é ver o IBOPE que uma argumentação infeliz está dando ! Ver os pseudos socialistas que comentaram e publicaram a repercussão disso, defendendo um modelo de consumo, é sem sobra de duvida, a prova de que o Brasil quer ser EUA. Olhem a roupa dessa Luiza, que provavelmente alcançou esse patamar cometendo muita ilegalidade e praticas suspeitas, digo isso pq um empresário no Brasil nunca vai chegar aonde ela chegou sem "burlar" as regras imundas desse pais...

  30. Flávio Postado em 21/Jan/2014 às 21:10

    O prepotente intelectualóide se deu mal.

  31. Luciana Postado em 21/Jan/2014 às 21:25

    Chupa Diogo....

  32. Robson Lopes Postado em 21/Jan/2014 às 21:30

    Bom quando ela disse que ele tinha de vender livros pra consumir, ou seja, coloque-se no seu lugar babaca, o que você entende de administrar uma grande empresa?

  33. Amauri Postado em 21/Jan/2014 às 21:33

    Uma excelente empresária, tem mérito por ter crescido em meio a um mercado extremamente competitivo. Uma indústria muito agressiva, isso é verdade. Porém houve um momento em que ela queria entrar em São Paulo e a única forma foi buscar um aliado. E nisso o Minha Casa Melhor, que ela não mencionou na entrevista e os bancos, aliados do governo, com certeza ajudaram... Uma empresária que viaja pra nova Yorque para fazer compras ser de esquerda é uma exata heresia. Se não há inadimplência é porque os cartões de créditos bancam a fatura. Brasileiro não tem ganho real, tem crédito e se vende por isso e por bolsas... Sinto muto ler comentários como leio nesse site, não tomemos o partido do governo ou da oposição, tomemos os partidos dos fatos e os fatos são claros, ter crédito não é evoluir, é apenas ter crédito. Evoluir, nos tornarmos um país maduro é ter educação e democracia pura, política e jurídica, que garanta liberdade de opinião. Abraços

  34. Antero Macêdo Postado em 21/Jan/2014 às 21:34

    Procuro e não conseguido entender o porquê de tanto agouro desses jornalistas da Globo, deve existir uma explicação política para esse pessimismo. É bom o Eduardo Guimarães, do Blog Cidadania, fazer uma pesquisa e ver quais governos injetou (deram) mais dinheiro para Sistema Globo, só isso para explicar tanta raiva.

  35. putz Postado em 21/Jan/2014 às 22:05

    Qual a novidade? Por acaso somos o unico pais no planeta que cresce desenfreadamente? Sovse for em direcao a uma economia comunista anencefala

  36. Rodrigo Montoro Postado em 21/Jan/2014 às 22:37

    Agora relativo a parte de segurança de dados, quando questionada sobre o que aconteceu com Target nos EUA, ela falou uma asneira tremenda =)

  37. Sergio Postado em 21/Jan/2014 às 22:46

    Quanta babaquice e besteiras escritas aqui por um video que nao tem nada de polemico. Transformaram uma entrevista corriqueira em embate politico. O Diogo Mainardi é quase como um personagem e todo mundo sabe que ele é assim, inclusive a entrevistada que se diverte com ele. Vi muito mais um bate papo descontraido, onde os entrevistadores fizeram o sei papel, ou seja, probocaram no bom sentido a empresaria e ela, por sua vez, respondeu a altura que se espera de ima pessoa importante como ela é e o que representa... Sempre com bom humor e respeito... Parem de politizar tudo e analisem com razão!!!

  38. Irineu da Silva Ferraz Postado em 21/Jan/2014 às 23:00

    Só existe uma palavra para definir alguns Paulo Francis/2014: coiós....(plural porque Diogo Mainardi não está sozinho na ignoräncia)

  39. Christian Grandi Postado em 21/Jan/2014 às 23:31

    Mico mesmo é o português mal falado pela tal de Luiza...

    • Antonio Palhares Postado em 28/Jan/2014 às 16:55

      Mas venceu com muito trabalho e competência, pagando mais impostos, dando mais empregos do que muito intelectual de merda que tem neste país.

  40. Elias Postado em 21/Jan/2014 às 23:42

    Eu concordo com ele, se mudou desse país não aguentou.

    • Tatiana Postado em 22/Jan/2014 às 10:21

      concordo também!!! Ainda mais quando vejo que ainda existem muitas pessoas cegas....

  41. Valdete Lima Postado em 22/Jan/2014 às 00:00

    Realmente foi ótimo. Espero que o público tenha se comunicado e informado o que estava acontecendo e que tenha dado uma boa audiência. Assim eles aprendem que o povo brasileiro não engole mais as baixarias e o pessimismo que o programa passa. Gostaria que o Paulo Francis fosse vivo para ver a cara dele.

  42. Portuga Postado em 22/Jan/2014 às 00:01

    Interessante o otimismo da Luiza, no entanto me parece um pouco tendencioso politicamente. Ainda, é certo que o Brasil tem muito para crescer, e tem muito que comprar, mas cadê a grana, sem ser na base da divida, para as pessoas comprarem o que querem?

  43. ALGOPI Postado em 22/Jan/2014 às 00:17

    Mainardi é um idiota até na forma de olhar a realidade. Sub intelectual que se nutre de ser oposição, o que faz ele pensar que lhe dá o direito de crítica sem a posse de informações.

  44. Kensy Froid Postado em 22/Jan/2014 às 00:25

    Pombaiada jogando xadrez...

  45. João Paulo Anderso Postado em 22/Jan/2014 às 00:29

    O cara quase matou o filho por causa da faixada do hospital e vem falar q não comprar por causa do atendimento.

  46. Mac Postado em 22/Jan/2014 às 01:01

    duvido que ele prefira ser mal atendido (tomando um pé no traseiro- como disse) em um restaurante na Itália, mas feliz em sair com um desconto em Euros, pois isso iria macular seu ego.

  47. Dimas Soares Postado em 22/Jan/2014 às 03:29

    O consumo se recicla. Quem comprou uma por exepmlo uma tv ha 10 anos, compra novamente hoje e daquí ha 5 10 anos. Não tem lugar para urubú.

  48. onorio cesar de freitas Postado em 22/Jan/2014 às 05:14

    diogo mainardi se matou já na revista veja por ser totalmente parcial

  49. renato Postado em 22/Jan/2014 às 08:25

    Que alegria eu tenho em ver um cara como este, assim... com um sorrisso sarcastico. Que depois que sai do ar...levanta, joga a cadeira para longe, passa a mão nos livros das estantes joga tudo no chão, babando de raiva... depois fica em pé com os braços baixos, diz [email protected]%$#@@!++_(*_, senta-se e chora....a soluçar... Depois ouve um som de e-mail chegando....tira o sapato e "pincha" no notebok....que espatifa-se ao chão...e o soluçar continua.......... Vai até a cozinha, pega um copo dágua e vai beber quando vê que o copo esta pela metade. Lança o copo na parede e ajoelha-se em prantos..... A partir daí, fui assistir " A ORFÃ" no SBT..

    • José Nagibinho Coelho Postado em 22/Jan/2014 às 12:54

      Bem feito. Adorei ver o bico quebrado desse babaca travestido de sabidão. Parei de assinar Veja pra não ter que conviver com os discursos repetitivos: de cada dez palavras escritas tinham onze contra Lula. Não defendendo Lula, é que o assunto dele nunca muda. Repito: Adorei!!!!

    • Rafael Martini Postado em 22/Jan/2014 às 14:37

      Muito bom! Impossível não rir ao imaginar a cena.

  50. Michel Souza Postado em 22/Jan/2014 às 08:54

    Minardi, respeito sua opiniao tanto quanto sua função de analista critica (pessmista) mas nessa, não colou.

  51. Gustavo Postado em 22/Jan/2014 às 09:19

    A questão aqui não é sobre esquerda x direita. Não importa, aqui, a posição política da empresária (do Diogo todos já sabemos). O que aconteceu aqui tem 2 opções apenas: a) Todos os entrevistadores estavam com dados errados ou b) Todos os entrevistadores agiram de má fé, sabe-se lá com qual propósito (sim, a gente sabe) Bom, de qualquer forma, que papelão! É sempre bom ver esses senhores que nem vivem o Brasil, enxergando o país através de números (errados! hauhauh) sendo massacrados por quem quer que seja.

  52. Francisco Postado em 22/Jan/2014 às 10:01

    Esta entrevista nada mais é do que uma tentativa da REDE GLOBO de enfraquecer o mercado brasileiro com falsas afirmações fomentadas pelo Sr. Mainardi.

  53. Tatiana Postado em 22/Jan/2014 às 10:19

    Não consigo acreditar que vcs ainda acham que a situação está maravilhosa, assim como essa mulher insiste em dizer. Em primeiro lugar, ela deve achar tudo maravilhoso mesmo porque deve fazer todas as suas compras em nova york e paga no mínimo 3 vezes menos do que todos nós pagamos aqui no Brasil. Assim até eu ía achar tudo maravilhoso. Não entendo de estatísticas porque o próprio nome já diz, "estatísticas"! O que sei é da realidade e essa é que toda vez que vamos ao supermercado as coisas estão com valores diferentes. Cada dia que passa podemos menos! Comprar uma roupa ou um sapato para um filho está caríssimo! Comer fora final de semana? Nem pensar!! O poder aquisitivo da população que não recebe bolsa nenhuma é cada dia pior e eu desafio algum de vcs aí de cima que defenderam essa idiota em provar diferente. A não ser que vcs recebam alguma bolsa voto!!! Pra finalizar, eu não poderia esperar uma postura verdadeira de uma mulher que foi cotada para integrar o ministério Dilma e que cujo negócio é muito beneficiado com o programa assistencialista que distribui recursos para as classes mais baixas comprarem produtos no varejo... Pra finalizar, digo que só existem dois tipos de pessoas satisfeitas com esse governo : as que não sabem o que está acontecendo e as que ESTÃO GANHANDO DINHEIRO com o que está acontecendo!!! Acordem!!!!!!!!!!!!

    • Rafael Martini Postado em 22/Jan/2014 às 15:02

      Tatiana, não é segredo para ninguém que a realidade é distorcida de acordo com as pretensões daquele que detém o poder de comunicar, criando visões diversas de um mesmo cenário. Pois bem, entre o pessimismo caótico difundido por alguns "analistas" e pela oposição (embora esta esteja anestesiada pelas constantes surras), e o ultra otimismo oriundo do governo e aliados/simpáticos a ele, o segundo é o menos distante da realidade, ainda que, tal como o primeiro, seja enviesado e não totalmente fiel aos fatos (do contrário seria utópico, diga-se). Negar os avanços que o Brasil tem conquistado nos últimos anos (entenda também no governo FHC, embora em menor intensidade) e apenas divulgar informações e números "pinçados" e fora de contexto não é papel da Direita, da oposição. É coisa de urubólogo mesmo.

  54. eliane amoedo alonso giro Postado em 22/Jan/2014 às 11:54

    a inadimplencia está melhor porq houve diminuição nas compras !!!

  55. jorge monreno Postado em 22/Jan/2014 às 12:25

    A Luíza, uma simpatia de pessoa, destruiu o energúmeno rancoroso com argumentos sólidos e precisos. É esse tipo de oposição que se consolidou no país: burra, arrogante, despreparada, comprada e que tem a maior aversão pelo país.

    • Thiago Teixeira Postado em 22/Jan/2014 às 19:19

      É a prova cabal que eles inventam acontecimentos (aumento da inadimplência, desemprego ...) para gerar crise e desestabilizar o governo.

  56. Osório Postado em 22/Jan/2014 às 18:50

    não consegui ve, pelo visto a Globo retirou o vídeo do ar.

    • Thiago Teixeira Postado em 22/Jan/2014 às 19:17

      Busque a palavra chave Luiza Trajano que tem várias cópias do vídeo!

  57. luiz carlos ubaldo Postado em 23/Jan/2014 às 10:14

    Mainardi é um bosta travestido de intelectual, como bosta é os que o seguem. esse fdb odeia o povo Brasileiro, até que enfim alguém do povo, gente como a gente deu nele um esparrela merecido. Não quem é de esquerda que não gosta dessa ameba, quem não gosta dele é quem é ser humano!

  58. Elias Postado em 23/Jan/2014 às 20:54

    O Paraguai cresceu 5x mais que o Brasil e ele esta errado? O que o Paraguai fez se aliou aos USA se afastou ideologicamente da esquerda ou seja tudo que é mais do que necessário neste país atual, esquerdinhas os números não mentem, nem na economia nem nos homicídios.

    • Antonio Palhares Postado em 24/Jan/2014 às 18:17

      Elias, menos. O Paraguay é como um vendedor de bananas que vende vinte unidades por mês.No mês seguinte vendeu quarenta unidades. Resultado cresceu cem por cento. Qual a importância disto para o mundol? Quanto ao Maynard ele realmente é uma besta.

      • Elias Postado em 29/Jan/2014 às 00:12

        Paraguay é um lixo e cresce mais que o Brasil que é um paraíso na terra ou seja nós estamos errados e não eles.

      • Thiago Teixeira Postado em 29/Jan/2014 às 23:02

        Não adianta discutir com rancorosos de plantão, pois se o Brasil crescer 32% neste ano, vão achar outra coisa para jogar areia no chope: Mas a Serra Leoa reduziu a mortalidade infantil em 25%, o Brasil, só 10%.

  59. Antonio Palhares Postado em 24/Jan/2014 às 18:11

    Tempo bom na opinião de alguns, era quando a Dona Maria Jull desembarcava em Brasilia, era tratada como chefe de estado. Se dirigia ao ministério do planejamento, pegava as planilhas de gastos e simplesmente mandava cortar. Tira isto da educação, isto da segurança, isto da saúde , isto da defesa e por ai vai. Simplesmente para gerar o excedente para o desgoverno da época pagar o mínimo dos juros da dívida.Isto o seu Maynard et caterva nunca comentaram.Imprensa PIG.

  60. Luciano Postado em 25/Jan/2014 às 13:20

    Bom vou ali na padaria comer um pão com manteiga e tomar um pingado.

  61. Beto Postado em 26/Jan/2014 às 02:13

    Não vamos mais perder com esse Diogo Mainardi que está "exilado" em Veneza para não sofrer processos pelas agressoes que faz aos brasileiros, negros brasileiros, etc. Procurem saber o que ele pensa de seu filho deficiente. Triste homem. Triste pai

  62. Natalle Postado em 28/Jan/2014 às 11:46

    Não tem nenhuma reportagem nesse site que não seja tendenciosa, na qual o jornalista apresenta de forma clara durante seu ponto de vista. Isso não é um erro apenas do Pragmatismo Político, mas dos demais sites de informação. Seria interessante não tentar manipular o leitor, mas sim, apresentar a notícia com a isonomia necessária para aquele tirar suas próprias conclusões sobre o tema.

  63. ricardo vaz Postado em 28/Jan/2014 às 18:39

    Eu não pude ver o vídeo, porque foi retirado pela Globo. Mas li a reportagem, e a retirada do vídeo só evidencia o mal-estar que a D.Luiza causou aos arautos da desgraça a serviço da direita.

  64. Héber Pelágio Postado em 18/Dec/2015 às 10:37

    "Constrangedor" para mim é isso: "A presidente do Conselho de Administração da varejista Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, disse nesta quinta-feira que a empresa pode considerar fechar capital da companhia, diante da queda do valor das ações e da redução do volume de papéis em negociação no mercado, apesar de não ter iniciado até o momento discussões formais nesse sentido. Respondendo a questionamento de durante apresentação a investidores e analistas, a executiva afirmou que "ainda não chegamos a discutir isso, mas pode ser uma possibilidade", disse. "O que nos interessa na companhia é sua sustentabilidade", disse ela sem dar mais detalhes." Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/economia/208951/Magazine-Luiza-estuda-fechar-o-capital.htm