Redação Pragmatismo
Compartilhar
Corrupção 03/Dec/2013 às 22:58
10
Comentários

Processo do mensalão tucano está parado há dez anos

Ação civil do mensalão do PSDB está há dez anos parada. Primeiro processo sobre o caso em Minas Gerais, que serviu como origem para o mensalão do PT, completou uma década de tramitação no STF

mensalão tucano azeredo
O deputado tucano Eduardo Azeredo (Agência Câmara)

A primeira ação judicial que trata dos fatos relacionados ao mensalão tucano completou ontem dez anos de tramitação no Supremo Tribunal Federal.

Distribuída para o então relator, ministro Carlos Ayres Britto, no dia 1° de dezembro de 2003, a ação civil pública por atos de improbidade administrativa está praticamente parada na Corte neste período de uma década.

Leia também

Segundo denúncia da Procuradoria-Geral da República, o mensalão tucano foi um esquema de arrecadação ilegal de recursos para a campanha à reeleição do então governador de Minas, Eduardo Azeredo (PSDB), em 1998.

A ação por improbidade foi ajuizada quatro anos antes da denúncia criminal e é o primeiro processo envolvendo a campanha tucana daquele ano.

Mensalão tucano pode ser julgado em 2014

O mensalão tucano poderá ser julgado ainda no primeiro semestre de 2014. Essa é a expectativa no gabinete do ministro Luís Roberto Barroso, o relator do processo no STF (Supremo Tribunal Federal). Diretamente consultado, Barroso evitou comprometer-se com prazos. “Vou julgar o mais rápido que o devido processo legal permitir”, disse.

Segundo a acusação, duas estatais (Copasa e Comig) e um banco público (Bemge) repassaram, com aval de Azeredo, R$ 3,5 milhões em patrocínio a três eventos esportivos promovidos pela SMPB, uma das agências de Valério. Para disfarçar o uso desses recursos na campanha do PSDB, Marcos Valério teria simulado empréstimos de R$ 11 milhões junto ao Banco Rural, o mesmo que apareceria depois no mensalão petista. Para alguns, o mensalão tucano teria servido de modelo para o esquema petista.

Azeredo, hoje deputado federal, acabou perdendo a disputa de 1998 pelo governo mineiro para o ex-presidente Itamar Franco (PMDB). No Supremo, o julgamento do suposto desvio de recursos públicos em Minas está dividido em duas ações penais e um inquérito, que corre em segredo de Justiça.

com Congresso em Foco

Recomendados para você

Comentários

  1. Henrique Postado em 03/Dec/2013 às 23:22

    Hoje faz 15 anos, 4 meses e 29 dias que o relatório do mensalão tucano foi entregue ao herói da pátria/joaquim e..............................

    • Flávio Loureiro Postado em 05/Dec/2013 às 13:04

      Isso é um absurdo mesmo! Não entendo, como que esse Barbosa foi parar no STF??? Quem foi que colocou esse "herói" ali???

  2. José Ferreira Postado em 04/Dec/2013 às 09:13

    15 anos? Então foi entregue para outro. O Joaquim está no STF desde 2003.

    • Henrique Postado em 04/Dec/2013 às 13:35

      O herói da pátria/joaquim foi membro do Ministério Público Federal de 1984 a 2003. O Relatório do Mensalão tucano entregue ao joaquim barbosa em em 04 de julho de 1998. " MJ – DEPARTAMENTO DE Polícia Federal – DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO – DIVISÃO DE REPRESSÃO A CRIMES FINANCEIROS -- A Sua excelência o Senhor JOAQUIM BARBOSA – D.D. Ministro do Supremo Tribunal Federal – REFERÊNCIA: Inquérito nº 2280-2/140-STF – RELATÓRIO - ...(seguem 172 páginas do relatório)... – Brasília/DF, o4 de julho de 1998. – LUIZ FLAVIO ZAMPRONHA DE OLIVEIRA – Delegado de Policia Federal – SAS,Quadra 6 Lotes 9 e 10,7º Andar, sala 717, Brasilia/DF – CEP 70.070.900 – tel.: (61)33118354 e 3311-8716." Senhores, eis a REFERÊNCIA: Inquérito nº 2280-2/140-STF. É fácil de encontrar e pelo que eu sei Joaquim Benedito Barbosa Gomes, o herói da pátria é um só!

      • pedro Postado em 04/Dec/2013 às 15:48

        Núuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu Aí vc falou

  3. luiz carlos ubaldo Postado em 04/Dec/2013 às 09:57

    Quem ri por ultimo ri melhor, aprendi muito cedo essa maxíma da cultura popular, tá chegando a hora do povo conhecer a verdadeira face desses fdp da direita de nosso país, as mascaras já estão caindo, quero ver os traídores da pátria defenderem o indefensável, saiam do colo de quem os paga!

    • renato Postado em 04/Dec/2013 às 11:12

      Ontem já estavam apelando na frente do ministro da justiça, todos eles, todos os acusados, diziam que a Globo estava falando seus nomes e o estadão também, porque houve vazamento.... Hoje na camara mais uma reunião com o ministro, tem gente do psdb, que saiu de seu cargo em são paulo (exonerado), para meter a boca no Ministro da Justiça, depois que meter a boca, ele é recolocado no cargo..estou muito feliz.

  4. Thiago Teixeira Postado em 04/Dec/2013 às 21:08

    Estas informações devem ser repassadas exaustivamente para que a população que não tem acesso a informação, como nós, saiba da parcialidade que as coisas são tratadas nesse país, tanto pela mídia golpista como o judiciário.

  5. LFPMS Postado em 05/Dec/2013 às 09:33

    Não vote em BRANCO, pois esses votos iram para o cheirécio... ops digo aécio!!

    • Thiago Teixeira Postado em 05/Dec/2013 às 14:13

      Putz ............ kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk